Hora da Terra – viva o onanismo

Está rolando nas Internets outra eco-palhaçada, uma tal de Hora da Terra, já que Dia da Terra é inconveniente demais pra quem não tem tempo a perder.

A idéia é “simbolizar” sua preocupação com o planeta e os bichinhos, nossos amiguinhos, apagando as luzes de casa por uma hora. Todos ao mesmo tempo.

Se você trabalha na indústria de energia, fez um “arghh”, e com razão. Essa é uma idéia basicamente idiota. Significa DOIS picos sobrecarregando os circuitos, queimando transformadores, torres de transmissão e subestações pelo país inteiro, em um efeito-cascata que transformará a hora da terra em Semana do Blecaute.

Isso, claro, em teoria. Na prática a adesão a essas palhaçadas é mínima, e o impacto é zero. A “conscientização” nunca se espalha além dos já conscientizados, isso só serve para o sujeito se sentir melhor consigo mesmo, aliviando uma culpa burguesa que nem deveria existir.

E para se sentir fodão. “Veja meu vizinho, não apagou a luz, sou melhor do que ele”.  Claro, de noite vai dormir com o ar-condicionado, deixar a televisão ligada e passar o dia inteiro piranhando no Twitter. Dizendo o quanto se preocupa com a natureza. Vai pro mercado comprar 5 xampus e condicionadores diferentes, mas usa uma sacola reciclável.

Exceto em dia de compra do mês. Mas se o mercado coloca sacola de papel e cobra, acham ruim.

Ninguém faz propostas, ninguém fornece alternativas viáveis, até porque alternativa viável pra eles é fazer com que as mulheres usem absorventes higiênicos ecológicos e laváveis, ao invés de antiecológicos Modess e OBs.

Aliás, esse desespero todo é uma grande piada. A Terra nem de longe é frágil quanto pensam. Toda essa onda ecológica cria um senso irreal de autoimportância em quem a pratica, e por extensão coloca a Humanidade em um grau de importância digno de… criacionistas.

Vou contar um segredo: O Universo, e por extensão a Terra está pouco se fodendo pra Humanidade, e um planeta que  sobreviveu a CINCO grandes Extinções não vai cair em frangalhos se os pandas sumirem. Na verdade 99% de todas as espécies que já viveram estão extintas. E nem foi culpa do Bush.

Eu poderia falar mais, só que estaria repetindo o gênio George Carlin. Vejam o que ele pensa sobre “Salvar o Planeta”, neste vídeo legendado:

Leia Também:

  • essa do modess/ob foi uma sacada fantastica ! excelente post

  • PQP! Até que enfim existe vida inteligente dentro da Terra!

    <abbr>Luciano Bitencourt – último post do blog… Futebol, bananas e Twitter</abbr>

  • Genial.

    Não sou muito seu fã, muito menos das suas idéias mirabolantes de contra censo, mas este post foi preciso. Eu não estava entendendo tbm o porquê da hora do planeta. Parece que a galera ainda não sacou que são as indústrias que fodem com o consumo de energia e agua.

    Parabéns elo texto.

  • Finalmente alguém levantando esse ponto!

    Em termos práticos, esse esquema da Hora do Planeta serve tanto quanto abraçar a lagoa ou o parque contra a violência…

    E em termos teóricos, se realmente fizesse alguma diferença no consumo de energia, seria uma catástrofe pra rede elétrica…

    Tá na hora da gente parar de "usar a pulseirinha da paz" ou coisa parecida, e mudar nossos hábitos de verdade…

    <abbr>Lucas C. – último post do blog… Novidade: The Lightpot, via Geeky Gadgets</abbr>

  • Sensacional o vídeo do George Carlin. Muito bom.

    Abs,
    @monthiel

    <abbr>Monthiel – último post do blog… O Brasil realmente é um Castelo de Areia</abbr>

  • Ahhh, eu não sou o único a achar que isso é mais uma palhaçada inútil, que não vai mudar nada na vida de ninguém, que só vai servir para ficar cuspindo "eu parcitipei", e nada mais. :)

    <abbr>Marcio Neves – último post do blog… Vídeo do Dia: World Builder</abbr>

  • Rá !

