Atendendo a Pedidos – mais ou menos

O fato de eu afirmar que estou mais preocupado com os animais domésticos sendo abandonados por seus donos-fdp em Santa Catarina deixou muita gente irritada, inclusive leitores com poderes psíquicos que chegam a me assustar. Vejam por exemplo este comentário de alguns leitores-revoltados:

Cardoso, levanta essa bundinha dessa cadeira confortável, numa sala
com ar-condicionado e vai lá viver na merda, no caos. Aí quero ver sua
racionalidade em saquear apenas pào e leite pra vc sobreviver até que o
caos passe. Vai lá bonzão.

quero ver vc olhando pra uma garrafa de uísque e não pensar “eu
mereço um trago disso” ou “isso deve me esquentar à noite, quem sabe
minhas pernas param de doer”.

Falar é fácil. Parabéns pelo blog, ele é ótimo. Mas acredito q em SC vc seria tão útil qto uma almofada encharcada.

E mais, acho que de nada adianta ser solidário com SC e continuar
poluindo o planeta. Indo comprar pão de carro 4×4. Um dia chega aki,
aí, em todo lugar. É o aquecimento global.

abs

Então deixa ver… primeiro é crime ter ar-condicionado, segundo o cara acha que é racional saquear uisque e tv de tela plana? Depois vem com um discurso pseudo-ecológico que não tem nada a ver com a história? Mesmo assim ele chegou perto.

Aí temos uma leitora que meteu os pés pelas mãos e acabei nem entendendo onde tentou chegar:

Não sou a favor de saques. Acho uma barbárie desnecessária.
Principalmente, porque todos lá, estão sendo amparados e muito
amparados. Mas concordo, que é muito fácil ficar sentado numa
cadeirinha confortável de computador e criticar quem faça esse tipo de
coisa. Acho que nesses momentos, pode até ser que nossos valores se
desviem. Quem somos nós para criticar. Mas tenho preguiça de ler gente
criticando sempre e não fazendo nada. E pior, escarra um tanto de
bobagem aqui e depois pega seu 4X4 e vai comprar pão e um cigarrinho

Eu não entendi. Ela é contra saques, diz que está todo mundo sendo amparado -e muito- mas diz que não dá para criticar por não estarmos lá? Como assim, Bial?  Se estão sendo amparados o saque é errado. Ponto. Se roubou TV de tela plana, é errado, ponto.

Aí ela se enrola, pega o final do comentário do outro e complica mais ainda.

Quero deixar bem claro que considero o Aquecimento Global algo real. O filme do Al Gore fez sucesso, rendeu dinheiro, o Mercado falou, quem sou eu para discordar.

Só não entendi a parte do “não fazer nada”. Como não? Cedi meu espaço, meu precioso espaço divulgando os telefones e endereços das ONGs que estão ajudando os bichos.

De qualquer jeito, vocês chutaram, e acertaram! Eu realmente vou de 4×4 na Padaria da Carmem comprar pão, mas para fins de transparência, o cigarro da imagem acima é cenográfico. Eu não fumo. Já a cerveja é verdadeira. Eu nem estava com vontade, mas é para dar mais alguma coisa para falarem mal.

Agora com licença, vou queimar mais bebês-dinosauros para descer até a cidade e comer um hamburguer não-vegetariano no Sereno, feito em óleo de bebês-foca*.

*mentira, jamais comeria algo feito em óleo de bebês-foca, detesto peixe.


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Todo valor é válido, o que vale é a intenção e o seu cartão de crédito passar. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.

Leia Também:

  • Evandro

    Não entendo esses ânimos exaltados que as vezes surgem em "discussões" na internet… Alias, talvez seja porque aqui as pessoas comecem à criar personalidade uma personalidade diferente. Tanto que é difícil imaginar essas discussões tomando esse rumo estando "frente a frente".

    A única coisa que dá pra ter certeza é que quem entra nessas discussões deixa a racionalidade de lado bem no início, porque depois o que importa pra ele é sair por cima.

