Parceria Caracu termina em seqüestro

O Cobra comentou comigo que talvez sua máquina estivesse contaminada, pois toda hora aparecia um tal de guiamix.com.br no navegador, e ele decididamente não havia digitado o endereço do (inútil) site.

“Deixe-me adivinhar: Você entrou no Judão.”

“Sim, como adivinhou?”

O provedor do Judão, um tal de Globodata (NÃO afiliado às Organizações Globo, não culpem o Roberto Marinho) além de colocar um banner no alto da página, comendo precioso espaço de tela, usa de um dos recursos mais antiéticos que conheço em termos de propaganda:

SEQÜESTRAM o navegador do usuário, usando o método “onUnload()”, do Javascript, para ignorar o que quer que o usuário tenha digitado na linha de endereço, e abrir a SUA página de propaganda, no lugar.

Entendeu? Se estiver vendo a página do Judão, e digitar um endereço no navegador, ao invés da SUA página, ele vai para o guiamix.com.br.

Isso é muito, muito, muito feio. É o MESMO tipo de comportamento que leva empresas a levarem processos, nos EUA. É o mesmo tipo de manobra suja de um spyware. Se eu digito www.lucianavendramini.com.br no meu navegador, eu quero ir pra porra da página da Luciana Vendramini, não pra maldita guiamix.com.br. O que impede a globodata de colocar, por exemplo, uma página de phishing?

Consultado, o Borbs assegurou que “o Judão não tem qualquer responsabilidade ou autoridade sobre a  criação / disponibilização do tal anúncio”.

Há gente trabalhando junto ao Bondfaro, pois essa prática provavelmente viola os termos de uso, e a Globodata perderá seu registro junto ao anunciante. Quanto ao seqüestro, ocorre com outros domínios hospedados na empresa, como o www.britney.com.br.

Quanto ao Judão, provavelmente estarão de casa nova, muito em breve. Tomara. Acho muito triste ver usuários irritados com o site, ameaçando não mais visitá-lo, por algo que não é culpa deles, embora extremamente irritante.

Quando for escolher um hospedeiro para seu blog (céus, isso soou tão Aliens) preste atenção. O barato pode sair caro. Já contei da hospedagem de favor ilimitada que morreu com menos de 4GB de consumo. Não confie apenas em uma indicação. Pesquise, veja outros sites que utilizam o serviço. Mande um email para o responsável, ninguém deixará de responder uma questão simples e objetiva sobre se um determinado hosting é bom ou não.

Principalmente, fuja das parcerias, onde são oferecidas vantagens aparentemente incríveis em troca de “um bannerzinho de nada”. Embora pareçam atraentes à primeira vista, logo você perceberá que é uma clássica parceria Caracu, e como sempre você não entra com a cara.

 

 


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Caso você tenha uma carteira PicPay,meu usuário é @carloscardoso. Caso não tenha e queira uma forma de transferir pequenas (ou grandes, de preferência grandes) quantias sem taxas, é só se inscrever.  Eles te darão R$10,00 para experimentar, basta utilizar meu código promocional CARDOSO

Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.




Leia Também:

  • Leio por RSS e raramente comento, mas este fui obrigado a testar e comentar. O resultado foi exatamente o dito no post, minha opinião também muito semelhante a sua.

    Realmente espero que o Judão troque de provedor, pois sendo culpa deles ou não, os prejudicados são seus usuários, e em respeito a eles isso deve ser feito.

  • Junus

    Bota um trema no seqüestro, tá parecendo a Folha de São Paulo. ;-)

    Pode apagar esse comentário

  • Tá bom, tá bom…

    Bem-feito pra mim, quem mandou reclamar que os leitores não criticam??

  • Cardoso, se bem que to passando um perregue com a Bluehost =|

  • Acontece. É algo que possamos ajudar?

  • Delcides

    Tem uma extensão pro Firefox chamada NoScript que resolve esse problema…

  • corvo

    Hhahaha rachei aqui com a piadinha final!

  • O pior de tudo é eles usarem o site do Judao para ganharem dinheiro…

    Tipo usarem mesmo…

    E acho q isso ta acontecendo com o meu…

  • Essa tal GLOBODATA DO BRASIL PROVEDOR DE INTERNET LTDA – ME, inscrita sob o CNPJ 07.109.582/0001-98 cujo responsável é um tal senhor Luiz Carlos Potim, é uma empresa de verdade, ela realmente existe? Tenho interesse em comprar um domínio deles mas se negam a fazer um contrato, emitir nota fiscal ou sequer um recibo de venda do domínio… estou com receio pois o valor é de alguns milhares de reais…