    Eu sou um eco chato que pensa exatamente como o George ;)

    <abbr>Sergio Clemente – último post do blog… Tempo</abbr>

  • Carlin é fantástico e seus textos, como esse, tem hora que parecem poemas de tão bem escrito.

    <abbr>Evandro Cesar – último post do blog… Mais do que um simples pedaço de carne</abbr>

  • bigode

    Isso só serve para o sujeito se sentir melhor consigo mesmo, aliviando uma culpa burguesa que nem deveria existir.

    QFT. Porém isso não é exatamente inútil.

  • Já vi até site de ecommerce com o dizer "no dia xx hora xx não compre conosco".
    É foda!

    • Strazzo

      Sério?! Cara que marketing genial!! É o mesmo que dizer "não aperte o botão vermelho!", kkk…

  • Apesar de a adesão da população ser quase zero, no Rio de Janeiro e em São Paulo alguns dos principais monumentos das cidades deixarão de ser iluminados.

    Considerando a corrente que é consumida para iluminar esses monumentos, até que a situação que você descreveu no 3° parágrafo não é tão irreal.

    <abbr>Lucho – último post do blog… Fato: O politicamente correto é a grande praga do século XXI.</abbr>

  • Quandt

    A Terra pode não ser tão frágil quanto todo mundo pensa, mas infelizmente os seres que vivem nela, na sua grande maioria, são muito máis frágeis do que imaginamos…

    • alguém

      Exatamente como eu penso (Y)

  • Pingback: Hora da Terra | blog.ftofani.com()

  • Eu quero que a Terra se f**** vou morar em Marte mesmo! Vamos derrubar a Amazônia e construir o maior pólo tecnológico do planeta, nosso próprio Vale do Silício.

    <abbr>Damnati – último post do blog… Os sustos que o Google dá na gente</abbr>

  • Teve uma uma interpretação ruim ai…

    O objetivo da hora, mesmoq ue eu ache besta, não é a aprte prática, e sim o significado e ajudar a conscientizar, e não efetivamente diminuir consumo como o senhor está criticando.

    E nem me venha dizer que foi sátira, ironia, porque Joe Pesci sabe que não é.

    <abbr>Kaue – Viralata – último post do blog… CMS e Layouts prontos !</abbr>

    • Aí é que está, Kaue. Essa ação significa o quê? Conscientiza a quem?
      O público alvo dessa campanha certamente não vai ser capaz de ligar todos os pontos e entender a mensagem a fundo. Mesmo porque entender a fundo essa campanha, só mesmo os eco-chatos conseguirão.

      <abbr>marumaki – último post do blog… Solução simples para acabar com a miséria no Brasil</abbr>

      • Alguma ação é necessária e deve ser feita, qualquer ação que faça com que mais 10 pessoas se preocupem com tudo isso é válida. Porque jamais irá existir uma ação que convença a todos de uma só vez porque as consequências estão muito longe. Se cada ação for ridicularizada só porque ela atinge uma pequena parcela da sociedade, vamos continuar vivendo em um mundo onde tem pessoas que acham que não existem alternativas para aquilo que elas fazem todo dia.

        <abbr>Kaue – Viralata – último post do blog… CMS e Layouts prontos !</abbr>

  • Que se dane isso ai, eu não vou estar aqui mesmo no futuro.

    Até espero que a Terra consiga se livrar desse vírus – by Agent Smith.

    <abbr>Andarilho – último post do blog… Passeio pelo Parque do Córrego Grande</abbr>

  • victor

    Sim, esse post tem o seu ponto, mais esse tipo de discurso é muito perigoso, muitas organizações e estados com alta pegada de carbono se apoiam nele para continuar queimando petroleo, não estou negando que essa eco-moda é bobagem, mais eu não quero acordar um dia e descobrir que chegou o dia da nossa especie na lista de 25 animais extintos do Carlin.

    O planeta vai continuar ai, serelepe dando voltinhas ao redor do sol, nós é que estamos f*didos.

  • Matheus

    "Na verdade 99% de todas as espécies que já viveram estão extintas."

    Quero ver vc falar isso quando a NOSSA espécie começar a se extinguir…

    • Pro planeta será um excelente dia, quando isso acontecer.

