Fone Intra-auricular Koss

music.jpg Depois de anos de busca, finalmente achei um fone de ouvido digno de minhas expectativas. No Rio de Janeiro para ouvir direito, só se trancando em casa ou usando um fone intra-auricular, coisa muito difícil de achar, diga-se de passagem. Mas como sou persistente, consegui.

Se você está acostumado a comprar fones de R$7 no camelô, pare aqui. Vai achar esta resenha extremamente ofensiva. Este é um texto para audiófilos pretensiosos. (ok, sou mais pretensioso que audiófilo, admito).

Minha saga por um fone intra-auricular envolve os suspeitos habituais: Sites no exterior (inviável, o frete sai mais caro que o fone), peregrinações no Camelódromo do Rio, revirando o Edifício Avenida Central, e nada.

Uma pesquisa mais detalhada indicou uma loja, na Rua dos Inválidos (imagine um motel em uma rua com esse nome: Existe.) que dispunha de um modelo. Fui até lá, primeiro errando completamente o caminho, depois seguindo a rota mais longa possível.

Obviamente a loja não existia no endereço indicado. Como estava perto da República do Líbano (em paulistês leia-se 25 de Março) fui percorrer as lojas de som e componentes eletrônicos. Rodei de cabo a rabo. Só não fiz o caminho inverso pois isso seria de rabo a cabo e pegaria mal.

Fracasso. Total. 90% dos vendedores fazia cara de cachorro que não está entendendo nada, quando eu falava “fone intra-au-ri-cu-lar”. Na metade já fazia o gesto e dizia “aquele de enfiar no ouvido”.

Declarei (quase) derrota e voltei em direção ao Largo de São Francisco e a Rua da Carioca. Iria passar nas lojas de música, vai que acho algo. Na primeira, na esquina, pergunto ao vendedor e ele responde: SIM, TENHO. Aleluia. Agora, finalmente, depois de anos de xing-lings e Goldships, tenho um fone semi-profissional decente para usar na rua.

O Modelo


fone1.jpg
Embalagem do fone

Eles só tinham um modelo disponível, o The Plug, da Koss, um fabricante tão decente que até eu já tinha ouvido falar.

A embalagem não é o blister vagabundo que estamos acostumados em produtos de segunda linha, como os da Palm. Aqui ele abre e fecha como uma embalagem decente, podendo ser usado para guardar o fone e os acessórios.

Com uma garantia “lifetime”, o fone vem com quatro conjuntos de plugs auriculares, para diversos tipos de canais auditivos. Se você nunca se interessou pelas qualidades anatômicas de seu canal auditivo, esta é a hora.

O fone em si é uma evolução do antigo “egoísta”, mas com uma saída de ar na traseira, evitando a sobrepressão que poderia causar problemas de audição, como ocorria nos modelos jurássicos.

Nota: Se você realmente levou a sério aquelas matérias “iPod causa problemas de audição, aperte ALT+F4 imediatamente.


fone2.jpg
O fone. Moderno e discreto

Resposta e Qualidade

Com uma faixa de frequência de 10Hz a 20KHz, o fone consegue atingir uma faixa de graves que os brinquedos de R$5 do camelô nem sonham. A oclusão do canal auditivo permite um som quase sem interferências, com uma potência muito baixa. Isso significa volume em nível mais baixo, menos consumo de energia e maior autonomia do seu player.

Conforto

A menos que você seja uma atriz japonesa de filmes eróticos, não vai achar imediatamente lógico andar com um pedaço de borracha em locais de usa anatomia que não foram projetados para isso, mas tudo na vida é costume. Como no caso das honoráveis atrizes nipônicas, o desconforto é compensando pelo prazer. O mundo é isolado, só se ouve sons muito altos ou fora da faixa de frequência da música que você está ouvindo. ao mesmo tempo, desligando a fonte de som a captação do áudio externo é razoável, permitindo inclusive conversações sem aquela clássica situação de usuário de fones gritando sem perceber.

Limpeza

É um equipamento de usuo pessoal e intransferível. Não recomendo que você fique emprestando por aí. Devemos nos conscientizar da santidade e inviolabilidade de nossos fluídos vitais, evitando que sejam conspurcados por outros fluídos ou substâncias malignas, como o flúor. (quem pegar essa citação ganha um doce)


fone4.jpg
Cada orelha uma sentença, um formato de plug

Sério: Não fique enfiando na orelha fones dos outros, é nojento. os plugs são removíveis, perfeitamente laváveis e devem ser limpos sempre que possível. Um cotonete faz o serviço sujo, uma lavagem com sabão neutro deixa o bicho cheiroso pronto pra outra semana de uso. Limpar o canal antes de usar também é uma boa.

