Corre Danilo Gentili! Virou moda “comer a bunda de apresentador de talk show”. Literalmente.

Não, não estou sendo chulo. Isso nunca foi problema por aqui, como todo leitor meu sabe. A expressão “comer a bunda” no caso tem sentido alimentício, quiçá gastronômico.

Curiosamente a baixaria não veio do Jackass, nem da tão alardeada decadência da mídia americana, bla bla bla yankees go home, etc. NEM do Brasil com o seu movimento antropofágico. A imbecilidade é… Holandesa.

Dennis e Valerio, dois apresentadores de um programa chamado “Proefkonijnen” -que como todo mundo sabe é holandês para porquinho da índia- resolveram descobrir em 1a mão qual o sabor de… carne humana.

Ao invés de entrevistar aqueles psicopatas canibais europeus tão comuns, acharam mais simples se tornarem psicopatas canibais eles mesmos. Com auxílio de um cirurgião (ética nota 10) removeram pedaços de carne dos apresentadores. Um preferiu doar parte da barriga, outro preferiu doar a bunda, não que seja errado, cada um dá o que tem.

Um Chef fritou os pedaços em óleo de girassol e os pimpolhos comeram, diante das câmeras. Um comeu o outro, claro, comer a própria carne seria nojento e desnecessário.

Pense nisso quando reclamar da qualidade da TV brasileira, ou quando o Pânico ganhar manchetes por repetir essa “proeza” daqui a alguns meses.

[atualização] Conforme explica este artigo do eFarsas, a história é falsa, tudo não passou de uma encenação para uma campanha de conscientização de doação de órgãos. Sério, se essa foi a justificativa que inventaram pro fake é a mais idiota que já vi, associar doação com canibalismo é igual usar vampiros em campanhas de doação de sangue.


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Caso você tenha uma carteira PicPay,meu usuário é @carloscardoso. Caso não tenha e queira uma forma de transferir pequenas (ou grandes, de preferência grandes) quantias sem taxas, é só se inscrever. Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.

Leia Também:

  • Vi num documentário sobre canibalismo (Discovery ou NatGeo, sei lá) um artista plástico que fez almôndegas com a gordura de sua lipoaspiração e serviu a convidados. Eles tinham opção de comer almôndegas de boi ou de gente e sabiam qual era qual.

  • OKEEEYYYYY!!! Quando a gente acha que já não falta mais nada…

  • hcvenceslau

    Eu fiquei imaginado ele colocando o garfo na boca e virando o Wendigo! hahahaahh

  • Danillo Nunes

    Será que comer a gordura removida da própria barriga engorda?

  • Mauro R.V.

    E ninguem disse qual o gosto. :-)

    De acordo com John Hunter, famoso White Hunter da epoca aurea dos safaris africanos, a carne humana parece carne de porco muito salgada.

    HTH

  • Ivan Nekandro

    Eu quero saber qual é a moral desta estória, se a carne humana tem este ou aquele gosto ou não o que sei é que é proibido por lei e também moralmente condenável em todos os países do mundo pelo que eu saiba. Então qual a finalidade de se fazer um programa com antropofagia além da apelação? De que serve saber qual é o gosto da carde humana? Vão começar a matar pessoas por aí para se comer no mau sentido?

  • Sem dúvida que essa aberração vai chegar aqui, sim, Cardoso.
    Se já não existe um Hannibal Lecter brasileiro, garanto que vai a existir.
    Há sinais de todo tipo de perversão na TV brasileira.
    Em tempo:
    Um ex colega de aula meu, Carlos Páez Rodríguez, em 13 de outubro de 1972, teve um acidente aéreo na cordilheira dos Andes.Os sobreviventes tinham pouca comida e nenhuma fonte de calor em condições extremas, a mais de 3.600 metros (11.800 pés) de altitude. Diante da fome e de relatórios da rádio com a notícia de que a busca por eles tinha sido abandonada, os sobreviventes alimentaram-se dos passageiros mortos que haviam sido preservados na neve.
    Comeram em princípio carne crua, com gelo, depois tentaram asar a carne queimando restos de poltronas do avião e algumas caixas de madeira, mas a carne perdeu substância e ficou menor.
    Foram resgatados 70 dias depois, apenas 16 dos 45 passageiros.
    Coisa curiosa: Dos 29 que sobreviveram ao acidente, só os 16 que comeram carne humana se salvaram, os que se negaram a comer, serviram de alimento.
    É mole?
    Vl&P

    • antonio augusto

      Isso não é de um filme?

  • ATENÇÃO, ESSE COMENTÁRIO CONTÉM SPOILERS

    Acabei de ver isso no livro do Jeff Lindsay (Dexter, é delicioso): havia uma irmandade de canibais e uma garota chamada Samantha que QUERIA ser comida. O diálogo dessa menina com o Dexter, onde ela pergunta para ele se ele tinha um desejo secreto incontrolável, que não poderia contar a ninguém (pq ninguém entenderia); explicando a ele que o desejo dela era ser comida (no sentido literal) e as respostas dele, foi uma das coisas mais interessantes que vi. A discussão em torno da moralidade (ou imoralidade) eventualmente existente em você comer alguém que quer ser comido me lembrou muito outro livro (dessa vez do Ronald Dworkin, 'Aborto, eutanásia e liberdDes individuis), que discute o pq de vc não poder cometere um ato (eutanásia) que atende aos interesses do outro (o doente) só porque o reesto do mundo acha que não é correto alguém querer aquela deteerminada coisa!

    • Ivan Nekandro

      Filha "comer" no bom sentido tudo bem e se for consentido melhor ainda mas antropofagia é de lascar! Isso inviabiliza e faz entrar em colapso qualquer sociedade.

      • Fátima Tardelli

        Ivan,

        Não sou sua filha, meu filho.

        "…comer no bom sentido tudo bem ese forconsentido melhor ainda…"

        Preciso dizer que sua frase dá a entender que está 'tudo bem' se 'comermos alguém no bom sentido' (sexo) AINDA que sem o consentimento dessa pessoa, mas que É MELHOR quando se tem esse consentimento?

        Quanto ao restante do seu comentário, ficou óbvio que vc não conseguiu entender o que eu quis dizer….

  • Olá! A notícia não é real! Na verdade a rede de TV estava fazendo uma campanha para conscientizar o espectador a doação de orgãos! dá uma olhada: http://www.e-farsas.com/apresentadores-holandeses

  • Rickd

    Achei o viral o foda, de extremo mal gosto mas foda-se né porra é uma causa que salva vidas.