      • lembrei daquele programa do discovery (ou será do history channel?)
        "Terra sem ninguém" que mostra como o mundo seguiria se todos os humanos sumissem da terra.

        sabe que não seria tão ruim, pro planeta

  • Matrix

    Opinião dada e respeitada. A minha agora: Essas ações não se estendem??? A economia dos recursos naturais dependem só do Gore e 0,01% da humanidade? Não se pode tentar conscientizar mais pessoas? Terei eu nascido não querendo ver desperdícios ou gostando baleias e pandas? Não foram anos lendo/ouvindo/refletindo que me tornei mais consciente?

  • Ahhhhhh

    Como eu estava esperando por esse post!
    Parabéns Cardoso, na mosca!

    <abbr>solar1919 – último post do blog… solar1919: Tá quase chegando a Hora do Planeta pessoal, não esqueçam de acender todas as luzes de casa, deixar o chuveiro ligado, e pegue elevadores!</abbr>

  • Matrix

    Tinha ofensa?Miguxês?Palavrão? Sumiu porque o meu comentário? Ah!! Já sei! Não condizia com sua opinião. Fui…prá sempre.

  • Laffite

    Rá!
    Até que enfim você disse tudo que eu acho desde o primeiro dia que eu vi a propaganda dessa palhaçada na TV.
    Também, percebeu quem anuncia isso no Brasil?

    Hipocrisia do ca*****.

  • A contribuição de um ecólogo a esta baboseira da "Hora da Terra": http://discutindoecologia.blogspot.com/2009/03/na

    Abraços e parabéns pelo ótimo post.

    <abbr>Luiz Bento – último post do blog… Não apague suas luzes hoje às 20:30</abbr>

  • Só tenho algo a dizer : "Quer salvar o planeta? Suicide-se!"

    <abbr>Zé José – último post do blog… O lado negro da profissão Webdesigner</abbr>

  • continuo com antigo lema, Save the World, Kill Yourself…

  • Certo, não é culpa da humanidade que os guepardos tenham sofrido uma redução populacional drástica milhares de anos atrás e que por isso hoje são tão semelhantes geneticamente que a carga genética os esteja extinguindo, mas não é por isso que deveriam derrubar toda a savana e cobrir com cimento. O raciocínio quanto ao planeta não está errado, tampouco considero que sejam eficazes essas iniciativas, tanto flash-mobs ecológicos quanto "passeatas pela paz".

    Mas há de convir que um pensamento egoísta de autopreservação está fazendo falta. Sim, comparado com o tempo de existência do planeta somos um grão tão ínfimo e irrelevante que nem vale mencionar, e o número de espécies extintas é muito maior que o número de espécies que possamos vir a conhecer na mais otimista hipótese. Porém ainda assim o homem não tem o direito de deliberadamente extinguir expécies, também tem o fato de que algumas são magníficas (embora alguns apenas as vejam como comida) e deveriam pelo menos ser mantidas em paz para serem apreciadas.

    E nem estou mencionando que a preservação de outras espécies também ajudam aquela autopreservação mencionada anteriormente.

  • Pingback: Relevância | Livre Pensamento()

  • Bom, já que só sabemos conversar nos baseando em humoristas e personagens fictícios, nessa eu fico com o agente Smith.

  • Este post foi o melhor para refletirmos sobre algumas idéias mirabolantes e infundadas sobre como salvar o planeta

    <abbr>saude.psicologiananet – último post do blog… Infecção alveolar hidatidose – Infecção por ingestão de frutos silvestres</abbr>

  • Poderiam ter otimizado essa campanha: vestir-se de branco e apagar a luz enquanto faz uma pomba com as mãos. Tudo ao som de Bono Vox, claro!

    <abbr>Ronaldo Camacho – último post do blog… Kraka Tachion</abbr>

    • Eu vi um comercial pra pintar o telhado de branco pra ajudar a reduzir a temperatura em 1 grau.

      grande diferença!

  • Pingback: Hora do planeta? Blé. — Se7e segundos()

  • Hmmmm… interessante inversão de valores!! Também é legal ver a Teoria Gaia (tema debatido cientificamente e "finalfantasicamente")sendo comentada por um comediante. Será que estamos começando a aceitá-la como praticável? Espero que sim! Eu sempre pensei no planeta como um orgânismo vivo. Nós somos apenas um ácaro no universo…

    <abbr>Gustavo – último post do blog… Marcha Imperial no Floppy</abbr>

  • Palhaçada, simplesmente isso. Vou apagar as luzes durante 1 hora e depois vou tomar um banho quente por mais 1 hora… Consciência ecológica desse jeito é muito bom!

