Aliens no Maranhão-ou: Como ser mais inteligente que a Aeronáutica

Estava eu tranquilo assistindo House quando o Flávio Radamarker me tuita a notícia abaixo, direto do site do G1:

arquivox

Imaginei, claro, os terráqueos em volta repetindo o diálogo do episódio clássico do Pica-Pau: “Deve ser de Marte!” “Cuidado, pode ser radioativo!”

Nada demais, só lixo espacial, um tanque de propelente ou oxidante de algum foguete. Toda hora aparece um desses, mesmo com as chances não ajudando, já que 70% da superfície do planeta é água.

De resto, li a matéria esperando o desfecho óbvio, simples e evidente, quando me deparo com esta aberração:

Por meio de nota, o Comando da Aeronáutica informou que “não dispõe de estrutura especializada para realizar investigações científicas a respeito desse tipo de fenômeno aéreo, o que impede a instituição de apresentar qualquer parecer sobre esses acontecimentos”.

Como assim, Bial? A Força Aérea, a USAF do Brasil, com o CTA, AFAs, laços quase incestuosos com a Embraer e sabe-se lá quantos institutos de pesquisa simplesmente tira da reta assim?

Vamos brincar de Fox Mulder então, já que o Governo nega ter conhecimento.

 

Em 30 segundos de Google achamos:

tanque1

Tanque de combustível de 30Kg, parte do segundo estágio de um foguete Delta 2 (fonte)

tanque2

Tanque de hélio de um foguete Ariane (fonte)

tanque3

Tanque de um foguete Soyuz U, caído na Namíbia ano passado (fonte)

tanque4

E para provar que brasileiro não tem memória, outro tanque achado no Piaui, em 2002 (fonte)

Finalizando, um tanque de oxidante do 3o estágio de um Ariane 5, encontrado perto de Belém do Pará, em 2006: (fonte)

tanque5

Com isso tudo não é razoável que a Aeronáutica seja tão omissa. Não estamos pedindo para falarem sobre o ET de Varginha, mas de algo que deveria ser rotina para eles. BOLAS, é rotina para quem lê o Bad Astronomer!

O único raio de esperança veio no final da matéria, quando quase a contra-gosto o jornalista do G1 acrescentou, encerrando o caso:

Segundo o meteorologista do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), Pedro Costa, o objeto seria uma parte de um satélite. “Tenho certeza que não se trata de um balão meteorológico ou parte dele”,

Ou não? Claro, agora a melhor parte: Eu sempre falo que a forma mais baixa de vida conhecida pelo homem é o comentarista de site de notícias. Vendo as pérolas relacionadas a este caso, reforço minha opinião:

“Ninguem fala nda. Tem uma nuvem de destroços no espaço fruto da corrida espacial da segunda guerra. Pedaços de satélites e naves que estão em órbita da Terra q irão cair sabe deus aonde. As superpotências nem acabaram de poluir a Terra e ja estão deixando lixo no espaço. Triste demais. E nós, não podemos falar nda.”

Corrida Espacial da Segunda Guerra. Será que ele acha que Iron Sky é um documentário?

“É tanque de pressurização Russo pois os Americanos não usam em forma de esfera.”

É, as Leis da Física Ianques são diferentes.

“Galera, isso aí parece bastante com o Sputnik… bastam procurar no google”

É, idêntico. E nem vale lembrar que o Sputnik reentrou na atmosfera e queimou em 1958.

sputnik

 

“nossa isso é uma coisa inacreditável será que caio de céu mesmo?”

Cai, meu filho, pelo bem do Brasil, CAI, mas sobe bem alto antes.

Leia Também:

  • fellipec

    Não tem como deixar de imaginar o Pica Pau em sua calota voadora e a pistola Zuuuum

    • pensei exatamente a mesma coisa, a galera em volta quando sai o pica -pau abordo de sua "calota espacial"

  • Finalmente o saco de Cronus (ou algo do tipo) está chegando à terra.

  • sratoz

    Detalhe da redação do G1: "o meteorologista do Inpe VÍRGULA Pedro Costa VÍRGULA". Ou seja: só tem um meteorologista no Inpe, né?

  • sratoz

    Meus agradecimentos a quem aqui (fellipec) me lembrou desta peça preciosa da infância: http://www.youtube.com/watch?v=IS5iwym4dHg

    • fellipec

      O Cardoso citou uma frase do desenho no texto.
      Vamos brindar com um gole do delicioso Zoppo!

      • sratoz

        É verdade. Quem lembrou o episódio foi o próprio Cardoso. Mas a calota voadora foi o fecho.

  • "~BOLAS~, é rotina para quem lê o Bad Astronomer!" hahahaha

  • Ahh, o que vale é polemizar. "Objeto misterioso cai do céu" chama muito mais atenção que "tanque de propelente de foguetes quase acerta habitantes da cidade XYZ"

    • É o jornalismo brasileiro fazendo aquilo que sabe fazer de melhor: Tocar o terror.

  • Pra que polemizar quando pode ser muito mais interessante e educativo contar a verdade?
    Gosto desses posts que comentam notícias fresquinhas.

    • Leticia

      Porque a verdade é mais complicada, totalmente sem-graça e não dá SBT Repórter.

  • Felipe DiSouza

    Alguém brincou de Red Alert 3 na vida real e ativou o Orbital Drop de novo…

  • José

    Certo que as chances são pequenas. Mas se um troço desses cai na cabeça de alguém, quem se responsabiliza?

    Não acho que os aliens tenham qualquer tipo de seguro…

  • Felipe Lima

    no pais do futebol, até as bolas caem do céu!!!

  • Castle

    Olhando a penúltima foto parece que a estrela da morte pariu um filho
    (piadinha infame)

    A materia deixa claro que falta profissionais que tenham estudado mais que o Tiririca.

  • Corrida espacial da segunda guerra foi de matar.
    Santa ignorância, Batman!

  • Scully e Mulder??
    Estão meio velhos e defasados. Vamos chamar o time o esquadrao Fringe do lado B.
    :)

  • Bruno

    mas e não tinha ninguem nos comentarios falando "culpa dos PeTralhas e da dilma e do lula"?

  • Como assim? A Tribobó Royal Force não tem condições de emitir parecer? Para que bancamos Brigadeiros, Coronéis e Majores, então?
    Como diria meu falecido avô: isso aqui é o país do futuro, e sempre será…

  • Marcelo

    Vale lembrar que o Centro de Lançamento de Alcântara – vulgo CLA – da Aeronáutica é situado no Maranhão a menos de 300 km do local.

  • qm_ticomia

    “nossa isso é uma coisa inacreditável será que caio de céu mesmo?”

    Cai, meu filho, pelo bem do Brasil, CAI, mas sobe bem alto antes.

    HAHAHHAAHHAHAHAHHEUAHEUAHEFUHFIAEHFAEIHFAIEHGFAIEU