    O Cardoso com essa foto que ele tirou provavelmente pensou que ironizando os comentaristas ele estaria por cima, porém nada acrescentou ao assunto que fizesse esses comentaristas mudarem de opinião…
    Daqui a pouco os comentaristas voltarão e vão dar outras respostas também que não acrescentarão nada, mas aí será a vez deles acharem que estão por cima…

    • É muito triste ver que o conceito de anarquia é mal-entendido. Vocês precisam pensar mais como o Curinga…

      • Evandro

        Ninguém está dizendo que isso tá certo ou errado, ou que isso deveria ser policiado.
        Mas não há como negar que essa forma de agir é paralelo como o das Drag Queens. Covarde no mundo, e corajoso no PC.
        O problema que isso gera é que como uma pessoa se torna inatingível, não se tenta dialogar pra resolver as desavenças, e cada vez mais tempo desperdiçado com intrigas…

        E não estou falando desse caso em especial. Estou falando que de um modo geral…

        Mas cada um sabe o que faz…

      • Achei perfeito isso, pensar como o curinga é essencial…

        Já era seu fã, depois dessa fiquei mais ainda…

        Abraços,

      • Gostei da acidez, muito melhor do que o politicamente correto que faz com que muitas pessoas acabem no balaio dos demagogos. O lance da cerveja foi ótimo.

    • Eduardo Rocha

      E o que voce acha que ele faria pra mudar a opnião das pessoas?

      Gente que escreve e pensa aquilo lá, não tem como argumentar.

      Ou voce queria que o Cardoso se culpasse por ter (ou não) um 4×4?

      Ou ainda que ele voltasse atrás e confirmasse que ta certo roubar um whiskie?

      • Evandro

        Quem disse que eu estava falando só do Cardoso? Eu estava me referindo aos dois lados.

        Ambos fugiram do assunto pra falar de coisas que não tem nada a ver e tentar sair como o vencedor do debate… Esperando que os outros comentaristas(uns e outros são baba-ovo do Cardoso), falem algo do tipo, "Cardoso matando a cobra e mostrando o pau!" pra inflar seu ego.

  • Cardoso matando a cobra e mostrando o pau!!! :o)

  • Genial a foto.

    • menos.. menos… muito menos.. hahahaha

  • Frattari

    Excelente post. Os comentários infundados dos leitores me proporcionaram boas risadas. Tenho certeza que estes leitores que criticaram seu post sobre os animais sequer se prestaram para ler até o final, ou, se leram, não entenderam o ponto abordado.

    E digo mais: os únicos peixe mais detestáveis que as focas, são as baleias. Ô peixinho espaçoso com mania de encalhar!

  • hahahahaah

  • Carlos Magno

    "E mais, acho que de nada adianta ser solidário com SC e continuar

    poluindo o planeta. Indo comprar pão de carro 4×4."

    Parece que é crime ter dinheiro no Brasil. O negócio é ser pobre, deficiente ou desamparado. Assim você tem justificativa para roubar e até matar, como no caso do Ônibus 174, onde falou-se que o criminoso era apenas produto de uma sociedade opressora e desigual.

    Pessoas que ficam criticando os políticos e a classe dominante, mas que no lugar deles fariam igual. Eu teria absolvido o ex-presidente do Senado, Severino Cavalcanti, não por que eu fosse um político corrupto e sim porquê nunca achei que fosse errado os crimes de que ele estava sendo acusado. Ele tinha podres muito maiores que poderiam ter ido a público e não foram.

    Faço uma sugestão ao ilustre Cardoso: que faças um desafio aos que comentaram tão veementemente tuas palavras – a maioria dos bancos abriu uma conta de doação para as vítimas das enchentes em Santa Catarina. Que tal aqueles que criticam, façam a doação e enviem a foto do comprovante para este blog?

    Sou levado a concordar com o Morróida, "isento é uma m#", nem ir comprar pão de 4×4 a gente pode.

    P.S.: Não tenho uma 4×4 (ainda), mas é um objetivo.

  • Não resisti…
    HAHHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHA…

  • Nando

    Só ficou faltando usar uma suástica pra esquentar a polêmica e chegar logo naquele final inevitável das cyber-discussões.

    Aliás, ficou bem de vermelho na foto. O Land Rover, é claro.
    (Eu sei que você já esperava for esse comentário.)

  • Além de tudo, é comprado, e tá aí fazendo jabá dessa marca de cerveja..

    • Robson S. Trindade

      Uahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuhuahuahua

    • MUITO bom. Ironizemos, então.

    • E ainda é Skol.