    Já pensou se todo mundo aderisse a essa campanha? Seria uma explosão demográfica depois de 9 meses.

    P.S.: Vê lá no meu blog o último post, uma crente chata falando besteira.

  • Mauricio Bahia

    Será que ninguém percebeu que ele está sendo irônico e dizendo o tempo todo que estamos fudidos? A piada é justamente ele ficar falando isso e todo mundo achando graça e batendo palmas. No final ele fecha a crítica com uma frase e a tradução correta é: "o planeta não julga, não recompensa, nem pune de maneira alguma. Ele apenas existe e nós também, por pouco tempo."
    Abs

  • Ah, eu não participei!

    Quando olhei a hora, estava lendo meus feeds no Reader e não dava para parar. hehehe…

    Beijos e sucesso!!!

  • Pingback: Bruno Guedes e Toupeiras()

  • Diniz

    Cara, geralmente eu gosto de suas postagens, mas aqui vc vacilou.
    O objetivo da "hora do planeta" não é economizar energia naquela hora, é conscientizar que se deve economizar energia todos os dias.
    E outra coisa, 99% das espécies extintas é fazendo a contagem desde o surgimento da vida ( entre 4 a 6 bilhões de anos). Mas a humanidade conseguiu acelerar uma era glacial que ocorreria em milênios para centenas ( ou dezenas) de anos e tem exterminado várias espécies numa seleção artificial louca e sem propósito.

    A conscientização é necessária e importante sim.

    Eu não sei vc, mas eu quero que meus filhos tenham um lugar para crescer, viver e alimentar-se e SEI que não vai ser Apple. MS, Porsche, GE,conhecimentos de informática ou outra dessas coisas que vai fazer isso.
    E sim as atitudes de alguns Eco-chatos e a conscientização da população e de governos.

    []'s

  • Alfredo

    Chris Rock imita esse cara de cum força.

  • maurides
  • pq meu comentario foi deletado? rs, censura? não vai de acordo com sua opinião?rs

    no mais, aqui esta ele novamente, pois ja previa isso:

    Concordo em partes contigo, principalmente sobre o fato da terra sobreviver de qualquer forma, mas sobreviveu aos desastres que não foram causados pelo homem, além do que, a dita "consciencia ambiental" nada mais simboliza q a integração harmonica da sociedade com o meio ambiente, e não uma relação parasita-hospedeiro como é o caso do homem com o planeta…além do mais, muito se nota sobre o fato de vc nem ao menos ter se dado ao trabalho de refletir ou pesquisar sobre a real eficácia desse evento…

    Veja só, essa história começou em 2007 apenas na Austrália, com a adesão de APENAS 2,2 milhoes de pessoas, porém com um resultado interessante, ou seja, uma queda de 10,2% no consumo de energia, o suficiente para reduzir o equivalente à 24,86 toneladas de dióxido de carbono, o equivalente a emissão de 48,613 carros. Interessante né?! talvez nem tanto se comparado com o evento de agora…onde estima-se que haja uma participação próximo do próximo de 1 BILHAO de participantes…entre elas empresas, cidades em varios paises…

    As luzes nao serão apagadas no mesmo horário, ora pois supondo que o horario do apagão seja o mesmo para todos os paises, e considerando o fuso horário de cada um, será como ter várias horas onde as luzes de varios paises serão apagadas sequencialmente…

    Além do mais…ao menos esse evento servirá como uma motivação para mostrar aos ditos seres racioanais desse planeta, que é possível sim fazer algo em que se acredita, seja ambiental ou não, e não simplesmente sentar num sofá e ficar se onanizando pensando em pessoas que nunca passarão da imaginação, fingindo estar tudo bem e fingir estar feliz pq se tem uma vidINHA "feliz" com seu trabalhINHO onde se ganha seu salarINHO, pra juntar tudo numa poupança pra pensar em um dia comprar uma casINHA pra constituir uma familia ou então comprar peçINHAS para deixar seu carro mais bonitINHO para os outros, acreditando criar inveja nos observadores, resumindo: uma vida medíocre….sem causa, sem objetivos além dos comums…nada.

