Esses maravilhosos rankings

Uma das coisas que mais gera intriga, brigas, acusações de falta de ética, pirraças e ataques de perereca na tal blogosfera são os rankings.

O pessoal fica mordido. Seja quando blogs de gente questionável aparece adiante de blogs de gente boazinha, amiga da vizinhança e de reputação ilibada, seja quando aparece alguém com uma idéia genial para subir algumas posições.

Eu sempre disse que não dou bola pra rankings, e se você acha que é simples dizer isso quando estou em segundo no BlogBlogs, lembre-se que todo mundo vai me cobrar essa postura quando eu não estiver tão bem posicionado.

Uma prova de que rankings não querem dizer muita coisa (exceto quando quero sacanear wikichatos, aí são ótimos) é que o Technorati, o todo-poderoso Technorati, que me lista em posição 3326 entre mais de 80 milhões de blogs no mundo todo, está papando mosca.

Como assim? Simples: Dando uma olhada nos links, que contribuem para essa minha posição privilegiada, percebi que ele está listando a minha assinatura nos comentários do MeioBit.

Isso mesmo.

Como o Drupal não implementa um elemento “nofollow” nos links dos comentários, estes são indexados normalmente, tanto pelo Google quanto pelo Technorati, melhorando meu ranking.

Entendeu, caro blogueiro? Cadastre-se no MeioBit, coloque sua URL na assinatura, faça bastante comentários, e será recompensado com links no Technorati, posições no ranking, fama e fortuna.

Quem continua levando rankings a sério levante a mão…


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Todo valor é válido, o que vale é a intenção e o seu cartão de crédito passar. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.

Leia Também:

  • Mas e se o MeioBite colocar nofolow nos comentários depois dessa grande revelação? O_O

    mesmo assim ainda comento! :)

  • escrevi tudo errado, afinal são 4 horas da madrugada…

  • Vai resolver o problema do MeioBit, mas e todos os outros sites que usam Drupal, mais outros blogs que não usam o nofollow?

  • A título de informação: o Drupal coloca sim, mas não é uma opção que vem ativada por padrão.

    Confesso inclusive que esta opção fica muito escondida, nas configurações do Drupal.

    Como eu sou um cara legal, bati um screenshot para mostrar que não estou dizendo lorota :-)

    Para ativar esta opção, basta acessar Gerenciar > Configuração do Site > Formatos de Entrada, e depois clicar em "configurar" no filtro utilizado para envio de comentários. Depois, clica em configurar novamente (sabe lá deus porque, na certa é erro da tradução, pois a q eu estou usando é incompleta e cheia de erros), e lá está o nofollow.

  • Putz, tu desmoraliza a coisa toda logo agora que eu estou subindo rapidamente (cof, cof) no ranking do blogsblogs!!!

  • Ricardo

    "(…) Eu sempre disse que não dou bola pra rankings (…)"

    E por que vive consultando seu ranking?

  • Todo mundo ganha: os posts do MeioBit recebem mais repercussão e quem comenta ganha posições no BlogBlogs.

  • Não é ranking do blogblogs Bender, é ranking do interney+tipos. E não faz a menor diferença a posição, devo ter recebido uns 15 leitores do Blogblogs, mesmo estando em 20º. Na real, só blogueiro pensa em ranking, uma amiga perguntou "o que é aquele número no teu site?"

  • E mais uma maneira de subir no ranking! Obrigado tio Cardoso!

    Rsrsr

  • engraçado, ontem mesmo fiz um comentário no meiobit, e eu já tinha configurado pra na minha assinatura mostrar o link do meu blog… depois olhei no wordpress e vi uma referência do meiobit pra ele, achei estranho… mais como você… não ligo pra rankings

  • Ricardo: Não fico consultando rankings, tanto que só percebi esse detalhe do Efeito MeioBit agora.

  • Não tô nem aí pra ranking…

  • Pingback: Fabio Seixas, versão txt()

  • O único ranking que nós devemos nos importar é o do Google. O resto é "burlável" tão facilmente que nem compensa.

  • Pedro

    Fiquei de mau. Acabou com a minha mamata…

  • Cardoso,

    respeito sua opiniao, e acho que suas colocacoes sempre inteligentes, porem depois de ler e reler esse post ainda nao entendi sua verdadeira opiniao.

    Gostaria de inverter a pergunta e perguntar-lhe qual o problema em se ter um bom ranking?

    Nao acredito ser algo "mal" ou "diabolico", nao condeno quem tem um bom ranking por "premiacao" por um trabalho. Alias eh uma boa forma de se reconhecer blogs ou websites que mostram um bom trabalho.

    Nao importa se o seu ranking foi melhorado por comentarios no Meio Bit ou no Boing Boing, o fato e que vc. eh ativo no seus exercicios e o merito vem em forma (entre outras) de um bom posicionamento em rankings.

    Como tudo (infelizmente) existem aqueles que fazem o mal uso mas dai querer generalizar eh outra historia.

    Gostaria de deixar bem claro que respeito sua opiniao.

    Abracos

    Lucio

    marketingeasy.blogspot.com

  • Ah..

    Solta um follow aqui no contraditorium pra gente! :D

  • Pingback: Nem tudo são flores | Bruno Godoi()

  • Pingback: Mais Rankings | Bruno Godoi()