O Inferno dos Outros Somos Nós

Algum tempo atrás a banda canadense Sons of Maxwell descobriu que os vários adesivos “handle with careˆ, “fragile”, etc de seus instrumentos não foram respeitados pelos gorilas que cuidam da bagagem, e um violão Taylor de US$3500,00 foi detonado.

A United Airlines não quis pagar o prejuízo. Depois de meses de infrutíferas negociações, David Carrol, líder da banda fez o que sabia fazer: produziu um de três vídeos contando sua história. Isso resultou em nada menos que 1,5 milhões de visualizações em 3 dias. Desde 6 de Julho/2009 o vídeo acumula 6,5 MILHÕES de views. A história rendeu matérias na CNN, LA Times, Chicago Tribune, San Diego Union-Tribune e uma penca de outros sites.

CLARO, a United acionou o controle de danos, mas já foi tarde demais. O dono da Taylor Guitars não só se ofereceu para dar um violão personalizado novo para David Carrol, como ainda fez um vídeo com dicas sobre como embalar com segurança seus instrumentos.

Agora temos uma versão nacional. Os Detonautas[bb] estão em turnê, hoje tocariam no Ceará, mas a TAM atrasou seu vôo mas não segurou a conexão. Estão virados, pois o vôo seria 7 da manhã tiveram show ontem.

Perdidos no Aeroporto de Brasília, sua próxima conexão foi marcada para 13h. Nesse meio tempo a TAM se recusou a oferecer hotel, Sala VIP, qualquer apoio. Alimentação? Deram um voucher de R$13,00.

A banda está sentada no chão. Só que não estão de mãos atadas. Com netbooks e celulares estão transmitindo ao vivo e a cores o caos. Tico Santa Cruz, vocalista da banda e tuiteiro inveterado assumiu seu lado repórter e usando o TwitCam está mostrando o caos.

Resolveram fazer um sarau, os fãs estão curtindo um pocket show ao vivo, entre os protestos contra a TAM ouvimos música ao vivo.

Neste momento a notícia sem rosto de “vôos atrasados” se torna algo humano. A moça com um bebê no colo que passará o dia no aeroporto e perderá o casamento da irmã, o sujeito ameaçando quebrar o aeroporto, o pessoal desesperado por não conseguir viajar…

Com picos de mais de 350 espectadores simultâneos, a história já se espalhou pelo Twitter, a mídia tradicional já pegou a matéria. Uma repórter do Amaury Junior também presente acompanhou a saga da banda, e alguns minutos atrás uma equipe da Globo apareceu, filmando a transmissão do Tico.

Eu definitivamente não gostaria de ser velho hoje. Aqueles profissionais que têm certeza de que sabem de tudo, especialistas no que o público pensa e faz, mas que não têm email e acham que Internet é uma moda passageira. Esse pessoal vai sofrer MUITO ainda até entender o conceito de mídias sociais.

Não adianta criar ilha no Second Life e comunidade no Orkut, ou você tem uma equipe MUITO, MUITO ágil para apagar esses incêndios ou vão sofrer na mão da opinião pública. E, lamento dizer, o pessoal da antiga não tem a agilidade necessária para lidar com esses casos. É momento em que é preciso poder de decisão E ousadia.

Empresas burras temem mídias sociais e agem como reféns delas. Empresas inteligentes as usam a seu favor mesmo nos momentos mais críticos. Lembre-se, se a vida te der limões, diga “fodam-se os limões”, feche um restaurante, coloque todo mundo lá, monte um check-in remoto e contrate os Detonautas para um mini-show de emergência entretendo os passageiros até o embarque.

[ATUALIZAÇÃO]

DEFINITIVAMENTE a TAM não entende de mídias sociais OU tecnologia:

Leia Também:

  • Isso aí Cardoso, vamos ver se quando eu estiver no aeroporto por volta de 1 e meia da tarde ainda vai estar desse modo… mando noticias de lá informando.

