Review Me: Este post é tão positivo que parece matéria paga

Algum tempo atrás eu comentei sobre a pior idéia de todos os tempos, um site que pagava para que você postasse artigos positivos sobre um determinado produto. O “pay-per-post” era maligno desde o nascimento. Agora surgiu um outro, com uma proposta inicialmente semelhante, mas uma rápida olhada já mostra as diferenças:

O Review Me é especializado em resenhas, avaliações. Eles pagam uma comissão por post, independente da sua avalização do produto. A ética do site está explícita na FAQ:

“Nós exigimos que as resenhas tenham pelo menos 200 palavras, e que o post com a resenha seja destacado como sendo patrocinado, de alguma forma”

Mais adiante, na parte relativa aos anunciantes, é explicitado que um anunciante não pode exigir uma resenha positiva.

Qual o apelo desse tipo de serviço?

Simples: Os grandes blogs costumam trabalhar com uma pequena rede de “fornecedores”, e milhares de outros fabricantes querendo penetrar (epa!) nessa rede. Convenhamos, quem tem tempo para resenhar a 24a rede de relacionamentos orkut-like da semana? Com o Review Me, os investidores desses produtos colocam a cara à tapa, pagando em troca do tempo do blogueiro.

É uma aposta. Muitas resenhas significam um bom posicionamento no Google, mas muitas resenhas ruins podem (e irão) prejudicar o produto. Se o sujeito tem um bom site, irá se beneficiar. Se for um “Enlarge your Penis”, vai ganhar uma resenha horrorosa. Ou pior ainda: NÃO vai ser resenhado.

Nada obriga o blogueiro a fazer uma resenha. Se ele não gosta do site, pode simplesmente ignorar. Em um mundo ideal você ganhará dinheiro escrevendo sobre sites que recomendaria de qualquer jeito.

O pagamento é bem interessante. MESMO. Você recebe 50% do preço de uma resenha. Esse valor vai depender do seu blog. O Contraditorium por exemplo custa US$60. Dos quais eu recebo US$30,00. Via PayPal ou via cheque. Outros blogs podem valer mais, outros podem valer menos. O máximo são US$200, segundo o material de divulgação.

Não é necessário que a resenha seja em inglês. A língua natal do blog é a ideal.

Eu acho que esse programa tem tudo para dar certo. Imagino que vão enfrentar uma leva de “espertos”, mas com o tempo os blogs sérios irão prevalecer.

Para os blogueiros preocupados com o impacto em sua credibilidade, não se preocupem. Continuem fazendo suas resenhas como sempre fizeram. Seus leitores são inteligentes o bastante para perceber quando você está falando a verdade. Acima de tudo, não altere sua rotina. Considere o Reiew Me como um incentivo para escrever mais, não para trocar seus posts normais por posts com resenhas.

Mais informações, inscrições, etc, no site do programa.

E sim, esta resenha me valeu US$30,00. O Review Me está com uma promoção onde você resenha o serviço e ganha um trocado.

Ultima forma: Lembre-se sempre de colocar algo assim no começo de sua resenha:

PUBLICIDADE: Esta resenha foi sugerida e patrocinada pelo programa REVIEW ME

 

 

Technorati tags: , ,


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias.

Prestigie essa liberdade, faça uma doação, ou melhor ainda, assine meu crowdfunding, torne-se um colaborador mensal e ajude a combater a mediocridade! Cada centavo diminui a chance de você me ver em uma banheira de Nutella!

Leia Também:

22 Comments

  1. Pelo titulo do post, acreditei que fosse um elogio descompromissado, mas fazer o que não, é o leitinho das crianças e você até que merece.

  2. Bom, se você, o Janio e o Rafael estão nessa, vou experimentar, então.

  3. ricardo cezar

    Legal esse efeito de abrir a foto em cima da página com um fundo sombreado. Como você fez? É algum script???? Conta ae, fiquei curioso!

  4. Pingback: Futilidade Pública

  5. Ricardo, é um plugin, está listado neste post junto com todos os outros que uso no site.

  6. Esse serviço promete! Pelo menos 30 paus!

    O text-link-ads vc conhece né? porque não usa?

    (caso não conheça e queira usar por favor use meu link patrocinado =D)

  7. Conheço, tenho conta lá, mas nunca vi um patrocinador brasileiro neles, imagino que o retorno seja baixo demais para todos os envolvidos.

  8. Quando li sobre isso a primeira vez, só de curiosidade, pensei em fazer o cadastro para saber quanto meu blog "vale". Com certeza essa equação maluca tem a ver com o Alexa e o Technorati.

  9. E com o número de leitores do seu feed também, Kadu.

  10. Pingback: ReviewMe: Ganhe para postar. « FelipeCN

  11. Legal isso. Mas, pelo que vi lá no site deles, os reviews são "oferecidos" para você. Imagino que, para escrever em PT, só de anunciantes nacionais.

    Como está isso lá? Tem mais anunciantes nacionais por lá?

  12. O que eles levam em conta para selecionar os blogs, pagerank e/ou visitantes diários?

  13. Eu busquei o criador desse domínio pelo whois do enom.com e não gostei muito do que encontrei.

    Nada contra ele ter sido criado em 2003 e atualizado a 4 dias atrás, mas… porque esconder o nome do registrante? Sei lá, sou desconfiado nessas coisas. :P

  14. Pena que peixe pequeno como eu não possa participar.

  15. Pingback: ReviewMe paga para blogs analisarem produtos e serviços

  16. Pingback: Review Me - Sendo pago para blogar v2.0 « . . : : ROCHESTER : : . .

  17. Pingback: Neto Cury Blog

  18. Pingback: bernabauer.com - Ser pago para escrever

  19. Pingback: ReviewMe um PayPerPost diferente at blog palmeirense falador

  20. Pingback: Tecnocracia : Estado Tecnológico » Rentabilizando seu Blog

  21. Gostei muito desse post.

    Mas está ficando cada dia mais difícil concorrer com pings aki no contraditorium…

    ..mas há males que vão para o bem… pelo menos o Link Bait está rolando solto.

    Belo post, belo programa, vou tentar me inscrever (vamos ver se eu vou ser aceito)

  22. Pingback: A minha opinião não vale tanto | Blogs « ILO Navarro

Comments are closed