É pro Fantástico?

Eu sei, eu sei, mas eu não resisti. Fui arrancado da toca por uma “intimação” da Isabel, pois estavam fazendo uma matéria sobre blogueiros no Jornal da TVE e queriam me entrevistar.

Foi meu pior pesadelo tornado realidade. Da última vez que fui entrevistado, vão-se quase dez anos (e sim, FOI pro Fantástico) e ainda não me recuperei do trauma.

Acho que blogueiros só deveriam ser entrevistados por mídia escrita, ao menos os tímidos.

Infelizmente eu estou longe de fazer o gênero Rubens Fonseca / JD Salinger. Primeiro porque acho uma grande babaquice o sujeito ralar pra fazer algo popular e em seguida começar a reclamar de como a popularidade o está incomodando. Segundo, por saber que a profissão de jornalista não tem nada de “gramurosa”, muitas vezes é tirar leite de pedra (A Alessandra Horto, d’O Dia que o diga) e que o relacionamento entrevistador / entrevistado é uma simbiose.

Sendo assim, já que eu não podia bancar o escritor recluso e excêntrico, resolvi usar a psicologia. Melhor um lugar familiar, onde eu me sentisse à vontade.

Escolhi o Alentejano, na Rua São José, meu point preferido atualmente.

Claro, eu não contava com as mulheres.(ok, atualmente eu nunca conto, o que vier é lucro, mas vocês entenderam)

Como todos os meus brilhantes planos, esse foi por água abaixo.

Lotado. Cheio de gente, saindo cliente pelo ladrão. 3 da tarde e uma balbúrdia só.

O Paulo Garritano, testemunha ocular da história, tentava achar uma alternativa. Acabou apelando pra Produção. Conseguiram afinal um cybercafé em Copacabana, na Princesa Isabel.

Curioso foi ver como ele parecia resignado a não fazer a matéria, já que eu estava no Centro e a locação era em Copacabana.

Tolinho. Quem tá na chuva é pra se queimar, como dizia Vicente Matheus, e se me propus a colaborar com uma matéria, colaborar significa ir até onde o (cyber)povo está. E lá fomos. Itaporã, o Paulo, eu e Rodolfo, a equipe completa, na viatura dirigida pelo Jarbas (nome mais apropriado impossível).

Nota: Os carros da TVE têm ar-condicionado. Ponto a favor.

No tal cybercafé eu descobri que:

  1. Eles não servem café
  2. São super-prestativos
  3. O programa de gerenciamento do Windows é MUITO bom, não permite nem que se mude a resolução do PC
  4. Meu site fica uma merda em 800×600

Fizemos vários takes dos blogs, mostramos como é o processo de clique do AdSense, não gravaram o Mac (Aguardem uma carta do Steve Jobs) e eu sobrevivi ao questionamento.

O Garritano fez um excelente resumo do que conversamos durante a saga, e ao contrário de blogueiros que montam questionários para tentar ferrar outros blogueiros –cof esqueci o nome do cara mas vocês sabem quem é cof- adaptou suas perguntas de acordo com minhas respostas.

A lição de hoje, meninos e meninas, é que não adianta remar contra a maré. Ninguém é mais tímido, inepto e inadequado do que eu, para falar em público. Só que determinar isso não é prerrogativa minha.

Se eu começar a rejeitar convites por simplesmente não estar apto só servirá para criar uma imagem de antipático junto à mídia, e isso inclúi jornais, TV, Rádio, Podcasts e blogs.

Como eu disse pra minha Padawan, quando ela foi fazer um teste de vídeo: não tenha medo. Se você não servir, não será culpa sua. Você apenas não é quem estão procurando.

Eu prefiro mil vezes ser detonado em uma ilha de edição, por um editor ou produtor dizendo que “não funciono em vídeo” do que ser classificado como “babaca” por recusar todo e qualquer contato, baseado em minha timidez, medo e vergonha.

Claro, dentro de limites. Não estou aceitando convites da G Magazine, Brasileirinhas, Sports Illustrated e Folha Universal, por exemplo.

O Alentejano fica na Rua São José, 76. O Espaço Virtual, onde gravamos afinal, fica na Princesa, Isabel, 245, quase na Esquina da Cicciolina, mas o Portuga não estava na porta, então estavam fechados. Até sugeri gravarmos lá mas não toparam ;)


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Caso você tenha uma carteira PicPay,meu usuário é @carloscardoso. Caso não tenha e queira uma forma de transferir pequenas (ou grandes, de preferência grandes) quantias sem taxas, é só se inscrever. Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.

Leia Também:

  • mas só faltou a informação mais importante.

    quando vai ao ar?

  • Vi a menção ao seu blog no Jornal ODIA. É a minha primeira visita, de muitas espero.

  • Quanto a isso de "ninguém é mais tímido que eu", reveja seus conceitos, eu não falo nem em apresentação de trabalho da facu, não tem quem me faça fazer isso. O pânico simplesmente não deixa.

    • Sigil, como disse nosso migo Fábio, Dale Carnegie é o que há….Hoje foi minha primeira aula e já prevejo um futuro promissor pela frente.

      (desculpa a data, mas tive que comentar)

      Abraços.

  • O Cardoso estava com as mãos nos bolsos segurando o DIMDIM.

