Dedo na cara: VOCÊ é um paraquedista!

contraditorium-gunny.jpg

Isso mesmo. Você, criatura. Você também. E você, e aquele outro escondido ali no canto que fala mal de mim nas listas e finge que não lê meu blog. TODOS são paraquedistas.

Eu também.

Sabem como? Nós achamos bons posts, seja por indicação (como o do Marmota de ontem) lemos, gostamos, comentamos e vamos embora. Podemos até voltar ao blog, podemos até comentar outros posts, mas na maior parte das vezes fazemos algo muito mal-educado: Deixamos o pessoal falando sozinho.

Quando você deixa um comentário você está iniciando ou participando de uma conversação, como meu comunista de estimação costuma dizer. Mas quanta gente volta para verificar o andamento dos comentários de um post? Depois de alguns dias mesmo os que o fizeram no começo, deixam pra lá.

Somos todos paraquedistas de comentários.

É compreensível, mas não temos para onde correr. Há três métodos para acompanhar os comentários de um post:

Método 1

Visitar manualmente os blogs, procurar onde comentamos e correr atrás das mensagens novas é inviável para tudo acima de dois ou três blogs.

Método 2

Usar aquelas ferramentas de envio de novos comentários por email.

Quer saber? Não funciona. Se você assina um post muito concorrido, corre o risco de ter dezenas de emails em sua caixa-postal, vindos de UM post. Os servidores também limitam o envio de emails em excesso, blogs de alta visitação correm o risco de sofrer blecautes por causa disso. Nada de email, e nada de email para o dono do blog, pois o servidor é um só. Imagine ficar sem poder enviar seus emails pessoais, pois o blog comeu os recursos enviando comentários sobre o post da Eliana cantando a musiquinha desbocada…

Método 3

A melhor alternativa é a oferecida pelo WordPress e provavelmente algumas das outras das plataformas irrelevantes que minguam à sua volta. (Fanboy do WordPress? Eu? Imagina…)

A alternativa chama-se RSS de Comentários. Se você notar, no final deste post, na caixa de ferramentas há um texto, com link que diz: “Você pode acompanhar os comentários via RSS 2.0“. (se não estiver vendo, saia da primeira página, clique no título do post) Com esse feed você passa a receber os comentários deste e somente deste post.

É diferente do feed geral de comentários, que traz tudo que foi escrito pelos visitantes. Pode ser interessante profissionalmente, para acompanhar os seus leitores, mas não é interessante se for um blog cheio de leitores tagarelas (existe isso? A maioria demooora pra comentar) e você terá dificuldade de encontrar os posts que te interessam dentro de uma infinidade de comentários. Cai no problema do email.

Você pode criar uma pasta no seu leitor de feeds preferido. Quando deixar um comentário em um post que ache interessante, que pode render uma boa discussão, assine o feed de comentário do mesmo e coloque-o na pasta criada. Não é simples? Sua caixa de emails vai ficar bem mais vazia, você poderá acompanhar muito mais discussões, e com certeza se tornará mais presente nos blogs que gosta. E nos que não gosta também, sempre há os masoquistas.

E não, não quero ouvir que você não tem tempo. Se você teve tempo para falar, se achou importante falar, deve ter tempo para ouvir também. Se você fez o comentário esperando ser lido, o autor do próximo comentário tem o mesmo direito.

Ao blogueiro, disponibilize feeds para comentários de posts individuais. O WordPress tem esse recurso, embora alguns temas o omitam. Edite seu template, ative-o. Seus visitantes (incluindo eu) irão agradecer, a blogosfera vai agradecer pelo incentivo às conversações, e você (se for um “desses tais probloggers”) vai gostar muito ao perceber que se o sujeito lê uns 30 feeds de comentários do seu blog, tem muito mais chances de achar algo que mereça resposta, e com isso voltar ao blog, gerando mais pageviews, hits, AdSense, Karma, etc.

Deixo aos universitários o dever de casa para descobrir se o Drupal, Movable Type, Blogger e similares disponibilizam feeds para comentários.


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Caso você tenha uma carteira PicPay,meu usuário é @carloscardoso. Caso não tenha e queira uma forma de transferir pequenas (ou grandes, de preferência grandes) quantias sem taxas, é só se inscrever.  Eles te darão R$10,00 para experimentar, basta utilizar meu código promocional SKO4

Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.




