Sorry pessoal mas o Pedro Bial tem Imunidade

Hoje a figura mais odiada da Globo depois de Galvão Bueno é Pedro Bial. Curiosamente a “inteligentzia” que bate cabeça nos fóruns das interwebs tentando entender o porquê desses dois ainda estarem no ar não é inteligentze o bastante para perceber que estão no ar por agradarem a grande maioria dos espectadores.

O Bial especialmente é alvo de gente que cobra “postura jornalística”, reclama dos textos e poeminhas que ele declama se divertindo e não conseguem entender que ele não está fazendo trabalho jornalístico, ele está apresentando um programa de entretenimento.

Meus ideais libertários me obrigam a defender o Bial. Ele tem o direito de fazer o que quiser de sua vida. Diploma de jornalista não é compromisso de vida monástica, cacete. Ele não se comprometeu a só fazer jornalismo na vida. Principalmente, nem tudo que ele faz é jornalismo.

Me irrita ver gente que mal saiu das fraldas chamando o Bial de “jornalistazinho de 5a”. Vão pro inferno. Uns estudantes merdinhas que passam metade do tempo falando mal da Globo e a outra tentando estágio lá não tem moral pra falar do Bial. Ele já deu seu quinhão pelo Rei e pela Pátria do Jornalismo.

Façamos o seguinte: Quem quiser criticar o Bial e tiver testemunhado HISTÓRIA como ele, se manifeste. O resto, pede pra sair.


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Todo valor é válido, o que vale é a intenção e o seu cartão de crédito passar. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.

Leia Também:

  • Márcia

    Não dá pra criticar o jornalista Bial. Mas o apresentador do BBB é MUUUUITTTOO chato.

    Os poeminhas que ele escreve e interpreta são horríveis e soam tão falsos, que me dá vontade de vomitar.

  • Acho que essa molecadinha devia aprender o conceito do 'não gosta, muda de canal' que tanto pregam por aí. Contradição atrás de contradição. Pra mim, Cardoso, a geração caminha para um profundo vale de ignorância sem igual. Engraçado, pra não dizer tragicômico, que mesmo com todas as possibilidades de aprendizado e de vivermos na 'Era da Informação', a grande maioria dos 'tijolos' se comporte exatamente como os brucutus de séculos atrás. Paciência, acho que meus tataranetos reclaram da mesma coisa. Se a humanidade existir até lá, claro.

    Aquele abraço!

  • Além disso, ele não precisa ser jornalista no BBB porque o BBB não é programa jornalistico. E no comando do BBB ele sai muito bem, explorando as rixas para aumentar a pressão nos participantes. É isso.

    Ps: no caso da Galvão a história é outra, mas deixarei isso para outra hora.

  • Robson

    tudo bem, ele tem anos de experiência em jornalismo e agora apresenta um programa populista, ele pode fazer o que quiser no programa dele, mas que é um saquinho aqueles monólogos dele isto é :P

  • Criticar o Bial é tão simples quanto criticar o próprio BBB! Vê quem quer!! Há que diga é um entretenimento de m*rda e outros que é um formato espetacular. Mas como já dizia o poeta, "toda unamidade é burra", é preciso ter um pouco mais de visão sobre as coias, não só no primeiro impulso. Bial é sim um grande jornalista, mas quem é que não cantou junto com ele a música do "filtro solar" que atire a primeira pedra!

  • eu sempre fui fã do Bial, desde que era jornalista (e eu uma "pequena" criança de 11 anos arrepiada vendo cair o muro de Berlim). E mesmo como apresentador do BBB eu acho q ele fez um trabalho incrível, de verdade. acho que encontrou um tom que fez o programa ser levado a sério. nos dois últimos anos, porém, acho q ele tá exagerando nos discursos de eliminação, fazendo discursos como se todo paredão fosse histórico, o que acaba esvaziando os que de fato são (ei! pra fã de BBB existe paredão histórico, sim! rs). este ano eu acho que ele está pior, como apresentador do BBB. mas chamar de jornalistazinho de quinta é apelação e burrice!

