O bom leitor não faz xixi na cama…

Eu comentei aqui sobre um post do Fábio Seixas onde ele falava dos problemas do modelo atual de monetização nos blogs. No final do post ele faz algumas sugestões de como dividir a remuneração (que já não funciona) entre os leitores. Eu não acho que transformar os blogs em uma comuna marxista seja o melhor caminho para alguma coisa, mas o artigo dele levantou uma questão importante:

Como premiar o bom leitor?

Veja bem; não estou falando dessas promoções “adicione-me como favorito no BlogBlogs e ganhe um pendrive”, eu falo de estimular o bom comentário, o leitor fiel, o leitor que efetivamente contribúi para o blog.

Bati cabeça sobre isso durante um bom tempo, alguns meses atrás. Todos os modelos que encontrei caíam no conceito de rede social, onde os próprios leitores votariam nos comentários, e os mais bem-cotados ganhariam um mimo. Seja o sempre-presente pendrive, seja algum prêmio mais caro.

O problema é que está mais que demonstrado: Todo e qualquer sistema de votação comunitário na Internet é imediatamente alvo de tentativa de fraude.

No dia que eu disser que o comentário mais votado da semana ganha um pendrive, alguém vai fazer um script e soltar 10.000 votos. No dia em que eu disser que quem fizer mais comentários, o autor do script acima vai alterá-lo para postar “eu keru o pe/\/drive!!!” umas 20.000 vezes pelo blog.

Se eu tomar uma atitude totalmente unilateral, absolutista e inquestionável, escolhendo eu mesmo o melhor post, os comentários vão encher de gente insatisfeita me acusando de imparcialidade. Mesmo sendouma decisão pessoal e imparcial desde o começo.

Eu concordo plenamente com o Fábio, o bom leitor deve SIM ser recompensado, mas é algo complexo. E uma desvantagem de você disponibilizar seu produto de graça. Nem uma assinatura do blog posso dar.

O desafio aqui é premiar (em todos os sentidos) os bons leitores, sem com isso atrair os indesejáveis, os que apareceriam somente atrás dos prêmios, gerando tráfego desnecessário e enchendo os comentários de lixo. Uma promoção dessas, se descontrolada, pode simplesmente destruir um blog. Não quero ser obrigado a fechar os comentários por causa de uma nuvem de gafanhotos digitais.

Em conclusão, a idéia é excelente, é uma regra básica da economia: Incentivos funcionam, mas o difícil é descobrir quais incentivos utilizar no caso de blogs. Aceitamos sugestões. E se uma delas for boa o suficiente e eu a implementar, o autor ganha um Pendrive. Sério!


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Todo valor é válido, o que vale é a intenção e o seu cartão de crédito passar. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.

Leia Também:

  • Essa realmente pega …
    não penso que funcionaria recompensar os leitores prejudicando os anunciantes, imagina, dividir 1 por 1 milhão, fora a quantidade de cliques e mais cliques simplesmente dos leitores querendo que o blog faturasse mais para receber 2 centavos após 3 meses ao invés de 1 centavo e coordenar tudo isso?

    Quer um incentivo? Cobre assinatura e produza conteúdo exclusivo, as pessoas pagariam satisfeitas ah, o incentivo? o conteúdo!!

    Algumas idéias Cardoso: (vou fazer um blog, meus comentários estão virando posts)

    1- Carteirinha de blogueiro, fundar uma associação dos blogueiros e o leitor que ler e tiver aprovação ou cadastro em alguns e após conquistar xxx pontos por comentar, por visitar constantemente ele consegue tirar essa carteirinha, assim com ela poderá ter descontos em cinema, supermercados, lojas de informática, assinatura de revistas, como a do estudante, que se você conhecer alguém tira sem nem estudar.

    2 – Recorte esse blog e ganhe 10% de desconto, mas ai precisaria do apoio do anunciante, ah, esqueci, já existe, chama-se afiliados … era só implementar mais e além de comissão dar um descontinho.

    3 – Pontos! Leia esse blog e acumule pontos que poderão ser trocados por camisetas exclusivas do blog, além de criar uma fidelização gera uma divulgação para o blog e o leitor fica satisfeito, pode também ser trocado por adesivos, bonés, chaveiros… (essa é boa eihn!)

    4 – Conteúdo, leia esse blog e ganhe um excelente conteúdo, você fica mais inteligente, tem um espaço aberto para discussão conhece pessoas e idéias novas, e o melhor, não paga nada por isso, além de se divertir e passar o tempo.