Leia Também:

  • Acho que a questão é que ninguém ainda tem na cabeça que os comentários podem servir de lista de discussão (inclusive eu)… Eu acho que ficar postando um monte de comentários acaba virando spam, mesmo que não seja um atrás do outro.

  • Eu ainda prefiro aquela notificação por email. Ou então assinar o Feed dos comentários de posts específicos, em vez de Feeds de todos os comentários do site.

  • A idéia de assinar os feeds gerais parece uma boa idéia para microblogeiros como eu (que têm em média uma visita comentada ao trimeste, por um amigo caridoso) não deixarem o gentil visitante falando sozinho.

    Vai entrar na lista de coisas para eu estudar a viabilidade no Aritmante. Obrigada pela dica! ;)

  • Ah que interessante. Vou te xingar e nunca mais voltar nesse post. Seu bobão. ;D
    Mentira, vou dar uma olhada no Blogger, mas acho que não tem isso não… talvez valha a pena mudar pro WordPRess, afinal.

  • Ok, Ok… Relendo o post percebi que acabei escrevendo uma grande bobagem no meu comentário… Acho que não tinha entendido o sentido da coisa no final das contas… Mas…

    Acho que muita gente volta pra ler aqueles post que podem gerar comentários mais polêmicos ou quando deixam uma pergunta… Eu por exemplo toda hora lia (não assinei o rss) os comentários daquele seu post do Bible Fighters porque achava que apareceriam "aquelas" figuras irritadas que aparecem de vez em quando.

    Mas reforço o que disse no meu primeiro comentário que eles poderiam ser muito bem usados como listas de discussão.

  • Arthur Corradi

    rapá, o liferea tem uma opção para ver os comentários de determinado post no momento em que ele é exibido que me parece bem interessante.
    http://josevitor.blog.br/2007/06/25/liferea-evolu

    pena que só tem pra linux, e, pior (pelo menos para mim), é um leitor desktop. esse recurso, junto com as estrelinhas do GReader, acho que ajudariam bastante a acompanhar os comentários de determinado post. até lá, vou me virando com o del.icio.us..

    ah, e comentários por email é mesmo horrível³, e PIOR ainda quando eles chegam sem você ter pedido, ou o fdp do blogueiro deixa a opção "Receber comentários via e-mail" marcada por padrão. =

  • Quase senti um tapa na cara, mas como sou um problogguer ( ainda não me acostumei com essa nova palavra) novato, me perdoo, e prometo acompanhar e seguir as instruções do titio Cardoso.

    Bom, pra quem tem "rumas" de comentarios, realmente pedir que voltem pra terminar os papos, é no minimo educado =D

  • Opa Cardoso!

    O seu "comunista de estimação" :-) Vai colocar esta característica no blogue (que usa a segunda melhor alternativa para blogues "standalone" e melhor alternativa para multiblogue! – B2evoltuion!)… pois é só acrescentar um parâmetro ("?tempskin=_rss&disp=comments") no final da url do permalink (bendito php!)

    Porque facilitar as conversações é "tudo de bom"!

    []'s

  • Pingback: Comentários e blogroll, 16-07-07 | Repositório()

  • eu admito que ultimamente tenho tido dificuldade de acompanhar os comentários que deixo nos blogs alheios, de responder aqueles comentários que deixam nos meus blogs, mas essa questão logo, logo será resolvida…inclusive estou utilizando (qdo lembro) o método 3

  • Leon, o Blogger tem, sim. O Problema é que o link para o Feed de cada post por separado fica láááá no fim da página, no mesmo lugar que os links do feed do blog e de todos os posts. E ainda por cima, para melhorar, o texto é ridículo: "Assinar: Postar comentários (Atom)" Só adivinhando mesmo pra saber que isso é o Feed DESSE post em particular.

    Depois de MUITO trabalho, consegui colocar esse link mais acima, e mudar o texto. Qualquer hora posto um tutorial de como fazer isso. Mas enfim, o Blogger tem essa função, sim, embora pareça que eles não querem que ninguém saiba o que é esse link. :P

  • Sempre que comento, volto para saber se o comentário foi respondido pelo dono do blogue. Se caso ele não interage, respondendo em meu blogue. Se ele não faz uma coisa e nem outra, posso até retornar para ler as postagens, mas dificilmente comento novamente.