  • Só espero que você não tenha comido aquele pão que está encostando no capô onde vários passarinhos "passaram"… :-D

  • Tiago

    HAHAHAHHAHAHHAHAHAHAHAHHAHAH !!!

    Cardoso pra presidente !

  • Bruno

    Pois é Cardoso, acho + fácil ainda criticar que ajuda como pode do que ajudar como pode e ser criticado por isso.

    Os comentário que destacou no post são o ápice do mal caráter elevado à desculpa esfarrapada; o brasileiro tem que parar com isso. Certamente lá tem pessoas que se envergonharam e reprovaram a postura dos ladrões oportunistas. Quem sou eu para achar bonito e necessário?

    Parabéns belo carro e pelo ar; tem quem não poder ter uma carro desses (mander é caro) nem um ar (por mediocridade ou pq manter é caro) se roe de raiva de quem consegue se sustertar é suprir algumas necessidades ou luxos e ainda acha o apoio dos ecochatos. Isso torna o Brasil pior de viver.

  • Hahahahaha….
    Carlos Cardoso…
    Você é detestavelmente, malevolamente, anarquicamente, deliciosamente, sordidamente mau…
    E quer saber? A gente adora isso!!!

    Hahahahaha…

  • DK

    ahueheauhwauehwuw

    Concordo…

  • Santiago Errera

    Hoje eu acordei mais cedo para ir trabalhar. E vi os comentários do Alexandre Garcia no Bom Dia Brasil, da Rede Globo. Ele comentou sobre a cidade de Brusque, que fica no mesmo Vale do Itajái onde ocorreram os fatos de Santa Catarina.

    Apenas procurem no Portal da Globo, este comentário do Alexandre Garcia. É um tanto quanto interessante, e talvez faça algumas pessoas terem uma visão um pouco menos "ó coitadinhos" daqueles que escolhem seus próprios governantes !!!

    Grato

    PS: Cardoso, concordo com todos seus comentários (deste post e do anterior).

  • Marcella

    Cardoso, acode!

    o pão tá sujando em cima da carroceria!

  • Impressão minha ou todos estão preocupados com a cadeira confortável onde você senta?
    Sentar num cacto sería mais digno então?
    Engraçado que esses mesmos pseudoecovoluntários da Cruz Vermelha também estão escrevendo bem longe da lama e provavelmente sentados em confortáveis cadeirinhas, como dizem.

  • Ah, acabou de passar no jornal da Record: o trabalho de distribuição dos donativos em SC está sendo prejudicado. Muita gente, que não precisa, mente dizendo que perdeu tudo pra levar colchões, roupas, móveis, comida.

    • Infelizmente, o trabalho de ajuda humanitária envolve MUITA corrupção. Conheci uma garota que estava na Indonésia quando ocorreram os tsunamis. O país foi extremamente afetado, mas a ajuda que chegava era monstruosa. O grande problema disso foi a corrupção. Tinha gente que morava em mansão e queria reconstruir a mansão.

  • Paulo

    Attention-whore ¬¬
    Olha, eu acho que… tudo isso é inútil.
    Concordo que você cedeu o seu espaço, mas neutralizou o favor ao fazer um post "made-to-be-controversial". =/

  • Rodrigo

    A maioria do pessoal que tá reclamando que tu não fez nada eu acredito que também não fez muito viu.
    Ao contrário deles, eu tenho família em itajaí e eles perderam quase tudo.
    E por causa disso eles foram saquear supermercados? não. Foram atrás de ajuda, aí todos da família tão ajudando no que dá.
    Eu não posso ir lá ajudar, mas dei meu 13º (a parte que recebi) pra eles, mandamos roupas e eles estão na casa de outra tia minha lá em SC.
    Ahhhhh mas nem todos podem receber ajuda dos familiares. é fato, mas tem muita gente ajudando, e ouvi algo hj que me deu mais repulsa: vi hj no jornal que tem gente que não precisa, mas está se aproveitando da situação e "pegando" cestas básicas, colchões, roupas, etc.
    Como falta civilidade nestas pessoas, que inclusive eu interpretei que são as mesmas que o cardoso reclamou no outro post.
    preciso então ainda dizer que concordo com o tópico?

  • Heberth de Paula

    Já que um punhado de salsinha pode, deixa eu irritar tb! foca não é peixe…é mamífero…

  • *mentira, jamais comeria algo feito em óleo de bebês-foca, detesto peixe
    .
    Então, pode comer à vontade. Focas não são peixes. :P

    • Eu apostei com uma pessoa que até o 4o comentário alguém apareceria corrigindo o "erro". Como sempre, acertei.

