Senhor Jesus: Mande outro meteoro. Assim como os dinos, nós não demos certo

idiocracy

Existe uma ilusão de que a espécie humana é por si só inteligente. Não é. 95% da população do planeta pasta (metaforicamente, se comessem grama já teríamos extinto as espécies mais comuns de gramíneas).

Uma pesquisa na rua mostrará uma boa quantidade de gente com a nítida certeza de que a Terra é plana.

A capacidade de interpretação de texto e associação de idéias é algo raro. Tenho uma teoria, acho que boa parte dos leitores de internet só consegue identificar palavras-chave. Assim qualquer uso de ordem inversa ou figuras de linguagem mais complexas causa pane no… err… cérebro dessas pessoas.

Outro dia escrevi um texto no MeioBit onde dizia que “a NASA não inventou nada, Isaac Newton fez os cálculos básicos para colocar objetos em órbita”  (estou parafraseando aqui, mas em essência foi isso). Um sujeito chegou cagando goma dizendo que eu “forcei a barra” ao dizer que a NASA não havia inventado nada.

O conceito de HIPÉRBOLE é demais pra ele.

Neste post aqui eu escrevi:

“Michelangelo não pintou a Mona Lisa por hobby. Ele não pintou por não ser Leonardo”

Foi o suficiente pra um imbecil sair dizendo que eu afirmei (que burro, dá zero pra ele) que o Michelangelo havia pintado a Mona Lisa.  Trolls foram atrás e uma idiota começou a me xingar no Twitter, cagando regra de “sou formada em história da arte”. Grandes bosta, se não consegue entender português acima do nível pré-escolar.

Nos comentários um veio dizer que “não pintou por hobby” passa a idéia de que pintou por outro motivo. PERFEITO, se a frase imediatamente posterior não esclarecesse o sentido real. Quer dizer, agora temos que quebrar os textos em unidades perfeitas mínimas de entendimento, pois a mente do leitor é incapaz de encadear DUAS frases?

Um outro, achando que estava ajudando sugeriu “mudanças para tornar a frase mais clara”, como se eu tivesse em algum momento me comprometido a escrever em Novilíngua.

Hoje mesmo no Twitter uma criatura que com certeza não tem polegar opositor perguntou para a Rita Lee “O que é Guaraná Jesus?”.

É uma pergunta que só é aceitável em idioma estrangeiro. TODO brasileiro nasce sabendo o que é guaraná, e aprende o que é Jesus na escola. ASSOCIAR IDÉIAS, deduzir que “Guaraná Jesus” se refere a uma marca de bebida –provavelmente guaraná- de nome Jesus é algo que até as coisas que crescem no meu umbigo conseguem, mas o abestado (não com maiúscula, o Exmo Sr Abestado é o palhaço eleito) não consegue.

Minha Teoria diz que esses… Epsilons semi-aleijões (thanks, Huxley) só sobrevivem da caridade alheia, o coitadismo geral faz com que todo mundo tenha pena, “dê uma força” e xingue quem considera burrice uma deficiência, como você verá nos comentários.

Eu acho que pra Espécie isso é péssimo. Não estou propondo eugenia, estou propondo porrada mesmo, é hora de ser menos complacente com gente burra, mostrar o caminho da escola e explicar que o mundo não vai pra frente com gente rindo feito retardado da própria  ignorância. Ignorância não é motivo de riso, é motivo de vergonha.

Diria que ainda há tempo, que é possível reverter essa situação e salvar a Humanidade desse cruel destino de terminar seus dias na Terra com um sorvete metafórico na testa.

Diria, passado. Não posso continuar a dizer. É tarde demais. Não há mais o que fazer, depois que ISTO existe:

51YrfMnYORL._SS500_ (1)

 

Que venha o Meteoro. Melhor sorte pras baratas.

Leia Também:

  • Esse filme, Idiocracia, é agoniante… mas mais que ele, é sair na rua e começar a pensar no filme. A situação está desesperadora.

    • Lúcio Wiborg

      Eu acho que esse filme foi muito otimista… 500 anos é muita coisa! Diria que mais uns 100 anos e já chegamos naquele nível de idiotice! Em 500, já estaremos extinguindo – não metaforicamente – algumas espécies de gramíneas. :p

  • @RaphSant

    Pois é, entendo o texto. Eu aprendi figura de linguagem ainda na 5ª ou 6ª série, tem gente com superior que não aprendeu até hoje. Daí é aquilo, a gente escreve uma ironia e a cavalgadura leva no sentido literal, depois usa como desculpa "Ah, na internet não dá pra saber se é ironia ou não". Claro, quando não se tem o menor senso de percepção, fica difícil mesmo.

    • O pior é que com a involução, os papos vão piorar, na faculdade eu me deparo com "a molecada" de 18 anos com quem você não pode falar coisas do tipo "tangenciar", "ângulo reto", "monossilábico" e etc… porque os lazarentos não fazem nem ideia do que seja isso.

  • Nidia

    Gente burra não é coitadinha e não deve ser protegida. Acredito que a pobreza talvez não seja questão de escolha, mas a burrice…

    É o voto do burro que elege "gente" que aumenta seu próprio salário me 60%, sem medo de ser feliz!

  • marcelo bicarato

    *in full color!*

    porque não basta ter figurinha, tem que ser colorido!

  • Mateus

    Ótimo texto, as referências tão redondas demais haha

  • Eu fiz uma piadinha no meu blog dizendo que éramos primatas idiotas, pois apenas enxergamos numa ridícula faixa do espectro solar, enquanto abelhas enxergam no ultra-violeta, um bando de retardados apareceu me "corrigindo" e outros trolls me enviaram calorosos xingamentos pelo e-mail. O melhor foi que eu ainda fui chamado de misantropo.

    Lei de André: "Para a maioria das pessoas, uma postagem de blog resume-se ao título e a primeira linha".

    • Flávio Sim&ot

      To acompanhando seu blog a umas semanas. Diversão de qualidade.

    • Titulo e primeira linha?

      Imagina se eles leem tudo isso.

