Blogueiro pensa que é Romário. E está certo.

 

Uma das frases mais famosas (e idiotas) de Romário é a "pra quê treinar se eu já sei o que fazer?". Qualquer atleta / soldado / ator pode explicar a importância do treinamento constante, mas no caso da tecnologia, somos todos Romários, e com razão.

Ontem, no Gafanhoto Web Innovation Meeting 2000 (tambéms eic riar nomes chiques) percebi um certo enfado na platéia mais experiente. Nem o Michael Quoc, do Yahoo empolgou.

A culpa, entretanto, não foi dos palestrantes. A culpa é da Internet.

Nos anos 80 o passeio para todo nerd adolescente era Feira de Informática. Um evento, com shows, grandes estandes, até a Luiza Brunet apareceu uma vez, convidada para servir de adereço de cena para um fabricante de computadores.

Conhecíamos as novidades, víamos lançamentos futuros, protótipos, equipamentos de alta tecnologia como Estações de Trabalho de computação gráfica (que deviam ser menos poderosas que o telefone onde estou escrevendo este texto).

Fora as feiras, a única fonte de notícia eram as revistas, e não dava para cobrirem tudo, muito menos os lançamentos no exterior. Quase tudo que sabíamos sobre o mundo lá fora era de "ouvir falar". Por isso adorávamos uma COMDEX. Até a Apple teve stands nessas feiras.

Nota: a grafia de "stand"  de duas formas é proposital. Só não sei o motivo.

Com o advento da Grande Rede, começamos a acessar informação direto na fonte. Conhecer os produtos, as novidades, não dependia mais de um Evento. Não havia mais motivo para pagar um ingresso caro, arrumar carona, despencar pro RioCentro (isso é longe pra burro, acreditem).

As feiras no Brasil perderam sua maior razão de ser. Quando qualquer bloguinho divulga uma novidade minutos depois de seu lançamento (Quando o iPod Touch foi anunciado o MeioBit publicou em menos de 3 minutos. Eu sou foda!)

Quando blogueiros e profissionais de tecnologia querem conhecer as novidades, últimas tendências ou o pensamento de luminares da área, nós… Lemos blogs.

O quê é mais prático? Esperar que um sujeito lance um livro ou venha para o Brasil dar uma palestra, ou ler seu blog?

Na apresentação de ontem não vimos NADA de novo. Nas apresentaçóes do Interney idem. Nas palestras do MrManson, bem… Ele repete piadas! Meu feeling diz que isso é ruim, mas como dizia o Nizan, só quem ganhou dinheiro com feelings no Brasil foi o Morris Albert.

Isso quer dizer que não gostamos de ir nesses eventos?

Longe disso, mas encontros de blogs e tecnologia são, acima de tudo, um encontro de pessoas.

Blogueiros novatos vão a esses eventos para ver os outros blogueiros falarem. Blogueiros veteranos vão a esses eventos para FALAR com os outros blogueiros, incluindo os novatos.

Quer entender de monetização, CEO, etc? Leia o Bruno, o Fugita, a Nospheratt. Nenhum deles (aliás nenhum blogueiro) vai esconder o jogo. O Fugita NUNCA seria um japa FDP* publicando algo como:

"Para as técnicas realmente avançadas e segredos de SEO, inscreva-se em meu mini-curso, auditório da Livraria Cultura, sábado, 22/junho – R$450 estudantes, R$800 profissionais da área"

Blogueiros respeitam o próprio texto. Mesmo quem vive de consultoria ou escreve como vitrine de seu trabalho de verdade não considera blog "amostra grátis". Por isso uma apresentação de blogueiros dificilmente traria alguma surpresa para um leitor habitual desses blogs.

Tenha isso em mente: Você não vai para um encontro sobre blogs para ver ninguém falar de blogs. Você vai para conhecer gente legal, rever velhos amigos, reclamar da propaganda enganosa da Mírian (foto de biquini só do pescoço pra cima NÃO é foto "de biquini", caceta).

Minha opinião? Prefiro assim. Se eu quiser saber o que o Fugita pensa sobre blogs, basta ler o Techbits. Ao vivo é muito melhor beber, FALAR besteira e rir com ele. Principalmente do pessoal que acha que a gente só pensa em blog.

