Como matar uma excelente campanha viral em 1 passo

A campanha da Oi “Bloqueio Não!” ganhou muita simpatia pela blogosfera. Foi uma iniciativa de marketing excelente, inclusive com bons resultados de fidelização. Afinal, todo mundo concorda com “um movimento contra a prática absurda das operadores de bloquearem os celulares para o uso de chips de outras operadoras. Afinal, o aparelho pertence a nós, não pertence a elas.”

O problema é que essa indignação toda da Oi só vale pra pessoa física. Vejam esta nota do BlueBus:

contraditorium-oibluebus.jpg

Parabéns, Oi, agora vocês podem escolher: Assumam que foram hipócritas com esse papo de “gesto autoritário das operadoras” ou, como quase sempre acontece, ninguém se lembrou desse detalhe. Se for o caso, parem com a prática e ofereçam desbloqueio gratuito para os celulares corporativos existentes. Terei prazer de publicar a novidade aqui.

(vocês não se divertem com esses blogueiros que ficam fazendo ameaças para grandes corporações? É, eu também acho ridículo)


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Todo valor é válido, o que vale é a intenção e o seu cartão de crédito passar. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.

Leia Também:

  • Sabe o que é melhor? Tenho certeza que há centenas de pessoas lá fora que, como eu, já esperavam um passo em falso da Oi nessa campanha.

    Eu digo: nada (e reforço), absolutamente nada que tenha a Telemar no meio está 100% livre de pane, erros, enganos, mau tratamento dos clientes e péssima prestação de serviço.

  • O Espírito da Telerj continua vivo.

  • Oi, ja acompanhanho esse blog há algum tempo, e hoje, um dia após eu ter criado meu prórpio blog decidi comentar.
    Eu estava maravilhado com a OI e sua campanha maravilhosa, anti-bloqueio de celulares, mais depois dessa, fiquei indignado. ainda bem que vc mostrou isso pra nós! vlw! abraços

  • Samuel

    Pra mim isso não passou mesmo de uma bela campanha de marketing da Oi, vendo que ela é bem mais fraca que a Claro e a Tim em diversos âmbitos. Logo ela tem que recorrer a belas jogadas de marketing.

    Sem falar que eu ouvi falarem que esses celulares são mais caros que o normal devido a eles serem desbloqueados.

    Mas hoje em dia basta procurar pelo modelo do telefone mais a palavra desbloqueio que você consegue facilmente achar o processo para desbloquear o seu celular, sai mais barato assim.

  • A idéia do desbloqueio é interessante, mas sempre tem suas falhas. Eu mesmo tenho um aparelho da Oi faz alguns anos. Bloqueado claro. E quando começaram com essa campanha de bloqueio não eu resolvi tentar desbloquear o meu, mas até agora nada.

    A última posição que eu tenho deles é que a motorola não liberou o código de desbloqueio (eu tenho um v3, pode zoar), e que é pra eu voltar lá a partir do dia 20/07 para eles tentarem desbloquear, e caso não tenham o código do desbloqueio ainda, vão me dar uma autorização pra ir a uma autorizada motorola e desbloquear o aparelho.

    Enquanto isso eu espero, e se nada for resolvido eu começo a chiar tb. hehehe

  • Pedro Wenner

    Nada é bulletproof… realmente tinha muita gente esperando um furo, e provavelmente, a TIM, a VIVO, CLARO e outras vao atacar com tudo se descobrirem isso =D

  • Bruno,

    Vá a qualquer lojinha dessas que concerta telefne celular que eles desbloqueiam na hora, por uns R$ 30,00, o bloqueio ocorre via usb, sem contar que eles ainda vão te perguntar se vc quer apagar aas musiquinhas que ficam ocupando ociosamente a memória do seu aparelho…
    P.S.: Somente faça isso se o seu aparelho ja estiver passado doperiodode cobertura da garantia,

    off(algumas lojas comercializam o aparelho já desbloqueado foi assim quando comprei meu V3 mergulhador Kamikase)

  • com o perdão dos erros de "digitamento".

  • Pingback: Blog da Maysa()

  • GOB

    Ainda não tenho total confiança nessa história.

    Se for realmente verdadeira, papelão heim Oi?