    no BBB, ele tem imunidade, não pode ser trocado, nem eu quero que seja, de jeito nenhum! ele é parte responsável pelo sucesso do programa no Brasil, a inteligência dele completa o que falta aos integrantes, adoro ver ele tomando partido (na maioria das vezes eu concordo com o partido q ele escolhe, exceto no caso Tessália), analisando os comportamentos, me sinto representada por ele no programa. Penso que talvez a inteligência dele estivesse sendo subaproveitada na Globo, e ele acabou jogando pérolas aos porcos no BBB. Várias vezes fez discursos de eliminação que eram tão herméticos que dava dó ver a cara dos participantes naquele sofá, tentando acompanhar o raciocínio. Pelo que eu soube ele agora vai ter outras funções na Globo, acho que está na redação do "Vida Alheia". Só BBB, três meses por ano, era pouco pra ele.

  • Mas no caso do Galvão, eu até hoje só conheci UMA pessoa que declarou "eu gosto do Galvão". E nem declarou pra mim, eu só fiquei sabendo. E eu já perguntei pra várias pessoas! (rs)

  • Daniel Blanco

    Apoiado.

    O Bial é o cara.

    PS.: Mas odeio Big Brother. "hehehe"

  • Tem razão, o Pedro Bial pode fazer o que achar que deve na sua profissão ou carreira, aliás todo mundo pode.Ver esse vídeo foi muito legal! O que notei é que o Bial começou bem cedo com os poemas, na própria notícia dele tem uma dose no começo e no final :D

  • Tava discutindo isso outro dia com uns colegas. Um deles falou que o Bial estava em decadência. Eu disse que era justamente o contrário, pelo que o cara presenciou e documentou ele pode se considerar um jornalista mais que bem sucedido. Como comunicador, ele está no comando do programa que conta com um dos mais altos investimentos da maior emissora do país e tem uma das maiores audiências.

    Decadência onde?

  • Esse video arrepia. Momento histórico.

    • Gledson

      Realmente… a bandeira sendo retirada dá até nó na garganta. História pura!

  • Tadeu

    Não que eu discorde do texto, mas o finalzinho ficou bem Bialwhore.

    Dito isto, nada contra o cara, que é tão versátil que consegue dar um ar mais sério a um programa nitidamente escrachado, mas às vezes acho triste esse disperdício de inteligência.

    Mas de forma alguma apresentar o BBB tira os devidos méritos do cara, muito pelo contrário.

  • Vitto

    Concordo com o Cardoso. O Bial É um intelectual. Há quem diga que ele é um intelectual de quinta categoria. Certamente não posso compará-lo com intérpretes do Brasil como Paulo Freire ou Joaquim Nabuco, mas ele teve a vida de jornalista vivida intensamente. Foi correpondente internacional na Globo em diversos países "problema" e foi correspondente de guerra, DE VERDADE! Ora, se hoje ele quer ter um trabalho leve, humorado ou mesmo fútil e tem quem o ouça e o patrocine, DEIXE-O! Viver criticando a postura dele é inútil, pois pela sua postura, dá para ver que ele não está NEM AÍ! Nisso ele é comparável ao Cardoso, que uma vez me abriu os olhos num reply a mim quando perguntei para ele se não existiria "block" na vida real: "…e não existe? Só convivo com quem me agrada." Fui buscar meus dedos na equina…

  • Eu realmente não me lembro de muita coisa da carreira do Bial como jornalista, mas eu acho o trabalho dele como apresentador de Big Brother e os poeminhas que ele faz e ficam circulando nas correntes de internet bem mais ou menos. No entanto, trata-se de uma questão de opinião. Quanto ao Galvão Bueno… Eu acho que eu concordo com o que o Nelson Piquet costumava falar dele.