Qualidade Geral

É impressionante a diferença de qualidade entre um produto caro e as porcarias chinesas do dia-a-dia. Até o plug é personalizado com a marca. O cabo de 1m20cm alcança qualquer bolso ou mochila. No geral sua única preocupação é comprar plugs de reposição, na eventualidade de uma perda, mas nesse caso, três extras, é mais fácil adaptá-los a seu canal auditivo.


fone3.jpg
No geral, excelente

A embalagem é confiável, demonstra cuidado e não há erros de ortografia no texto, ao contrário da maioria do material chinês, que é todo em engrish. Além de instruções detalhadas e um termo de garantia em folha isolada, há recomendações de segurança e destaques para o website da empresa, que deliciosamente não é de Taiwan.

Conclusão e Informações

Não é um fone para usar em casa. O The Plug é projetado para uso na rua, em ambientes ruidosos, onde ele se destaca. Por ser discreto também é uma boa para não chamar a atenção dos pivetes. (se você mora em uma cidade decente, desconsidere o último comentário). Ele é o par-perfeito para o receptor/fone estéreo bluetooth da MSI, já resenhado aqui.

ficha técnica:

Modelo: The Plug
Preço: R$75,00
Fabricante: Koss
Faixa de Frequência: 10Hz a 20KHz
Impedância: 16Ω
Sensibilidade: 112 dB SPL/1mW
Distorção: menos de 0.3%

Onde achar: Musical Carioca – Rua da Carioca, 89, esquina do Largo de São Francisco, Rio de Janeiro – 21-2524-6029
Website: http://www.musicalcarioca.com.br/


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Caso você tenha uma carteira PicPay,meu usuário é @carloscardoso. Caso não tenha e queira uma forma de transferir pequenas (ou grandes, de preferência grandes) quantias sem taxas, é só se inscrever.  Eles te darão R$10,00 para experimentar, basta utilizar meu código promocional CARDOSO

Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.




Leia Também:

  • Lander

    Parabéns de novo Cardoso; bela resenha. Quando seu X51 chegar como foi o desempenho do trio X51, MSI e Koss.

  • Rudimar Serves

    Parabéms!

    Muito boa a matéria mesmo, esclarecedora!

    Um bom audiófolo vai dar qtas voltas for preciso ao redor do mundo, mas não para até char seu objeto de desejo ou conquista!

    []'s Macnianos!

  • Cardoso, obrigado por me indicar o link para tua resenha, achei muito legal e muito bem feita, consegui encontrar os fones no Mercado Livre, por R$ 57,00, estava numa promoção pois o preço original do vendedor era de R$ 70,00… parece que até que enfim encontrei um fone que preste, pois pensei que o fone que vêm junto ao iPod fosse resolver todos meus problemas, mas, a Apple deu um jeitinho de estragar tudo. ;)

    Abraço e obrigado!

  • Etymotic

    já viu este tipo de fone?

    ele usa uma tecnologia para anular sons não desajados e custam mais de 200 dolares!

  • SparkPlug

    SparkPlug, também da Koss eh o sucessor do The Plug!!!

  • SparkPlug

    O SparkPlug eh o sucessor do The Plug. Parece q a diferença esta no material do plug.

  • Carlos

    Olá, muito boa a resenha sobre o fone.

    Pena nao ter encontrado antes, eu também estive em busca de um bom fone intra auricular, e nao foi facil encontrar um de boa qualidade.

    Não conheco esse da koss, mas acabei comprando um sony fontopia mdr-ex71 que eu recomendo, o som é excepcional.

    Custa meio caro (paguei US$29,00) no site da amazon, mas vale cada centavo(isso se voce faz questão de um som com qualidade).

  • guto

    ola pessoal!!!!

    sou musico e constantemente estou a procura de novos equipamentos tenho um the plug e acho que é um fone muito bom relação custo beneficio…. porem constatei que apesar de vir com diverços pares de almofadas ele não tem firmesa escapa constantemente…. comentario também feio por outros musicos com ouvidos diferentes…uma solução é cortar a almofada deixando mais fino assim ele ainda se ajusta melhor!!! reforçando a linha de graves!!!!!!

    um outro fone exelente da koss é o porta pro usado por muitos musicos com retorno em palco ele vem em modelo tiara q

  • ricardo

    olá.

    acabei de comprar o fone e achei horrível suas borrachinhas, que por azar, vieram apenas com um par reserva.

    procuro muito e não acho um tutorial COM FOTOS sobre como trocar a borracha original por uma protetor auricular de espuma moldável, esses que se compra em lojas de EPI.

    Por acaso vc saberia me indicar algo ? tem trocado deste tipo ou trocou de fone ?

    abraços

    ricardo

  • Eduardo

    Kra, eu tinha um fone desses, original que veio com meu mp3 Sansa e ele era o meu maior xodó, digo isso pois escuto somente de um lado e ouvir música com qualidade, sem deformar o som e sem agredir o (único) tímpano bom, definitivamente não é para qualquer fone!

    Infelizmente o sonho acabou e o pobrezinho parece ter passado do tempo de duração, mas meus problemas acabarão com este Koss.