  • Bil Pereira

    Sou de uma visão um pouco diferente (que aliás já foi abordada pelo Cardoso): Nem todo mundo deve ser inteligente. Precisamos de pessoas burras.

    Se todo mundo quiser ser presidente do Banco Central, vai dar merda. Deixe a grande massa querendo ser técnico da seleção brasileira mesmo.

    • Como foi tratado em admirável mundo novo (que foi citado no texto xD), é bom haver uma parte que não pensa e se sente feliz assim (por sinal, o jornal deles era composto de letras grandes, com frases curtas e de fácil entendimento)…

      Resta tentar ficar na parte dos alfa mais.

      Só uma correção a maior parte quer ser jogador da seleção e não técnico xD

      • Joãozinho

        Ah, claro, a divisão social de Brave New World é o que precisamos.

        • Maximus Gambiarra

          Não. A divisão social de Brave New World é o que nós temos. Basta ligar a televisão no domingo para ter o déjà vu. A nós cabe apenas batalhar para ficarmos na divisão dos alfas.

  • Eu, um otimista incorrigível, sou obrigado a concordar com o post =p até porque "mais educação" só resolve PARTE do problema. A própria educação parece que já não mais "educa": Os professores parece que deram de ensinar nas escolas menos análise sintática, regência verbal, orações subordinadas, figuras de linguagem e outras coisas chatas que a tia ensina na escola do que "consciência crítica", "etnomatemática" e outras porcarias utópicas para "nos libertar".

    Pô, desde quando bom-mocismo e inteligência não se misturam? E mesmo que o que descrevi não ocorra na prática, creio eu que a questão ainda seja pertinente.

    • @Alonsobh

      Olha foi meio dúbio se o que quis dizer foi que é culpa ou não dos professores, mas mesmo assim vou fazer um adendo defendendo a minha classe.

      Sim existem professores preguiçosos, iludidos ou com uma didática utópica. Porem a maioria está é amarrada ao sistema.

      Um bando de pedagogos e teóricos da educação, que nunca estiveram em uma sala de aula, decidiram que era por bem mudar completamente o modo de se dar aula e o que ensinar. Sim algumas mudanças foram bem vindas, porem outras…

      Em muitas cidades o ensino fundamental já não reprova, se criaram os chamados ciclos onde o aluno simplesmente passa, so casos muito especiais que o aluno é retido mas so depois de 2 ou 3 anos sendo passado pra frente com o ciclo. Professores como eu temos de rebolar pra tornar tanto no fundamental quanto no ensino medio, a aula interessante, instrutiva, e desafiadora mas sem que algum pai venha reclamar que a aula esta "dificil demais" pro filho, ou a diretoria dizer que temos de nivelar por baixo.

      O problema do ensino é que estão obrigando bons profissionais a excluir o desafio, criando futuros adultos que nunca se depararam com o sentimento de perda, de derrota e com isso criaram ferramentas não só para lidar com essas derrotas como tambem para evita-las.

      Acho que a idiocracia não vai vir pela falta de conhecimento disponivel, mas sim pela falta de desafio para busca-lo e adequa-lo

      • Marcos Arruda

        rs. Aqui em SP mesmo é assim. É importante que mais Paulistas saibam disso também. Peguei taxy outro dia e o taxista, amigo meu, é professor de um colégio estadual aqui em Sampa. Ela da aula de História do Brasil e me contou que é tem um negocio agora que não deixa o burro bombar mais de uma vêz. Se o idiota bombou uma, na proxima ele tem que passar. Isso é forçadamente feito. Por isso o governo vomita nas propagandas dizendo que as aprovações aumentaram e tal… ridiculo…

  • Cardoso: Você é minha alma gêmea. Às vezes eu também cometo a barbaridade de jogar pérolas aos porcos.

    Para nós os alfas ++ é triste ter que morar no meio dos epsilones.

    Mas não fique triste.

    Em 2012 acaba tudo.

    Vida Long… ah… hum… Vida Próspera!

    PS:

    As baratas ainda estarão aí, caminhando por sobre nossos ossos ressequidos.

  • Farmville for dummies? Really? Vi a imagem antes de ler o texto e tive a efêmera esperança de que fosse uma montagem.

    The horror. :S

    • Eita peste! Eu também pensei que fosse montagem. Mas a aberração existe sim, olha aí o link, à venda nas boas casas do ramo. Cruz credo!

      Aprenda a brincar de Farmville… guia para babacas:

      http://search.barnesandnoble.com/FarmVille-For-Du

      • Rickd

        A série For Dummies ja teve prestigio com livros de informática. Eu mesmo tive OS/2 For Dummies. Não sei porque eles resolveram apelar. Talvez pq com a popularização da Internet ficou fácil achar tutoriais e faqs.

  • Flávio Sim&ot

    Sou um puta ignorante quando o assunto envolve me relacionar com uma pessoa que Eu considero idiota. Gente que se entretem com a própria bestialidade e principalmente as que menosprezam qualquer pessoa que simplesmente prefere estudar e conhecer.

    O que tem de errado com esse mundo? Fácil… Se reproduzir como os zergs não garante qualidade, mas garante volume. E em um mundo que tudo que importa são indicadores e números, os Zergs ganham sem precisar ir a luta.

    • Eu parto do princípio que pessoas burras não deveriam procriar para preservar o gene pool da humanidade.

      Se pensarmos que pessoas com um nível de instrução acima da média nacional (estamos falando aqui de pelo menos o segundo grau completo) se casam com outras pessoas com instrução acima da média e tem dois filhos no máximo e se considerarmos que a maioria das pessoas com pouca ou nenhuma educação casa com outra pessoa com pouca e nenhuma educação e tem pelo menos meia dúzia de filhos que terão pouca ou nenhuma educação e continuarão o ciclo, já perdemos antes mesmo de começar. Eles ganham pelo volume.

      • Johnny

        é… esse aqui parece que não viu Idiocracy…

      • Maximus Gambiarra

        Pensando desta forma, o SUS seria, então, uma forma de eugenia?

        • @Johnny, ver Idiocracy eu até vi. E é justamente a esperança (diminuindo cada dia mais) de conseguir evitar aquilo que me faz pensar dessa forma.