      • Bom, eu não te corrigi. Apenas disse que poderia comer o tal hamburguer, dizendo o motivo. Correção seria: CARACA! Deixa de ser burro, Cardoso. Focas não são peixes!

        Ademais, se você fez essa aposta, pode pagá-la. Eu não fui o quarto a comentar. ;-)

        Melhor sorte na próxima, Cardoso. :)

        • Evandro

          Isso se chama ísca… Primeiro ele coloca essas "piadas internas" que só quem lê frequentemente o blog sabe que ele faz…

          Ele entra em confronto com alguém em relação à algum assunto. Depois disso o assunto morre e passam a ver quem consegue desmoralizar mais o outro.

          Nesse ponto que com a irracionalidade o visitante parte pra pegar algo que possa usar para "ofendê-lo" e acaba pegando isso e acaba que ele próprio acaba "desmoralizado". No seu caso não aconteceu como ele previa, porque você não o ofendeu… Quem acompanha muitos blogs percebe esses clichês da "blogosfera".
          E eu costumo ler direto nos feeds, mas quando venho ver os comentários a única coisa que percebo é que tem o maior número de puxa-sacos por bit quadrado da internet.

          • huasdhuashduasudhuashdusad Só poderia ter vindo de um Evandro essa observação.
            Quanto ao post sobre os animais em SC nem tem muito o que comentar, em situação de emergência nenhuma nação do planeta leva cachorros em helicópteros ANTES de salvar ou continuar as buscas por desaparecidos, as pessoas são a prioridade, é uma regra e uma questão de segurança, não se carrega 10 pessoas e 4 cães em helicópteros. Salvar animais cabe aos órgãos e ONGs que cuidam de animais…

  • Conforme comentei no outro post, repito aqui. Tanto a questão pessoas x animais como a catástrofe como um todo tem dois lados totalmente opostos na mesma região. Por um lado realmente foi um fato triste, forte, marcante, destruidor e muita gente boa foi afetada, mas reconstruirá tudo. Por outro, uma parcela das pessoas sabe piorar as coisas com perfeição, no caso dos saques de uísques, cervejas, carvão, saques nas casas dos próprios vizinhos, de gente que sei que não foi afetada de forma alguma e entrou na fila das doações pra ganhar uma cesta básica (miserável é f*oda), a baixaria entre algumas familias nos abrigos brigando por essa ou aquela doação, essas "trocentas" contas para doações que pelamordedeus, alguém acredita que TODO o dinheiro doado vai chegar a quem precisa? E o pior de tudo foi ver a tragédia se transformar em comédia nesta terça-feira quando passei na frente das Casas Bahia do centro de Itajaí e me surpreendi por nunca ter visto aquele estabelecimento com tanta gente comprando. A fila das prestações estava normal, mas a das compras era enorme. Enfim, a vida aqui pra maioria já voltou ao normal, mas com uns carnês a mais…

  • Vendo sua foto entendi muito sobre os textos que você escreve, Carlos. Mas cara, não desanime, o importante é ter saúde. Sempre!

  • Com esta foto no ar, é coisa de tempo para o Cardoso fazer algum post pago para a G Magazine… e tenho dito!

  • Zé Fél

    A culpa da tragédia de SC é da humanidade.

    Da humanidade que foi morar em um lugar que alaga a cada 20 anos desde a hera mesozóica.

    São Paulo também é assim. A zona norte da cidade e parte da leste está na área de alagamento natural da bacia do Tietê.

    A galera reclama de estar na lama (literalmente), mas não olha onde pisa.

    Mesma coisa com o voto. Tá na mrd@ e vota no Lula. (essa foi só pra gerar polêmica).

    Abraços.

  • Aloha Chefe!
    "Foca não é peixe. É mamíforo!"
    Só não entendi essa implicância com os 4×4, até parece que o aquecimento global é resultado direto dos motores 4×4. Se for um Trabant não polui??
    E os bebês-dino eram pequenos, então não produziram muito óleo, mas a carne era mais macia…
    Aloha!

  • Muito bom!