  • Concordo pelnamente! Esse criticismo me enche o saco. Já cansei de ver gente falando coisa do tipo "Um jornalista que cobrio a queda do muro de Berlim se prestar a isto?" ora o Bial ja cansou de dizer que gosta do Big Brother que faz por que quer, e sinceramente alguem acha que ele nao se diverte com aqueles poemas antes das eliminaçoes?

    O cara faz o que quer, o que gosta e ainda ganha MUITO bem pra isso e ninguem tem moral pra julgar isso. Estranho que eu não vejo o mesmo tipo de critica ao William Bonner fazer palhaçada pelo twitter, muito pelo contrario. Como assim no twitter pode e na TV nao?

    Acho que o motivo disso tudo é que virou bonito falar que Big Brother é uma "bobagem" "nao ensina nada" e "hipnotiza as massas". aí todo esse criticismo acaba afetando todas as facetas do programa, inclusive… o apresentador.

    Idiotice, normal de se ver esses dias, mas ainda assim idiotice.

  • Fora do assunto, mas porque me lembrou uma coisa: na época, eu sempre confundia o Marcos Hummel com o Sérgio Chapelin. Vai lá entender :P

    Agora, quanto ao assunto em si: eu lembro vagamente de ter visto isso ao vivo. Dia 21 de dezembro de 1991, tinha 13 anos e acabado de concluir a 7ª série. Também lembro vagamente do anúncio ao vivo da queda do muro de Berlin, mostrando jovens alemães despedaçando o mesmo. Momentos históricos :)

  • Não gosto do Galvão Bueno nem sei que tipo de programa ele apresenta, lembrei! Ele apresenta alguns jogos de futebol com aquela voz irritante! Pois bem é minha opinião não curto o Galvão e pronto! Já nosso amigo Pedro Bial, "gosto" em partes. Pedro Bial à frente do BBB10 até que dá para o gasto, mas prefiro na época em que ele fazia jornalismo de " campo" ou seja reportagem de verdade.

  • Pingback: BBB10: Eliminação de Serginho, novo paredão e o caso Michel e Tessália « Televisão é Magia()

  • O jornalista Pedro Bial é sensacional. Mas o apresentador de reality show Bial, sinceramente, deixa muito a desejar. Porém, seus textos são ótimos.

  • É triste Cardoso, mas não se esqueça que é um público que hostiliza as atrizes que interpretam as vilãs das novelas, quando as encontram nas ruas. Se está difícil diferenciar real e ficção, imagina gêneros de programas de tv então?

    E "Uns estudantes merdinhas que passam metade do tempo falando mal da Globo e a outra tentando estágio lá não tem moral pra falar do Bial." é uma de suas melhores frases, mesmo, gostaria de ter feito uma camiseta com ela para usar na faculdade :P

  • Pedro Bial

    [REMOVIDO]

    Se quer criticar seja HOMEM de usar seu próprio nome, não o nome de quem você quer criticar – Cardoso

  • Cardoso,

    Uma coisa é dizer que ele NUNCA fez jornalismo. Outra bem diferente é criticar o jornalismo que ele faz.

    Uma terceira coisa ainda mais diferente é apresentar o BBB. Isso não tem nada de jornalismo. Concordo com você.

    Mas o jornalismo que ele faz atualmente é para lá de ruim, sorry.

    abços

    • E qual jornalismo ele tem feito atualmente, que mal lhe pergunte?

  • Não gosto do Bial. Detesto ele do fundo de meus capacitores até os meus mais obscuros diodos. Mas há quem goste, portanto, devo respeitá-lo como também devo respeitar seu público.

  • Acho que o Bial está fazendo a parte dele e ganhando muito dinheiro com isso. Mas se ele fosse para um "paredão" com o Galvão Bueno, onde o público pudesse escolher qual dos dois é o mais chato, a briga seria muito boa.

    • Robson

      não seria não, o Galvão é mais chato disparado

  • Pensando de forma objetiva e clara… Bial tem um certo carisma, gera uma empatia com o público e para o bem, para o mal ele deve ter entrado de para-quedas para tapar o buraco como apresentador do BBB e acabou se tornando a cara do programa, se tornando referência dele e na globo. Ele esteve no lugar certo na hora certa e se tornou a cara do BBB, tornando a franquia mais "brazuca".

