A Vida Kiba a Arte

Em seu excelente livro “Debt of Honour” Tom Clancy descreve -bem antes de 11 de Setembro- um plano para jogar um avião comercial no Capitólio, então quanto as Torres Gêmeas e o Pentágono foram atacados junto com o senso de “UAU! Parece Filme!” fiquei com um “já vi isso antes”.

Agora com o pouso do Airbus da US Airways no Rio Hudson, tive a mesma sensação. Onde foi que vi isso antes?

Pois é, eu vi isso antes, aqui:

Um viral para uma agência de viagens, se meu norueguês está em dia.

Na época foi um dos mais tensos que já vi, com uma finalização magistral e espalhado por todos os intertubos.

O problema é que ele tirou parte do impacto do acidente real. Com o avanço da tecnologia a realidade tem perdido a graça. Mesmo aberraçõe cinematográficas como o filme Postal, do Uwe Boll trazem representações do ataque de 11 de Setembro melhores do que qualquer vídeo feito.

Até os anos 80 catástrofes naturais, grandes acidentes ainda eram melhores “ao vivo”, hoje as simulações superam a realidade.

Os viraleiros então precisam correr uma corrida perdida, a realidade é MUITO mais estranha que qualquer viral doido, vide os gameshows japoneses.

O resultado é que muitos sequer acreditam nas notícias, dada a baixa qualidade das imagens. Ontem mesmo teve gente no Twitter comentando “achei que era fake”, em referência ao acidente.

Parecia mesmo. E sem-graça. Aeroporto 77 foi muito melhor em termos de drama.

Será que  nossa capacidade de fazer ficção visual melhor do que documentamos a realidade irá criar uma geração alienada, que só se interessa pelos eventos depois que viram especiais no Discovery ou History Channel?

Ontem mesmo eu só pensava no especial que fariam mostrando a retirada do avião do fundo do rio.


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Caso você tenha uma carteira PicPay,meu usuário é @carloscardoso. Caso não tenha e queira uma forma de transferir pequenas (ou grandes, de preferência grandes) quantias sem taxas, é só se inscrever.  Eles te darão R$10,00 para experimentar, basta utilizar meu código promocional CARDOSO

Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.




Leia Também:

  • Interessante.Isso me fez pensar na sensação estranha que dá quando vejo aquelas mulheres(atrizes , modelos etc) "perfeitas", do jeito que são "de verdade" (sem fotoshop). As vezes é meio chocante…

    <abbr>Séfora – último post do blog… Papai Noel Grego</abbr>

  • Sensacional!

    Agora que o acidente foi incrível; isso foi. Nada como o homem certo, no lugar certo e com a dose certa de sorte.

    E de uma humildade incrível. Depois de ser aclamado como herói e de ter milhões de baba-ovos sobre ele; ainda teve a hombridade de dizer que suas pernas tremiam depois que deixou o avião.

    Mais uma prova de que o verdadeiro herói não é o que não teme nada. Mas o que sabe se controlar apesar de tudo.

    <abbr>Arthurius Maximus – último post do blog… GILMAR MENDES, CORRUPTOS E UM HISTÓRICO INCRÍVEL.</abbr>

  • Zé Lima

    Pouco tempo atras, o por-do-sol ta muito massa… dando um tom bem amarelado às construções, e eu solto: "Nossa.. q massa.. parecendo Half Life 2".
    Já não é o jogo que parece real, é o real que parece com o jogo.

  • Depois da tensão inicial de ver esse vídeo na época, a primeira coisa que me veio à cabeça foram as aulas do mestrado onde estudamos Jean Baudrillard e seu conceito de simulacro e hiper-realidade; ou seja, a simulação, o falso, a imitação, pode se tornar tão real quanto o real. OU, nas palavras dele: "Livre do real, você pode fazer algo mais real do que o real: o hiper-real (será que isso tem hífen? Maldita reforma!)"
    Sinistro…

    <abbr>Bruno Alves – último post do blog… Maysa foi uma quenga</abbr>

  • Por um momento pensei que quem desceria do avião fosse o Klaatu (E.T Jesus de The Day the Earth Stood Still) =D
    O piloto do Airbus que caiu no Rio Hudson é muito foda!

  • Que nada, foi a mão invisível de Deus segurando o avião. ;o)
    Logo, logo documentários afirmando isso vai pipocar nas emissoras religiosas.

    O pior é que eu já ouvi gente dizendo isso em alto e bom som na pracinha!

    <abbr>Cidão – último post do blog… E eu me divirto!</abbr>

  • hu-hu, a rampinha enchendo é uma resenha! =)