  • Pingback: Passeando na Blogosfera()

  • só faltou falarem da sua cobertura, sua fazenda e sua conta nas Ilhas Cayman…

  • O meu consolo quando o Cardoso dá destaque para alguns comentários que recebe é que ao menos as minhas opiniões sem sentido parecem não ser tão ruins!

    • Consolo de 23X7 cm?

      huAHUAhuAU

      • Evandro

        Thomas parece ter experiência com isso.

        • Já deve ter visto o tamanho da bicha.
          hahahahahahahahya

      • Acabo de me sentir redimido pela piada sobre flatulência que desenhei recentemente. Não sou o único a apelar para o humor rasteiro na falta de idéia melhor…

  • Vrl

    É engraçado como nós acabamos conhecendo os 'humanistas' em momentos como estes. Eu de fato fico muito sentido com o que aconteceu com o povo de SC, porém, até o Cardoso ajudou mais que eu – da maneira dele, embora todos adorem meter o pau no cara (ui!).

    Só imagino algumas coisas como: será que essas pessoas que postaram são do sul? Se forem, será que postariam se morassem em outro estado? Se não são, que tipo de solidariedade eles prestam? Será o suficiente para criticar (ou pode ler: ter inveja) de um blogueiro que tem sua vida comum e ganha dinheiro trabalhando honestamente (essa ultima palavra eu não posso provar, asuhashuahs)?

    As pessoas são engraçadas. Se sensibilizam nas catástrofes e, depois disso, esquece que o mendigo na porta de sua casa está passando fome. Ô vida…

  • Cesar

    Quando o Cardoso está sem idéias cria uns comentários fake pra ter assunto.

    É assim desde 1968.

    • Ah, a ingenuidade de quem não tem blog me delicia. Eu também achava isso, até que comecei a ter audiência.

  • CLAP CLAP CLAP.

    o.O

    Zoou legal hein… uhaHUAhaAuhAUHa

  • Cardoso você pediu autorização ao dono do carro para tirar essa foto?

    • Foi a dona quem tirou a foto.

    • O carro também é do Cardoso. Ele não precisa de autorização.

  • Como naquele seu post sobre humor, parece que o povo não entende a piada. Acho que o pior de tudo com essa tragédia (e com qualquer coisa solidária) é: na hora que tudo acontece, todo mundo tem mania de dar as mãos, abraçar lagoas e árvores e ajudar o próximo, mas no dia-a-dia todo mundo corre para pegar lugar no ônibus, não cumprimento o vizinho no elevador, assusta pomba, foge de mendigo, fecha a janela do carro quando uma criança de rua se aproxima, ignora solenemente que há lugares reservados para pessoas idosas e com deficiência, não cobra um pingo do que o governo deveria fazer por todos -e reclama do governo- e etc. …

    Um dia quando todos nós mexermos nossas bundas gordas para fazer algo, saindo da frente dos nossos computadores para ficar falando de sexo dos anjos e fazendo mais e falando menos, o mundo muda.

    Tem horas que é melhor ser bicho do que gente. E que venha a saraivada!!!

    Abraços,

    .faso

  • Uma previsão me vem à mente nesse momento……Vão chamar o Cardoso de burro por dizer que Foca é peixe…..

    Ahh e mais uma coisa, parafraseando Heath Ledger: HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

    • Sabe, não é querendo ser chato (mentira), mas eu odeio esse tipo de comentário. Só estraga a página.

  • Quando as barreiras sociais se quebram é que se descobre a verdadeira moral das pessoas. Quanto mais barreiras sociais, menos moral naturalmente formada existe.

    Um exemplo disso é a comparação Brasil x EUA : Os saques acontecem em ambos os lugares, mas lá é um caso extremo, qualquer desvio dos acontecimentos naturais derruba a moral de todos. Porque todos são preso por leis que amedrontam e são cumpridas. Quando surge a certeza da impunidade, a verdadeira moral surge.

    A ausência de leis tão rígidas e certeza de punição faz com que a presença da verdadeira moral entre o Brasileiro já seja maior do que nos americanos (palmas para nós), mas na hora da certeza de impunidade, todos sempre abusam, quer seja mais ou menos que outros.

  • Voce está precisando de um regime :)

    ps:
    Antes que falem que nao tratei do assunto, a imagem é parte do post.

  • Ignorando todo esse mimimi deste post e do outro mensionado, tenho uma informação interessante.