    Sobre odiar ele e Galvão Bueno… O Galvão Bueno é reconhecido por seus comentários "ilustres" nos programas esportivos que apresenta… E da forma característica e como dá o tom nos mesmos. Bial faz o mesmo.

  • Tem imunidade mesmo,está fazendo o que gosta e ganhando bastante por isso e está "cagando e andando pra num fazer ruma",como diria a finada Belinha minha avó,pra quem fica criticando e se dando ares.

  • O Bial tem uma carreira dentro da Rede Globo que deve ser respeitada. Repórter local, Repórter do JN, correspondente internacional, apresentador do Fantástico. Em minha opinião só perde para o William Wack , que tem a mesma carreira e não apresentou o Fantástico, mas cobriu mais guerras e acontecimentos. Se hoje ele apresenta um programa de entretenimento a missão dele é entreter o "grande público" e não ser um poço de cultura e com desenvoltura jornalística. Merece respeito sim.

    Abraços Cardoso

  • Fabio

    Nesse finalzinho eu não consegui deixar de imaginar:

    "E na penumbra, sem hinos, sem cerimonias, sem homenagens, parte um homem que já foi temido, já foi amado, já foi odiado e que hoje deixa nossa nave louca. Vem fazer reforma aqui fora, Gorbachev!"

  • Eu até poderia criticar o Bial, já que, assim como ele e você, e certamente mais alguns, fui testemunha da história também. Poderia, mas não o critico, justamente por ele ser essa metamorfose ambulante: repórter, contista, apresentador de tv — sem nunca mudar, numa correta contradição.

  • Pedro Júnior

    Só li o post e o primeiro comentário, então não sei se ja falaram…

    Sinto a necessidade de lhes avisar que existe o direito de não assistirem a Globo, também existe o direito de não assistirem o Pedro Bial, assim como existe o direito de não assistir ao Galvão Bueno também.

    Somente a titulo de curiosidade, caso alguém ainda não saiba, temos:

    Band

    Record

    Sbt

    Rede Tv

    E MUITAS OUTRAS OPÇÕES…

    Eu, particularmente, prefiro a Globo, e me agrado com a postura do Pedro Bial…

  • Isso é argumento de autoridade, e como tal é uma falácia. Ninguém está acima de críticas, seja qual for o seu currículo. Então para criticar um filme ou um diretor eu antes tenho que dirigir um grande sucesso? Para criticar um músico, antes tenho que virar cantor e emplacar um hit nas paradas? Para detonar um político, tenho antes que me candidatar e ser eleito?

    Não tenho nada contra o Bial, já que minhas lembranças dele são de muito tempo atrás. Para bem ou para mal, a Sky de Brasília não pega a Globo, e isso para mim é um alívio. Mas fato é: sem crítica e contestação, não há evolução. Paga-pau só serve para manter as coisas como estão. Você, Cardoso, um ótimo crítico de muito do que está por aí, sabe disso como ninguém. Mesmo não tendo a mesma "autoridade" que muitos dos seus alvos, em suas respectivas áreas. Daí ser incompreensível para mim esse seu post. Seus ideais libertários deveriam funcionar para os dois lados. Até porque crítica não é censura. Por mais idiota que seja. Não é algo melhor nem pior do que muitos elogios e babações de ovo que vejo por aí.

    Detonar os que estão criticando "jornalisticamente" o Bial por uma atividade que nada tem a ver com jornalismo, é uma coisa. Desautorizá-los na base do argumento de autoridade é outra bem diferente.

    Não, o Bial não tem imunidade.

    Grande abraço!

