Tiago, eu sou seu pai!

Essa é a explicação mais provável para a existência de Tiago Cardoso. Não conhecem? É o blogueiro que escreve pro Melhores do Mundo, jornalista, roteirista, etc, etc, etc.

Ainda não ligou o nome à pessoa?

É, nem eu. Mas ele existe, deu até declarações nesta matéria do Jornal do Brasil, falando sobre blogs.

Gastando 5 segundos do meu tempo, fui investigar. O Tiago que escreve para o Melhores do Mundo é o Tiago CORDEIRO, também do Quinzeminutos.net.

Como ele não tem nenhum parentesco comigo, e se fosse para adotar autores de blog eu adotaria dificilmente o Tiago alardearia tal vínculo.

Moral da história?

O jornalista perguntou quem mais o Tiago recomendaria para a matéria. Ele sugeriu o CARLOS CARDOSO (eu, para os íntimos – e não, não fui entrevistado). O resto eu deduzi: A overdose de informação complicou a mente da salsinha gutemberguiana, que por sua vez entrou em colapso, fundiu os dois nomes E, seu entrevistado se tornou uma amálgama de nossos dois nomes.

Não é a primeira vez. Lembram do Blogcamp, onde o repórter conseguiu INVENTAR uma URL, www.blogdocardoso.com.br para mim? isso depois que dei um MALDITO CARTÃO DE VISITAS para o sujeito, com todos os meus sites?

Essa pelo visto é a regra.

A impressão que tenho é que o pessoal que faz entrevistas VIVE de má-vontade e está pensando na morte da bezerra. Falam “aham… aham… aham…” como quem entendeu PERFEITAMENTE, mas mal olham pra sua cara, que dirá escutar o que você fala, que dirá revisar o texto para saber se a PORRA do nome do entrevistado é aquele mesmo.

Desculpem-me, mas eu espero mais respeito do que isso, por parte da imprensa e de quem quer que seja. Até quem me xinga acerta meu nome. Se os blogs querem crescer em credibilidade, basta que tenhamos um mínimo de controle de qualidade. É preciso muito, muito pouco para superar a total zona que anda a imprensa tradicional.

No mínimo, nós assumimos nossas barrigas e corrigimos rapidamente nossos erros, em geral com ajuda dos leitores. Mas quem não se preocupa nem em saber o nome de quem entrevistou vai se preocupar com isso?

Quanto ao Tiago, perdeu a menção do nome, que seria o ÚNICO retorno da matéria, já que o Jornal do Brasil, como todo maldito site de portal NUNCA dá link para nada. A campanha Usura Não! ainda não chegou perto deles.


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Caso você tenha uma carteira PicPay,meu usuário é @carloscardoso. Caso não tenha e queira uma forma de transferir pequenas (ou grandes, de preferência grandes) quantias sem taxas, é só se inscrever. Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.

Leia Também:

  • "Quando se sentem acuados, eles atacam".. E ao meu ver, o silêncio e a usura é o modo de ataque mais fácil e sútil do qual eles poderiam usar. Mas me parece que nesta guerra, quem esta perdendo são eles, na blogosfera, são milhares defendendo uma opinião em comum, e de certa forma unidos, na mídia tradicional, são milhares defendendo centenas de opiniões, e de forma desorganizada.

  • E o papo da credibilade só vai ó… malditos jornalistas incompetentes!

  • Gordo@work

    O piores são os jornalistas que fazem pesquisas sobre assuntos que não entedem, usando o famoso método ask your neighborn's son. Resultado? A seguinte pérola:

    "(…)Os animes mais famosos são Sakura card CAPTAINS e naruto…" (tarados por ani… err, otakus terão ataques de fúria ao ler isso e quebraram seus bonequinhos do pikachu).

    Além de os textos mostrarem a mesma qualidade das minhas redações da 5º série, mostravam a falta de vontade dos responsáveis pela matéria. Uma simples pesquisa de 5 minutos no google resolveriam esses erros, essa é a qualidade dos jornais da serra gaúcha.

    Mas na minha opinião ainda tem os que valem a pena serem lidos, como o Jornal Zero Hora, que além de ótimos colunistas, possui blogs da mesma qualidade. Blogs que por sinal refletem a opinião mais livre dos blogueiros e colunista, e com textos muito bons

    por sinal. ( desculpe o momento progapanga xD).

    Link para o site do jornal:
    http://www.clicrbs.com.br/zerohora/

  • Gordo@work

    corrigindo… seria quebrarão e não quebraram, acho que vou mandar um currículo para o jornal local. =D

  • Lucas

    você é muito mal humorado, carlos. faz um dramalhão por causa de um nome trocado…

  • Claro, Luiz, afinal de contas eles só erram nomes insignificantes, TODAS as outras informações são amplamente checadas. Errar o NOME do entrevistado não quer dizer, de forma alguma, que o resto da informação tenha sido tratado com a mesma desatenção.

    Pura paranóia e mau-humor de minha parte.

  • Pingback: Tô indo pro Ratinho « Quinzeminutos.net()

  • Claudio

    Cardoso,

    Só pela "salsinha gutemberguiana" já valeu por esta semana… Temos que ter cuidado com esta espécie de salsinha pois ela está se alastrando rapidamente. Só perde pras "salsinhas de jesuis" que, infelizmente, já viraram praga e nem servem pra dar gosto na comida… Aliás, pra quê elas servem mesmo?