    Grande abraço e boa sorte pra mim

  • Um viva à internet o/

  • Hi, Cardoso,

    Putz! Impressionante a sua capacidade de interação "semi-online"!…

    Quanto ao uso das mídias sociais, para todo e qualquer fim, já é uma realidade que, até mesmo os mais retrógrados e cépticos, "vão ter que engolir'!

    Vamos usá-la, então, para o bem. Sempre! Como no caso ora enfocado.

    []'s @inaciorolim

  • Não é a primeira vez que isso acontece nesse ano, e exatamente no aeroporto de BSB.

    Um mês atrás, eu fiz uma viagem CGH-BSB e foi o mesmo caos. Nos dois trechos, o que vi eram dezenas de vôos atrasados, cancelados, filas de check-in imensas, salas de embarque abarrotadas de gente, e a desculpa era sempre a mesma "não tem teto no local de destino", o que claro, era mentira.

    Ambos os vôos saíram com 3 horas de atraso. Isso, os meus, pois tinha gente que esperou por mais tempo. Como se não bastasse o tempo dessa espera, as companhias aéreas ainda sacaneiam ainda mais os seus clientes, apenas para cumprir uma lei, que pra variar, é equivocada. Mesmo sabendo que eles não conseguirão ir para a pista decolar naquele momento, eles embarcam os passageiros e os trancam dentro do avião, apertados em poltronas, sem comida, e com ar condicionado desligado, só para não pagar multa. Lembro que a Lu Monte estava fazendo o mesmo trecho que eu naquele dia, mas em vôos diferentes e conversávamos no twitter sobre essa palhaçada que estavam fazendo com todos os passageiros.

    Logo quando eu voltei, eu já pude perceber que o Brasil estava rumo ao apagão aéreo 2 e twittei isso [ http://migre.me/8KTe ]. Lembro que umas pessoas disseram que eu apenas tinha sido "azarado", que eu estava exagerando e que caos como aquele não existiria mais. Estão aí o Tico Santa Cruz e centenas de outros passageiros que não me deixam mentir.

  • Muito bom, muito bom mesmo esse caos aéreo 2.0.

  • 2.0? Pensei que ainda fosse 1.543.

  • Sheila Carvalho

    Ótimo post, Cardoso.

    Incrível como ainda não perceberam que cada vez mais o consumidor usa a internet para reclamar, mostrar, exigir e fazer valer os seus direitos! Se não conseguimos de forma legal, é na net que milhões nos "escutam" e pressionam as empresas…

    O mais curioso é que esses executivos recebem um salário tão alto e me pergunto: Pra fazer o quê??? Esses dinossauros acham que ainda são alguma coisa…Não tardará e serão substituídos.

    Infelizmente o "botar a boca no trombone" é o que sempre deu resultado eficaz.

    Veja isso.Estava há 5 anos brigando com a universidade onde fiz minha 2a. graduação pois discordei de valores e a briga está judicial CINCO ANOS.Por este motivo a universidade reteve minha documentação, proibido por lei, e havia tentado de tudo. Há 3 semanas abri uma reclamação em um site de reclamações muito conhecido(não divulguei o endereço por não saber se podia), soltando o verbo e disse que a tragédia estava anunciada e publicamente para milhares lerem.Em 2 dias entraram em contato comigo e peguei minha documentação 5 dias depois!

    Esse é nosso País! Um "barraco" dá mais resultado na busca pelos nossos direitos (sim…direitos…não estamos pedindo nada…Pagamos e queremos o que pagamos!) que um processo judicial lento, muito caro e onde a justiça é cega LITERALMENTE…

    Boa sorte para nós! Bjos

  • todo mundo devia fazer isso! prejudicar essas empresas burras que estão te prejudicando!

  • Ou a mídia evolui ou será esmagada.

    Caos Aéreo? Relaxa e Goza.

  • Isso sim é saber usar a tecnologia e as mídias sociais da maneira correta.