    Mas claro…como alguém disse algum dia: "posso até nao concordar com suas palavras, mas vou defender até a morte seu direito de proferi-las"

    No mais…foi bom, gera um bom dialogo….

    Abraços

    <abbr>O Ciber-Ativista – último post do blog… 60 Minutos de união pelo planeta</abbr>

    • smx

      Muito burro.

      ia escrever um texto aqui, mas perdi o tesão. que pena.

  • Gustavo

    Esse do vídeo era até um bom comediante, que já até morreu. Coitado…!!!

  • Perfeito Cardoso! Você foi perfeitamente crápula, rabugento e cruelmente verdadeiro. Infelizmente as idéias esposadas no texto são compartilhadas pelo resto da população. BINGO! Em meio à alenação alastrante dos nossos dias, todo mundo está se lixando para a aquecimento global e dizendo "não é comigo", até quando?
    Não acho que este tipo de opinião contraditória não deva ser publicada num blog contraditorium. Ao contrário, qQuem sabe ela não produz muito mais reflexões do que as velhas defesas caquéticas dos princípios ecológicos? Alguém tem que ser melhor do que isto e a minha luta é que mais pessoas despertem alguma centelha ecológica. Acredite, vai ser muito melhor para todos nós!

    <abbr>Isaias Malta – último post do blog… A Hora do Planeta deveria ser a minha também!</abbr>

  • Mas a campanha não objetiva fins práticos de redução de energia. O que eles queriam é justamente isso que está acontecendo: discussão. Quem tem uma capacidade crítica decente pode achar a campanha ridícula, mas aposto que muita gente do povão deve ter se interessado. Se alguém que tenha gostado da campanha depois de pesquisar perceber que ela não tem sentido prático, ótimo! Mais uma pessoa que se esclareceu sobre o tema e se conscientizou. E conscientizar é muito melhor que apagar lâmpadas.

    O post é bom porque ajuda nessa discussão, mas do seu penúltimo parágrafo eu discordo totalmente. Não vou nem entrar no mérito da questão ética de não deixar os pandas sumirem por nossa causa. Mas, num ponto de vista mais prático, se continuarmos mudando o planeta como estamos, nós seremos os próximos da lista. A Terra não tá nem aí se o desmatamento da amazônia vai derrubar a nossa produtividade agrícola, ou se metade da população mundial não vai ter água pra beber. Não sei você, mas eu não quero viver num mundo fodido, pagando 20 reais num frango frito e tendo que usar máscara pra sair na rua.

  • Carlos Magno

    Uma única hora por ano de "não uso" de energia realmente não faz diferença positiva alguma. (especialmente se você aproveitar que todo mundo vai desligar o PC e deixar o computador ligado baixando torrent)

    Por quê, ao invés de fazer uma hora por ano pelo planeta, não fazemos uma hora por dia? Pode-se estudar uma forma de baixar em 1/24 o consumo de energia na sua casa, seja com uso de lâmpadas mais econômicas, uso mais racional dos recursos e do seu próprio tempo.

    "O que engorda não é o que você come entre o Natal e o Ano Novo. É o que você come entre o Ano Novo e o Natal." – Anônimo

  • Rick Van Dehrer

    "The planet is fine. People are fucked!". Genial, simplesmente genial. Sintetizou os meus pensamentos sobre o assunto. O planeta se recupera, já passou por coisas piores, nós não somos nada perto do poder da natureza. Os tsunamis e terremotos da vida estão aí para provar isso. É muita arrogância do ser humano achar que está "salvando o planeta", quando deveria estar salvando a si mesmo. Esses ecochatos precisam procurar o que fazer.

  • Muito boa! Carlin diz muito do que a gente gostaria de colocar mas não o faz porque tem medo de ser linchado simplesmente por trabalhar na área ambiental. Eu estava lá em casa na Hora da Terra, tomando um chazinho de hortelã orgânica feito no microondas e jogando Call of Duty.

  • Desviando completamente o assunto do texto. Milagre não terem removido o áudio desse vídeo do George Carlin, assim como removeram o aúdio dos vídeos "Religion is bullshit", "10 commandments".