    Cardoso por que não premia seus leitores com conteúdo? tenho certeza de que eles irão voltar

  • Marcelo

    Oi Cardoso, leio seu(s) blog(s) com frequência porém raramente comento. Entendo que o comentário em um blog é um bom indicador de audiência mas não necessariamente de qualidade da audiência.

    Concordo com o Fábio quando ele diz que a forma de premiar o leitor é com conteúdo e, pessoalmente, é por causa do conteúdo que retorno ou tenho vários blogs nos meus feeds.

    Muitas vezes tive a vontade de escrever algo do tipo "excelente post" ou algum elogio qualquer e não o fiz justamente por este conceito. Se é bom eu volto. Quando discordo ou enxergo outra alternativa ou mesmo vejo um bom assunto para uma discussão saudável, nã hesito em comentar ou iniciar tal discussão.

    Só adiantando que não quero o pen drive :)ok? O que quero é aproveitar a deixa e perguntar o seguinte:

    O comentário em um blog (mesmo os dos trolls) traz algum benefício financeiro ao autor? Pessoalmente acho que não ou então como você mesmo menciona, era só criar um script de inserção de comentários certo?

    Como eu mesmo me respondi, agora vou "sugerir" um modelo de clicks.

    E se você criasse no seu template dois botões do tipo: Gostou do Post? Clique aqui e outro Não Gostou do Post? Clique aqui

    Cada botão resultaria numa ação onde, se gostou o leitor seria direcionado a um anunciante "vip" e essa lista vip seria controlado pelo autor com os que melhor resultado financeiro lhe proporcionam. Já o botão não gostou, teria uma outra ação que não gerasse "clicks". Talvez levasse aos comentários e indicasse porque não gostou, etc. A implementação vai variar muito é claro, mas o conceito e esse. E dica: NUNCA coloque uma estatística do tipo 85% gostaram, 10% não gostaram 5% não opinaram etc. Esse resultado deve ser seu para servir de indicador da qualidade do conteúdo.

    Bom, é isso. Uma sugestão quase totalmente confusa mas acho que me fiz entender.

    Abraço

  • Pingback: A blogosfera é Darwinista, não Marxista()

  • Fábio, conteúdo dá trabalho, pendrive é baratinho ;)

    Marcelo, o comentário de qualidade ajuda a gerar discussões interessantes, o que atrái mais leitores de qualidade. Do mesmo jeito que o troll espanta esses leitores. Sem contar que é o melhor feedback que o blogueiro pode ter, pra saber se está fazendo a coisa certa ou não.

  • Ale

    Acho que a melhor forma de recompensar o bom leitor eh mantendo a qualidade, presentinhos como incentivo sao coisas de escola primaria.
    Pendrive aqui em casa e uso para brincar com a gata!! ;-D

  • Rodrigo

    Premiar leitores assíduos é realmente uma boa idéia, mas pode realmente atrair gente para fazer comentários oportunistas apenas na chance de ganhar alguma coisa.
    Porém, também acho que pode acostumar muito mal os leitores, já que se os blogueiros começarem a dar prêmios para aqueles que comentam, os outros blogs que não o fazem podem acabar perdendo leitores porque não estão dando mimos pra eles. Sou a favor de coisas esporádicas – como o pessoal do MeioBit faz quando vai a algum evento, ganha alguma coisa e sorteia para os leitores – e não de um sistema que obrigatoriamente vai premiar alguém em algum momento.

  • Sinceramente Cardoso, para "premiar" os leitores do blog, basta pura e simplsmente você continuar com seus otimos textos e temas, e isso não é babação de ovo não, sou novo com blog, mas já aprendi muito com você, seus textos e sua maneira de tratar o leitores e o proprio blog, enfim continua assim…

    Bom, esse foi minha humilde sugestão…

  • Pois eu acho que não existe nenhum meio automático melhor que a percepção humana. Já que você lê todos os comentários mesmo, não custa abrir o Notepad, colar os melhores lá e no final da semana escolher dentre eles o melhor. E pra não gerar discussões sobre parcialidade, simplesmente não divulgue o resultado, a não ser para o ganhador. Acho que divulgando o resultado, além de gerar discussões, vai gerar comentários tendenciosos no futuro, algo como: "Vou fazer um comentário parecido com os ganhadores das semanas passadas para ver se ganho desta vez".

  • Não seria "gente insatisfeita me acusando de Parcialidade. Mesmo sendouma decisão pessoal e Parcial desde o começo."?

    Ou eu estou mais sonolenta que de costume, a estas horas ingratas?