          @Maximus, pode ser que esse seja o único objetivo cumprido corretamente pelo SUS desde a sua criação. E como enfermeiro, falo com conhecimento de causa…

  • Diante disso, principalmente do livro, só posso dizer:

    PUTA QUE ME PARIU!!!!

    PS: Isso foi um palavrão desnecessário?

  • Flávio Sim&ot

    Será que os "hackers" na verdade fazem virus para tentar eliminar da internet os bestiais?

    • Cleber Menuci

      S!,

      Sabe que é uma boa teoria o que tem de mané sem internet porque causa de vírus é uma enormidade.

  • Quando eu trabalhava como atendente no banco, perdi as contas de quantas pessoas vinham me perguntar em que terminal se fazia saques, sendo que cada um tinha uma placa imensa dizendo quais operações se poderia fazer ali. Vi inúmeras vezes gente colocando moedas nos envelopes para depósito, quando as instruções no próprio envelope deixavam claro que apenas cédulas eram permitidas. Vi até mesmo alguém tentar colocar um desses envelopes de depósito na fenda (muito menor, por sinal) de saída de comprovantes, com uma figura indicando o local correto (nem eram esses símbolos díficeis de entender – essas tais de "letras").

    A burrice humana já não me impressiona faz tempo.

    • Não me acho burro, mas sou do tipo que ja fez tudo isso… uma vez no Itaú fiquei procurando caneta por alguns minutos pela agência feito um idiota para preencher um envelope de depósito, até descobrir escrito no próprio envelope que o preenchimento dos dados era feito na tela.

      No fundo é afobamento: as pessoas querem resolver as coisas no banco o quanto antes e ir embora. Somados à "cegueira seletiva" das placas de propaganda e a um tanto de falta de atenção, dá nisso.

      • Flavio Simões

        Assim, todo mundo faz umas patetices de vez em quando. Quando vira rotina ae vc complica. Vira areia nas engrenagens do dia a dia. Dica, respira fundo e DE TEMPO AO TEMPO. Não adianta querer resolver tudo rápido e deixando um rastro de inconveniência atrás de você.

      • Afobamento é exceção, Rubens. No fundo, burrice pura e simples também não é o mais comum. Preguiça é a principal causa. As pessoas tem preguiça de ler, de pensar, de raciocinar. A maioria dos "burros" o são porque querem, porque pensar dá muito trabalho.

        • Lucas

          Às vezes passo por esses problemas, mas é exatamente por isso, preguiça de pensar, principalmente quando estou com alguma preoucupação na mente. Isso não é burrice, isso se chama desatenção, muitas vezes as pessoas tem o conhecimento, mas não o usam.

  • Robson

    Cardoso, todos tem utilidade, até mesmo os Epsilons, era o que eu ouvia no meu travesseiro desde pequeno. Estou feliz por ser um Beta, pois sou mais importante que os Gamas e não trabalho tanto quanto um Alpha.

  • Excelente. O filme Idiocracy expõe uma realidade.

    As pessoas inteligentes estão tendo cada vez menos filhos, quando os tem. Os imbecis os tem aos montes.

    Junte isso à perversão da Seleção Natural pelo coitadismo, e o resultado está aí.

    E para alguns, isso é altamente desejável, afinal quanto menos pessoas para pensar e contestar, melhor.

  • JV

    oi onde poço compra o livro não achei o link tem o do orkut?

    Ótimo texto, como sempre, vale duas moedas verdes!

    :-)

    • Luis

      Antes de tudo, se escreve "posso". Use VÍRGULAS na sua pergunta.

  • Luana

    In full color, a gente não pode colorir? :(

  • Depois de Farmville for Dummies, só resta o meteoro mesmo. (Ou pior: Twitter for Dummies.)

    Excelente texto as always.

    • Fátima

      Não brinca, não; o Lula compraria um desses…..

    • Twitter for dummies já existe…

      • Luis

        É, só nos resta esperar mesmo.

  • Fátima

    Cardoso, a culpa é sua; pq tem de escrever tão difícil? Só pq vc trabalha num ministério, acha que é o tal?

    Quer um exemplo? Que raios significa 'novilíngua'? Me diz…!

    Sabe o castigo que vc merecia? Que colocassem sua cabeça dentro de uma gaiola cheia de ratazanas famintas.

    • Haha, quase caí na pegadinha, se não tivesse lido o livro e o notado o seu último parágrafo… :D

    • Frank, H

      Eu sei que o Cardoso não gosta que expliquem a piada mas, este é extamente o tipo de coisa que ele tentou demonstrar no texto.

      Vamos desenhar então…

      Passo 1: Clique em http://pt-br.lmgtfy.com/?q=novil%C3%ADngua
      Passo 2: Siga as instruções

      • Maximus Gambiarra

        Mais leitura, Frank.

  • Cardoso, sorry, você é ruim de vírgula.

    • Flavio Simões

      Declaro aberto o final de semana

      • E eu declaro o fim da esperança na humanidade.

  • Clap Clap Clap. Imagino que você não precise, mas aqui vão meus parabéns assim mesmo! Neste admirável mundo novo… nem dando dica (thanks Huxley) os bípedes se empenham para tentar diminuir a própria ignorância. "Que raios significa ‘novilíngua’? Me diz…!" – Sorrisos – Nota 10!

  • Marcello S. Nicola

    Cardoso, você está falando de uma espécie em que uns 90% dos indivíduos deixam suas vidas serem governadas por superstições de 1500 – 2000 anos de idade, que tem cérebro mas se limitam a usar para tentar entender as tramas das novelas, que gostam de chamar todo mundo de bandido mas não deixam de comprar no camelô e no fornecedor de produtos piratas ou de subornar pra evitar aborrecimento, que aprovam a lei da ficha limpa mas votam em Maluf e Garotinho. Proporcionalmente aposto que os dinossauros usavem bem melhor os poucos neurônios que tinham…

  • Demétrio

    Sendo professor ainda ontem comentava com alguns colegas que o nível intelectual dos alunoa caiu muito nos últimos anos. É preciso baixar o nível de exigência para que não rodem todos.

