YouTube: A Somália da Internet

Assim como a África, o YouTube tem seus usos mas como experimento social é um fracasso.

Eu não tenho pele fina, lido razoavelmente com um eventual troll, mas não consigo me ver em um ambiente onde encontro todos os dias essas formas de vida especializadas em implicar, xingar, agredir e vilipendiar tudo e todos.

Mesmo o Orkut consegue ser razoavelmente civilizado. Comunidades levadas com mão-de-ferro são viáveis. Funcionam. Blogs, mesmo quando invadidos por miguxos e similares, ainda conseguem uma relação sinal/ruído boa. Em geral os trolls não contaminam outros posts. Vide este aqui onde o Doufer publicou “Acidente de carro tira a vida da cantora Kelly Key“. Era um aviso de vírus, os miguxos -claro- não entenderam e desceram a lenha no coitado. Tudo bem, a categoria “hardware” não foi contaminada.

Mas e no YouTube?

Todos, literalmente todos os vídeos assistidos por mais de meia-dúzia de pessoas está invadido por trolls. Trolls e spammers. São adolescentes enchendo os comentários de STFU, FU, n00b, lammer, teh gay e vários outros xingamentos pueris. Em todas as línguas. Ninguém diz “não gostei” quando pode dizer “Vahsifudê seo viadowvideomerda” ou algo assim, no YouTube.

O Gino diz que me importo com a falta de comentários nos blogs. É verdade, mas se for pra escolher eu prefiro um blog sem NENHUM comentário, a ter o nível de comentários do YouTube.

Aliás, eu defendo que nos, blogs, ganhemos parte do faturamento do YouTube, pois sem nossos esforços divulgando seu conteúdo, o site seria largamente ignorado. Temos direito a parte dessa simbiose, pois se o YouTube provê o conteúdo que não temos, nós provemos a comunidade de visitantes sem o qual o YouTube estaria restrito às feras que lá habitam.


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Caso você tenha uma carteira PicPay,meu usuário é @carloscardoso. Caso não tenha e queira uma forma de transferir pequenas (ou grandes, de preferência grandes) quantias sem taxas, é só se inscrever.  Eles te darão R$10,00 para experimentar, basta utilizar meu código promocional SKO4

Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.




Leia Também:

  • Lucio

    Ola Cardoso,

    Ha muito tempo venho seguindo seu blog, e nesse tempo reconheci em vc. uma qualidade muito forte, sua opiniao.

    Boa ou ruim respeito-a pois sempre me parece vir acompanhada de um argumento logico.

    Mesmo quando nao concordo gosto de le-las e ter uma visao que nao seja somente linear.

    Apesar desse post ser sobre a falta de qualidade de alguns comentarios, nao posso concordar com sua afirmacao sobre o Post do Doufer (kelly Key).

    Acredito sim que aquele Post foi mal colocado (intencionalmente) e assim como outros usuarios eu tambem expressei seu inconformismo, alias fui o primeiro.

    Nao me considero miguxo, seja la o que for isso, nem me considero como parte de nenhuma outra webcategoria, simplesmente uso a Internet como uma meio de captar e transmitir informacoes que me interessam e me adicione (seja culturalmente ou filosoficamente).

    Mas nao posso concordar com um post sensacionalista daquele, onde se noticia a morte de uma pessoa. Sei que no decorrer da argumentacao do texto ficou claro que se tratava de um virus, mas e dai?!

    E dessa forma que um blog espera ter comentarios ou audiencia? Um post mal intencionado e pobre gera comentarios mal intencionados e pobres. Post devidamente colocado gera (pelo menos na teoria) comentarios bem colocados, criticos ou nao pelo menos podem te ajudar a sua evolucao.

    Esse eh o inicio da simbiose.

    Um grande abraco

    Lucio

  • Gostei do comentário do Lúcio, bem sensato!

  • Lúcio, a sua colocação É uma conclusão racional, "este foi um post sensacionalista, criado para atrair miguxos". Eu concordo plenamente. O que serve de exemplo, pois os miguxos NÃO chegam a essa conclusão, ou se chegam não conseguem expressá-la, o que prova meu ponto.

    Só que o SEU comentário não dá a entender que você entendeu assim.

    "Isso eh post?! Veirifique antes de postar uma noticia dessa."

  • Lucio

    "Check Mate",

    otima resposta,

    abracos

    Lucio

  • Cara… Às vezes eu até esqueço que o Youtube permite comentários!

  • Pingback: Imprensa livre, desde que publique o que eu quero ler | Blog do Ronaldo()