BlogCamp – Relatório Oficial

Oficial do Contraditorium, mas sei que neguinho vai se irritar com isso, então fica o título…

Confirmando minha previsão, apesar de contar com a presença de luminares, expoentes e sumidades da blogosfera brasileira, gente capaz de arrebanhar milhares de leitores e influenciar a opinião de incontáveis spammers, miguxos e robôs de sites de buscas, foi um evento maravilhosamente pé no chão. O Gafanhoto era um grande palco iluminado, e na falta dos botões e selinhos indicando pagerank e número de leitores no feed, éramos obrigados a efetivamente escutar a opinião de quem quer que quisesse falar.

Muita gente que falou bonito mal tinha começado o blog, mas quem quer apostar que no próximo BlogCamp vão estar entre os luminares, expoentes e sumidades presentes?

O que mais irritou

A tara pelo dinheiro fácil. Todo mundo quer monetizar, todo mundo quer encher o rabo de dinheiro mas ninguém quer trabalhar. O AdSense, o Jacotei, o UOL são ferramentas mágicas que posso colocar no meu bloguinho recém-lançado com 10 visitas/mês e vão me sustentar como um sultão marroquino. Pena milésima vez: NÃO FUNCIONA ASSIM. Eu sei que escrever dá trabalho, mas desculpem, não faço o mundo. Quando inventou o capitalismo, Marx definiu que primeiro se trabalha, depois se recebe. Experimente pagar adiantado para seu pedreiro pra ver quanto tempo vai levar a obra.

Senti falta de gente interessada na arte da escrita, parece que a monetização quebra o modelo trabalho/remuneração, e que blogar é ganhar dinheiro sem trabalhar. Quer saber? Continuem assim, dou a maior força. Quando menos gente preocupada em escrever bem, quanto mais tarados estudando tudo de SEO (melhor pro Bruno) e otimizando sites que ninguém visita, melhor pra meia-dúzia de 4 ou 5 que visa o dinheiro mas sabe que vai ter que produzir conteúdo de qualidade para ele.

O que mais me surpreendeu

A opinião do Interney de que os blogs de miguxos estão mortos. Eu sei, ele pode ter concluído isso baseado no cheiro, mas a argumentação é que os miguxos estão migrando em massa para o Orkut e similares. Refletindo sobre o assunto, faz sentido. E vou além: Miguxos e brasileiros em geral odeiam ler. Uma vez li em algum lugar que Buenos Aires tinha mais livrarias que o Brasil inteiro. Se é verdade ou não, só o fato do número de livrarias ser usado como material de propaganda para demonstrar superioridade já é um excelente indicativo de qualidade de quem fez a comparação.

Quem não gosta de ler consequentemente odeia escrever. Blogs são escrita. Ao transporem seja lá o que balbuciem para o Orkut, os miguxos não estão mais tecnicamente “escrevendo”, estão dialogando. A estrutura de fórum do Orkut passa a idéia de interação, e interação é kosher. Vide o MSN. Qualquer bom miguxo escreve em um dia de MSN o que não escreveu a vida inteira na escola.

Uma prova de que o Orkut e similares não se encaixam no ato de escrever é que não há evolução. Naturalmente quem escreve muito melhora a qualidade do texto, mas um scrap deixado por um miguxo 3 anos atrás é indistinguível de um scrap deixado hoje. Biologicamente o Orkut é um beco-sem-saída evolucionário.

Propaganda Capitalista Opressora

contra-boobox.jpg

Vejam que absurdo. Nós, pobres blogueiros, apenas interessados em consumir conteúdo, ou consumir excelentes sanduiches e mini-sonhos, éramos obrigados a ver a propaganda do boo-box, enquanto devorávamos o coffee break oferecido por eles. Não interessa que fosse de graça, não interessa que estivesse delicioso, e que no final os sanduíches foram parar até no bar. É propaganda e é errado. Deveriam ter colocado um aviso “ATENÇÃO: ESTE LANCHE É PATROCINADO. Não levante este papel a menos que EFETIVAMENTE, ABSOLUTAMENTE deseje ver uma propaganda do patrocinador que está atuchando seu bucho de comida de graça. CUIDADO! MANTENHA DISTÂNCIA”

A Melhor Dissidência

A camiseta do Marmota, “Blogueiro famoso é como ser Miss Cangaíba” (ou algo assim) foi excelente. Finalmente um sujeito com pé no chão pra entender o que significa nicho. Claro, como celebridade inquestionável da blogosfera, acho que é meu direito divino ser assediado por milhares de fãs e tietes, mas algum fdp deu pra elas o endereço errado. Aliás, nem o Blogueiro Dançarino estava exatamente apinhado de tietes (na verdade só vi uma, mas era a esposa, e ele deve ter negociado a aparição dela em troca de arrastar os móveis pra faxina de sábado). Quem entra na blogosfera pra melhorar o ego está ferrado. Pense bem, você está achando que vai ser o maioral, fazendo um tal de blog, algo que 2/3 da população mundial sequer sabe que existe? Mais fácil virar jogador de futebol.