    Premiar leitores é realmente very complicado. A única compensação viável que vejo no momento é, como já foi mencionado, a produção de conteúdo de qualidade, interessante para o leitor. Principalmente porque qualquer sistema de premiação ou pontuação vai desvirtuar completamente o sistema, devido à natureza do "usuário de internet/gafanhoto".

  • Acredito que, independente de outros, o prêmio ao leitor será sempre e antes de tudo o bom conteúdo – prova inconteste disso é este próprio blog e seu editor. Por isso penso que a discussão mais relevante nesse momento seja encontrarmos formas complementares e/ou alternativas de tornarmos viável a profissionalização de fato da atividade de blogar. Naturalmente quem não tiver competência não se estabelecerá – como em qualquer outro mercado (e neste caso, competência não se restringe a conteúdo, mas também a formas de promovê-lo).

  • Cristiano

    Claro que o prêmio do leitor é o conteúdo… MAS o leitor se sente satisfeito mesmo, é quando ele comenta e seus comentários viram post ou entram no meio de algum post.
    Quero dizer, você está dizendo para os seus leitores que você os acha inteligentes e incentivando as pessoas a comentarem quando tiverem uma idéia que acham legal.
    Mas claro… isso pode gerar discordia, tanto com outros blogueiros que acham que você não tem idéias originais (quando eles num tem nada pra criticar), ou pessoas que numca têm seus comentários virando post (querendo ou não, uma idéia rejeitada é sempre um ego ferido).

  • Pare de sofrer e deixe isso de lado.

    Qualquer tipo de premiação que você institua vai atrair espertalhões que vão burlar todas as regras pelo prêmio. Sem premiação você já notou a quantidade de paraquedistas que aparecem pelos motivos errados e garatujam qualquer coisa nada a ver, imagina se tivesse um prêmio.

    Se, por outro lado, você quiser brincar de todo-poderoso e escolher você mesmo alguém para premiar, outros problemas surgirão. Que critérios vai utilizar? Maior quantidade de posts ou qualidade dos comentários? Como ser imparcial quando justamente o que interessa é a opinião de alguém, que geralmente de imparcial não tem nada?

    Sem falar que, além dos egos feridos e ressentidos por não terem sido escolhidos O Leitor Favorito do Mês, o premiado pode deixar de postar comentários por se sentir coagido a fazê-lo sempre: o que era prazer se transformou em obrigação. O que está a um passo de ser caceteação, diga-se de passagem. (A imagem que me vem é de você fazendo aquele olhar chantagista do Gato de Botas de Shrek, o que absolutamente não faz o seu gênero, para o seu Leitor Favorito esperando que ele comece alguma coisa interessante e anime os demais.) Simplesmente vai estragar uma coisa boa antes de ela vir a ser. E o Favorito vai deixar para comentar depois porque aqora tem que limpar a gaiola do periquito ou qualquer outra coisa já que isso perdeu a graça.

    Uma das mercadorias mais escassas atualmente é o tempo. Tempo para se fazer algo que se gosta porque se gosta. São tantas as coisas mais importantes e as responsabilidades. Quer premiar a participação de alguém? Dê a ele 5 minutinhos. Cite o sujeito na discussão. Nada pode ser mais interessante para um leitor do que ver o seu comentário ressaltado no meio do falatório, mesmo que seja para passar um sabão. Não trate seus posts tipo agora-você-já-é-um-rapazinho-crescido-e-pode-ir-tratar-de-sua-própria-vida (tá, eu sei que você não faz isso), nem como se fosse um pescador que joga uma isca e fica esperando para ver o que acontece. É legal ser citado por alguém por quem você tem consideração. É bacana saber que sua opinião está sendo levada em conta, apreciada.

    De resto, continue fazendo o que você sabe fazer muito bem, ou seja, posts interessantes, atuais, polêmicos e divertidos sobre assuntos que você domina. E nós continuaremos a parar uns minutinhos todo dia para ler e comentar a última do Cardoso. :)

    Mônica Pukkha, que raramente comenta, mas que (quase) sempre lê tudinho.

  • Premie seus leitores com conteúdo relevante. É simples assim. Você ganha algum prêmio quando lê um livro de Manuel Castells? Sim, ganha o maior de todos os prêmios. Conhecimento.

  • Cardoso, eu acho mesmo que é bem legal "dar um mimo" para seus leitores mesmo que isso atraia paraquedistas, mas todo blog tem sim seus leitores fiéis, e talvez com isso um paraquedista acabe virando outro leitor fiel, não pelo "mimo" mas pelo conteúdo.

