A Internet vai além da Internet

geek.JPGQuer ganhar dinheiro com blogs e Internet? Então pare de falar de blogs e Internet. Sério. Há (dizem) todo um mundo além de computadores, distros, Firefox, templates e webstandards. Há gente que se interessa mais pela AAS do que pelo CSS. Essa gente é a maioria absoluta, e só tente a aumentar.

Veja pelas estatísticas. Se eu fizer a melhor página do mundo sobre Firefox, obrigatória para todos os usuários, só atingirei 10% da Internet. Se fizer uma página sensacional que receba visita de todos os usuários do Opera, significa 10% dos usuários do Firefox.

Já se eu fizer uma página sobre como se livrar de chulé (acho que essa analogia é do Scott Adams) terei como público em potencial 90% da humanidade que acessa Internet.

Temas geek são legais, mas por sua própria natureza são restritos. Alguns blogs muito populares passam longe da terminologia ou temática geek, como o Jesus, Me Chicoteia ou mesmo o BoingBoing, que é voltado para gente antenada com o mundo digital, mas não necessariamente profissionais do ramo.

Um blog de receitas fáceis e boas, voltado para homens solteiros que querem impressionar as fêmeas da espécie tem um potencial de crescimento muito maior do que um blog voltado para ProBloggers brasileiros.

falei aqui do PlentyOfFish, um site de encontros online, com um visual terrível e um faturamento astronômico. Não tem nada de geeks, web 2.0, SEO, usabilidade e seus usuários normais sequer saberiam dizer qual browser estão usando. E DAÍ?

Se você quer começar um blog agora, evite os temas genéricos, a descrição “dicas, notícias, informações e humor” só quer dizer que você não tem foco, vai acabar repassando vídeos do YouTube, como todo mundo, sem sequer tentar agregar algo.

Escolha, ao contrário, um tema que você domine e não seja relacionado com Internet. Você terá muito menos concorrência, seu know-how de Internet permitirá que crie um blog melhor, e estará bem mais focado. O blog focado tem a vantagem extra de trazer anúncios mais contextuais, o que aumenta o valor do clique individual.

Pense nisso na hora de investir em um espaço na web. Afinal, blog de Internet tem aos montes, mas quantos blogs falam de acupuntura veterinária, por exemplo?


Technorati : , , ,

Leia Também:

  • Que tal um blog sobre a China para brasileiros ;-)

    Acompanho a discussão do blogosfera de longe e devo dizer que estou aproveitando bastante… valeu e parabéns!

  • não penso em ganhar dinheiro com internet, blog e afins.

  • Cardoso, e quem faz blog para mater o tempo???

    Quem faz um blog só para ganhar dinheiro vai acabar se decepcionando, a não ser que já venha com uma grife famosa por trás, como blogs de empresas…

  • Quem faz blog para matar o tempo não é o público-alvo deste texto, oras.

  • Isso é verdade, você estará expandindo seu público-alvo.

    Porém, mesmo um site de TI, pode ter um bom público, desde que você consiga visibilidade.

    Abraços

  • Big, com certeza meu público é mais restrito do que se eu escrevesse sobre futebol, mas como pouca gente escreve sobre ProBloggers no Brasil ainda dá pra brincar. Claro, não tenho só o Contraditorium, então mal ou bem dá pra manter os temas separados.

    Se você frequentar o site, vai ver que eu violo diversas das "regras" que coloco aqui, também para demonstrar que são e devem ser entendidas como sugestões e observações, não algo escrito em pedra no alto de uma montanha.

    Quanto ao AdSense, eu não gostava do layout, então dei uma mexida nas cores, agora complementam direitinho o site (e meu bolso)

  • Tenho pensado sobre isso ultimamente ao ler alguns artigos que sugerem sermos específicos ao invés de generalistas em nossos Blogs e fico em cima do muro quando ouço esse tipo de argumentação.

    Web Standards, por exemplo, é um tema excelente, muita coisa já foi dita e muito ainda há para se falar. Mas penso que escrever um artigo que trate sobre heróis da história como Vassily Zaitsev ou colocar para os meus leitores uma sugestão e minhas impressões sobre uma fantástica banda de Death Metal também é algo extremamente válido.

    Muita especificidade e especialização pode tornar o processo todo meio engessado, ao menos para mim. Existem dezenas de Blog escrevendo unicamente sobre tecnologia ao mesmo passo que nunca tive a oportunidade de ler um Blog que nos trouxesse informações e curiosidades sobre as grandiosas Pirâmides de Gizé. A internet vai além da internet, isso é certo e justamente por isso tenho sentido falta de abordagens e temáticas mais diversificadas nos Blogs que costumo ler.

    Grande abraço!

  • Eita, gostei do texto e concordo.
    Imagina um blog bem feito e bem escrito sobre programas da TV aberta brasileira…

  • Esses blogs de videos do youtube, tem aos milhões, no minimo é uma falta de criatividade!

    Mas certeza que tem mais visitas que o meu…ehheeh

  • Ótimo, bom e convincente post sobre blogs.
    Mas me diz uma coisa: O assunto do teu blog não tem um público restrito demais também?

    “Faça o que eu digo, não faça o que eu faço”

    Agora se tu me disser que o teu blog não é pra ganhar dinheiro, e os anúncios do AdSense tão lá só porque tu gosta do layout deles, tudo bem.

  • A principal deiferença (ao menos para mim) é que um blog que trata de assuntos específicos como o meu, que trata de cultura geek e internet, concentra um público mais fiel e que procura sempre comentar. Diferente dos generalistas que recebem muitos visitantes caídos do google. Que passam 0,1s na visita ao blog.

    Abraço.

  • Pingback: lornlab. » Como escrever um bom titulo de post/artigo/blog()

  • tskler