Ei Rafinha Bastos, veja como um comediante de verdade responde a uma patada, sua mula.

Jon Stewart é um dos pseudojornalistas mais influentes dos EUA. Seu programa, The Daily Show recebe chefes de Estado, Reis, Rainhas, laureados com o Nobel, Miguel Nicolelis, Barak Obama, gente desse nível.

Ele diz fazer um programa de Fake News, embora as matérias sejam sempre baseadas em fatos, o tom humorístico só reforça o surreal da coisa. Claro, ele ganhou muitos inimigos com isso, incluindo Joe Scarborough, radialista e apresentador da MSNBC, republicano conservador e bem influente nos meios políticos.

Com visões políticas diametralmente opostas, Scarborough não gosta nada quando Jon Stewart sacaneia as besteiras dos canais noticiosos, principalmente do Morning Joe, programa –obviamente- do Joe.

Um dia ele perdeu a linha e repetiu que Jon Stewart era um cara “muito, muito nervosinho” e –por ser baixinho- ter complexo de Napoleão.

Aqui um gênio como Rafinha Bastos responderia com “Napoleão é a mãe” ou algo igualmente criativo. Lá, Jon Stewart respondeu assim às agressões:

Quando a Fox News inteira se uniu para atacar Jon Stewart, acusando-o inclusive de racismo por causa das piadas sobre Herman Cain, um dos candidatos republicanos à Presidência, ele respondeu primeiro negando o que obviamente não tinha nada ver com racismo, para em seguida MOSTRAR À FOX COMO SE FAZ, colocando a própria equipe de pesquisa para compilar dezenas de momentos em qu ele, Jon Stewart, fez piadas racialmente insensíveis imitando sotaques e realçando estereótipos:

Claro, no país do Zorra Total é utopia achar que um dos “maiores comediantes do Brasil” responda de forma parecida. Somos a nação do Bateu, Levou, do sorvete na testa e torta na cara, do kibe e da muleta audiovisual mostrando ao espectador em que momento deve rir no CQC e no Passou na TV, a única parte do Agora é Tarde que não presta.

Esperar sutileza, inteligência, elegância e sagacidade do Rafinha, essa sim é a grande piada.


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Caso você tenha uma carteira PicPay,meu usuário é @carloscardoso. Caso não tenha e queira uma forma de transferir pequenas (ou grandes, de preferência grandes) quantias sem taxas, é só se inscrever.  Eles te darão R$10,00 para experimentar, basta utilizar meu código promocional CARDOSO

Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.




Leia Também:

  • "a única parte do Agora é Tarde que não presta"

    Aí cê já tá forçando a amizade, amigolino.

  • luisnmoreira

    Fez uma piada fraca, tomou um leve coice e acusou o golpe. Momento de orgulho para o humorismo brasileiro!

    E a comparação "cultural" é até covardia. Gente que nem se define como comediante lá fora tem dez vezes mais noção de comédia do que a maioria dos nossos "grandes nomes do humor"…

  • Arthur Taborda

    Teve uma noticia que rolou mais ou menos há uns 2 meses atras insinuando que o Rafinha tinha saido com um homem e que foi gravado. Ele recebeu um monte de mensagens e foi atormentado por um tempo. Então ele reolveu fazer um vídeo tirando sarro da situação, de uma forma tão sutil e engraçada quanto você citou.
    http://www.youtube.com/watch?v=8hZnhQW2SuE

    Só gostaria de saber porque você quis citar o Rafinha Bastos, sendo que no seu texto você não citou nenhum caso que ele tenha sido ofendido e respondido de uma forma grosseira.

    • Gostei do vídeo também. Mas esse (assim como aquele do gota de bosta) são exceções.

      "Só gostaria de saber porque você quis citar o Rafinha Bastos, sendo que no seu texto você não citou nenhum"

      Também gostaria de saber isso. Acrdito que seja a briga do Rafinha com os Hotéis Mercure. Se bem que, em se tratando do Rafinha, motivos é o que não faltam. Quando a VejaSP coloca uma foto sua na capa com o título "O novo rei da baixaria", é porque a coisa é realmente muito feia.