    <abbr>Lucho – último post do blog… Claro que religião e política se misturam.</abbr>

  • Tava tão por fora que só soube dessa "hora do planeta" quanto faltava uma hora para acontecer. Não participei, porque sequer me lembrei. Apesar de ser conhecidamente preocupada com o meio ambiente, não dei importância, porque me pareceu bobagem.

    O medo não é de que o mundo acabe. Como você bem disse, a terra não é frágil e não vai se destruir por uns errinhos humanos. Antes disso, quem vai acabar é a humanidade. E, depois disso, a terra vai ficar ótima. A humanidade, sim, é frágil.

  • Tinha visto esse vídeo no BUZZ há algum tempo atrás, simplesmente fantástico.

    <abbr>Ulisses – último post do blog… Cada um com seu cada um</abbr>

  • O grande George Carlim! Esse cara é um gênio, se houvesse 10 dele por aqui, a Terra seria outra. Concordo em gênero, número e grau com o que ele disse. Talvez estajamos aqui somente para fabricar plásticos! E antes acreditar no Grande Elétron do que nesse deus tirano e mesquinho que somos obrigados a engolir.

    <abbr>Mr.Kenobi – último post do blog… Pra quem não acredita em mensagem subliminar…</abbr>

  • Thaís

    Quanta amargura…
    Será que tudo isso é peso na consciência?

  • http://www.camiseteria.com/profileblogpost.aspx?u

    colei seu texto lá e ta a maior discussão, hahahaha.

    concordo com muita coisa neste texto, não tudo, mas o suficiente pra gostar dele.

  • Hawk

    Que vídeo foda!

    O George Carlin falou tudo e mais um pouco. Pena que não serão todos que verão e, principalmente, entenderão o vídeo.

  • O post até que é interessante, mas o vídeo não podia ser mais idiota. Um americano falando sobre coisas das quais não sabe nada e outros americanos idiotas aplaudindo.

    <abbr>Teilor – último post do blog… Apaque a luz, ou não… sei lá</abbr>

  • É mais ato de "pseudo-preocupação" que não mudará em nada a vida na Terra…

    Vão-se os pandas…quem sabe depois a humanidade.

    Aí sim, chegará a Hora da Terra…

    …viver limpa ;-D

    <abbr>MoorpheuSs – último post do blog… 8 Ball Club: Jogo de sinuca online 3D gratuito</abbr>

  • Pirauá

    O vídeo não está mais disponível, e não consegui assistir a tempo. Alguém sabe onde posso encontrá-lo agora?

  • Irene

    Palhaçada essa hora do planeta! Quem lambeu os beiços foram os ladrões.

  • Wladimir

    Muito bom o texto. O parágrafo que fala sobre os pandas está perfeito. Também acho que muita pretensão da humanidade achar que vai conseguir acabar com o universo. Ainda mais este papo de aquecimento global. Ninguém nunca pensou que pode ser simplesmente uma fase do ciclo de vida da Terra? Até acredito que podemos contribuir mas esta contribuição é MUITO pequena quando comparada ao tamanho do planeta…

  • Hugo

    Esse seu post me lembro o video do Vicente Lassandro no Epicentro. Ele falou algo parecido sobre a extinção das plantas e animais. hehe E segundo ele é mais fácil que os humanos entrem em extinção primeiro do que o petróleo acabe. O cara falando é até engraçado, mas ele tem razão em algumas coisas… O vídeo está em: http://blip.tv/file/1901314/

  • elmo

    *irresponsabilidade

  • eduardo

    interessantissimo o video, com opinioes que qualquer pessoa que se de ao trabalho de estudar um pouco descobriria por si mesmo, logo, longe de ser genial

    genial, eu acho, é a ideia de que milhoes assistam aquela mensagem achando que ela esta defendendo sua concepção retardada de liberdade

    muito legal, mandem os ecochatos pra longe, consumam plastico e ensinem seus filhos a viver como se nao houvesse amanha
    na verdade, logo logo nao vai haver amanha mesmo, mas se voce nao se importar com isso e nao fizer nada pra extender seu legado na terra, entao feche os olhos com força e repita com paixao que a hora da terra é besteira, que reciclar é coisa de quem nao tem o que fazer, ou que com ou sem baleias, sua vida na terra nao sera alterada

    eu riria muito se pudesse ver a consequencia disso tudo

  • André Cyber

    Ei, Cardoso… cadê os picos e a destruição do sistema de energia?