    Orkuteiros e miguxeiros: APRENDAO!

  • Ou a mídia evolui ou será esmagada mesmo

    Fernanda

  • Pior do que ficar com o voo atrasado, é ter que aguentar o Tito Santacruz do lado cantando. Eu me matava :P

    • Eu me mataria se fosse tentar criticar um sujeito e não soubesse nem escrever o nome dele.

      • Esse é o Cardoso que conheço!

        Sutil como uma serpente.

      • Qual foi o motivo do piti? Não critiquei o post nem nada.

        Foi só uma piada.

        Relaxa :]

        • Lex

          Aprende a escrever.

    • Se eu estiver junto, por favor, me mata antes.

  • é o Brazil com z! e para quem quer rever a música está ai:

    Que país é esse – tam ? http://www.youtube.com/watch?v=d1RkO7IvhIg

  • Pingback: Case de quem dorme no ponto em relação às Mídias Sociais « Estado Digital()

  • Bem inteligente, ele soube fazer um protesto de maneira civilizada e soube chamar a atenção pra um problema que as companhias aéreas fingem não ver. Eu só lembro de uma vez, eu embarquei, sentei na poltrona e daqui as uns 5 minutos as aeromoças distribuindo chocolates, já pensei isso só pode significar atraso. Dito e feito, cinco minutos depois se escuta a voz do piloto dizendo que iriam atrasar a decolagem em 40 minutos!

  • Pingback: TwittLink - Your headlines on Twitter()

  • Pingback: “ABRE ASPAS” - O Twitter e a Reputação em Redes Digitais()

  • Pois é!!!

    Depois do caso Resenha em 6 Vs. Boteco São Bento (e que fique claro aqui que o lance do funcionário fantasma lá nos coments foi só uma brecha para uma ação juridica CONTRA A OPINIÃO do autor da resenha), vemos mais uma vez uma empresa (seja uma corporação como a TAM ou um boteco) se afundar ainda mais na própria caca (pra não dizer um nominho mais feio!) simplesmente porque não entende o conceito de redes sociais. Como disse uma garota chamada Julia Reis lá no Brainstorm9 quando se deu o caso do Resenha em 6 vs. São Bento.

    quote:

    "Os profissionais de comunicação (e outros tantos!!!) ainda não sabem como reagir quando o papo é web. Faltou um contato, esclarecimento, uso das mídias sociais para responder ao problema…"

    Engraçado eles tentarem ainda resolver de forma meia boca depois que a globo apareceu por lá!

    De boa Cardoso, o que aconteceu hoje foi histórico na minha opinião! Vou até postar algo no #MOSCAS sobre isso (nesse enfoque histórico e com a devida citação desse seu post e de seus respectivos tweets), mas graças a você, eu e mais um número enorme de seguidores seus, meus e de meus seguidores, acompanhamos tudo isso em tempo real. E isso foi genial!!!! Melhor do que a Demi Morre resolvendo o sequestro! Porque chegou a hora das pessoas e desse bando de velho sabe tudo que vc bem descreveu aqui, entender de uma vez por todas que:

    1- somos mais rápidos e eficientes que a globo

    2- a TAM já se fudeu, mesmo que isso não role no Jornal Nacional

    3- temos Twitter e mais um zilhão de blogs pra veicular, compartilhar e discutir o nosso real interesse e isso é que vai resolver nosso problema. Não é o W. Bonner falar disso que vai fazer as coisas mudarem.

    Enfim, genial o post, mas genial mesmo foram as tweetadas ainda pela manhã!

    Foi um privilégio ver isso acontecer!!!

    Abs!

    Ps: Longe de ser fã do Detonautas, mas seu reply ao Alexandre Lemke foi o máximo!!! hehehe!

  • ooooops!

    Demi moRRE??? huahuahauhauhauha

    i mean: Moore!!!

  • gokernel

    Caramba, se eu fosse protestar iria em cana, ainda bem que não viajo de avião(tenho medo, sério).

