Twitter: A vingança dos espameados

Você conhece o Twitter? É uma daquelas inutilidades que caem no gosto do brasileiro, como o Orkut.

Vamos tentar explicar: Pegue o MSN, o Skype ou outro programa de Instant Messenger. Remova os botões, remova os contatos, remova os links, remova até o próprio programa, deixe apenas a linha de status, onde você coloca o seu nome e o que está fazendo.

Pronto, você tem o Twitter.

Qual a utilidade disso? Boa pergunta. Eu ainda não “comprei” a idéia, mas já achei algumas possibilidades. Uma delas é diminuir o número de contatos do MSN.

Noto que muita gente transforma o twitter em um mini-chat, com mensagens pipocando todo minuto. É quase um IRC. Muuuito produtivo.

Curioso é que as empresas estão embarcando no Twitter com muito mais velocidade do que embarcaram no Orkut, por exemplo. Vide o exemplo do lançamento da série Gossip Girl, que fez amplo uso do Twitter.

Todo dia aparece gente se inscrevendo para ler minhas divagações, o que é legal, embora fosse melhor se tivesse AdSense no Twitter, mas algo chamou minha atenção: EMPRESAS estão assinando meu Twitter. Alguns com nomes disfarçados, com “mkt” no meio, outras com nomes que são quase razão social.

Vejo duas possibilidades:

1 – As empresas mais antenadas querem ficar de olho nos blogs, atrás de oportunidades de negócios (o que é excelente, são muito bem-vindas)

2 – É uma estratégia de marketing safada, o sujeito assina achando que por cortesia iremos assinar de volta, então depois de uns dias, tome SPAM.

A segunda possibilidade acontece muito em listas de discussão, o ideal é deixar o novato moderado por uns dias (ou semanas, ou xx mensagens) antes de dar acesso ao envio direto. Isso resolve 99% dos SPAMs de listas.

No Twitter é mais complicado, então não recomendo que você saia assinando Twitter de todo mundo, por “cortesia”. Tente descobrir primeiro se é um sujeito de verdade do outro lado, ou mais um vendedor.

Nota: Este não é um manifesto contra a comercialização do Twitter.  Vendedores “fake” como o Pimentel deveriam usar o serviço. Eu fui durante muito tempo espectador do ShopTime, do programa do Lula Vieira na TVE, de levantar cedo para assistir rolos de comerciais de Cannes em apresentações do Clube de Criação do Rio de Janeiro.

Se a sua propaganda me entretém, ela é tão bem-vinda quanto qualquer outro material de mídia. Eu assinaria na hora o Twitter de uma DM9 ou W/Brasil, se enviassem mensagens com links para comerciais clássicos, por exemplo. Ou se o Twitter da Boa contasse causos de bares.

No caso da Gossip Girl realmente não sou o target da série, mas no caso do meu novo vício (culpa da Liliana) eu adoraria assinar o Twitter do Mandrake.


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Todo valor é válido, o que vale é a intenção e o seu cartão de crédito passar. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.

Leia Também:

  • hmmm… Vou criar um twitter com dicas de sexo, putaria e macetes pra "pegar as gatinhas do msn". Será que pega?

  • Wendell Raphael

    Dr. Love, você vai ter muita concorrência…

  • Recém entrei no Twitter e já estou de saída. Nada melhor para perder tempo sem lucrar em nada. A imensa maioria das vezes é um monte de blogueiro matando trabalho. É um tal de fala que eu não te escuto que dá nos nervos.

  • Cardoso, nós encontramos utilidade no Twitter como complemento do blog que iniciamos no trabalho de goverblog da SETUR-CE.
    Funcionava na cobertura do evento para aquelas notícias rapidinhas quase em tempo real, se você observar no link que ainda existe (e estamos pensando no que fazer com ele agora) http://www.cearaabav2007.ce.gov.br/ você verá que parace um msn integrado no site.
    Dessa forma concentrávamos nos posts os assuntos mais densos (com mais conteúdo e uma pauta mais definida, geralmente com fotos) e deixávamos o dedo nervoso dos blogueiros no twitter :)

  • Eu tenho usado bastante o twitter. Só para encheção de lingüiça, é claro, mas acho uma ferramenta bastante divertida.

  • O Twitter me parece uma ferramenta com um potencial de aplicação decente, como demonstrado pelo Christiano aí acima, para qualquer site em que seja útil ter uma área de "últimas notícias", mas o envio imediato de mensagens parece um campo mal explorado…

    A pergunta fundamental é: será que esse negócio cresce mesmo? (42!)

  • Corrija-me se eu estiver errado, mas se você assinar de volta deixa de ser SPAM, não?

    De qualquer forma não cai nas graças do Twitter ainda. Ainda não achei uma forma de faze-lo util.

  • Mandrake? Muito bom mandrake. Já assistiu tudo Cardoso? Estou procurando saber se já saiu o DVD da primeira temporada…

  • Estranho como o Twitter pegou, pensei que hoje em dia só “coisinhas cheias de frescurinhas” davam certo, emoticons, imagens, fotos, vídeos e tudo mais.

    Mais o Twitter me fez ver que não é bem assim, me fez ver que tudo que é novidade é pop.

  • Twittei tua definição de twitter antes até de comentar aqui. O_O
    A questão é a facilidade e rapidez. E é mesmo muito bom pra matar trabalho. Já esse povo que está tentando trabalhar com ele, sei não.

  • Só espero que os miguxos não invadam o twitter e comecem a mandar peixinhos animados pra todo lado.

    A coisa mais legal que me aconteceu foi o Guy Kawasaki dar follow em eu…Puta massagem no ego!

  • Até tentei usar, não consegui. Desisti e, admito, não me fez falta…

  • Nossa… comecei usar a 6 dias. Já penso que é hora de cancelar. Inútil e ótimo para perda de tempo.

    Maysa

  • Pingback: O que você está fazendo? | rixargolo()

  • Logo logo aparece uma maneira de rentabilizar isso, provavelmente com adsense e tudo =]

  • É um lançador de idéias. Chama a atenção o melhor link agregado. Veja isso http://www.costpernews.com/2007/03/21/twitter-pus
    Beijus

  • Tô fora do Twitter também. Além de não ver vantagem alguma, achei a maior perda de tempo e coisa pra quem não tem o que fazer.
    Ainda se desse pra colocar AdSense …