    Tenho um ano de blog apenas e já realizei duas promoções, ambas dando um game do Xbox 360 "doado" de minha "gameteca" (em minhas atuais circunstâncias tá de bom tamanho, vai)sorteando um comentário no respectivo post da promoção, usando um critério bem "last century" – papelote na sacola. É claro que tem uns scripts para sorteio bem legais que facilitam seu trabalho…em ambos os casos não tem como o leitor burlar…

    É claro que nesse método o blog não recebe nada em troca, a não ser alguns leitores a mais que acabam mesmo voltando… Mas no meu caso eu faço o sorteio com prazer… seja ele interpretado como uma forma piegas de jogada de marketing ou não…

    Sou a favor de métodos de participação como "melhor frase", "melhor texto" etc, reconheço que é estimulante… Mas dar um brinde sem que esse leitor faça por merecer a não ser pelo fato de estar me visitando, já é prazeroso pra mim… Eu diria que é como dar amor sem esperar nada em troca…só me faz sentir bem…

    Bom… é o que eu penso…

    Abraço!

  • San

    Cardoso, sou da mesma opinião da Mônica. Na falta de um modelo, valorizar as opiniões com citações, nos próprios comentários ou talvez em novos posts é das melhor solução, especialmente porquê você não precisa eleger apenas um comentarista para "premiar". Além disso, você mantém a integridade do Contraditorium e o controle de escolher a quem premiar sem ferir os sentimentos de ninguém. O bom leitor não faz malcriação, respeita o Cardoso, e vai respeitar suas decisões, acredito.

  • Hehe, tô gostadando dessa guerra pacífica Cardoso x Fabio Seixas. Ao menos, estão saindo bons textos – geralmente, do lado de cá :-P

  • Wendell, nunca houve guerra!

    Debates calorosos e respeitosos são sempre enriquecedores!

    ps.: interessante o nome do seu blog. :-P

    Abraço.

  • Opa, valeu pela visita ;-) Sigamos com a cruzada épica contra os paraquedistas! (Apesar que os leitores-bomba são mesmo bem piores, concordo inteiramente com teu post sobre isso…)

    Apesar de ser novato na blogosfera, acho que o melhor incentivo de todos é a qualidade do conteúdo, não adianta… Vários leitores já comentaram isso aqui. E nesse quesito o Contraditorium esbanja saúde – já sou leitor fiel. Ah, e concordo com o San: uma maneira eficiente de "fidelizar" os leitores é valorizar os bons comentários através da citação. Boas (e saudáveis) discussões depedem da capacidade do autor de conduzir o papo.

    abs!

  • E se eu comer tudo também ganho um pendrive tio? :)

    haha!

    sério, acho que o link PR5 já vale MUITO (como vc faz qndo gosta de algo q um leitor fala e escreve linkando pra ele).

    Vc já dá o premio cardoso, só se esqueceu disso :)

  • Cardoso, eu leio seu blog há pouco tempo. Na verdade eu descobri o mundo dos blogs há pouco tempo. E tenho um blog há menos tempo ainda, menos de um ano. Comecei a escrever por uma necessidade minha, sem qualquer objetivo mesmo. Meu blog é pouco lido, e eu ainda sou super-leiga nessa área – tem vários termos que vc usa que são novidades pra mim, confesso que fico até com vergonha de falar isso! Mas a blogosfera tem atendido a meu proposito, tanto de escrever, quanto de ler coisas interessantes, e tb de tocar ideias com pessoas legais e interessantes. De fato, já tive oportunidade de conhecer umas pessoas legais por conta do meu blog e da leitura de outros.

    Enfim, só queria dar minha modesta opinião – bem leiga e inexperiente: será que a recompensa para o leitor fiel, bom, não deveria ser a manutção do espaço com bons posts, assuntos sempre interessantes e a troca de ideias e informação que ele buscava quando chegou ao blog? Seja para manter relações pessoais, seja pra trocar ideias sobre assuntos tecnicos, atualidades, política, assuntos de interesse comum, enfim…como leitora sou até um pouco eclética, mas te garanto que há dois principais fatores que me fazem ser fiel: o conteúdo do blog e meus interesses. O primeiro blog que eu conheci foi de uma pessoa que vivia um momento de vida parecido com o meu. Continuo lendo, mas ele deixou de ser o meu "favorito", em parte porque mudou um pouco de foco, em parte porque meu foco tb mudou.

