O Google ficou rico rasgando dinheiro?

Estou vendo uma reação absurda, em alguns sites que falam sobre o bloqueio dos cheques do Google. Na nossa tradição local de culpar a vítima, o GOOGLE virou o vilão.

Gente, é preciso um mínimo de noção antes de soltar certas críticas. É CLARO que transferência eletrônica seria mais eficiente para todo mundo que recebe, e claro que seria muito mais barato para o Google, entretanto eles não o fazem.

Isso gera duas possibilidades:

1 – O Google odeia o Brasil e quer punir todos os publishers do AdSense, por isso utilizam o complicado recurso de enviar cheques por courier

2 – Nossa legislação arcaica pune severamente a entrada de capital no país, tornando economicamente inviável a utilização de meios tradicionais de pagamento

Pensem um pouco. O Google não é burro. O negócio deles é GANHAR dinheiro, não gastar. Utilizar Couriers para enviar cheques para todos os publishers do AdSense no Brasil é um pesadelo logístico. Vocês têm idéia dos custos envolvidos? Eu tenho.

Utilizando a página de tarifas da FEDEX, fiz uma simulação. Envelope, 100 gramas, de Muntain View, California, até a porta da minha casa. Pois bem. A tarifa mais barata sai a US$66,65. Sim, Virgínia, para entregar um cheque de US$100, pagam US$66,65.

Claro, eles ganham um bom desconto da Ocasa, mas que fosse 50% ainda seria um custo absurdamente alto.

Será que apelam para esse tipo de serviço por burrice, implicância cega ou por necessidade?

EU acho que o Google escolheria a alternativa mais barata, seja ela qual for, e se um pacote via courier viajando 10.000Km e custando mais de US$30,00 sai mais barato que uma transferência de fundos do exterior para um banco brasileiro, não creio que a culpa seja do Google.


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Caso você tenha uma carteira PicPay,meu usuário é @carloscardoso. Caso não tenha e queira uma forma de transferir pequenas (ou grandes, de preferência grandes) quantias sem taxas, é só se inscrever. Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.

Leia Também:

  • Não sei. No caso não seria mais fácil limitar tudo à filial local do Google? Tipo, colocar somente anuncios brasileiros nos sites brasileiros?

    Será que é por quê o tamanho do mercado publicitário brasileiro para a internet é pequeno?

  • Pois aguardo uma solução para este problema… são muitos milhares de dólares vindo para a terra tupiniquim.

    Já se comenta lá fora, em blogs, sobre o novo probleminha Brasil x Google

    http://www.maysadecastro.com.br/blog/2007/01/14/c

    Maysa

  • Vinicius Cordeiro

    O Google não tem filial no Brasil, quantas vezes é preciso dizer isso? O que eles têm é apenas um escritório comercial, o que é bem diferente.

    E acredite: o mercado publicitário brasileiro é _enorme_, só que as nossas arcaicas leis não ajudam muito…

  • Quando eu quis estudar numa universidade Chinesa, eu tive que enviar US$50,00 como taxa de pré-matrícula. O custo para enviar a gana foi mais de US$75,00.

    Os custos das transações financeiras no Brasil são estupidamente altos. Enquanto todos os meus amigos na China possuiam contas em bancos chineses, para mim era mais barato sacar direto, o que é rudículo. Todo muno imaginava que seria mais barato.

    Os custos do Brasil são altos mesmo.

  • …e eu JOGANDO FORA o cheque do google…

  • A culpa não é dos políticos, eles trabalham demais e estão atarefados demais usufruindo dos seus mais de cento e poucos dias de férias, sem contar os outros cento e poucos dias de falta, atualizando as nossas leis que são incrivelmente bem feitas e até que bem atuais (do século retrasado apenas).

    O negócio é morar fora mesmo deste pais governado por idiotas eleito por pessoas mais idiotas ainda :)

    Parabéns por ir bem "a fundo" nesta questão, levantando até os preços dos couries e mostrando que o google não é o problema, e sim as nossas leis, nossos governantes, e principalmente nosso povo, que coloca ignorantes no poder.

  • pede ao casal Hernandez trazerem os cheques

  • Ely

    Enviei um questionamento para o suporte:

    Gostaria de saber se o Google tem a intenção de implantar a Transferência Eletrônica de Fundos aqui no Brasil e, havendo essa intenção, se existe alguma previsão para o o início das tentativas de negociação com a rede bancária e afins.

    Mas acabei recebendo uma das respostas genéricas pré-fabricadas:

    Obrigado pelo seu e-mail. Estamos a par da incoveniência de nossa forma de pagamento em dólares para alguns de nossos editores. Esperamos incluir outras moedas ou formas de pagamento em breve.

    Obrigado pela sua paciência durante a fase de expansão do nosso programa.

  • Eu ainda não uso estes serviços do google mas não existe algum opção do pagamento ser feito em créditos no google checkout ? ou paypal ? sei que não faz taaaaaaaanta diferença, mas pelo menos você poderá gastar a grana.

  • Guilherme

    não… não é bem assim não.digo por experiência própria hehehehe

    vivo comprando coisas pelo ebay e por exemplo, paguei 12 dólares para trazer um ipod, que veio em 4 dias por avião…e com certeza eles tem um serviço especializado em fazer só isso…e cheque é papel, né!não pesa 5 gramas. Abraço!

  • Pingback: //celsojunior.net - Procurando por projetos e sonhos… » Blog Archive » O Banco Central e()

  • Eu acho que não era o Google que tinha que arranjar soluções, mas acho que seria o Brasil que deveria mudar essas leis arcaicas que têm que não beneficia em nada… pelo contrário, o mercado não tem que se adaptar ao Brasil, mas sim o Brasil ao mercado.

    Abraço

  • Rômulo Valverd

    Eu acho que burrice com certeza não é…

    Uma empresa desse porte conhece todos os serviços disponíveis em nosso país e não iriam custear um preço tão alto pelo serviço de entrega.

    Provavelmente deve haver um acordo entre o google e serviços de correios, já que se trata de uma empresa de publicidade fazer uma propaganda do fedex em troca de seus serviços não seria um mal negocio.

  • Rômulo Valverd

    Eu acho que burrice com certeza não é…
    Uma empresa desse porte conhece todos os serviços disponíveis em nosso país e não iriam custear um preço tão alto pelo serviço de entrega.
    Provavelmente deve haver um acordo entre o google e serviços de correios, já que se trata de uma empresa de publicidade fazer uma propaganda do fedex em troca de seus serviços não seria um mal negocio.