    O Contrato de seguro que a Walmart (proprietária do supermercado saqueado em Itajaí)tem daquela unidade (digo especificamente daquela porque desconheço os contratos de de seguro de suas outras unidades) tem em uma de suas clásulas "a não cobertura em casos de inundanções, enchentes ou enchurradas". Ou seja, a Walmart ficaria com todo o prejuízo decorrente da enchente. A não ser é claro, caso em alguma hipótese, muito remota diga-se, que tudo que tivesse sido comprometido fosse roubado. Ou numa palavra muito utilizada: saqueado!

    E ai? Entendeu porque ninguém, nem a polícia fez nada para evitar?

    Att.

    • Alfredo

      Ok um argumento até que razoável, mas nas clausulas de seguro geralmente falam: "Não cobre em caso de enchentes (e tudo o que você falou) e problemas decorrentes disto."
      Logo, se roubarem por causa da enchente não há cobertura.

      Digo isto relativo a seguro de carro, que é onde tenho algum convívio. Por exemplo, ouve uma enchente e seu carro sumiu. Você não tem como dizer que ele foi roubado, porque houve uma catástrofe natural que sumiu com ele. Mesmo que ele não tenha sido engolido por uma cratera e roubado por alguém.

  • Pingback: Pra onde Vai o Dinheiro das Doações de Santa Catarina()

  • Rapaz, sei que esse comentário tem pouco haver com post acima mas vamos lá.

    Vejo tanto o seu Avatar como Dr.House, que na última foto custei a acreditar que era você mesmo, hahaha. Tinha que fazer uma montagem do Dr.House encostado no 4×4, aí ia ser massa :)

    Abraços !

  • QUERIDO CARDOSO!
    Não acho que eu entrei em contradição quando disse que 'sou contra saques e acho uma barbárie desnecessária'. Eu não faria isso. Mas também nunca fiquei desabrigada, nunca tive minha casa soterrada e nem perdi nenhum parente desta forma, por isso, não sei qual seria minha reação diante de uma situação dessas. Pode ser que meus valores, naquela situação, mudem. Eu queria entender pq aquelas pessoas que saquearam o supermercado, mesmo amparadas, continuavam saqueando, entende? Será que eu faria isso? Num momento de desespero? Será que vc faria?

    Eu repeti a última frase do post do Luiz, porque é isso mesmo. Ficamos aqui, sentadinhos e não nos preocupamos com nada, só com o nosso conforto. Não costumo fazer críticas sentada na minha cadeirinha confortável de computador. A frase não foi para vc. Acho que vc deve ir pescar, está muito estressado. Mesmo assim, gosto muito do que vc escreve.
    abraços
    Renata Mota

  • Só passando pra dizer que também quero uma Defender (vermelha).

    Velhos tempos, quando trabalhei na Berrini (BMW-LAND ROVER), só tive o privilégio de dirigir no pátio, mas como sou o maior blogueiro do universo, logo, logo terei a minha.

    Ficou bem na foto, parabéns!

    Saúde, paz e (mais sucesso!)

    Abraço,

    Moura

  • Carlos,

    No lugar de escrever uma postagem para responder à questão, seria mais fácil dizer 'o blog é meu e faço o que quero, p*rra!'.

    E.T: isso não é uma crítica à tua escolha (de fazer uma postagem só para isso), afinal: 'O BLOG é SEU e VOCÊ faz o que bem entender, p*orra! ;)

    • sério, eu não sabia que o blog é do Cardoso, achei que era meu

  • AUhuAhAUhUAHA
    matou a pau Cardoso!!

  • Defender saques é muito fácil. Da mesma forma que os saqueadores agem os maus comerciantes também exploram as catástrofes numa tentativa cretina de faturar com a desgraça dos outros. Esses comentários são imbecis porque não se apegam a mais simples realidade sobre a raça humana: O ser humano pensa sempre em si primeiramente. Se ele achar que pode tirar vantagem de uma situação, mesmo que milhares estejam morrendo a sua volta, assim ele fará.

    Quanto aos animais, é ridículo imaginar que isso é algo sem importância. Muito próprio de um povo que não pensa em prevenção de doenças e de problemas. Os animais abandonados propiciam a multiplicação de agentes infecciosos e podem ser uma fonte constante de epidemias das mais diversas. Recolhê-los; tratá-los e abrigá-los corretamente é, antes de qualquer coisa, uma medida de saúde pública.

