Minha Avaliação da autoavaliação é que ela não avalia muita coisa

Uma certa empresa resolveu implantar uma política de avaliação interna. Como sempre, com idéias muito próprias, com cada departamento avaliando todos os outros. Como o Financeiro pode avaliar Pedagogia, por exemplo, me escapa. Como também escapa a lógica da autoavaliação. Qualquer um com mais neurônios que um Arigó normal sabe que qualquer coisa abaixo de “soberbo” colocará seu emprego em risco, já que os descerebrados que promovem essas avaliações só sabem ver as notas.

A idéia “fale mal de si mesmo” também não é muito inteligente. Felizmente os autores do questionário também não são. Pois além de não saberem traduzir “outstanding” (deixaram no original) criaram uma escala de 5 pontos, onde seu desempenho vai de 75% a 120%. Como é isso? Envolve drogas que alteram a percepção espaço-temporal? Será que os quadros são tão bons que os piores não descem dos 75%? Não… eu conheço a empresa. Não é todo mundo que pede para uma pessoa que não tem a MENOR autoridade sobre gastos, compras ou quaisquer despesas para avaliar sua “Disciplina Financeira”.

Quer saber companhia é essa? Não revelo nem sob tortura, mas garanto que não é essa aqui.

avaliaçao.jpg
Parte do questionário. Clique para ampliar.


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Caso você tenha uma carteira PicPay,meu usuário é @carloscardoso. Caso não tenha e queira uma forma de transferir pequenas (ou grandes, de preferência grandes) quantias sem taxas, é só se inscrever.  Eles te darão R$10,00 para experimentar, basta utilizar meu código promocional CARDOSO

Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.




Leia Também:

  • Marcelø

    De zero a 5, nota 3 pro seu post.

  • Afinal de contas, o que é um arigó?!? Só encontrei isso aqui :(

    http://congonhas.caldeira.adv.br/arigo.html

  • Cardoso, então quer dizer que auto-avaliação é uma forma criativa de gastar dinheiro se construir nada?

    Que viagem, hahaha.

  • Isso mesmo Estêvão, Arigó é/era um médium ;-)

    Por acaso essa avaliação é vendida na forma de pacotes para as empressas? Eu juro que já ví essa porcaria na CEF!

  • nathalia

    Era bom que vc da próxima vez se fizesse entender!! Nossa parece q o que vc tava querendo passra foi pra vc mesmo!!

    Ninguém entendeu nada!!

    • Iuri

      Entendi tudo!

  • rafa

    A autoavaliacao eh um processo muito importante que de ser feito em todo processo de aprendizagem, inclusive em empresas. Se pararmos para pensar estamos nos autoavaliando o tempo todo. Acredito que o grande problema da autoavaliacao feita em sua empresa é a seguinte. O OBJETIVO nao ficou claro e consequentemente a metodologia tb… Como existe o medo da perda do emprego o certo seria que os funcionarios nao colocassem o nome e depois da analise o departametne fizesse algum curso, palestra disponibilizasse os maiores problemas e dificuldades dos servidores… Ou criassem uma dinamica em grupo de reflexao… Sem carater punitivo…

    De preferencia que essas atividades acontecessem de forma continua…

    +D