    Seu blog traz posicionamentos consistentes, discussões interessantes e aprendo muitas coisas lendo seus posts. Esse é meu interesse. Pode ser que um dia vc mude um pouco o foco – o que seria absolutamente natural – ou eu mesma deixe de me interessar pelos assuntos que vc aborda, ou mesmo as duas coisas. Daí deixarei de me sentir recompensada por te ler e fim. Sinceramente, acredito que presentinhos não fidelizam o leitor – nada contra eles especificamente, já vi esse tipo de iniciativa dentro de um contexto que achei legal – mas os vejo apenas como um plus. Pelo menos em se tratando de leitores que julgo que valham a pena para um blogueiro sério, essa é minha opinião.

  • Com certeza essa é uma discussão controversa, de um lado a vontade de valorizar o seu leitor fiel e comentarista, de outro o medo de tornar o blog um ninho de trolls que lêem apenas a palavra prêmio, "pulam" o resto do texto e saem comentando "eu quero, eu também quero".
    A idéia de concurso é bacana por estimular o pessoal a pensar e escrever, recentemente o Augusto Campos do Efetividade lançou uma promoção/meme desse tipo que achei bastante interessante, o problema é que o meme atinge apenas leitores blogueiros impedindo aquele leitor que não tem blog de participar.
    Concordo que o conteúdo e como bem disse a Mônica as citações são excelentes prêmios, mas como bem disse o Cardoso, o incentivo também é uma regra de economia que funciona. Acho que esse assunto deve sim ser considerado, principalmente no caso de blogueiros que vivem do blog, pois nesse caso (minha opinião) o blog deve sim ser visto como sua empresa e ele tem de pensar em formas de rentabilizá-la.
    Um abraço a todos.

  • É, escolher os bons leitores é complicado. Mas eu ainda acho que, se o cara for um leitor que merece, não vai reclamar se você escolher o leitor que você considera o melhor. Afinal, ele não vai estar aqui pelo prêmio, vai? Se, depois de ganhar o prêmio, ele some, ou se, por não ganhar, fica revoltado/irritado/xiita/comunista/fazendo xixi na cama, ele não iria ser escolhido como melhor leitor, mesmo =P
    Pros leitores-blogueiros menos famosos, linkagem é melhor que um pen drive, se eles tiverem adsense que seja no blog deles. Eles compram o próprio pen drive: imagino que bons leitores, que fazem comentários relevantes, fazem bons posts. Pelo menos, imagino (leia sonho): links nos blogs grandes da blogosfera valem bastante, como o Rochester disse. Mas isso só vale pros que também blogam (se bem que esses são uma grande parte dos seus bons – e maus – leitores, não?)

  • Muito bom o post. Vou acompanhar a discussão de perto.

  • Se te acusarem de imparcialidade está bom, ruim se for o contrário. Vou ganhar um pendrive com este comentário? :)

    Sds.

  • “eu keru o pe//drive!!!”

    Hahahaha, boa Cardoso, quase morri de rir aqui.

    Agora falando sério, belo post, mas não tenho nenhuma idéia que ajude nesta questão, e eu já tenho pe//drive, obrigado.

  • Uma forma de premiar que não gerasse fraudadores talvez fosse a premiação de forma esporádica e não anunciada. Do tipo: você escolhe, quando quiser e sem aviso prévio, um leitor ou comentário para ser premiado.

    Quem costuma fazer isso é o John Chow. De vez em quando publica um post comentando sobre "o que está acontecendo na comunidade", comentando sobre os blogs de alguns leitores. Ou listando os que mais doaram para a cerveja dele. Claro que isso só funciona com leitores que têm blogs, mas a idéia é a mesma: premiar de surpresa.

  • Não tem necessidade de premiar, basta fazer como alguns blogueiros, transformar alguns comentários em posts. Já fiz bastante isso, o comentário me chamou a atenção e fiz um post sobre o assunto mas sem ser ctrl c/ctrl v. Funciona…

  • Recentemente o Rafael Slonik pensou na mesma proposta de atrair e premiar bons leitores, ofereceu um sistema de remuneração de comentários, a idéia foi muito boa mas caiu no problema que o cardoso citou, da imparcialidade.
    Achei interessante a proposta de remunerar os bons leitores com camisas, bonés, adesivos e outras coisas…
    Acho também que os programas de divulgação de blogs poderiam incentivar os bons blogueiros, as boas matérias, e penso que com a evolução poderíamos, eventualmente, criar um oscar dos blogs premiando as melhores categorias, posts e tals….

  • Salve Cardoso.