    E, para dizer a verdade mesmo, esse gravíssimo problema enfrentado por Santa Catarina nada mais é do que o fruto desse mesmo descaso com a prevenção. Se as obras planejadas para evitar as cheias (e engavetadas faz tempo) fossem executadas, essa desgraça nunca teria acontecido.

    O problema do Brasil é que seu povo está convencido de que "Deus ajuda" e isso é uma desgraça porque tudo fica na conta da divindade que sequer existe. Enquanto em países mais desenvolvidos a mentalidade é "Deus ajuda a quem se ajuda"; por aqui ficamos a mercê dessa filosofia barata e desse comodismo que nos atrasa e nos imobiliza.

    É fácil ser hipócrita e criticar o "bife de foca". Difícil mesmo é constatar a realidade e perceber que ser previdente é a verdadeira solução de todos os males (ou pelo menos da maioria deles).

    Dizer que o cara fica sentado no computador sem fazer nada e falando abobrinhas é muito cômodo e soa "bonitinho" e "revoltadinho". Mas imaginar que se a população tivesse feito a sua parte e entender que muitos problemas podem ser evitados com uma postura de não deixar acontecer para reagir é criticar fundo a nos mesmos. E isso é muito mais complicado e difícil.

    Não sou advogado do Cardoso e nem tenho procuração, mas como blogueiro que escreve sobre política canso de receber comentários com críticas de fanáticos iludidos e isso é muito chato. As pessoas são cegas para as suas próprias participações nas grandes e pequenas catástrofes da vida e é muito fácil e simples achar um bode "respiratório" (sic) para jogar a culpa.

    • Paulo

      Cara, vou ser sincero contigo, porque eu moro em Blumenau e estou vendo isso direto:
      Se você explorar a cidade, vai encontrar vários diques de prevenção de enchentes, sem contar as barragens que existem no Alto Vale (Blumenau fica no Médio vale do Itajaí) para represar a água afim de evitar inundações na cidade…

      Agora eu quero ver obra aguentar 4 meses de chuva direto (Sim em Blumenau fazia mais de 4 meses que todo dia chovia) e depois aguentar em quase 200mm em menos de 24h…

      Para dizer a verdade, em Blumenau nem aconteceu uma grande enchente, o problema foram os deslizamentos. São milhares.

  • ahhahahahahahaha
    Acho divertidíssimo acompanhar os comentários do seu blog e imagino que você também o ache. Tá, seus posts são muito bons e tô sempre por aqui, mas os comentários… fazem meu dia mais feliz =D

  • às vezes temos que tomar cuidado com que escrevemos, e principalmente com que lemos, para não interpretar de forma errada.
    Talvez as pessoas das opiniões estejam super frustradas com os acontecimentos de SC, que qualquer crítica é motivo para mais raiva ainda.

  • Foca

    Ainda bem que foca nao é peixe.

  • Edu

    PQP Cardosão !!!

    Agora fiquei teu fã de uma vez !!!

    Parabéns pela defesa dos bichos abandonados!

    Tenho SEIS cães adotados, que apareceram ( um de cada vez, é claro) no meu portão, em estado de miséria total: Raquiticos, sarnentos, machucados, etc, etc…

    Hoje, jamais trocaria qualquer um deles por um "ser humano", materialista, invejoso, vingativo, etc, etc, etc…

    Alguem aqui assistiu ao filme "Os sete macacos" ???

    Na minha opinião, ele retrata um futuro BEM PRÓXIMO para os ditos "humanos"…

    Abraço.

    • Excelente comentário ;D

      • Edu

        Se foi elogio, agradeço.

        Se foi ironia, vá a merda.

        • Foi elogio ;)

          • Edu

            Um abraço. ;-)

    • Não seriam Doze Macacos?

      • Edu

        Seriam 12. Falha minha. Mas não invalidou o post. ;-)

        Abraço.

  • Foca

    Foca é peixe?

  • hahahahah, Cardoso é o Cajuru da blogosfera…rs.

    Quem disse q ar-condicionado é crime? Eu só fiz um contraponto entre caos e conforto. Da próxima vez eu desenho pra vc entender…rs.

    Aí vai mais uma mensagem ecológica: Salvem as baleias….ahahahahahah

    abs
    @luizcarioca

  • Cardoso,

    Foca não é peixe.

