Jeitinho Brasileiro em Prol dos ProBloggers

A inventividade do brasileiro é algo que me espanta. Só não somos donos do mundo por exagerarmos e adicionarmos à ela nossa preguiça natural e descaso com o empreendedorismo.

Recentemente o Google cortou o barato de todo mundo proibindo o uso de imagens ilustrativas junto aos banners do AdSense, uma técnica que elevava consideravelmente os cliques.

Uma criatura da pior estirpe, uma mente maligna e maliciosa, por isso digna da minha mais profunda admiração contornou essa limitação com uma jogada absurdamente elegante. Vejam como o Verdade Absoluta resolveu o problema:

Isso mesmo: Ele usou os quase inúteis anúncios de produtos Google como figuras para destacar o bloco de anúncios. GENIAL. Vai ter um monte de gente no Google coçando a cabeça, e até decidirem se isso é legal ou não, o Verdade Absoluta vai faturando. Merecidamente.

PS: Já estou chorando pelo dinheiro perdido, quando os paraquedistas tentarem clicar nos links da imagem acima….


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias.

Prestigie essa liberdade, faça uma doação, ou melhor ainda, assine meu crowdfunding, torne-se um colaborador mensal e ajude a combater a mediocridade! Cada centavo diminui a chance de você me ver em uma banheira de Nutella!

Leia Também:

20 Comments

  1. Complementando, a % de cliques no bloco de anúncios à direita dos botões de referência efetivamente aumentou.

    Já as conversões dos produtos…

  2. Eu não tinha dúvidas. A respeito dos dois. Esses produtos são pura perda de tempo, só não tiro por ter que perder MAIS tempo editando o template.

  3. Quem vai clicar? Tá lá o número de telefone bunitinho.

  4. Pena não poder usar mais de 3 botões por página… Vai continuar fora dos termos do adsense.

    Ou eu bebi um pouco ou eu lí isso no adsense… Na página onde gera o código para os botões…

  5. Esses anuncios com números de telefone me dá nos nervos. Mas essa foi uma ótima idéia, tá dando vontade de fazer igual… ^^

  6. Marx, mais um pra lista negra.

    Doufer, leia de novo:

    "Os regulamentos do programa Google AdSense permitem que você insira um botão de referência por produto, em um total de no máximo quatro botões referência, em qualquer página."

    Fábio, vai fundo.

  7. Eu creio que a presença do número de telefone no anúncio não gera nenhuma perda relevante. Afinal, como no exemplo da imagem, é esperado que o usuário opte por simplesmente clicar no anúncio, já que está com o mouse na mão, para ver os produtos oferecidos, do que gastar uma ligação telefônica para isso, quase sempre para outro Estado ou Município.

    A verdadeira desvantagem do número de telefone no anúncio é que ele ocupa um espaço do texto que poderia ser usado para uma melhor explanação do produto e conseqüente convencimento do leitor a se interessar por ele.

    Quanto à colocação dos botões ao lados dos anúncios, a permissão ou não do Google vai depender da sua visão sobre elas.

    Se entenderem que elas podem induzir o internauta a clicar erroneamente no anúncio, pensando que isso o levaria a um site relacionado àquela imagem, então o anunciante estará tendo prejuízo e o procedimento não será tolerado.

    Caso entendam que os botões não causam esse efeito, estará valendo.

    No caso das imagens aleatórias de carros, jogos, mulheres, etc ao lado dos anúncios, o objetivo era justamente enganar o internauta.

  8. A idéia é muito legal mesmo, já que esse tipo de botão geralmente não dá grana nenhuma, e vai confundir as cabeças da Google.

    E concordo contigo, o brasileiro tem muita criatividade, poderia dominar o mundo, se soubesse usar direito. Mas… (as reticências dizem tudo)

    Ia ser interessante saber quantos paraquedistas clicaram na figura :P

  9. OFF TOPIC

    Boa tarde Cardoso, acompanho seus blogs desde segunda (paraquedista que ficou, desculpe :D), e notei que aqui na empresa não aparece nenhum banner do Adsense e em casa aparece varios. Desculpe minha ignorancia, mas porque acontece isso?

  10. Pode ser que seu trabalho tenha bloqueado o servidor do AdSense no firewall.

  11. Pior que não, sou eu quem cuido do firewall. :D

    Vai saber.

  12. Bem pensado essa solução! Não duvido nada que paraquedistas tenham tentado clicar na imagem, hehehe!

  13. Cardoso, uma coisa.. como faço para aparecer nos recomendados ali? eh na base de troca de links e tal?

    Ah.. tem q ser recomendado.. claro.. como nao pens.. POW VISITA ESSE BLOG CARA EH MTO LOCO DE UM CONHECIDO MEU AE http://newsinside.blogspot.com

    desculpe ;/

    ah, responde no email q eu coloquei no comment, pois nao assino o feed do contraditorium, apenas do blog do cardoso

  14. O AdSense pode tá bloqueado no arquivo host.

  15. TIOSOLID, eu tenho que gostar do site, visitar com frequência e me identificar com o autor. Acima de tudo, o blog tem que ter links também. NÃO pra trocar, não faço troca de links, mas para mostrar que não é só mais um dos palcos de egos da blogosfera.

    Eu linko para quem linka, para quem comenta fazendo referências, para quem acredita que blogs são conversações, não monólogos.

    E não, a lista não está atualizada, há o fator preguiça também.

    • "eu tenho que gostar do site," Sim, é por isso mesmo que estou aqui.
      Além do mais já trocamos mensagens em lista de discussão: " A Excelsa Lista…"
      E não, não cliquei.
      Abraço.

  16. É por estas e outras q, ao cair aqui (sou novinha na blogosfera)a partir de matéria do IDG Now!, fiquei viciada nos seus posts.

  17. aheuaiheue gostei da frase "Só não somos donos do mundo por exagerarmos e adicionarmos à ela nossa preguiça natural e descaso com o empreendedorismo."

  18. http://www.tiosolid.com/mensagem-aos-probloggers/ engraçado ele fazer um post te tacando um monte de pedras e te pedir pra indica-lo xD~~

  19. auehuahuhuae vim seco aqui dizer isso aheuaehuaehuea x9

    o cara escarra o cardoso e vem aqui se humilhar pedindo parceria aheuaheue

    isso merece um print e um post sobre isso

    como o destino é cruel aheuhaeuhae

Comments are closed