    Acho que mais do que o conceito de prêmio, que pode parecer mais com o conceito de promoção, o modelo deve considerar o leitor do ponto de vista econômico e não só do ponto de vista editorial ou de conteúdo.

    É uma equação difícil de encontrar, mas o assunto é interessante.

    Abraço.

  • Confio na sua opnião parcial e subjetiva.

  • Eu acho bacana o incentivo aos comentaristas. Aliás, eu acredito ainda que promoções em blogs funcionam.

    Para contribuir com teu questionamento, sugiro o plugin Top Comentators, que lista na sidebar os nomes (com links para os sites fornecidos) daqueles que mais comentaram em determinado período de tempo. Como o teu blog é voltado a blogueiros, um link é um bom "mimo" pra quem está começando principalmente.

    Até

  • Uia… senti um ar de inveja nesse post…
    não sei por que…
    huahuahua…

  • Lu

    Como alguns já disseram por aqui, o bom leitor é premiado com um bom conteúdo. Será que isso não é suficiente? No caso de leitores que também são blogueiros, existem formas de "premiá-los" com links: últimos comentaristas, comentaristas mais freqüentes etc. Está mais que bom.

    Os leitores de jornais e revistas não esperam ser premiados só por lerem esses veículos – ao contrário, pagam para isso.

  • Lendo os comentários, tenho que concordar com quem disse que o melhor prêmio é o conteúdo. Mas também, é claro que incentivos a mais vão atrair os leitores mais assíduos… Então, pensei em juntar as duas coisas, o útil ao agradável, conteúdo e premiação.

    Faz o seguinte: periodicamente, o leitor que fizer mais comentários ganha uma resenha sua, sobre o blog dele (ou site, ou trabalho… depende mais é de você). O incentivo não é diretamente econômico mas, obviamente, traz um ótimo resultado pro leitor.

    Na resenha, você tem que ser franco. Se o maior comentarista for um miguxo, por exemplo, e o blog dele for uma porcaria, bem… paciência. Você fala dele, mas fala a verdade. E, também, nunca se repete um vencedor: se uma pessoa já ganhou uma resenha, não ganha de novo, pra não ficar repetitivo.

    Quanto às amebas, você pode evitá-las, deixando essas "promoções" em off, meio escondidas, de modo que só os bons leitores as percebam.

    Observação: Claro que nem todo mundo tem blog, mas acaba servindo como incentivo, pra que mais e mais pessoas criem e mantenham seus blogs, com qualidade. A blogosfera também agradece.

  • Cardoso, você que deu a "idéia"…

    "E se uma delas for boa o suficiente e eu a implementar, o autor ganha um Pendrive. Sério!"

    Pensa em como premiar os leitores por darem idéias :)

  • No começo, lendo o post, eu pensei em sugerir algo mais supérfluo: cada um que fizesse uma resenha sobre seu(s) blog(s) e sobre o que acham/pensam/acreditam que seja o cardoso, pessoa física. Mas isso não seria um bom foco, creio. Apesar de desnecessário, certamente você teria o feedback real do que acham de você.

    Mas não sei se valeria a pena o trabalho todo, pode ser que, jogando tudo no ventilador, a coisa engrosse. :p

    O lado humano do blog já vira a recompensa, quando as pessoas que tem os mesmos interesses acabam se encontrando e trocando idéias. Desse ponto, o feedback pode passar da admiração inicial para uma amizade com troca de idéias reais.

    Então, no final, acho que cada um acaba conseguindo o que quer, sem que seja necessária uma mudança do molde atual. O incentivo, com certeza, seria se, por exemplo, os leitores conseguissem sugerir um assunto sobre o qual você dissertasse. Daria aquela sensação de "Pô, um cara que eu curto, que escreve bem, escrevendo sobre algo que eu QUERO ler", é quase dupla realização. ;)

    O pen drive eu abro mão, mas um chopp qualquer dia desses com uma turma bacana, eu participaria sem hesitar. A reunião de pessoas de gostos duvidosos por aqui é diária, e nada melhor que a gente bagunçar isso no mundo real também. Fica a dica.

