Prioridades

Meu V3 foi roubado, fiquei, às vésperas de um final de semana que precisava de GPRS e celular, restrito ao Nokia 1100. Como não podia arcar com um novo V3 E os custos fixos que me comprometi a assumir, enfiei a viola no saco e fui atrás de alternativas. Lembrei que a Bia vivia enchendo a bola do Symbian.

Mesmo levando em conta que ela é uma mulher de gostos questionáveis, tive que reconhecer que o custo-benefício era atraente. Resultado? Comprei um N-Gage. é esquisito, sidetalking é algo muito estranho, é grande e parece um batrangue. Mas quer saber? Atende MUITO bem como smartphone, é muito mais versátil que o V3, e a R$499 na Casa e Vídeo, não afetou meu orçamento. Eu queria um MPX220, mas entre comprar um celular topo de linha e cumprir uma promessa que fiz alguns meses atrás, abro mão na hora do celular. Como disse ao Segura, tenho outras prioridades.

Leia Também:

  • Claro, é complicado ficar com o T3 + MDS, mas se vivi até hoje sem um X50, não vai ser mais algum tempo que me matará. O uso do T3 hoje é essencialmente texto, e com o teclado IR nem se percebe o MDS.

  • Já dá pra contar qual era a promessa?