E está institucionalizado o #mimimi

A Internet[bb] está cheia de histéricos. 98% deles acompanham tudo que eu faço. Entendem sempre de forma literal, carecem de qualquer senso de humor e corrigem brincadeiras como “meus milhões de leitores” com “hahah seu idiota você só tem 20 mil followers”.

Esses idiotas tudo bem, ignoremos. Só que a coisa está se generalizando. Parece que vivemos em um grande jardim de infância[bb], cheio de gente sensível e paranóica, olhando o tempo todo sobre os ombros, atrás de algo que as atinja.

Tudo é pessoal, tudo é voltado especialmente contra elas. Tudo é uma grande conspiração. Tudo tem um propósito oculto. Freud[bb] dizia que às vezes um charuto[bb] é só um charuto, mas pra esse pessoal é a fábrica da Souza Cruz[bb] inteira.

Vejam por exemplo o caso do Mark Zuckerberg, fundador do Facebook[bb]. Alguém descobriu que não é possível bloquear o sujeito no… Facebook. Eu (logo eu!) achei legal. Um belo ovo de páscoa. Bolas, ele é o dono, o rei da cocada preta, o manda-chuva, o chefe. É uma gracinha, uma piada, um CHISTE.

Não é que a Wired, logo de todo mundo, achou um absurdo? E não estão sozinhos. Há gente clamando falta de seriedade, quebra de contrato, bla bla bla.

Chatos sempre existiram. Quando mostrava o simulador de vôo[bb] escondido no Excel[bb], de cada 10 pessoas, uma reclamava “ah, por isso que ele ocupa tanto espaço”, mas hoje parece que os chatos estão em maioria. O mundo está se tornando um lugar sério e sem-graça, onde você não pode nem brincar com o site que criou. Ou vai dizer que não se lembra daquela dona que ligou pra reclamar do Pacman que o Google colocou no logo comemorativo, um dia desses?

Eu confesso que nunca tive coragem de perguntar, por ter profundo desprezo por esse tipo de pessoas e manter distância sempre que possível, mas um dia ainda vou controlar a ânsia e questionar: Qual a graça de viver em um mundo onde não se pode brincar?


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Todo valor é válido, o que vale é a intenção e o seu cartão de crédito passar. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.

Leia Também:

  • Priscila

    Concordo com você em todos os aspectos e ainda digo mais: não sabe brincar, não desce pro play.

    Mimimi.

  • Priscila (@Ppietraro

    Concordo com você em todos os aspectos e ainda digo mais: não sabe brincar, não desce pro play.

    Mimimi.

    :D

  • O final do texto me deu calafrios. No livro O Nome da Rosa, de Umberto Eco, um louco começa a matar pessoas inocentes justamente porque não admite que elas tenham senso de humor. Não tarda muito pra vida imitar a arte.

  • Ingo

    Acho que muita gente critica só pra mostrar que sabe do fato.

    Exemplo (se é que precisa): vou criticar que o João falou aquilo só pra mostrar que eu sei que ele disse aquilo.

  • JV

    Bahh, todo mundo sabe que o Mark criou o Facebook para espionar a esposa.

    Pior é o dono do Google, único que tem blog com PageRank 7 hospedado no Blogger (too.blogspot).

    • Mas ele é o dono do Google, oras!

  • A graca deve ser justamente ficar enchendo o saco de quem brinca.

    Tem gente cujo único propósito na vida é reclamar, pessoas que não conseguem se satisfazer com nada e nunca se sentem completos e realizados. Tudo o que podem (querem) fazer na vida é ficar chorando as pitangas, vivendo a vida chupando limões.

  • Joana

    Cardoso,

    Sempre te acompanhei no twitter e achava que os chatos e sem graça te perseguiam por você ser, digamos, mais polêmico. Por isso achava isso e também percebia que as pessoas que ganhavam algum destaque ou que não tinham receio de expor sua opinião eram alvos dessas pragas.

    Tive esse pensamento até… criar um blog. E criei por pura brincadeira, para diversão e às vezes colocar minha opinião. Quando ele tinha poucas visitas e comentários eu podia falar mal e detonar o que eu quisesse que ninguém se manifestava.

    Não quero me prolongar, mas depois de um tempo, todo post que publico aparece uns mal amados que nunca estão satisfeito. E parece que só se sentem bem se criticarem ou falarem mal. Mesmo que o assunto seja por exemplo "Eu gosto da cor vermelha" aí surge de tudo, desde me chamarem de petista e comunista, até que é um absurdo porque o azul é muito melhor, como também que eu sou ignorante pois a cor é vermelho e não vermelha e por fim pode aparecer alguns ainda que afirmam que é uma injustiça com as outras cores.

    Eu também quero perguntar: Qual a graça de viver em um mundo onde não se pode brincar?

  • Perguntou? Agora aguente os comentários dos patrulheiros de plantão.

  • Caramba Cardoso, até a metade do texto eu estava pensando que era sobre você mesmo…

  • Diego Kober

    Faz muito tempo que eu digo que esse mundo virou um lugar chato pra caralho.