    • Fabio

      Tu não entendeu p**** nenhuma, né? Chamar um cara que noticiou história (e muito bem, por sinal) através da maior emissora de TV do país de "jornalista de quinta" não é crítica, é trollagem. E usar o trabalho no BBB pra desqualificar o talento jornalístico desse mesmo cara é *bang!*

      Lembra que a primeira regra pra que uma (boa) crítica seja feita é ENTENDER sobre o assunto criticado? Se alguém aqui entende de jornalismo o suficiente pra esculachar o Bial, mostre o que sabe.

      "Ele tem o direito de fazer o que quiser de sua vida."[2]

      • Você podia ter dito tudo isso sem apelar, meu caro, o que não faz de você um exemplo muito melhor de quem critica.

        Respondendo, uma crítica idiota como a que você citou só desqualifica quem a fez, e não o alvo pretendido. Quem fala algo assim apenas faz papel de idiota. E acho que não é tarefa de ninguém impedir alguém de fazer papel de idiota.

        Abraços.

        • Não é tarefa impedir, mas também não é proibido apontar quem fez papel de idiota. Aliás, essa é a conseqüência natural de se fazer papel de idiota: ver todo mundo que percebeu como você foi idiota apontando para você.

  • As pessoas são muito mais lembradas pelos seus erros que acertos, com exceção de quem promove alguma melhoria para a sociedade. Blogs, Twitter, Lady Gaga e BBB são só poeiras cosmicas. Tudo é lixo.

  • Marcos Santos

    Concordo com a ideia arbitraria de "cada um no seu quadrado". O que ele faz de si eh problema dele… quem não gostou mude canal ou bata a cabeça na parede. Fora o BBB (que achon uma merda) ele tem um ótimo programa pela Globo News.

  • Interessante observar um novo ponto de vista dentro desse cenário onde a moda agora é só “meter o pau no bial”, uma opinião contrária do senso comum tem a tendência de gerar polêmica.

    As pessoas não deveriam ser escravas dos seus próprios diplomas, esquecendo os seus gostos pessoais e boas oportunidades profissionais que surgem a sua frente, muitos nem se dão ao trabalho de analisar as propostas e além de recusar também condenam quem o faz.

    Eu também não curto aqueles poeminhas, ditos ou mensagens ou frases do bial em cada paredão, não gosto porque na maioria das vezes não as entendo e nem sei pra que servem talvez seja preconceito meu ou ignorância minha e não demérito do bial, vai saber?

    Sou contra o criticar por criticar, discordo do criticar sem um argumento convincente e dessa tendência que nós temos de dizer amém a tudo que a maioria concorda ou ao que os famosos adotam com prática regular.

    É mais fácil eu julgar você porque não vivi sua história, não sei de seus conhecimentos e vitórias do que eu me assemelhar a você ou buscá-lo como referência pra progredir na vida, o que não quer dizer que precisamos de modelo. Na realidade acho que estamos assistindo uma inversão de valores sociais, pois não estamos mais buscando exaltar os “heróis”, estamos agora cultuando bandidos até virarmos um deles. Porque as palavras ferem e tem conseqüências tanto quanto as armas em próprio punho.

    É isso aí, um abraço.

  • Sem contar o livro chapa-branca que escreveu sobre o Doutor Roberto Marinho…

    Puxação de saco explicita…

    Devia ser proibido para menores de tanto puxar…

    @davinte

  • Antonio

    Comentário curto e grosso.

    "Jornalistas também precisam comer…"

    • Fabio

      Comentário idiota o seu. Bial não tá fazendo BBB porque tá passando fome.

  • Silas

    Sem contar que ele tbm noticiou a queda do muro de Berlim.

  • Carlos Eduardo

    Não há qualquer necessidade de criticar o Bial…nem sua apresentação no programa BBB…

    A melhor critica (tanto à ele como ao seu programa) é não assistí-los.

    Ele até poderia ter se tornado um reporter melhor do que dizem que ele foi (ou é!). Mas sinceramente…o que ele apresenta não traz qualquer tipo de beneficio cultural para o telespectador. Ele apenas apresenta o programa,porque tem um contrato e deve receber um bom cachê!

