"Aos amigos ausentes, amores perdidos…"

“Ergamos um brinde aos amigos ausentes, amores perdidos, deuses antigos e à Estação das Brumas, e que cada um de nós sempre conceda ao diabo o seu quinhão”. Ou no original, de Neil Gaiman, em Sandman:

“To absent friends, lost loves, old gods, and the season of mists; and may each and every one of us always give the devil his due.”

Nos vemos em 2007.


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Caso você tenha uma carteira PicPay,meu usuário é @carloscardoso. Caso não tenha e queira uma forma de transferir pequenas (ou grandes, de preferência grandes) quantias sem taxas, é só se inscrever.  Eles te darão R$10,00 para experimentar, basta utilizar meu código promocional CARDOSO

Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.




Leia Também:

  • Tim Tim, Cardoso!

    Vida longa e próspera a você e a todos os leitores do Contraditorium!

    Nos vemos em 2007!

    Beijos!

  • Até 2007!

  • Feliz 2007 pra vc e sua família, e que ano que vem (daqui a pouco) seja repleto de alegria e que o Contraditorium seja sempre esse blog incrível que me fez favoritar a poucos dias. =D

    Nos vemos em 2007

  • Acho sensacional essa história de Sandman (e qual não é?)

    Feliz 2007 – Quebre uma perna e vá á merda.

  • Histórias ruins de Sandman são como a Luciana Vendramini em um dia de cabelo ruim…

    PS: Acho que esse pessoal de teatro está tirando uma comigo. Na dúvida… muita merda pra você também!

  • Hummm, meio atrasado, mas um brinde ao Cardoso e a todos que acessam esse blog.

  • Muitos cliques para você :)

    Feliz 2007, Cardoso!

  • tudo que envolve o coração dói muito grandes amores que se tornam uma grande dessilução não e facil sofrer por amor mais sei que vou superar tudo isso tenho vontade de morrer por muitas vezes não sei oque fazer mais quero que o tempo passe logo cada dia é uma guerra para sobreviver sem a pessoa que tanto foi importante pra nós um dia que deus me ajude a superra tudo esta muito dificil …

  • snoop

    Ergamos um brinde aos amigos ausentes, amores perdidos, deuses antigos e aos nossos inimigos que o sague deles seja doçe em nossas bocas…enquanto durar a garrafa"