    Existem uma regra não escrita numa faculdade por aqui que diz o seguinte: o professor que tiver em sua turma mais de 12% de reprovados será ejetado sumariamente.

    Veja onde chegamos.

    • Mauricio

      É uma regra que todos aceitam por precisarem do emprego e os que não aceitam são mnandados embora e são contratados professores que esperam muito menos dos alunos que os anteriores esperavam.

      Com o tempo a regra passa a ser 10%,9,8,… e assim vai aprovando todos automaticamente e como ocorre hoje com ensinho fundamntal e medio em breve teremos pessoas com nivel superior e analfabetas.

      Não se deve baixar o nível de exigência esse é o problema nos dias de hoje a altissima tolerância com a burrice

  • marcelo burton

    Acredito que a maioria das pessoas tem "preguiça" de pensar, 80% das opiniões que tem sobre tudo já veio mastigada, se alguém ta falando com certeza ou se tá escrito, provavelmente deve estar correto. Mas isto não faz das pessoas seres irracionais. As vezes um ser humano sem estudo nenhum consegue pensar e ter idéias brilhantes resolvendo problemas que muitos profissionais com seus currículos perfeitos não conseguem. Existem vários cases de sucesso por ai que a melhor solução encontrada no processo da empresa veio da caixinha de sugestão do proletariado.

  • Pingback: Tweets that mention Senhor Jesus: Mande outro meteoro. Assim como os dinos, nós não demos certo -- Topsy.com()

  • Tartas

    Notícia de hoje no jornal local:

    Dois indivíduos fazem entrevista em empresa e deixam curriculum

    na saída, furtam moto no estacionamento

    são pegos em casa com o objeto do furto

    2012 vem aí…

    fonte:
    http://www.pmfoz.com.br/modules/news/article.php?…

  • Márcio

    É uma pena, mas nós temos que aguentar. Até porque, como está exposto em Admirável Mundo Novo, não podemos ser todos Alfas.

  • Tem gente que parece mesmo ter preguiça de pensar, de interpretar texto. Querem tudo mastigadinho, pronto. Foge um pouco do tema interpretação, mas certa vez respondi um tópico em que um cara pedia sugestões de lojas pra comprar pianos digitais, e modelos. Mandei o site de uma loja e uma sugestão de modelo, e ele responde em seguida perguntando "cadê esse piano? qual o preço?" Ele não foi capaz de clicar em "pianos digitais" no menu e procurar o modelo por si mesmo.

    Acho triste essas pessoas que são ignorantes por opção. Porque a informação está disponível, o que falta é vontade.

  • Cara, não li os comentários mas certamente vai ter um bocado de gente te chingando. Eu tb fico revoltada com a ignorância das pessoas. Não entendo por quê as pessoas gostam de ser desinformadas ou em não saber sobre algo. Acham que a ignorância é bonita porque assim é "divulgado" hoje em dia. Ignorância e egoísmo andam juntos. Acho que esses dois elementos por si só fazem parte de um ciclo que não tem fim. O egoísmo faz a sociedade elitizar certas coisas, torna-as mais difíceis de serem alcançadas e transforma os "menos favorecidos" em ignorantes. Esses ignorantes por sua vez se acostumam com o buraco em que estão. Não tenho pena deles, acho que eles deveriam sentir pena deles mesmos e procurar informação útil para crescer e entender a língua materna.

    =1

  • É… tá cada dia pior se comunicar com o gado.

  • Outro dia, com um colega num cliente, percebi que esse colega começou a falar tudo errado, erros de português grosseiros (estamos em Goiânia e, na média, o povo aqui fala muito errado)… E eu sei que ele não fala assim.

    Depois perguntei pra ele, e ele me disse "é que se eu começo a falar certo com quem fala errado, ele vai me achar prepotente ou não vai me entender".

    Internamente fiquei querendo discordar, mas pensando bem, é uma verdade, akakakkakak.

    Enfim, nos acostumamos a aceitar ignorância como coisa inerente a nossa existência… saaaaaaaaaad!

  • O nível de arrogância neste post e nos comentários do mesmo estão começando a me enojar…

    Peço licença, vou ao banheiro defecar, estou me acometendo de uma diarreia.

    abraço

    • Marco

      É… Demorou.

    • Vá e não volte.

    • Como eu avisei que iria aparecer…

      • Mas reconheça que demorou bem mais do que você previa… :D

      • SandroCeara

        Pois é. Aparentemente alguns seres humanos ao ter que ler algum texto mais elaborado, precisam desativar/liberar alguma outra parte/função do corpo. Alguns liberam a lingua (dedos, no caso, para digitar) e começam á trollar.

        Em casos extremos, alguns desativam o próprio cérebro!

        Nesse caso, parece que o indivíduo liberou/desativou o esfíncter…

        • Cérebro, esfíncter… para algumas pessoas, são a mesma coisa.

  • Cara, adorei o seu artigo. Acho que todos nós, principalmente quem lida com gente todo dia tem a mesma impressão que você. As pessoas estão cada vez mais burras, e se acham donas da verdade sem estudar ou se aprofundar em temas de interesse coletivo.

    Mais uma vez, é o governo fazendo muito bem seu papel, acabando com as instituições de ensino, deixando as pessoas mais e mais ignorantes e vemos o resultado: proliferação dos Big Brothers, Geisy Arrudas e "intelectuais" de quinta.

  • Farmville for dummies? E aquele manual para usar o orCUt que você viu numa máquina de livros?

  • Hugo

    Obrigado por escrever esse texto. Fez do meu dia um dia melhor.

  • leo ferreira

    Mimimi… VOcê já deve ter visto a gordinha na net reclamando da fazendo ou sei lá oq né? POis é. as pessoas estão emburrecendo cada vez mais, e em todas as áreas, vc tem erros de português, os "haters" e o pessoal do politicamente correto, q não entende uma porra de uma ironia simples! À merda com eles! E valeu pelos textos!! sempre muito bons!

  • Uma visão bastante adequada a realidade – época da informação pilula, criadora de cultura de botequim, onde todos são donos da verdade sem essa existir. Abs

  • "A capacidade de interpretação de texto e associação de ideias é algo raro."

