Curiosidades sobre a Deputada Dançarina

ciccio.jpg A pizza do Mensalão foi comemorada, esta semana, com a Dança da Impunidade, feita pela deputada Ângela Guadagnin, do PT de São Paulo. Conheça os projetos relevantes dessa figura, quando não está articulando defesas vergonhosas de corruptos indefensáveis. Leia adiante e veja as obras da criadora do Dia do Saci…

danca.jpg
a deputada comemorando a impunidade

Vendo o histórico da deputada no site da câmara, percebe-se que ela gosta de palpitar em todas as áreas, de informática a transgênicos. Deve ter uma bagagem enorme (sem trocadilhos) pois há requisições relacionadas à área espacial e até requisições de informações sobre obesidade.Mas… vamos aos projetos pitorescos da parlamentar:

Projeto 1:
proíbe a distribuição e a recomendação pelo SUS e a comercialização pelas farmácias de métodos anticoncepcionais emergenciais – AE (pílula do dia seguinte).
Claro, afinal de contas quem precisa de métodos anticoncepcionais no Brasil? Muito menos alguém que use regularmente preservativos, por exemplo, e sofra um rompimento jamais poderia ter o direito de usar algo como a pílula do dia seguinte. Muito bem, deputada. Melhor gastar R$1000 com um aborto 40 dias depois.

Projeto 2:
Institui o Dia do Saci. Autoexplicativo.

Projeto 3:
Obriga a prescrição de medicamentos genéricos nos consultórios particulares. PARTICULARES nobre deputada. Que parte do termo V.Exa não entendeu? A senhora é médica, mas pelo visto foi encostada do serviço público a vida toda. ENTENDA: Médicos Particulares estudam, se atualizam e recomendam medicamentos de ponta, não necessariamente material de domínio público, ultrapassado. Alguns genéricos são excelentes, o programa é ótimo, mas não é panacéia. Deixe os médicos que medicam cuidarem da própria vida…

Projeto 4:
Considera bebida alcoólica as bebidas potáveis com qualquer teor alcoólico. MESMO deputada? Que bom que temos uma Lei para determinar isso. O que seria de nós sem sua sapiência para determinar que uma bebida que contém álcool é alcoólica…

Projeto 5
Dispõe sobre a isenção do Imposto sobre Produtos Industrializado (IPI) na aquisição de automóveis por corretores de imóveis. COMO ASSIM? E os analistas de sistemas e blogueiros? Quero pegar carro sem IPI também. Qual o motivo? Qual o Lobby? Conta pra gente, vai…

Sério, deputada, eu gostaria MUITO de votar no PT, só para poder declarar publicamente que nunca votaria na senhora. Espero, entretanto, que esta página ajude alguns indecisos a nunca mais cogitarem sua reeleição. Se há justiça neste país, sua desfaçatez comemorando a impunidade de seu amigo ladrão será punida com a ausência de votos. Desejo, de todo coração, ler no jornal no dia seguinte das próximas eleições, que a senhora dançou. De vez.


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Caso você tenha uma carteira PicPay,meu usuário é @carloscardoso. Caso não tenha e queira uma forma de transferir pequenas (ou grandes, de preferência grandes) quantias sem taxas, é só se inscrever.  Eles te darão R$10,00 para experimentar, basta utilizar meu código promocional CARDOSO

Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.




Leia Também:

  • O mais absurdo é que ela não é a única assim. Um passeio nas páginas do nosso poder legislativo dá uma idéia do despreparo dos "eleitos". Nós (sim nós) elegemos pessoas sem o mínimo preparo para a vida pública, pessoas que não tem noção de o que é realmente decoro parlamentar. Por essas e outras que a partir desta eleição vou aderir ao voto nulo. Ele não soluciona nada, mas no momento é a única forma que tenho de protestar contra essa corja, seja de direita, seja de esquerda.

  • Pra quem ainda não viu, tá aí:

    http://youtube.com/watch?v=iROILSr5bXs

    :]

  • Essa Ângela Guadagnin nunca mais será eleita. Eu vou fazer uma campanha pessoal contra ela. Por mim, ela não se elege mais nem para síndico de prédio.

  • Concordo que a atitude da deputada não é exemplar.

    Quanto às suas propostas, é necessário analisar o contexto, e. g.: da proibição do dia seguinte, há uma questão que a considera como abortiva; da obrigação de indicar medicamentos genéricos, que faz lei é o Poder Legislativo, e não os especilistas em cada área (no caso, médicos). Ainda, é mister lembrar que os deputados têm assessores. Ademais, se ela dançou, ela não o poderia ter feito porque acreditava que a justiça estava sendo feita? (Eu discordo dessa premissa, mas foi o que ela declarou, e acho que justifica.)

    Mas, acho que esse episódio da deputada está sendo usado para desviar a atenção. Enquanto se discute a dança da impunidade, não se observa com a atenção necessária às outras cassações não realizadas.

    []'s

  • Luciano Visconti

    Vendo essas fotos , fico indignado com a falta de respeito dessa senhora achando que esta em um salão de festa , ainda se fosse bonita .

    Realmente ela não nega o partido que ela pertence , essa deputada não tem o minimo de respeito com a população Brasileira e com seu eleitores que devem estar arrependidos .

    Lamentavel

  • Eng. NÍLTON A

    A infeliz dançarina (UFA!) não foi reeleita!

    "Dia do saci" é projeto de lei café-pequeno perto da quantia de projetos de lei dos milhares de vereadores que vivem trocando nomes de ruas e o pior: Milhares de Legisladores que sequer sesempenham suas atribuições regimentais, ou seja, nem fazem projetos nem fiscalizam.

    Quanto à ex-deputada e ex-prefeita, que seja feliz… Com o Lula reeleito é bem fácil que ela reconquiste uma boquinha por seus méritos "artísticos"…

  • Que história é esta de blog de um milhão. Tu é doido, é?

    Explica isto direito…

  • Pingback: Blog do Lucho()