    O Bial, na verdade nem deve assistir o BBB,,,porque sem inteleginte…já sabe que o programa não presta para nada!!!

    • Carlos Eduardo

      …corrigindo…,,,por que sendo inteligente…já sabe que o programa não presta para nada!!!

  • Pingback: Links de Sexta (26/3) | Vida Ordinária()

  • Marcelo

    O cara era era um importante correspondente da Globo e presenciou a queda do muro de Berlim, a Guerra do Golfo, entre outros eventos históricos de gigantesca importância.

    Depois de tudo isso deve ser no minimo constrangedor acabar virando apresentador de um programa apalermado e de gosto no mínimo duvidoso… Se isso não é decadência, eu não sei mais o que é.

    É pouco provável que ele tenha deixado o posto que ocupava no passado por vontade própria, mas enfim ele precisa ganhar dinheiro e manda quem pode e obedece quem não quer acabar na Record ou no SBT =)

    Já o Galvão, é um comentarista que todos adoram odiar, quando morrer todos vão coloca-lo num pedestal. Tipo Chacrinha que era um pé no saco e depois que morreu virou "ícone cultural".

  • Waldir

    Perfeito Cardoso. Sempre achei ele um excelente jornalista. No BBB, ele simplesmente tem a habilidade de rebaixar-se ao público que assiste o mesmo. E nos períodos que não tem BBB, ele não deixa de fazer boas reportagens.

  • Gilberto Saugen

    Duas perguntinhas aos internautas: 1° Além do BBB, o que Bial faz o resto do ano? 2° Daqui a 20 anos, por ocasião do BBB 30, o Bial ainda estará recitando essas suas frases idiotas?

    GILBERTO SAUGEN– de Porto Alegre, RS

  • Thomas

    Defender o Bial é triste. Chamar quem o critica de "merdinha" é o fim da picada. Resolvi visitar este blogue após ouvir o Nerdcast do Rambo, mas já estou de saída.

    Se ser "testemunha da história" é garantia de bom jornalista, a Dercy Gonçalves ganharia um Pulitzer. O Bial é uma vergonha, um caolho em terra de cego; no Brasil, não nos restam mais muitos jornalistas elogiáveis (esta semana morreu um, Armando Nogueira) — ou, por acaso, Patrícia Poeta será a nossa próxima estrela das notícias?

    Se como jornalista Bial era um ótimo jogador de basquete (outra frustração dele, além de poeta), devemo-lhe esse cancro da televisão brasileira chamado "Big Brother". Pagar uma de intelectual sendo apresentador desse lixo é paradoxo maior do que o McFly do passado cruzar o do futuro.

    Pode ser que criticá-lo tenha-se tornado lugar comum. Mas é para lá que Bial resolveu ir, após uma carreira medíocre no Fantástico. Quem se lembra de algum feito notável dele, além de narrar a queda do Muro? Hoje, toda vez que Bial vai ao Faustão, reprisam esse vídeo ridículo do Muro, na carência de mostrar qualquer outro ápice jornalístico que lhe valha. Igual ao Michael Jackson, que, ao morrer, teve reprisado "ad infinitum" momentos de seus cincos primeiros anos de carreira, olvidando-se todo o resto (à parte de escândalos). Infelizmente, Bial tornou-se outro tijolo no muro.

    Fiquem com Bial. Afinal, admirá-lo é, de fato, "contraditorium".

    • Alex

      Sou um fã do Armando Nogueira por seus textos e crônicas esportivas. Nisso realmente foi um mestre. Mas até ele tem esqueletos no armário. Além de ter sido conivente com a ditadura no jornalismo da Globo, foi um dos responsáveis pela cobertura pró-Collor nas eleições de 1989.

      • Lucas

        Todas as personalidades mais importantes e inteligentes tem seus erros e acertos, assim como nós, mas os realmente dignos reconhecem seus erros. Após tantas edições o Bial deve saber, mais profundamente que ninguém, que o Big Brother é uma máquina de fazer dinheiro com a alienação do povo,mas não tenta parar com essa atrocidade.Então ele é realmente digno de ser defendido?