    Uma coisa que tem me irritado muito em termos de "seriedade da internet" é a necessidade em alguns site de ter de ter cadastro em um entre diversos sites pra poder comentar. Poxa, eu so quero dar a minha opinião, pra que tenho que ter obrigatóriamente conta no twitter ou facebook ou algum dos outros menos conhecidos?

    Eu tenho parado de comentar em blogs que tenham essas restrições todas, e percedo uma diminuição grande de comentários.

  • Pedro

    eu nunca comento aqui mas hoje senti uma perda de tempo total esta leitura e tenho que coentar…

    Cara eu concordo quanto aos caras chatos, vitimas da vida, que não vivem, apenas sobrevivem procurando serem alvos de alguma coisa, por necessidade de preencher o tempo…

    Mas eu discordo que eles sejam maioria, e discordo que eles mereçam um post.

    • Gharcia

      Você conhece pouca gente ou tem muita sorte. O destino abençoe e guarde.

  • Hawk

    O problema não está apenas na internet.

    Quando a gente começa a prestar atenção e "trollar" alguns amigos só para ver suas reações é que percebemos como o mundo está ficando cabeça dura.

  • Cara quando se lida com muitas pessoas é normal que alguém reclame. Não importa o que você faça, sempre vai ter um que vai reclamar. Se você tem 20mil followers e só 10 reclamam, parabéns pois é uma média de 0,05%. E assim por diante.

    "Pior é o dono do Google, único que tem blog com PageRank 7 hospedado no Blogger (too.blogspot)" é um bom exemplo. Se eu fosse dono do Google meu blog teria PageRank 1bilhão. A barrinha de pagerank do google toolbar iria EXPLODIR toda vez que entram no meu blog. Fogos de artifício apareceriam no Chrome quando alguém entrasse nele, etc.

    • EXATAMENTE!

    • SandroCeara

      Belo comentário.

      Repito aqui o que falei em outro post do Cardoso.

      O cara fez o que nenhum outro deus teve o culhão (ou a idéia) de fazer: Você começou á me seguir! Nunca poderá me abandonar!

  • Gharcia

    Mas o mundo sempre vai ser sem graça pra que não entende as piadas. [Ou vc já viu algum humorista bom que seja burro?]

  • reattizor

    É assim, a gente vê, ri, guardamos em nossas mentes a experiencia e seguimos com nossas vidas. Os chatos, sentem necessidade de expressar sua indignação. Acredito que por isso parece haver mais chatos que "normais".

  • Concordo com o "Thiago dos Reis, a Internet e um meio de comunicação extensa no mundo são milhões de pessoas, pó qual quer coisa que você faça sempre vai ter pessoas para te criticar . Adorei o blog ..

  • Rapaz, se você nunca tivesse escrito nada e se nunca mais voltar a escrever, só este post já valeria tudo.

  • Mimimizaram também dia destes porque o WordPress adicionou um código que corrige o "p" caso seja escrito em minúsculo. Penso exatamente o mesmo: se o negócio é do cara, direito dele de fazer exatamente o que quiser. Achou ruim? Volta pro Blogspot, pombas! E o dono do WordPress que se vire, se perder usuários por conta disto. Mas duvido que perca ao menos 1. Ou seja, mimimimimi…

  • Lucas Jim

    Não sei responder isso, mas vamos perguntar para a galera que proibiu piada sobre políticos.

  • Eduardo

    Antes para criticar um jornal e sem ter o menor motivo para isto era preciso mandar uma carta, ou seja:

    1) Pegar papel

    2) Gastar caneta

    3) Envelope

    4) Selo

    5) Ir ao correio (que podia não ser próximo

    6) Rezar para publicarem a estupidez

    Hoje basta entrar no site do jornal O Globo fazer um cadastro gratuito e vomitar besteiras. E quando não for publicado por ser ofensivo ainda sair gritando como uma gazela raivosa "CENSURA" sem sequer lembrar que o site é que será responsabilizado DIRETAMENTE pelo que o animal escreveu.

    Não meu amigo, você esta errado. Os chatos sempre existiram E SEMPRE em maioria. O problema é que hoje em dia com a internet disseminada eles tem mais poder de fogo.

  • Cardoso, my friend, eu passo por isso todo dia no meu blog, onde reclamam que eu deveria ter respeito e falar sério, já que escrevo em um lugar onde todo mundo pode ler.

    Quem dera que todo o mundo realmente lesse o blog, certo? E outra, lê quem quer, né? :P

    Eu brinco. Meu blog é meu e as regras quem faz sou eu. Ah, e eu as mudo sempre que quero!

    Abraços.

    • SandroCeara

      Sempre digo: Blogs e fóruns não são democracias! São ditaduras e quem manda é o dono!

      Aí, sempre aparece um babaca falando em liberdade de expressão e o escambau.

      Haja saco com os anônimos…

  • O engraçado é que não da pra acreditar que alguem REALMENTE acha que o cara fez isso, porque quer espionar todo mundo.

    Eu acho que o mal da atualidade é essa onda de "politicamente correto" exagerada.