    Digo isso quase todo dia, mas as pessoas não compreendem. Por que será? kkk

  • Frattari

    HAHAHA. Kyle Orland, Author of Wii for dummies. Seria uma piada de capa fantástica, se não fosse sério. Ou será que sendo sério é mais engraçado ainda?

  • Primeiramente é bom ressaltar que buscar conhecimento, não é favor… Nem sequer obrigação do indivíduo. É status, é diversão, é poder. É uma forma de descobrir um melhor-você, sua melhor forma existencial. Mas é importante ser cauteloso num ponto: Ser "agressivo" com pessoas ignorantes, quando o objetivo é incentivá-las, na verdade pode simplesmente acuá-las. Talvez elas até estivessem tentando aprender algo, mas foram amedrontados pelo agressivo predador. Não que seja muito inteligente (oh… a ironia), dar "poder" à massa, de sua parte, pessoa supostamente culta/informada. Deixá-los no abismo da ignorância, apesar de egoísta, nos torna elite, e nos dá "povo para governar". Afinal, quem é seu rei, sem seu povo? Apenas um homem solitário, mandão e cheio de adornos bonitos.

  • Felipe Augusto

    Frase do dia:

    O homem nasce burro, mas culpado mesmo é quem não instrui e educa.

  • Já leu a área de comentários do jornal O Globo? Ok, precisa de estômago pra tanto mas costumo dizer que aquilo é o local com maior concentração de idiotice por cm² da internet. Exemplo: recentemente quando o ex-goleiro Bruno foi condenado no RJ pela acusação de agressão e sequestro da Eliza Samúdio choveram comentários dizendo que era um absurdo, que não havia justiça no país, que o cara trucidou a mulher e só pegou 4,5 anos. Ninguém se deu ao trabalho de só ler a notícia pra entender que a acusação no caso era outra, nem precisaria tanto entendimento da língua ou de sutilezas.

    Por isso eu já propus a instituição da Lei de Darwin, porque a seleção natural não tem acontecido mais. Mesmo que eu não passasse no teste.

    • Nada supero o do Terra. O melhor era o G1, mas eles pararam com isso dada as tosqueiras.

  • Eu perdi minha fé na humanidade faz tempo. Enquanto isso o Adsense no post diz "Fique mais perto de Deus", será que já estão vendendo terreno?

  • Caro Cardoso! Concordo quando falas do índice de escolaridade do planeta. Realmente, os notáveis estão no ápice da pirâmide, o restante da população da terra e os de bem perto de nós, estão na base da pirâmide. Este é um problema universal. A terra explodiu na sua população e cada um se virou como pode. O atraso do povo brasileiro não é de hoje. A escola, aqui sempre foi capenga. Falta de escola. Falta de professores. Salários muito baixos. Professores com pouca formação. Acontece que quando a pessoa sabe um pouquinho, acha que sabe muito. Sou uma grande insentivadora da continuidade dos estudos. Sou professora com formação em quatro disciplina, mas sou humilde em dizer que não sei nada. Quantas erros haverá neste texto para um gramático? Nunca me apresento como professora, fujo. Estou com 68 anos, aposentada. Neste último semestre frequentei um Curso de Literatura Russa na PUC/PA. Lá estava eu, no meio dos jovens, sem nenhuma vergonha, sem nenhuma preguiça, no horário da novela. Trabalhava em três turnos sem poder estudar.

    • Onde escrevi insentivadora, digo, incentivadora. Abraço

    • avontz

      Antes o problema fosse a escola… sim… existe um defict no aprendizado mas a falta de bom senso, falta de discernimento e a "ignorância funcional"..

  • E o pior de tudo é que me parece que a maioria está nesta situação.

    Além do tão comum analfabetismo funcional, onde a pessoa só faz aquilo para que foi treinada e não tem o mínimo de inteligencia para improvisar uma solução quando alguma situação nova aparece.

    Em relação aos seus textos Cardoso, acontece mais um fenomeno que você não citou acima, que se chama preguiça. Algumas pessoas leem apenas alguns trechos e o título e deduzem o restante, depois disparam os comentários mais descabidos do mundo.

    Certa vez perguntei a um sujeito: "Quando houve o dilúvio, segundo a bíblia, todo o planeta ficou inundado, neste caso, a água do planeta ficou toda doce ou toda salgada?" Muito tempo depois ele me disse que não entendeu a pergunta.

    Mas pode ter certeza, a situação ainda vai piorar muito.

    Um grande abraço

    Giba

  • monoe77

    Caraca, se não me engano existiu uma forma de governo que graças a Deus não existe mais(dizem), que começou assim. Eu sou melhor do que o resto, que bom seria se o resto não existisse, Ei, vamos exterminá-los então. Sei não, sei não.

    • Godwin, sempre ele. A arma argumentativa preferida do ignorante que quer dar uma de inteligentinho.

  • A frase por si só já diz tudo. Muito Bom.

  • Dany Lederman

    Concordo em tudo!!!

  • Daniel Costa

    Não se preocupe com tanta gente burra. Por incrível que pareça, Darwin faz seu serviço. E faz muito bem feito xD. Basta procurar na internet pelos bandidos que fugiram da prisão e conseguiram ficar presos num poste ou então o cara que fez roleta russa com o revólver que só para de rodar quando acha a bala.

    Pode deixar que um dia as pessoas serão traídas pela própria burrice.

  • Quando você usou o termo Novilíngua já imaginei o cérebro de muita gente fritando. Infelizmente eu não estava enganado. Dica do dia: LEIAM!