    Caro, mas MUITO valoroso!

    De qualquer forma, andei procurando e achei o modelo COBY CVE91 (a e-Store comercializa ele) com uma especificação legal e preço bem mais acessível. Não sei se vale a pena tanto quanto este Koss… Mas de qualquer forma devo agradecer pelo seu post e pelo endereço da lonja onde achá-lo, vou amanhã mesmo!

  • Nuno

    Realmente não cheguei a comprar um fone desses. É muito "barato" pro meu bolso…rs

    Segundo o vendedor, que tinha um igual, ele era até melhor que um outro da Koss de preço superior e estilo "walkman", ou seja, com haste.

    Agora, sem depreciar o modelo da Koss, cuja marca é da mais alta qualidade, eu fiquei bastante impressionado com o modelo da Stagg SHP-2200H! Ele é estilo walkman, com haste, bem mais que o da Koss intra-auricular mas não daqueles enormes estilo "Estudio" :O)

    E o preço, pelo menos na Contato aqui em Bsb era de 30 reais contra 88 reais do Koss.

    Pelo que ouvi, o Stagg tem graves absolutamente firmes! E os agudos e o efeito estéreo tb são muito bons!!! Claro que uma comparação séria exigiria ouvir várias músicas, mas de qualquer forma o preço é excelente: apenas R$ 30,00.

    Defeitos? Até tem, são 3:

    – É meio grande já que tem haste, não é o fone ideal pra um minúsculo MP3/4 player.

    – Tem um excelente isolamento acústico, o que o torna perigoso de usar na rua.

    – E, o que é mais crítico, os fones são paralelos qdo deveriam ser ligeiramente convergentes, afinal a nossa orelha é virada pra frente! Isso dificulta um pouco a acomodação ao ouvido, mas como as borrachas são super macias isso não é crítico.

    Tem um link, meio comercial, mas cuja opinão eu concordo!

    http://www.reflexsom.com.br/headphone-stagg.htm

  • marcos

    Olá, sou cantor e gostaria de saber se algum de vcs já fizeram o uso de algum fone intra-auricular. E qual marca vcs indicam.

    Falei com alguns músicos que reclamaram do Koss Plug pois disseram que sai com frequência do ouvido devido sua anatomia.

    Caso alguém possua uma outra sugestão agradeço.

    Abraços,

    Marcos

  • Rodrigo de Jesus Lim

    ainda não vi fone melhor q o porta pro da koss, para fins de escutar o mp3, radinho de pilha rs, fora q tb é muito usado em shows com a banda toda na pressão e ele aguenta, sou músico e sei do q falo, mas ainda não testei essa linha da koss, mas sendo desta empresa deve ser muito bom mesmo, mas duvido q seja melhor q o porta pro.

  • César Grat&at

    Então. Achei legal a matéria, mas o que ela disse eu já sabia faz tempo. The Plug da Koss é simplesmente o melhor fone de ouvido intraauricular que eu já vi.

    Sou baixista e por isso tenho sanha por ouvir um "gravão". O único que eu acho que supera o The Plug da Koss é o fone PORTA PRO da KOSS. Esse é pancadão mesmo. Os fones da Koss são usados por 9 em cada 10 músicos profissionais.

    Os The Plug são usados mais pelos vocalistas e o Porta Pro pelos demais músicos.

    Eu tenho um The Plug há 4 anos e nunca deu defeito. Uso tanto pra tocar como pra ouvir conectado no notebook ou no MP3 Player na rua.

    O único desconforto é que as borrachinhas com o tempo acabam estragando e é difícil achar outras para comprar separado.

    Se alguém souber onde achar para comprar, me avise por favor.

    No mais, The Plug e Porta Pro são 100%. Recomendo demais.

    César gratão.

  • Danilo

    O The Plug é irreprencível, usei-o com disc-man, mp3 player e depois com o Motorokr E8. Como o cabo partiu depois de uns 5 anos de uso contínuo, aposentei o bicho e fiquei na pista, tendo em vista a dificuldade em achar tal produto.

    Como passei a usar celular com mp3 player, estou a caça do sucessor do The Plug, o iSpark http://www.koss.com/koss/kossweb.nsf/p?openform&a… , este tem até mifrofone para atender ligação, um sonho de consumo, mas infelizmente, não acho o tal em lugar nenhum, nem mesmo na internet. Se alguém souber, meu e-mail está aí.

  • alisson

    A referência ao flúor é do filme Dr. Strangelove or: How I Learned to Stop Worrying and Love the Bomb? assisti há pouco tempo e captei vossa mensagem…

  • Esse post é antigo. Não li a resposta nos comentários, mas pergunto: depois de tanto tempo, esse par de fones ainda está em pé? É o que levo mais em conta nesses modelos in ear.

  • Maycon

    Ao de cima, duvido muito que esteja de pé, a postgem é de 2006, nem meu pc de 2006 tá em pé !

    AEAOISOOEIAEOI