  • alisson

    Se você está falando dessa resposta que ele deu, eu achei até engraçada (vejamos que quem reclamou da piada não foi a artista, e sim o Hotel, que não tem nada a ver) https://www.facebook.com/rafinhabastos/posts/4477

    Concordo com vocÊ quando os humoristas daqui ao invés de fazerem piadas com a situação que se meteram (afinal é o mínimo que espero), só fazem alimentar a polêmica querendo posar de arautos da liberdade de expressão.

    E com certeza as respostas de Jon Sterwart foram mil vezes melhores kkkkkkkkkkkkk. Muito bom mesmo

    • Jet

      "A artista" não poderia reclamar, visto que está morto (sim, é um homem!). O hotel não tem nada a ver? Arrã.

  • Breno

    Se umcomediante fizesse uma resposta como a do segundo vídeo, Haveria um mol de ONG processando o coitado

  • Vini

    Excelente texto. A "resposta" do Rafinha foi decepcionante e digna de um terceiro-mundista.

  • Rodrigo C Lossio

    Interessante, mas não sei se você chegou a ver uma resposta do Rafinha Bastos a respeito de um boato de que ele teria tido uma relação homossexual. Independente se o boato é verdadeiro ou falso (isso é problema dele), a resposta dada por ele foi bem ao estilo da resposta do Jon e mesmo que não tenha sido original, me pareceu uma ótima resposta. Dê uma olhada neste link: http://youtu.be/8hZnhQW2SuE

    Embora eu prefira pensar que acertar é humano, infelizmente, errar também é humano e acontece mesmo com os mais inteligentes. É aquela velha história, se há um dado inadequado na entrada ou uma ferramenta incorreta no processamento, com certeza será gerado um resultado não agradável na saída, porém o trabalho da retroação, permite justamente identificar e corrigir o erro trazendo um resultado melhor no próximo processamento, exceto quando o sistema entra em entropia e, talvez seja por isso que haja um fã clube para o Thor Batista (realmente não entendo isso).

    Não sou fã do Rafinha Bastos e muito menos acho ele influente, como muitos acham, mas se há algo que aprendi, é a não esperar nada de ninguém, para poder me surpreender a cada ponto positivo que as pessoas possam ter. Acho que ele fala demais do mesmo jeito acho que você fala demais também, Cardoso e, embora não tenha concordado com sua opinião neste post, há muitos outros de se tirar o chapéu provando que, mesmo os "diferenciados" também podem cometer erros.

    Para contrariar a mensagem do post, que exalta justamente o lado criativo, eu poderia esperar uma resposta ácida sua assim como qualquer outra resposta dada a comentários que você não goste, mas uma vez que você saiba disso, abre-se um leque de opções tornando-o imprevisível, pelo menos desta vez.

  • Claudio Tavares
  • Uma pergunta que eu gostaria de fazer: Por acaso esse texto foi fomentado por causa da micropolêmica no microblog envolvendo a microcelebridade Rafinha Bastos (me recuso a chamar isso de humorista, ou mesmo micro-humorista) e os hotéis Mercure?

  • Você não aceita mais comments?

  • A.J.

    Verdade que a resposta que o Rafinha deu pros Hotéis Mercure foi idiota. Mas não seja injusto, ele já reagiu melhor a esse tipo de coisa em vários outros momentos, mesmo que não no nível do Jon Stewart. Teve o vídeo negando o suposto caso homossexual, a distribuição os DVDs que a justiça o proibiu de vender, e um monte de palhaçadas épicas na época em que a imprensa esperava por uma resposta reveladora sobre o caso Wanessa.

    Com a quantidade de patada que o cara toma de gente imbecil todos os dias, acho até natural que ele exploda com uma resposta menos bem-humorada às vezes.

  • Que figura… alguma emissora brasileira tem coragem (e nenhum rabo preso!) para fazer um programa assim!?

  • Poucos humoristas no Brasil são tem geniais como esse!

    • Poucos é uma estatística bastante conservadora. Eu diria nenhum.

  • o primeiro vídeo tá zuado msm?

    • ops… não, foi a conexão aqui que me sacaneou =(

  • Há diversos, mas um dos pontos altos do Jon Stuart foi limpar o chão com esses dois tontos da CNN. http://www.youtube.com/watch?v=aFQFB5YpDZE
    O programa Crossfire saiu do ar pouco tempo depois.