  • Gilberto, se tu me fizesse esta pergunta eu a tranferia para arqeólogos e oceanógrofos. Não há um acordo entre eles para saber em que momento (6.000 ou 10.000 anos) rompeu o istmo de Bósforo forçado pelas águas do Mediterrâneo que transbordou. Ocorreu um grande degelo nesta época e no momento do rompímento nasceu o mar Negro que era uma depressão. Imaginas o susto da invasão dessas águas sobre os habitantes. Quem pode se salvar foi parar no centro da Europa e subiu montanhas acima. Este foi o grande dilúvio do Mar Negro. Não importa que tenha chuvido por 40 dias. Aqui em Porto Alegre, há muitos anos choveu 40 dias sem parar e o Guaíba que sempre botava água para fora do cais não botou. Imaginas subir as águas do Dilúvio 4200 metros de altura como dizem estar a arca de Noé no Monte Ararat na Turquia, cercado por mares. Eu te pergunto a água era doce ou era salgada? A Bíblia é a primeira obra chamada de carnavalesca, depois nos temos a Divina Comédia de Dante e tem mais uma outra obra que não me ocorre no momento. Temos as crônicas cômicas de jornais, e assim por diante.A primeira parte cômica da Bíblia é a criação do homem. Deus cria duas pessoas que tem dois filhos. Caim mata Abel que sai a pé ou montado em um tigre e logo ali adiante encontra uma civilização ou uma aldeia e se casa. Que fantasia…

    • Wallace

      Sinal de vc NUNCA leu a Bíblia…

  • Onde digo,fisesse, digo fizeste.

  • Não podemos simplesmente achar que pessoas com QI baixo sejam simplesmente descartáveis. Eu conheço muita gente com QI muito mais baixo que o meu, mas bem sucedidas em seus trabalhos, até mesmo pequenos empresários.

    O problema não é este. O problema é quando a pessoa não tem o bom senso de calar a boca quando assim se faz necessário. Ou seja, ser um ignorante metido a intelectual, ou sábio, lá o que seja.

    E quando um destes consegue – através de outros como ele – chegar a uma posição de destaque (deputado federal, por exemplo), é de lascar.

    Mas nem tudo está perdido. Afinal, Di Cavalcanti não pintou a Mona (lisa ou não) à toa.

  • Luis

    Diagnosticar o baixo nível da maioria dos usuários da internet, ok.

    Compreender e expor a realidade da educação pública brasileira e sua função na manutenção da maioria da população em níveis baixos de entendimento, ok.

    Mas dar a entender nos comentários que as pessoas nascem burras por que querem? Que seria melhor viver no mundo de Admirável Mundo Novo? Alguém que disse essas bostas entendeu a crítica por trás do livro do Huxley ou eu que estou "locona"?

    Se dependesse de uma galera que comentou aqui, melhor seria se vivéssemos ainda como senhores ou escravos…

    Não me levem a mal, mas argumentos deste tipo demonstram mais burrice do que a massa de "ignorantes". Pessoas que escrevem direitinho, tem formação educacional acima da média, mas demonstram compreensão de mundo no mesmo nível dos ignorantes que criticam… O Brasil é o país da Ironia!

    Cardoso, cuidado, os ignorantes estão até entre os supostamente letrados… alguns ypsilon estão se vestindo de verde e andando eretos…

  • Keka

    Eu fico apavorada quanta gente limitada tem na faculdade!

    Fico me perguntando pq essa gente não roda nas matérias!

    Chega a ser um desaforo essa falta de seleção!

  • Teoricamente não foi Jesus que matou os dinossauros e sim Deus, Jesus só apareceu milhares de anos depois. TEOLOgicamente falando Deus não destruiu os dinossauro porque ele nunca os criou. Cientificamente falando Deus não existe então ele não irá mandar outo meteoro, não nestes proximos milhões de anos.

    Mas enfim o texto é muito bom. Parabéns

  • Muito bom o texto. Resume todos os sentimentos que os blogueiros tem ao receber uma crítica de quem não consegue interpretar um texto.

  • O que se pode esperar de um país que tem um presidente que se orgulha de ser burro, ignorante e nunca saber de nada?

    Infelizmente é a nossa mais triste realidade…

  • Todos os comentários aqui são inúteis, comparados ao seu post. Nós deveriamos se limitar a escrever "Kct, q foda seu texto". Resume completamente! Sem palavras!

  • Eduardo Augusto

    Sou estudante de história da arte e não li nada demais, me soou muito clara a frase. Mas assumo que interpretei mal na primeira lida porque fui lendo rápido, mas é por isso que a gente lê a segunda vez…

    Mas acho que não tem jeito… É impossível que um dia todos os humanos cheguem à excelência de serem inteligentes, é uma constante em nossa espécie. É claro que deve ser minimizada.

  • Allécto

    Caro Cardoso,

    Li o post que menciona Michelangelo, Leonardo e Monalisa, e concordo que há uma falha sim, nesta frase tão polêmica.

    Se a frase tem o objetivo de dizer que 'Michelangelo não pintou a Monalisa por um motivo notável (o de não ser Leonardo), e não por razão fútil (como um hobby)', então falta uma negativa na primeira frase.

    Substituindo 'não pintou' por 'deixou de pintar', temos: "Michelangelo deixou de pintar a Monalisa por hobby". A frase tem um certo sentido, mas de que 'Michelangelo teve a oportunidade de pintar a Monalisa, mas por ser um garoto pimpão achou divertido não fazê-lo', o que contradiz a afirmação seguinte, que explica que o motivo pelo qual ele deixou de pintar a 'donna' foi o fato de não ser Leonardo (e não por um mero hobby).

    Dessa forma, para pleno entendimento, a frase precisaria da segunda negativa: "Michelangelo não deixou de pintar a Monalisa por hobby." E aí as frases seguintes teriam seu sentido preenchido.

    *No entanto, se mantivermos "Michelangelo não pintou", fica esquisito complementar a frase com outra negativa (Michalangelo não não pintou). Por isso a substituição por outra forma de expressar "não pintou" torna-se necessária.

    Além disso, gostaria de salientar um ponto importante à discussão toda, especialmente no que diz respeito à este post. Você reclama que as pessoas não entendem o que foi escrito e repudia até mesmo a postura daqueles que tentaram ajudar a esclarecer, sugerindo melhoras no seu texto. Soa-me extremamente arrogante, especialmente porque a língua portuguesa é uma matéria humana, como todos sabem, e por isso está sujeita à interpretação e formulação de raciocínio de cada indivíduo receptor da informação.

    É este meu entendimento, e acredito que ignorância seja acatar as diretrizes alheias sem pensar, argumentar, discutir.