  • Só me resta dizer que concordo… ha muito falo td isso e sou recebido com pedras…

  • Também acho chato bagarai algumas coisas que ele fala todo empolgado no BBB.

    Mas na boa, é bem isso mesmo: O cara faz o que quiser.

    E não digo isso por conta de nenhuma "posição democrática" não.

    Ele faz o que quiser, porque a despeito dos leite com pêra acharem que ele é um jornalista de merda, O SUJEITO FOI CORRESPONDENTE DE GUERRA, CARALHO!

    Ficava falando no microfone (não recitando poeminhas) com um câmera do lado, explicando pra gente (com mais de 30) o porque de ter bala à rodo zunindo no seu ouvido. E é só por isso que penso que hoje, ele faz o que quiser.

    Deve rir um monte com esses tipos de coments. LOL

  • diana

    POSSO DAR MINHA OPINIÃO? ACHO QUE É ISSO MESMO…BBB É HORRÍVEL DE SE VER, ESTIMULA A COMPETIÇÃO E DESLEALDADE, ALÉM DOS PERSONAGENS SEREM DÍGNOS DE PENA. É ISSO AÍ…QUEM NÃO TEM COMPETÊNCIA NÃO SE ESTABILIZA… POR ISSO SOBROU A BIAL JORNALISTA OU NÃO SÓ A PORCARIA DO BBB. CALMA GENTEM ESTAMOS NO BRASIL…NÃO TEMOS MUITA CULTURA INFELIZMENTE…E ISSO DÁ GRANDE AUDIçENCIA A PROGRAMAS POPULARES…

    • E precisa escrever com o caps lock ligado, peste?

  • Alex

    Bial sempre foi um péssimo jornalista. Esteve em momentos importantes? Sim, mas isso não faz dele bom. Era simplesmente o cachorrinho do Roberto Marinho, iria pra onde quisesse. Como jornalista, era parcial, o que vai totalmente contra o trabalho de um repórter. Nas reportagens sobre a queda do Muro, ele dizia que os comunistas em protesto eram "jovens mal orientados, que não sabiam o que querem da vida". Não estou aqui pra defender ou criticar comunistas, assim como ele não deveria estar lá para fazê-lo. Mas seguindo a cartilha globista de jornalismo, faz aquilo que for melhor para o patrão. E por falar em patrão, já tentaram ler a biografia do Roberto Marinho (escrita pelo Bial)? O "jornalista" compara o chefão com Deus em pelo menos três oportunidades, com Javé perdendo a briga. Bial tá no lugar que merece. Liderando um circo feito com a xepa da tv para a xepa da audiência.

  • Marco Antonio

    Porra,acho Pedro Bial inteligente pra caralho,um excelnte jornalista,disso eu não tenho dúvida.Mas eu ainda não entendo como ele,um jornalista de carga e história tão pesada,tá num programa como "Big Brother Brasil".Acho que ele está sendo menosprezado pela Globo.

    Porque não coloca alguém como a Angelica para apresentar o BBB ?Ou a Fernanda Lima ?

    Pedro Bial merecia um programa mais ou menos do cunho de Jô Soares,ou Serginho Groisman,por aí.

  • Não me convenceu. Ele continua sendo um imbecil. BBBosta é a apoteose de tudo que é errado e idiota na tv (não, eu não vou mudar de canal. Quero um entretenimento de qualidade, mesmo que as vezes queira assistir algo apelativo, mas não é apelativo, it's just stupid as hell).

    A globo paga alguém para ir até outro páis e repetir notícia em uma transmissão de plantão, UUUUUUUUUhhhhhhhh que incrível, ele merece uma medalha, que mente brilhante, que incrível jornalista, ele fez tudo sozinho, tem que ser canonizado.

    Prefiro o Ben Urich mil vezes.

  • Éric Coutinho

    Garoto novo é foda, fica supondo.

    Eu VI o cara em trincheira, ô mané.