  • Cardoso,

    Pare e olhe todos os comentários (relevantes) que o seu blog recebe, não somente neste post… o que tem de comum em TODOS eles? O link pro blog de quem escreveu! Eu acredito que, hoje vivemos na blogosfera onde o leitor participativo (que comenta) é o mesmo que escreve em seu blog, quanto mais comentários ele dá, provavelmente mais ele escreve em seu próprio blog. Um blog grande como o seu e tantos outros na blogosfera brasileira, não precisa distribuir brindes, pode muito bem, para satisfazer ambos os lados, distribuir um post falando sobre o blog da outra pessoa, não estou dizendo na forma de "fala sobre meu blog que eu falo sobre o seu", mantendo a forma de rentabilidade atual, onde todos os blogs utilizam de forma igual, apenas vamos citar uns aos outros numa forma de agradecimento por enriquecer seu blog, enriquecendo o blog alheio, logo, isso gera pagerank pra quem está subindo a escada de popularidade/aceitação/visitantes/paraquedistas e gera conteudo extra e de qualidade ao seu blog, claro, não é para ser "o melhor comentário da semana", quando aquele comentário contribuiu bastante para a discussão, você vai acabar lendo o blog de quem mandou aquela mensagem, vai acabar entrando no blog do cara, pode ver algum post que chame a atenção, fazer um post complementando o post dele, aumentando as visitas da pessoa, deixando todos ganhando.

    Seria legal, pois acabaria virando um movimento viral que só faz bem para ambas as partes.

    Espero não ter me enrolado muito para explicar.

    Abraços.

  • Parece que em blog que fala sobre blogues, as idéias em geral giram em torno de se premiar comentários.
    Para mim foi mais fácil, por ser um blog de futebol.
    A promoção via Bolão faz com que o leitor habitual vá e coloque os resultados da rodada, e que os meros "caçadores de prêmio" encham a paciência de ficar 38 rodadas (nº de rodadas do longo campeonato brasileiro) entrando no blog para dar palpite.
    Inventa um bolão (se bem que para a temática do blog, acaba ficando complicado encontrar um que seja relevante), sei lá.
    Em tempo, dispenso o pen-drive (isso me lembra o trabalho).

  • Gustavo

    Acho que uma forma de "premiar" um bom leitor, um leitor que contribuiu para o blog, seria dar a ele, se ele quiser é claro, a oportunidade, de escrever um texto para o Blog! Tipo um texto por semana! Faria uma avaliação dos melhores comentários, os que mais contribuiram para o site de alguma forma enriquecendo o texto, e ele escreveria um texto sobre um tema qualquer! Poderia ser feito uma escolha entre 3 leitores, 3 textos diferentes, e ver qual se encaixaria melhor no blog!

    Acho que Muita gente teria vontade de escrever no FAMOSO BLOG DO CARDOSO, principalmente se o "sorteado" tiver um Blog também, qual não seria o retorno dele ter seu nome atrelado a um blog que tem muitas visitas?

    Fica aí minha idéia!

  • Eu gostava da maneira que o "1001gatos" fazia antigamente, na verdade não sei pq o Rev. Ibrahim não faz mais isso, era feito um post "comentando os melhores comentários" da semana.

    E a idéia do ReviewMe para comentários é boa mesmo! Imagine a idéia: o blogueiro se escreve, investe uma grana no sistema e paga por comentários legais (sei lá, poderia ser um plugin de wordpress), o autor do blog aprova/premia o comentário: "Esse comentário vale R$10zão", o sistema paga o leitor.

    "Como o sistema vai saber quem é esse leitor?" Vocês poderiam se perguntar (como eu acabei de me perguntar aqui). Talvez fazer um cadastro ou ser apenas por pingback.

  • Pingback: Como ganhar uma "Pen Drive"? Se liga na Blogosfera! : WP Brasil: a Lista()

  • O bom leitor e recompensado quando vc visita ele e comenta no blog dele..

  • Apesar de não valer um pendrive, sou obriado a concordar com a Cilene.

  • Pingback: Eu tamb()

  • Eu estava pensando em colocar os ultimos 10 posts por uma semana na barra lateral do blog para quem contribuir com o blog, dando idéias, comentando, criticando, ou seja, quem fizer algo que faça a diferença para o blog, iria ganhar os ultimos 10 posts do seu blog linkados no meu.

    Futuramente, estava pensando em espandir os ultimos 10 posts dos blogueios que ajudam para uma pagina anexa ao blog, la daria para colocar mais links e premiar mais gente…

  • É muito simples, para dar um prêmio aos leitores regulares basta produzir bom conteúdo, com isso você o faz questionar, pensar, imaginar, e ter diversas outras sensações, o que já é um grande prêmio para um leitor regular.
    Eu acho que não existe prêmio melhor para um leitor regular do que ótimos textos sempre, isso sim o faz ficar feliz, e não um pendrive ou qualquer outra coisa tentando "comprá-lo".