    Concordo com quase tudo que você disse nesse post, pois me considerando também uma pessoa de intelecto superior ao da maioria, tenho minha prepotência perdoável, mas você há de convir que se muitas pessoas estranham a frase, entre elas alguns que expressam muito bem suas ideias ao lhe apontarem esse estranhamento, alguma coisa realmente pode estar errada, e condenar todos sem exceção pode significar a sua ignorância, ao fechar os olhos para a própria evolução.

    • Vamos fazer o seguinte, vou escrever só em novilíngua, assim seu cerebrozinho galináceo não irá mais se confundir, que tal?

      • lexico

        É isso aí Cardoso, esculacha mesmo! Pessoal não entende, que coisa, só porque você não está usando a nova regra ortográfica em todo o texto (como você acabou de dizer), que você está querendo pregar sua fé em Jesus e aproveitar e divulgar um livro bem legal, de um assunto atual.

        Nada a ver!

  • Pingback: Blog do Lucho()

  • É, meu caro, vivemos a era do information snack em tempo real. É a chama estupidez parcial continua e pra completar até os jogos que poderiam gerar algum processo sináptico tem remado ao contrário nas redes sociais, e pra piorar um livro desse é somente o arreganhamento do processo hahaha

  • JAF

    E sem contar o uso de sarcasmo ou ironia. Usar isso no blog/twitter e pedir para ser atacado por randoms ou trolls que ainda estão no maternal, por não entender… ou sequer se dar ao trabalho de ler e pensar por uns poucos segundos.

  • Caio

    FarmVille for Dummies é o chute no saco do século. Eu acreditava no futuro da humanidade mas depois dessa minhas esperanças se foram. Que venham as baratas.

  • Caro Cardoso, a análise da frase em questão "sobre Michelangelo e Leonardo" foi feita com perfeição por Allécto. Tu não podes inventar uma frase. Tem que haver encadeamento. Frases curtas e claras é uma característica de um tipo de cronista ou escritor. Quanto menos complicar, menor o risco de errar. Tu não podes chamar de cérebro galináceo para quem conseguiu explicar o teu erro. O teu blog é lido por muitos e tu deves aproveitar e expurgar algumas palavras de baixo calão. O momento que mudares, eles também mudarão. Vai levar tempo? Vai. Para mudar o vocabulário serão necessário três coisas: escola, escola e escola…

    • Diego

      Também achei "cerebrozinho galináceo" um tanto pesado, mas a Allécto escreveu todo um ensaio sobre um erro que não existe! Não podemos dizer que não mereceu.

      Agora… "Tu não podes inventar uma frase." – What the hell?!?!

    • COMO? "Frases curtas e claras", ou seja, escrever para imbecis? E como assim não posso inventar uma frase?

      Quanto ao baixo calão, estou pouco me fodendo pra quem se ofende com isso. De novo: EU NÂO ESCREVO PARA IDIOTAS.

  • fred

    Depois desse "cerebrozinho galináceo", desisti de ler este blog. Excluído dos favoritos desde já.

    É assim que os leitores são tratados aqui. E isso porque o sr. Cardoso é "elite intelectual", imagina se não fosse.

  • Caro Diego, a Allécto não fez um ensaio, apenas fez uma análise da frase o que é diferente de ensaio. Explique o acerto da frase. É muito fácil dizer se uma coisa está certa ou errada. Aqui, eu não estou jogando pedra no Cardoso, que aliás o respeito pelos conhecimento que tem, mas não impede já que a regra é está de haver uma comunicação. Não precisas defendê-lo. Ele se defende muito bem. Podemos inventar, criar frases e é somente assim que escrevemos. A primeira coisa ao fazer uma frase é banir a vulgaridade. A segunda regra é agregar urbanidade, porque através da tua narrativa te direi quem és, portanto abandone semprea frase chula, a palavra chula e assim vais ter o respeito do próximo.

  • PERFEITO como sempre! Não vejo a hora do meteoro passar perto! é racismo não gostar de gente burra?

  • avontz

    colher de chá pra gente burra.;.

    1984

  • Pingback: E que venha 2011. « Linux for some people()

  • leonardo

    cardoso,para de preguiça e escreve logo outro artigo tá fóóóóó´da ficar esperando

  • tem um amigo que diz que burrice devia doer, para que o burro procurasse ajuda.

  • Parabéns, se mais pessoas pensassem assim, talvez a humanidade finalmente andasse para frente (o que vemos é que ela adora fzr um moonwalk, ne…). Quanto tempo será que leva pro meteoro chegar e acabar com o sofrimento dos que passaram na primeira série e tem que aguentar quem não consegue intepretar nem a palavra 'Guaraná Jesus' ?

  • Elias (Mr.Darkness)

    Eu li o texto, chegou na parte "Diria que ainda há tempo, que é possível reverter essa situação e salvar a Humanidade", gostei de saber q Cardoso pensa como eu, mas aí continuei lendo e vi a imagem…

    PQP viu ?!?!?!?

    E eu ainda cliquei no link pra ter certeza absoluta de q num era montagem…

    AAAFFFFF

    Mandem logo o meteoro antes que isso fique pior!!!

  • Richard

    Legal o texto, mas é uma questão complicada, logo no começo você diz que 95% da população mundial pasta, bom isso significa que eles são maioria e estamos em desvantagem.

    Temos que lembrar que a sobrevivência é a do mais apto e não a do mais forte ou inteligente.

  • Marco Antonio

    Adorei ler esse artigo. Espero que o seu pedido não seja atendido, porque existe vida inteligente na internet; está aqui!

    FarmVille for Dummies é realmente surpreendente. Tive que conferir a existência.

    Faz pensar: será que vale a pena escrever com seriedade? Tenho certeza que livros muito mais úteis não vendem tanto.

  • predador00

    "Os computadores viram para solucionar problemas que não existiam antes deles surgirem"

    ;-;

  • Déborah Amori

    Estava lendo seu texto, morrendo de rir imaginando sua indignação! Mas aí cheguei em "Ignorância não é motivo de riso, é motivo de vergonha" e fiquei sem graça… Corretíssimo!!! Só acho que não deveria ter citado a Novilíngua, vai ter gente se perguntando por que ela ainda não foi adotada como solução dos nossos problemas!!!