    Cuidado com esses pequenos equívocos.

    Você deixa a bola quicando… Depois não reclama quando algum "Grupo Defensor das Obras Divinas e dos Direitos das Espécies e Legitimidade dos Mamíferos e Mantenedora dos Recursos Marítimos" resolver chutar a bola!

    Mancada, pô?!

    • É IMPRESSIONANTE a falta de capacidade de vocês em perceber uma piada.

      • Acho que faltou colocar um "rs" no final da minha frase… Sei lá… Ou sua incapacidade pra perceber uma frase "irônica" é IMPRESSIONATE ou eu sou realmente péssimo em redação!

        Acho que você anda assistindo House demais.

  • josé

    foca é peixe??

  • Alberto

    Cardoso, depois de ler vc e sua namorada. Eu quase vomitei, acabei por fazer isso depois de escrever no fórum que participo.

    Eis o link http://www.horyu.org/novoforum/viewtopic.php?f=21

  • Danilo

    Foca é peixe?

  • A propósito das críticas que o amigo blogger tem recebido, embora seja evidente que quanto mais influente no meio mas crítica se recebe….alguém já disse que só as árvores que dão frutos é que são sacudidas e apedrejadas….(ditado hindu? )…então não se apoquente por tão pouco….é típico da banda ouvir os cães ladrando….e já que se incomodam tanto com ar condicionado e pão fresquinho, porque não vão ajudar pessoal ou financeiramente ? hamm ? certamente os mesmos que disparam seus vates estão atrás duma tela plana…comentando…porque não ousam escrever. Deve ser este o meu caso, talvez…mas eu escrevo também. Estou contigo. Recebi estes mesmos tipos de comentários por e-mail e no blog….quando publiquei sobre a tragicomédia holofotada (será que existe este termo, se não Aurpelio – acrescenta! ) pela mídia sensacionalista e non-sense deste país. Todo mundo lembra do Katrina (EUA) e tem gente até hoje or conta das contas abertas para ajuda humanitária…tem ONG com receita para vários anos. Você duvida, eu não!!!!!

  • karol

    Imbecil, a sociedade tá uma merda pq é feita de pessoas como vc!!!!!!!!

  • Maurício

    Eu não entendo esse pessoal babaca e hipócrita que se revolta quando se fala a verdade. A água subiu? Encheu? Pra quê diabos vou ROUBAR uma geladeira ou uma TV diante daquele caos? Porra! Não tem desculpa. Roubar é roubar aqui e em qualquer lugar. Aí ficam dizendo que é fácil falar sentado numa cadeira e tal… Porra! Duvido que quem falou isso está lá no meio da catástrofe ajudando!!! Pessoalzinho medíocre esse que se mete a bom-samaritano e fica sentado em seu computadorzinho em casa.
    No mais, lamento a trajédia em Santa Catarina.
    Não ajudei em nada e nem por isso me sinto culpado. Afinal eu contribuo anualmente com 1/3 do que recebo em impostos ao governo que tem a obrigação de fazer sua parte.

  • Eu gosto de ler outros autores falando sobre os comentários recebidos, e pela foto, pense na preocupação do Cardoso!

  • Rosana

    Bela foto

  • Sua cadeira deve ser bem confortável mesmo!

    E se pá eu to com os comments, ein? Não sei…

  • Já tava preparando o comentário sobre a 4×4 antes de ver a foto…

    "Pensar como o Curinga" foi tacada de mestre!

  • Bonitão!

  • bom, eu tenho certeza de que voce nao come nada feito com oleo de bebes-foca. eu ganhei de voce um poster lindo do wwf no meu aniversario justamente de um bebe foca, ha muito tempo atras (claro que hoje em dia podia ter sido uma ironia, mas nao era). enfim, nem todo mundo tem senso de humor, ne, fazer o que.

  • Nem vou entrar na briga de quem tá certo. Só quero deixar este comentário pra dizer que adorei a foto do 4×4 com cigarro, pão e cerveja.

    Foi sensacional. Vou até dormir de bom humor agora.

  • Pingback: SANTA CATARINA, SOLDADOS, VOLUNTÁRIOS E UM CERTO TRIBUNAL DE CONTAS. | Visão Panorâmica()

  • It's true
    Peixe é horrível.