  • rafa e meu trabalho de iscola tabom pra voce rafinha meu amor de irma beijinhos

  • rafa e meu trabalho de iscola tabom irmazinha meu amor de irma tabom tchauuuu

  • Hehehe…. Até me senti culpada com a minha ecobag tão bonita de fribra de algodão que veio daquela monocultura algodoeira que destruiu florestas e desabrigou animais!

    Mas a minha ecobag é tão bonita….. super transada, fashion mesmo, entende benhê?

    <abbr>Gabi – último post do blog… Suco de balinha.</abbr>

  • Eric

    O que eu sei é que desde que o mundo existe, tem alguém prevendo que ele irá se acabar e sempre erram feio, incluindo nisso os Maias, Nostradamus e principalmente o Al Gore e os cientistas do IPCC.

  • Pingback: Ou fazemos algo rápido, ou as pessoas ainda estarão nos chamando de ECOCHATOS enquanto a Terra acaba()

  • brida

    …..e onde o onanismo entra nissu?hein?!…o.0

  • Pingback: Por todos os meios necessários, tudo pela causa | O Crepúsculo - Textos, Crônicas, Contos, Opinião, ()

  • Rafael

    Nossa!! George Carlin é um gênio, mesmo!! [/sarcasm]

    Seu post foi interessante até a parte do OB. Mas depois…

    Nota 5, pela primeira metade do texto. =*

  • Parabéns pelo post.

  • Henrique

    Eco-palhaçada é o que o George Carlin faz nesse video. Como pode um cara, em tão pouco tempo falar tanta besteira. E o pior tem gente que o aplaude e que até o copia para escrever no blog. Santa Ignorância. Esse povo deve ser da turma da Dilma Russef que declaraou na COP15, q

    • Will

      Rapaz, você em 4 linhas falou mais besteira do que afirma ter falado o George Carlin. Onde estão seus argumentos?

  • Alguém já ouviu falar em bomba de hidrogênio? "Apenas" quebrar um átomo (que é uma paradinha insignificantemente pequena) é o que mantém o Sol funcionando aí, e nós, humanos, de certa forma dominamos essa tecnologia. Não somos tão insignificantes assim, podemos explodir com o planeta se quisermos.

    A questão é que o movimento tão chamado por vocês "eco-chato" não está preocupado apenas em permitir que o planeta continue girando em torno do Sol. Sustentabilidade não significa isso. Significa garantir meios para que o planeta não se torne demasiadamente hostil para que continuemos existindo.

    Além disso, não é apenas os mecanismos da natureza que condicionam nosso comportamento, mas também preceitos éticos e morais. Simplesmente não é moral desrespeitar outras espécies, mesmo que o planeta não pare de girar por causa disso.

    • Não, não podemos. O arsenal nuclear inteiro da Terra é insignificante, o Tsunami de 2004 liberou mais energia que todas as bombas acumuladas pela Humanidade.

      • Foi tanta energia que foi o suficiente para atrasar a rotação do planeta e mudar o seu eixo de rotação, em proporções maiores que o terremoto que provocou aquela outra tsunami famoso de alguns anos atrás. Claro, o dia agora está 0,000001 segundo mais longo e o eixo mudou só 8cm, mas leva em conta o tamanho do planeta inteiro para ver o quanto isso É significativo.

        O que se argumenta do arsenal nuclear seria a sua capacidade de contaminar toda a vida no planeta, mas para isso seria precisa lançar bombas equi-espaçadas em pontos estratégicos ao longo do planeta inteiro. Falácias. Na prática, SE algum dia isso viesse a acontecer, acha que eles pegariam alvos no meio do nada para ficar lançando uns nos outros ou concentrariam suas ogivas em alvos estratégicos, lançando até mesmo mais de uma no mesmo lugar? Fala sério.

      • O fato de não termos bombas efetivamente montadas para isso não significa que, em teoria, elas não possam vir a existir. Isso sem falar no que pode vir com novos avanços tecnológicos. Mas isso não é tão importante.

        Vocês ainda estão argumentando contra sermos capazes de aniquilar completamente o planeta. Eu estou argumentando sobre sermos capazes de destruir o planeta enquanto habitat.

  • Gostei muito do site.