    E o melhor foi um leitor do BlueBus indignado com o fato de "só aparecerem gordos com camisetas agarradas" no comercial.

    Abraços

  • Eric Grynberg

    Na loja da minha mãe, recebemos de graça para uso com o Paggo (sistema de cartão de crédito no celular das Oi) um Nokia 6600.

    É, tava bloqueado.

    Mas nem sei se posso culpar a Oi nesse caso, o aparelho pode ser da Paggo, mas é tudo parte da mesma coisa.

  • Era bom demais pra ser verdade. hahaha

    Até mais.

  • Fábio Sim&ati

    Cardoso, boa tarde!

    Soube do seu post através do blog da Maysa de Castro e gostaria de lhe informar que existe um erro nesta informação. Realmente os aparelhos chegam bloqueados a empresa, pude comprovar isso quando a empresa para qual eu trabalho trocou o sistema de telefonia mas no mesmo dia a Oi informou que desbloquearia os aparelhos. A informação que recebi da Oi na época sobre esse "bloqueio" seria feito para a segurança dos aparelhos, tanto para o lado do operadora, quanto para nós da empresa.

    Vejo a sua crítica mas não entendo o motivo.

  • Fábio, leia este outro depoimento no bluebus.

    "Adquiri esta semana um plano corporativo da Oi e minha primeira curiosidade foi ter a certeza de que os aparelhos nao estariam bloqueados. Qual nao foi minha surpresa ao constatar que to-dos tinham vindo bloqueados. Liguei para a central afim de constatar se tinha ocorrido algum engano, (pois para mim a campanha da Oi está muito clara no sentido de rejeitar essa atitude de bloqueio), a resposta que me foi dada foi de que o desbloqueio só é válido para clientes de planos pessoa física! Para pessoa jurídica os aparelhos continuam bloqueados. Estranho, nao é?".

  • Pingback: Blog oficial da Lapfinder » Blog Archive » Quem ama bloqueia!()

  • Helder

    Olá a todos! Sem querer por lenha na fogueira… mas já que a questão são direitos do consumidor. Relato meu caso. Adquirir um plano da Oi(pessoa física) o qual junta todos seus serviços, linha fixa, móvel e internet, e acabei por ganha dois celurares que foram ditos desbloqueados, porém quando fui verificar… NADA!!! Liguei para eles e informaram que isso leva algums dias(tiveram a cara de pau de mentir) e até agora os dois aparelhos se encontram bloqueados. Do ponto de vista moral isto é uma tremenda falta de respeito com o consumidor e realmente precisa vir a tona.

  • Fala Cardoso. Teve um cara no Blue Bus que disse que a Oi desbloqueia o aparelho sem nenhum custo e que ele vem bloqueado apenas por segurança.

    Não quero dizer se ela é certa ou não. Só pra ficar imparcial a parada.

    Um abração

  • Markz

    Mas uma coisa não ficou clara para mim.
    Ele diz que adquiriu um plano corporativo, não diz se comprou o aparelho.
    Não sei como a Oi faz, mas há um tempo em outra operadora, os aparelhos de pessoa física eram comprados pelo usuário; os de pessoa jurídica eram oferecidos em regime de comodato.
    Ora, a propaganda dá Oi diz, "você comprou, mas ele é meu". Se for oferecido em comodato, a empresa não comprou o aparelho.
    Acho que há uma diferença relevante na forma como o aparelho foi adquirido. Se foi comprado, logicamente é uma contradição clara, mas caso seja comodato, não faz sentido a empresa oferecer o aparelho para você usar o concorrente, faz?

  • Pingback:   Desbloqueio? Francamente… by Direito e Trabalho()

  • Pingback: inovaVOX » Blog Archive » Oi Even, basta um pingo de desbloqueio!()

  • Jason Leyendecker

    Essa história de operadora oferecer carta para desbloquear o aparelho é a maior mentira do planeta. Eu mesmo tenho um Nokia 6255 da Vivo. A função de enviar arquivos através do Bluetooth é bloqueada. Só consigo receber.