  • gustavo fernandes

    Não sei pq meu post não foi, mas vou tentar escrever mais ou menos o que escrevi antes!

    Acho que a forma de premiar u leitor que contribua de forma enriquecedora para o blog, seria ar a ele, se ele quiser é claro, de escrever um teto no contraditorium.
    Por exemplo o leitor que desse o melhor ou os melhores comentários da semana, que fizesse um tema evoluir, com suas opiniões, ele seria convidado a escrever sobre um tema. Isso seria muito interessante para o blog, e para o leitor, principalmente se ele tiver um blog, já que poderia linkar para seu blog no final do texto! Isso seria um grande incentivo para os leitores blogueiros e mesmo para os que não são blogueiros!

  • Ha, tenho que concordar com a Cilene, uma visita e um comentário nos nossos posts já seria uma boa forma de agradecimento, só complica quando o cara não tem um blog ou não deixou o link lá.
    Mas sinceramente, se a pessoa vai no blog apenas com o interesse de ganhar alguma coisa nem merece ganhar nada, se o cara gosta do blog e do conteúdo dele vai voltar independente de se vai "correr o risco" de ganhar alguma coisa ou não, se ganhar é consequência.

  • Conteúdo de qualidade, com certeza é a melhor premiação que se pode oferecer a um leitor,acredito que os mimos e presentinhos estimulam sim a curto prazo mas causam dependência, na falta destes recursos se perde muito pois vejo hoje muitos concursos e promoções dando audiência aos seus criadores mas… e amanhã quando não se tiver o que ofertar além do conteúdo do blog?

  • Aí uma premiação boa seria dar uma força nos blogueiros em ascenção, tem muita gente que tá começando e não tem uma boa divulgação, e também temos pessoas que podem fazer um bom trabalho mas estão sem uma pessoa, que já está na blogosfera ,para dar uma diretriz no que mudar.
    Eu por exemplo, preciso de alguém que chegue e fale:"Cara…isso tá ruim", "isso tá bom…"
    Quem comentar construtivamente poderia receber um email com um pequeno tutorial de o que mudar no blog. Na minha opinião o cara ía sempre entrar no blog, pois o cara está dando atenção. Pode não concordar muito, mas pra mim isto seria muito útil.

  • Márcio

    Não seria mais correto dizer que "as pessoas o acusariam de "parcialidade"?

  • gustavo fernandes

    Nossa, meu texto anterior saiu com várias letras faltano, u no lugar de um, ar no lugar de dar. hehehe

  • Luis Santos

    Aloha Chefe!
    Bom conteúdo não é prêmio, é pré-requisito.

    Prêmiação? Uma camisa, da ALM com dizeres do tipo "Leio o Blog do Cardoso, e ele sabe!" já seria algo para se usar com orgulho.
    Pen drives, ou qualquer outra coisa é material, reconhecimento é pessoal e intransferível, além de vitalício…
    Me lembro até hoje de ser citado na coluna do Gravatá (acho que em 1997), e recentemente no cidadaocarioca.blogspot.com (por re-encontrar um grande amigo), e no "Far Beyond Sanity" por um comentário sobre o acidente da TAM.
    Chefe, senti orgulho, no melhor estilo Jerry Steiner!

    Seleção? Gostei da proposta, escolhe quem você quiser, e nem divulga o resultado.
    Toby Ziegler já falou sobre isso, não consulte. Faça, depois o pessoal agradece. E aceita.

    Essa ainda não é a minha praia. Um dia.

    Os convites ainda permanecem.

    Aloha!

  • Gustavo Cardoso

    Já pensou em dar um LINK sem o atributo NOFOLLOW pro leitor??

    Até onde consegui contar, antes do meu comentário havia 53 comentários neste post, sendo que apenas 8 deles foram postados por internautas com blogs e/ou sites próprios.

    Ou seja, quase 85% dos comentaristas! Sendo que, muito provalvemente, a maioria destes são probloggers wannabes que podem se beneficiar bastante com uma referência sua.

    OBS.: Se você for usar esta idéia eu quero meu pendrive! Sério!

  • Um ótimo post no nível dos posts que eu adoro, etc. etc… mas você não teria confundido as palavras, Cardoso? Embora o blog seja "Contraditorium", como algo pode ser "pessoal e imparcial" ao mesmo tempo?

    Sim, Nospheratt já comentou sobre. Estou comentando de novo, porque é uma falha semântica que realmente me preocupa, diferente da questão abordada(dado meu número de leitores até agora, nunca tive sequer que pensar algo do tipo…)