    • Luis

      Quem disse que não foi?

      Tente falar "Translúcido","inerente","Oriundo"

      O FDP vai rir da sua cara sentar no chão bater as mãos na barriga e falar "Essa foi boa!"

      Isso é nivel universiOTARIO da Uniban.

      • Déborah Amori

        rsrsrsrs quis dizer oficialmente!!!

  • Cheguei ao seu blog meio que por acaso e o acompanho desde então.

    Sou obrigado a discordar de você em alguns pontos. A humanidade sempre foi desse jeito, a diferença é que com a internet nós temos acesso imediato aos pensamentos alheios, coisa impensável há um par de anos atrás.

    Acho que tudo depende de ponto de vista: A internet é o paraíso dos "Parvos"(citando Gil Vicente em o Auto da Barca do Inferno) – É um mar de mediocridade onde se garimpam coisas necessárias e importantes e não o contrário.

    Quando você fala sobre ignorância, me lembro da época em que surgiu o forno de microondas. Tinha um Sr. (meu mecânico na época), que não se convenceu com a história dos átomos de água vibrando, que tentei explicar para ele até mesmo através de desenhos. Para ele, os alimentos eram aquecidos através do Césio 137 (aquele mesmo do acidente com máquinas de raio x)…

    O mundo é o que sempre foi. Antes da Internet havia muita mediocridade (poderia ficar horas citando alguns exemplos), e contra isso não há argumentação possível. Nunca houve!

    Vou ficando por aqui, já me alonguei demais, mas este é o tipo de discussão que eu gosto. Sou um admirador da singularidade humana.

  • Luis

    Eu sou a favor da eugenia mesmo e F….

    "Ignorância não é motivo de riso, é motivo de vergonha"

    É! Só que uma pessoa tão burra que consiga se orgulhar da propria burrice DEVE ser exterminada ou pelo menos esterilizada.

    (Ignorancia é não saber das coisas, BURRICE é teimar em continuar não sabendo depois de dar cabeçada!)

    Antigamente a pessoa precisava tirar sempre 10 pra ser nerd.

    Hoje em dia 5.1 numa prova de verdadeiro ou falso já é considerado nerd.

    • Déborah Amori

      Eugenia acho radical demais… Acredito que dentre tantos saberes existentes todo mundo pode contribuir um pouco com pelo menos um… E isso deve ser levado em consideração!

  • Marcelo Torres

    É a segunda vez que leio esse post, ri bastante com o texto, e com alguns comentários.

    Mas ainda não acredito que esse livro exista, me recuso a pesquisar. É vergonhoso, mas tô com medo da verdade.

  • Marcos Arruda

    Ae cardoso, saca só isso: http://www.neuropedagogia.org/05_leitura.html.

    É o site do prof. Pier. O prof. Toda vez que leio seus textos lembro do Prof Pier, rs. Ele é como imagino você. rs. Se isso não foi suficiente para você entrar nesse link e ler todos os textos de lá, segue:

    O prof. Pier é membro da mensa, formado em química e física pela USP, etc etc.. ou seja o cara é um crânio. Vale a pena ler o que ele escreve. Abs!

  • Post muito verdadeiro este seu aí. Tem dias que dá vontade de não ter acordado para não ter a oportunidade de ver tanta m*rda na TV e na rua (TV nem assisto mais, eheheh). Sucesso!

  • Hahah, genial seu post, parabéns.

    Também costumo fazer várias associações com o que o Huxley escreveu, não precisa de um sistema de castas instaurado pra saber que vivemos naturalmente separados em diversas "camadas" (sociais, econômicas, culturais, e, como você demonstrou claramente, intelectuais).

    Sou do clube que diz que, se meu cérebro pesa mais que 1kg, é minimamente esperado que pelo menos um pingo bom senso eu tenha. A maior pobreza humana é a intelectual.

    Parabéns, um grande abraço.

  • clovis claro

    esse cara ta loco, naum fala nada cum nada…

  • Cidadão

    Olá amigo, tudo bem?

    Eu acho os seus posts bons de se ler, são interessantes, falas de uma maneira diferente e prende a nossa tenção ao texto.

    Não obstante, nesse texto foste um pouco agressivo( para não dizer ignorante) para com as pessoas, que erroneamente, distorceram o que tinhas falado.

    Permita-me fazer uma pergunta. De onde tiraste a estatística dos 95% da população ? Se isso for verdade então com certeza dentre os 5% 3| ( queira ler o 3 como um E invertido e esse outro caracter como uma barra lateral) que não tem idéia do que são dados estatísticos, logo poderia classificá-lo como pertencente aos 95%.

    Tem diversas outras coisas no post que poderia comentar aqui, mas já é tarde, estou cansado e não sei se valerá a pena.

    Espero que não fiques só criticando esse grupo de pessoas que não tiveram ou não quiseram aproveitar a oportunidade de estudar. Não estarás fazendo críticas construtivas dessa forma.

    Reflita um pouco e perceberás que deves usar o seu conhecimento para ajudar essa classe de pessoas a ter uma visão diferente sobre o mundo que os cerca.

    Até mais.

    • "não quiseram aproveitar a oportunidade de estudar" e isso não é motivo de crítica?

      Por isso o mundo está uma merda, por causa de gente como você que passa a mão na cabeça dos idiotas, coitadinhos.

      • cidadão

        Deves saber que o fato de não aproveitarem a oportunidade de estudar, é porque não tiveram a consciência que tal ação é necessária para o desenvolvimento humano. Não fico passando a mão na cabeça das pessoas, apenas eu tento extrair o potencial de cada um, ao invés de rotulá-los.

        Suponhamos que o meu "método para com o próximo" seja o certo. Se estás indo contra o meu método eu poderia dizer que você não quis concordar, então mereces ser criticado.

        Deu pra entender? Nem sempre a gente tem a consciência certa na hora "certa".

        Espero que tenha sido claro e ajudado em algo.

        Até mais :D

  • predador00

    "Eu se divirto com os posts do Cardoso"

    ;-;