    Vi uma reportagem no Estadão sobre esse assunto e liguei pra assessoria de imprensa da Vivo. Um rapaz transferiu a ligação para uma "assessora da direção" e ela falou que enviaria uma carta para desbloquear o infravermelho (pode?), porque o bluetooth não existia no meu celular e eu estava completamente equívocado. Quase fui até a Vivo espancar essa mulher. Quando eu consegui a carta, fui na Nokia e eles falaram que essa história de carta era mentira da operadora e que a operadora não manda em assistência técnica, nem aqui, nem na China. Depois ela propôs que eu pagasse R$ 90,00 pra desbloquear. Desisti e comprei um N73 da Nokia.

  • Pingback: A campanha “Bloqueio Não” é um engodo da Oi » Tecnocracia : Estado Tecnológico()

  • Pingback: farah.eti.br » Blog Archive » A campanha “Bloqueio Não” é um engodo da Oi()

  • Arnaldo

    Em planos corporativos (Pessoa Juridica) o aparelho não é do cliente e sim da operadora em casos de comodato outras vezes sao 100% subsidiados. Bem justo que o aparelho sejam bloqueados.

  • Alex Grigolli

    Essa Oi vai se lascar meus caros, ninguém gosta de ser usado, e ela ta fazendo isso com o povo brasileiro, só não concordo com o raciocínio, pois uma pessoa me questionou sobre direito de propriedade, vejam bem, quando compramos uma casa, um carro ou qualquer outra coisa, podemos realmente afirmar que é nossa?100%?Pagamos impostos, temos que seguir regras, citando o caso de carro ou casa, não pague ipva, iptu não faça o recuo da casa dentro da lei pra voce ver o q acontece, acho que uma vez que você concordou de comprar o aparelho bloqueado por ele sai mais barato, todos aqui tem que concordar em um ponto, ele é teu sim mas a operadora é tua sócia nesse caso, compre um aparelho nas Lojas Americanas da vida, pague o valor de mercado dele, sem vínculo nenhum com operadora dae sim pode-se dizer que o aparelho é nosso, o brasileiro valoriza muito pagar barato no aparelho, e pra isso ele aceita que o aparelho seja bloqueado, dae não adaianta chorar, use um tempo na sua operadora (12 meses aqui no Brasil / na França é 6 meses) dae corra atras e cobre que desbloqueiem sem custo.

  • Alex Grigolli

    que você concordou de comprar o aparelho bloqueado por ele sai mais barato, todos aqui tem que concordar em um

    ponto, ele é teu sim mas a operadora é tua sócia nesse caso, compre um aparelho nas Lojas Americanas da vida, pague o valor

    de mercado dele, sem vínculo nenhum com operadora dae sim pode-se dizer que o aparelho é nosso, o brasileiro valoriza muito

    pagar barato no aparelho, e pra isso ele aceita que o aparelho seja bloqueado, dae não adianta chorar, use um tempo na sua

    operadora (12 meses aqui no Brasil / na França é 6 meses) dae corra atras e cobre que desbloqueiem sem custo.

  • Alex Grigolli

    Essa Oi vai se lascar meus caros, ninguém gosta de ser usado, e ela ta fazendo isso com o povo brasileiro, só não

    concordo com o raciocínio, pois uma pessoa me questionou sobre direito de propriedade, vejam bem, quando compramos uma casa,

    um carro ou qualquer outra coisa, podemos realmente afirmar que é nossa?100%?Pagamos impostos, temos que seguir regras,

    citando o caso de carro ou casa, não pague ipva, iptu não faça o recuo da casa dentro da lei pra voce ver o q acontece, acho

    que uma vez que você concordou de comprar o aparelho bloqueado por ele sai mais barato, todos aqui tem que concordar em um

    ponto, ele é teu sim mas a operadora é tua sócia nesse caso, compre um aparelho nas Lojas Americanas da vida, pague o valor

    de mercado dele, sem vínculo nenhum com operadora dae sim pode-se dizer que o aparelho é nosso, o brasileiro valoriza muito

    pagar barato no aparelho, e pra isso ele aceita que o aparelho seja bloqueado, dae não adianta chorar, use um tempo na sua

    operadora (12 meses aqui no Brasil / na França é 6 meses) dae corra atras e cobre que desbloqueiem sem custo.

  • Marcos

    Geralmente os planos corporativos são feitos em comodato, o aparelho é da operadora que determina que depois de algums meses doará os aparelhos para a empresa contratante do serviço. Na Vivo são 24 meses de comodato.