Querem roubar a Amazônia e matar o Português

Mais uma vez, a “denúncia” da Amazônia volta à tona. Agora com uma ridícula “prova” de que realmente existe um livro americano onde crianças são ensinadas sobre os terríveis povos da América do Sul. Leia a matéria, veja a “prova”, e ria. Ou chore, ao perceber que nossos compatriotas são canalhas e burros o bastante para forjar um material tão ruim…

O site AntiSpam.org.br já denunciou uma vez a farsa, assim como o Estado de São Paulo.

Um bando de desocupados de um site nazista brasileiro soltou uma história na Internet sobre um suposto livro americano onde as criancinhas ianques aprenderiam que a Amazônia era uma reserva florestal sobre controle dos EUA e da ONU (além do G-23 (sic)).

Uma simples pesquisa no Google mostra que o tal professor autor do livro só escreveu uma obra infantil sobre dinosauros, e que o tal livro não existe.

Claro, isso não impediu os idiotas ultranacionalistas. Como é praxe na História, na falta de provas naturais, criamos nossas próprias evidências.

O problema é que os idio- digo, rapazes do tal site não entendem patavinas de inglês, e além de montar uma página do tal livro no Photoshop, com evidências claras de manipulação digital, escreveram o texto mais engraçado (embora involuntariamente) que já li em muito tempo.

A coisa está em português (ruim) e foi vertida diretamente para inglês. No tempo dos Trapalhões, Didi dizia que para falar inglês, basta colocar um biscoito cream cracker na boca. Eles conseguiram fazer pior que isso. Vejam a tal página:



Há linhas de pixel, as fotos pequenas (sem qualquer legenda, que diabo de livro didático é esse?) apresentam resoluções diferentes e, principalmente, não há efeito moirè.

OUTRA COISA: Os idiotas que fizeram essa montagem são tão burros, mas tão burros que nunca abriram um livro na vida, ou saberiam que não existe página da direita com numeração par, como 76, no exemplo deles. Ai, meus sais…
A parte principal, entretanto, é o texto. Vejam que primor de inglês tarzânico…


3.5.-5 – THE FORMER INT´L RESERVE OF AMAZON FOREST

Since the middle 80´s the most important rain forest in the world was passed to the responsability of the United States and the United Nations. It is named as FINRAF (Former International Reserve of Amazon Forest) and its foundation was due to the fact the Amazon is located in South America, one of the poorest regions on earth and surrounded by irresponsible, cruel and authoritary countries.

It was part of eight different and strange countries, wich are in the majorit of cases, kingdoms of violence, drug trade, illiteracy and a unintelligent and primitive people.

The creation of FINRAF were supported by all nations of G-23 and was really a special mission of our country and a gift of all the world, since the possession of these valuable lands to such people should condemn the lungs of the world to disappearance and full destroying in few years.

We can consider that this has the most biodiversity in the planet, with a vast number of species of all types of animals and vegetals. The value of this area is unable to calcule, but the planet can be cert that the United States of America won´t let these Latin American countries explorate and destroy this real ownership of all humanity.

FINRAF is like an international park, with very severe rules of exploration.

[legenda da foto]
We can see the location of the International Reserve. It took area of eight South American countries: Brazil, Bolivia, Peru, Colombia, Venezuela, Guyana, Suriname and F.Guyana; Some of the poorest and miserable countries of the world.

Se você não viu a graça do texto, mostre a alguém que fale inglês. Depois que ele parar de rir, pense como tantas pessoas conseguem ser tão burras a ponto de espalhar essa basófia adiante. É inconcebível, gente. Seria como uma carta pessoal do Fernando Henrique dizendo que pretende roubar sei lá quantos milhões dos otários de sei-lá-aonde, começando com “ACM; aki tá tudo bem, e vc? Os manow tiveram uma idéa do kct…”.


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Caso você tenha uma carteira PicPay,meu usuário é @carloscardoso. Caso não tenha e queira uma forma de transferir pequenas (ou grandes, de preferência grandes) quantias sem taxas, é só se inscrever.  Eles te darão R$10,00 para experimentar, basta utilizar meu código promocional SKO4

Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.




Leia Também:

  • Pingback: Blog do Cardoso » Blog Archive » O Super-Homem não é mais americano()

  • Pingback: The Jungle Book » My nipples explode with delight!()

  • Pingback: The Jungle Book » The Amazon Hoax: A textbook case (literally)()

  • pedro fernando paes

    Ainda bem que é possivel se pesquisar. Se sempre, antes de retrucar se pudesse fazê-lo, quanta guerra seria evitada.

  • não interessa

    Bom, eu acho isso ridículo pois ficar zoando com isso é uma coisa muito séria

  • jc

    mothers fuckrs

    hauahuahauhauahauh

  • Brasil

    Não é um site nazista, é um site ultra-nacionalista. Parem de difamar os que lutam pela pátria, quem luta conta ela é um traidor, merece perecer na mão do inimigo que o odeia e que te acha um brasileiro de merda um humano de segunda classe só por ser da mesma nacionalidade que eles.

    • Nacionalistas também são covardes?

  • Isso é ridiculo…como pode ser assim né…!! Fala serio.

  • Ai meus sais!!!
    Recebi esse FAKE há anos, detectei o "ingreis" e notifiquei ao rememtente.
    Vez por outra reaparece por aí.
    Parabéns pela análise acurada, Cardoso.
    VL&P!