    Baaaaaaaaahhhhhhhhhh!

    Meus parabéns.

    Já já vai CC estará em:
    http://www.bollywoodpremiere.com/ http://www.bollywoodworld.com/

  • Eita Cardoso, cadê vez mais diferenciado e com sucesso!

    Quando eu crescer,quero ser igual a vocÊ! rsss

    Abração, amigo…depois que ela passar na TV,disponibilize na net a entrevista pra gente ver.

    Abração

  • Saiu uma matéria sua no jornal O Diário de Maringá também. Parabéns Cardoso! :]

  • Paulo

    Voce poderia disponibilizar o video no youtube?

  • Luiz

    O Cardoso vai ficar metido ;)

  • Fernando, teria o link?

    Paulo, se eu conseguir disponibilizo.

    Luiz: Ih o cara, sai pra lá, eu sou espada.

  • Vai passar na TV? Quando?

  • Hener, não cara, não vai passar não, é que a TVE recebe muito subsídio do governo e tem que gastar com pseudo-filmagens de pseudo-entrevistas :)

    O IBOPE da TVE vai chegar à níveis históricos HeHE

  • Cardoso,

    foi no mesmo dia da entrevista do jornal

    ou vc só usa preto mesmo?:?

  • É estilo, quero fazer o gênero excêntrico.

  • Entrevistar é uma arte. Entrevistado tímido é um pé.

    Taí o desafio do repórter. Tem que ser meio malabarista, isso é um dom para poucos.

  • Putz, a Bia tem toda a razão. Uma vez, antes de uma matéria, eu estava conversando normalmente com o Peter Moon, diretor de internet da Editora Três, responsável por sites como o da Istoé. Estava tudo fluindo muito bem, mas bastou ligarmos a câmera e eu iniciar a entrevista para ele começar a gaguejar.

    Que agonia. Ele olhava para a parede ao invés de olhar pra mim, o que fica terrível no vídeo.

    Foi muito estranho, mas… bem, é nessa hora que o repórter tem que atuar e dar toda assistência ao entrevistado. É função dele fazer a timidez de quem está sendo entrevistado não atrapalhar o desenvolvimento da entrevista. Missão quase impossível, mas no final deu tudo certo (e a edição foi bem cuidadosa, para não o expor).

  • O Paulo é puta velha, conversamos uma penca de tempo, e eu que não sou novato também fiz questão de me enturmar com os envolvidos. Fora que ele me brifou do que iria perguntar.

    Errei o primeiro take mas o segundo fluiu bem.

    Uma pena, queria ter gaguejado de forma criativa, se virasse o novo sanduiche-iche-iche ia me encher de visitas ;)

  • Estou em 800X600 e atesto: seu blog fica uma bosta.

    Mas pelo menos uma bosta legível.

  • Vééio parabéns!

    Já está colhendo os louros, logo começa a colher as louras!

    Espero que te traga muitos para-quedistas, cliquets e tudo mais.

    Quanto a essa certa timidez, eu fiz o curso Dale Carnegie, foi muito bom, e vi gente se transformando totalmente na vida

    []'s e sucesso

  • Fabrício

    []'s e Sucesso.

    P.S

    Impossível não lembrar dessa tirinha heim?
    http://www.malvados.com.br/tirinha943.gif

  • Fabrício, eu me lembro o tempo todo, acho que fui o primeiro que se identificou publicamente com ela.

    Divertido mesmo é saber que tem uma penca de blogueiro ofendido… "Pô, me chamou de retardado…"

  • Cardoso, link para notícia:
    http://www.odiariomaringa.com.br/noticia.php?id=3

    Necessita de cadastro…

  • Sr. Cardoso está deveras famoso.

    Pq vc não faz um livo de auto-ajuda do tipo "Fique rico e famoso apenas mantendo um blog"? O livro não ia ajudar em nada, como todos os de auto-ajuda, mas pelo menos vc ia ficar rico e famoso.

  • Pingback: Barbudo, descabelado e em pânico no BlogueIsso!()

  • Está surgindo a primeira celebridade web da internet! Parabéns Cardoso

  • Fala Cardoso,

    Parabéns pelo sucesso conquistado com seu trabalho. Abs, Minuto – http://www.minuto.tk

  • Caramba, Cardoso tá podendo mesmo, e acredite ainda meteu uma mala, fazendo pose com as mãos nos bolsos. Brincadeira, valeu isso eleva a aceitação desta forma de comunicação e não é bom só para o Cardoso ou contraditorium é bom para todos os blogs. Parabéns Cardoso, você merece.

  • Carlos Barbosa? Que voizinha de biba ahuahuahua!

  • Num tô dizendo? Por isso odeio falar em público. Preciso fazer um curso de empostação de voz com o professor Simon Wajn Wain Wajint – aquele cara.

  • Pingback: Estou Entediado » Carlos Coelho, ou seria Arnaldo César Cardoso?()

  • Sério mesmo cardoso, faz qualquer coisa, pq agora eu tô imaginando voce falando "Wajn Wain Wajint"… que comédia :)

  • emerson

    Se não me engano, vi a entrevista no programa Olhar Digital no último domingo na Rede TV. Procurei o vídeo no site http://www.olhardigital.com.br sem sucesso.