  • Rodrigo

    Concordo plenamente com a idéia de que send=so de humor é fundamental, e acho que você tem razão: os paranóicos e chatos estão dominando o mundo…..

    ps.: Só tem uma coisinha… considerando que o Zuckembrega é um traira, ladrão sangue-suga, tremendo fdp que roubou a idéia e abandonou os amigos, etc, etc, etc, acho que ele merece todo o patrulhamento que fazem em cima dele.

    Veja que os donos do google estão tentando dominar o mundo faz tempo, e mesmo assim, ninguém pega no pé deles do mesmo jeito. O Zuckembrega causa este tipo de reação pelo caráter (ou falta de) que ele tem.

  • Como diria Bill Gates. Antes de você nascer, seus pais não eram tão críticos como agora. Eles só ficaram assim por pagar as suas contas, lavar suas roupas e ouvir você dizer que eles são “ridículos”. Então antes de salvar o planeta para a próxima geração querendo consertar os erros da geração dos seus pais, tente limpar seu próprio quarto.

  • concordo quando você diz que não se pode mais brincar, as pessoas se ofendem tão fácil, e por NADA! Mas também pra que bloquear a montanha de açúcar? tá fazendo spam? duvido! :)

  • Sr. Coisinha

    Não sabe brincar!

    Devolve os hominho.

    http://i37.tinypic.com/fnffpw.png

  • A isso tudo o que você se referiu no artigo podemos somar a praga do politicamente correto. E atrevo-me a imaginar que muito do que você realta surge justamente devido a essa "onda". Quando cada piada, cada comentário e cada "pum" que se dê tem que ser "politicamente correto" para não ofender ou magoar ninguém. Aí, as pessoas começam a criar comportamentos e desejam transferir a mesma coisa para todas as áreas de convívio. Acaba que até fazer piada de bicha, papagaio e português vira crime.

  • Isadora

    Quando o Homo Sapiens ainda nem sabia raspar duas pedras e fazer fogo, já existiam os chatos que sempre se levam a sério demais. Essa raça existe desde os primórdios da humanidade e depois do advento da internet eles ganharam mais visibilidade.

    Mas, por outro lado, é legal tirar sarro desses chatos!

  • "Qual a graça de viver em um mundo onde não se pode brincar?"

    Sei lá. O mundo está chato, as pessoas estão chatas. Um exemplo disso é o dia 1º de abril, onde o Google entra na roda e solta várias notícias fakes e tem gente que reclama disso. Eu tinha publicado na ocasião o lançamento de algo que inventei, o Blogspot.org. Eu recebi muitos comentários reclamando do artigo, onde apaguei a maioria, pois vinham de pessoas sem nenhum pingo de alegria, de perceber que a ocasião era para rir e se divertir com notícias engraçadas e inusitadas.

    É um tal de politicamente correto que está infestando a sociedade e sinceramente estou cheio disso.

  • Pingback: Anônimo()

  • Não foi piada. É um erro intencional para evitar perseguições a indivíduos.

  • lotz

    por aí vemos o naipe dos candidatos que temos no Brasil

    Dona Marta devia conhecer o ditado internetês:

    Internet: Serious Business

  • lotz

    lol post errado

  • marcelo valen&ccedil

    O cara criou o Mother Fuck do Facebook!!! não precisa dar satisfação a ninguem….mas num sei…parece que quando as pessoas participam de alguma ferramenta de interação do tipo Orkut, Twitter, Facebook e etc..as pessoas se sentem meio que donos desse serviço…veja o estardalhaço q virou os rumores de um possivel fim do Orkut..se o cara quiser dar fim deu uééé….quando acontece o fim de algum Blog sempre aparece aquela pessoa "injustiçada" com comentarios do tipo "ah seu covarde nao aguentou a pressão" ou "voce nao pode fazer isso com o blog e seus leitores" ….isso me parece mais como uma carencia sei la…talvez de atençao, do que qualquer amor pelo serviço…

  • Certas pessoas só entendem a brincadeira se ela vier seguida de um [/ironic]. Muito bom o texto. Abraços

    • marcelo valen&ccedil

      pior… ainda por cima se meter um Ironic…os caras vao se sentir ofendido e piorar as coisas…a melhor saida mesmo é deixar no ar e polemizar mesmo…não se pode punir os "bons leitores" por causa dos salsinhas…. :/

  • Victor

    O problema é que ignorantes de baixo nível pobres de espíritos como vc confundem BRINCADEIRA SADIA com sem noçãozice, insultos, coisa pesada, preconceituosa, de mal gosto, meu "caro" Cardoso.

    • "mau" gosto. Aprenda a diferencial Mau de Mal e a gente conversa.

  • Lucas

    Esse é o mal do politicamente correto, chegaram duas crianças aqui no trabalho e começaram a falar a mesma coisa igual "-Carrinho verde! Carrinho verde!" Parecendo aqueles ets verde de toy story só foi eu comentar isso pra virem tacar pedra falando que eu to chamando os moleques de ets.

    Ahhhh váááá!!!!

  • Hahaha adorei!