========================================

* General Douglas McCarthur, Filipinas, 1942

Leia Também:

  • "Principalmente do pessoal que acha que a gente só pensa em blog."
    Realmente existem pessoas que pensam isso… Mas em parte é culpa "nossa". Que algumas vezes (muitas vezes) não somos nem pouco relevantes.

  • (tambéms eic riar nomes chiques) Proposital???

    Bem, sendo ou não achei que ficou criativo, a primeira vista vc não percebe que tem algo diferente na grafia e não atrapalha a leitura, me lembrou aquele e-mail onde as palavras estão com as sílabas invertidas e mesmo assim vc consegue ler todo o texto.

    Quanto a este tipo de evento, há muito o objetivo principal passou a ser conhecer pessoas e interagir com elas, afinal, a informação está a distância de um clique, as pessoas não …

  • Verdade. Verdade pura, pra quê palestras quando a informação está disponível e viaja na velocidade da luz? O foco deveria, realmente, na interação.

    Aliás, eu tive uma idéia que, de tão simples, é genial: e se ao invés de um evento formal fizéssemos um churrascão de bloguistas? Imagina, o "I BlogBBQ", obviamente com um balcão de deliciosas saladas para os vegetarianos e não-carnívoros em geral! Interação informal ao máximo! =D

  • O Fugita ao vivo é garantia de diversão. Ele é muito mais divertido do que se poderia supor pela imagem séria que ele passa no Techbits. Ele foi responsável por um dos "momentos rebeldia" mais memoráveis do Campus Party – só não sei se ele lembra! :P

    Realmente, os blogueiros não escondem o jogo. A gente despeja tudo pra quem quiser ler, de grátis, e nem sequer cobramos os 19,99 da camiseta. E ainda tem gente que se queixa das publicidades. Blé.

    Bah, tem gente que se queixa de tudo, né.

    • Nossa, sou garantia de diversão, hehehe!

      Lembro sim de vários momentos de rebeldia sim, hehehe!

      Abraços, Nospheratt!

      Fugita

  • A Mirian tirou uma foto de biquini e postou do pescoço pra cima?
    Matando assim todo mundo de vontade né?

    Nem vem que tu só pensa em blog.

    ps.: E a escolhinha? Já to ficando rico viu!!!! :P

  • Gosto muito de blogs, adoro passar um bom tempo lendo o blog de várias pessoas e ainda assim sou bem por fora das coisas relacionadas à blog. Não sei mexer com HTML e layout a não ser que ele já esteja pronto e nunca fui à um encontro de blogueiros mas adoraria ir pra ver como é. Tenho muita curiosidade. Gosto do que faço, mas não vivo disso o tempo todo senão fica chato, né!
    Tô com blog novo e gostaria q vc fosse lá!
    Bjs!!
    =1

  • Hahahahaha, você gosta mesmo é do umbigo do Fugita né?! (piada interna)

    A gente ouve, ouve, ouve, mas na verdade ningués está preparado ou, como é comum do ser humano, aceita mudanças. Visto a relutância e insistência de todos em usar o Twitter. Mas eu não mudo!

  • Ok, posso concluir vmuitas coisas aqui:
    1) sou noob. Achei as palestras bacanas porque sou por fora de tudo, entonces tudo e novo e eu acho lindo.
    2) Você não me achou legal. Só a Carol é legal. Tudo bem, deve ser porque falei mal da marimoon… =)

    Beijo e prazer em te conhecer pessoalmente, rapá!

    • Você também é legal ;)

  • Pingback: Coisas que o brasileiro ama - o trânsito! | Meu Veneno()

  • Muito bom Cardoso, eu fui ao evento e só fiquei 10 minutos quando percebi isso que você falou de gente falou o que já lemos todos os dias em blogs.

    Só não concordo que os eventos presenciais sejam apenas para socialização… acho que a troca de idéias pode render bastante, em mesa-redonda, e principalmente essas pessoas criarem posts "gigantes" e "ao vivo"… mais aprofundados posts são idéias e conceitos rápidos já um livro ou uma "palestra" tem mais profundidade.

  • Acho que muita gente vai esperando encontrar a fórmula do blog de sucesso o/

  • Tô pensando em usar o resto da foto pra conseguir links. Que acha?

    • Com aquela foto você consegue link, casa, comida e roupa lavada.

  • Bom, eu só sei que o site do gafanhoto não se comportou muito bem em meu navegador:
    http://img165.imageshack.us/img165/3521/gafanhoto