    Abraços.

    gokernel

    gokernel@hotmail.com

  • Melhor do que isso, só ver a mídia tradicional se ferrando. "Internet é coisa de criança imatura" os velhos pensam lá em cima, nas suas coberturas. Agora o apagão aéreo vai ser mais 2.0 do que nunca. Empresas vão ser medidas por número de twitadas negativas. Overbooking vai ser detectado com bastante antecedência. Tendências vão ser traçadas, mas… Temos que ser realistas, o poder do nosso protesto pode até influenciar, mas em pequena escala não deve resolver o problema.

    Não querendo ser pessimista, mas quanto mais pessoas colaborarem, melhor. E não é só colaborando no sentido "#forasarney" de ser, mas sim no sentido de realmente detonar a empresa que você odeia. Tática de guerrilha mesmo. Mas sem bombas.

    Que venha o próximo "hype aéreo" da Tam.

  • Que a internet é bom todos sabem, mais ela a cada dia se renova e fica melhor ainda, iso que nunca deixa a gente cansado dela. parabens pelo post

  • Olá, Cardoso!!!

    Excelente post denúncia.

    Realmente muitas empresas ainda estão vivendo no século antepassado e não perceberam que tem que dar atenção não só a Blogosfera, como também a todas as Mídias Sociais.

    Em recente pesquisa que fiz em Agências de Publicidade aqui de Belém-PA para o meu TCC sobre Blogs, fiquei estarrecida pois há um desconhecimento quase total sobre as referidas mídias. Se as empresas continuarem a se fazer de desentendidas e insistirem em não dar confiança ao assunto provavelmente serão surpreendidas com o fechamento de suas portas. Aí fica difícil chorar sobre o leite derramado.

    Abraços,

    Rose

  • O título é bem o que se resumi a situação ….. deviamos usar mais a cams e retratar toda a bagaceira … e usar contra esses vagabundos

  • Tiago César O

    Eu estava lá fazendo o check in quando eles começaram a tocar. Deu dó dos caras, sério. Ninguém merece um tratamento desses. Se não me engano o ex vocalista do Oficina G3 estava no grupo também, aí rolou um sonzinho massa…

  • Eduardo

    Texto legal, só tem uns errinhos de pontuação.

    Já passei por uma coisa assim com a TAM, tive que esperar 5 horas por um voo de conexão – que costuma ser quase que imediato. Agora duvido que se eu tivesse colocado isso no Twitter, teria dado algum resultado. Só acontece alguma coisa quando o cara é famoso, infelizmente. Ainda vivemos em uma cultura que trata os "importantes" como reis e os reles mortais como pedaços de bosta.

  • Pingback: Entrelinks - o que andei lendo na blogosfera e recomendo a você | Entremundos()

  • Pingback: Eu voltei! | Priska Araújo()

  • Lex

    Se com famoso a TAM dá esse tipo de tratamento….

  • Sacanagem! A empresa aerea só chamou eles por serem famosos. O correto seria a TAM chamar todos os outros passageiros também. A banda devia se tocar também.

  • De fato, o que isso muda? Nada.

    Quando for viajar, e comparar os preço das passagens, alguém vai dizer "Ah, a passagem da TAM está mais barata, mas não vou comprar porque ela atrasou aquele dia com o pessoal daquela banda"? Não.

    Esse episódio vale mais por mostrar as novas possibilidades de [i]live broadcasting[/i] do que como uma crítica da empresa. Na verdade, acho que a TAM deve estar é feliz com a publicidade gratuita.

    E quem acha que internet é passageira?

    • Não só a TAM ganhou publicidade gratuita como o próprio Tico Santa Cruz também ganhou.

      E todos nós sabemos que o Ticuzinho quase não gosta de ser o centro das atenções.

  • Depois que eu vi um vídeo em que o TiCU CAGOU o Back in Black do AC/DC, quero mais é que ele tenha um câncer e morra.