    O Haloscan inovou. No finalzinho, após postar comentário, temos a opção de receber novos comentários por e-mail, mesmo não sendo o haloscan da nossa página.

    Beijus, Luma

  • Basicamente, uso o método 2. Me atende.
    Agora o método 3 tb é prático, mas realmente nunca o usei.
    Maysa

  • net

    O blogger, como disse a Nospheratt, possui RSS de tudo, inclusive de todos os comentários e comentários de posts específicos.

    O problema é que o novo blogger tem a sistema de template mais infame já criado. Foi uma dor de cabeça pra conseguir colocar os RSS direitinho lá na tag header.

  • eu devo confessar que como leitor o que eu mais gosto é mesmo de subscrever por mail, assinar a feed do comentário não é tão directo como subscrever por mail..
    Mas como sou preguiçoso, ainda não coloquei nem uma nem outra no meu blog.

    Só mais uma coisa.. O link para eu subscrever os comentários por RSS tá lá em cima. Eu tou a comentar cá em baixo. Põe o link ao pé da caixa por favor, pode ser que no próximo comentário eu subscreva mesmo!

  • Oi, Cardoso, como anda a família?

    …não vale olhar feio!

  • Nospheratt, bela dica!! Quando tiver um tutorial, poste por aqui, ou me mande um e-mail, por favor?
    Abs,
    Pablo.

  • Sugiro o Método 4: Usar o coComment. Juntamente com um plugin do Firefox você consegue acompanhar todos os comentários que você fez por aí no próprio site, como num leitor de e-mails.
    Dica do Bruno Godoi

  • Sempre que comentava eu anexava o RSS ao meu reader, mas de uns tempos pra cá estava com muitos feed´s e então percebí que os visitantes comentam só nas matérias da página principal, sem generalizações é claro, e então utilizo basicamente o método 2 desde então….

  • A melhor solução que encontrei foi um serviço chamado co.mments. Funciona muibo bem, gerando uma página com todos os posts em que comentei, que tem um feed único.

  • Não acho descortesia comentar e me mandar. Pior é blogger que fica lurking os blogs, está no medidor mas não comenta nem contra nem a favor nem muito pelo contrário. Ou ainda os anônimos, que fuçam o blog e fica óbvio quem são: saem na lista de blogs nos seus próprios blogs. Os 189.xxx.xx.xxx. Java disabled. Tudo isso é pior que não voltar pra ver o que aconteceu com meu comentário.
    Meu comentário é dirigido ao blogueiro. Quem quiser falar comigo pode ir ao meu blog, meu e-mail tá lá.
    Finalmente, eu também teho mais de um blog e no momento limitações médicas.

  • Hoje voltei para ver se tinha respostas ao meu comentário. E não tenho. Que desilusão :)

  • Canedo

    Esse problema de acompanhar os comentários ainda é um caso sem solução pra mim. Nenhum dos métodos que você listou me atenderam bem.

    Mas vou tentar agora o método 4 indicado pelo Diego Cicone aí em cima. Parece interessante.

  • Jonathan

    Do que adianta tudo isto se algum membro do "staff", no blog que seja, o censura? Mesmo sem "ofensas pessoais, textos todos em caixa-alta, palavrões desnecessários ou miguxês".

    Tudo é muito democrático nos fóruns e blogs até você mexer com um deles… (li exatamente isto hoje em um comentário do ForumPCs… =) )

  • Adianta porque assim temos discussões civilizadas.

    Chega de democratite. Comentar é um privilégio, não é um direito.

  • Pingback: Receptividade dos Bloggers()

  • Luiz

    Eu utilizo a opção 2, mas essa pode gerar vários "sustos". Já cansei de me assustar por receber e-mails de novos comentários em textos que eu havia comentado há questão de meses e que depois eu havia "abandonado" a conversação. :))

  • Arthur Tavares

    o/

    Paraquedista se apresentando!

    Cara, acho que existem dois dipos de comentários:

    1 – "Passei por aqui e achei legal, volto daqui um tempo para ver atualizações!"

    (como este comentário)

    2 – "Fiquei doido com o que você falou e estou entrando na discussão!"

    (como o que você está comentando no seu post)

    Em geral, só leio os comentários se tenho muito interesse no assunto do post.