O Melhor corte de cabelo

contra-ian.jpg

O Ian é campeão. Taí a camisa pra provar. Aliás, mizifio, sem querer ser chato, essa camisa está um TANTO desactualizada, não acha?

O melhor encontro

contra-myhouse.jpg

Eu fazendo pose de House, Liliana fazendo pose de Cameron

Já converso com a Liliana faz tempo, mas foi a primeira vez que nos vimos. Começou bem. Dei uma esnobada, para manter a fama de mau, e ela disse que queria me bater. OBA! Depois degringolou, e quando vi estava me chamando de… ursinho carinhoso. Desmoralização completa.

A Melhor Descoberta

contra-lu.jpg

Sem dúvida, pra mim foi a Lu Monte. É muito raro, e extremamente reconfortante conversar com uma mulher que entende 100% das minhas referências de cultura pop. A parte ruim é que reconhecendo tudo que é citação que faço, ela percebe que sou bem menos sábio do que meu marketing tenta vender, mas tudo tem seu preço. Se for pra ficar batendo excelentes papos como o do almoço do domingo, é um preço que estou disposto a pagar. Quem sabe não cato alguma série obscura que ela não conheça, de onde possa tirar novas frases de efeito?

E antes que perguntem, não, não cheguei a tentar o truque mental Jedi com ela. Só funciona com mentes fracas.

A Maior Sacanagem

contra-manoel.jpg

Não é o Manoel. Olhem pra cima. Estão vendo o projetor? Pois é. Mas ele estava lá, eu garanto. Sumiu na hora do almoço. Deixaram a porta aberta, deviam ter controlado melhor o acesso? Não sei. Ouvi um monte de explicações, bem na mania do brasileiro de culpar a vítima. “deu mole” não deveria ser usado nem como justificativa pra sair com mulher feia, que dirá pra um roubo.

Foi uma sacanagem, uma safadeza, isso sim. Foi um dos presentes? Não sei. Fomos “hackeados” por alguém fazendo engenharia social, entrando, observando e depois voltando pra dar o golpe? Talvez. Não sei. O que interessa é que agora temos a obrigação moral de repor o equipamento. No site do BlogCamp você pode colaborar com uma doação para a campanha Projetor Esperança.

O Maior Jedi – categoria finanças

contra-internet.jpg

Pela força do hábito o Schumacher da blogosfera olha para
trás mas como sempre não vê ninguém nem chegando perto.

O Interney com certeza se superou. Em todos esses anos nessa indústria vital eu nunca vi alguém fazer o que ele fez, duas vezes.

Acumulando o dinheiro deixado pelos que iam embora, no bar, no primeiro dia, era de se esperar que ele se ferrasse. É um fato, quem fica por último sempre arca com a diferença. Pois bem; quando a conta chegou, mais de R$1000,00, Edney começou a somar o dinheiro acumulado.

Sobrou.

No dia seguinte, a mesma coisa. A conta foi modesta, mas a sobra – que irá para a campanha Projetor Esperança – foi enorme – mais de R$200,00 pelo que me lembro.

Como ele faz essas coisas?

A Maior Jedi – categoria truques de bar

contra-cocalu.jpg

A Lu de novo. Pediu uma Coca, deu uma gesticulada e conseguiu essa proeza da foto. Não tente isso em casa.

As Melhores Ausências

Se desse pra ganhar dinheiro com encontros eu largava os blogs. É uma maravilha passar horas agradáveis, conversando com um monte de gente, sem nenhum troll, salsinha ou machão de teclado pra encher o saco. Veja bem, não estou dizendo que havia carência de opiniões. Na discussão sobre a criação de uma associação de blogueiros gente absolutamente contra e absolutamente a favor defendeu seus pontos de vista, de forma veemente. Só que ao contrário dos comentários, quem não estava interessado simplesmente foi embora, não ficou por lá soltando piadinhas e xingando os envolvidos.

As Melhores Fofocas

O BlogCamp foi um evento família, ninguém perdeu a linha nem no bar, o que foi uma pena. Com isso a parte da fofoca ficou comprometida. Soube de uma muito boa mas se botar na rua vou queimar o filme de um amigo. Já outra me pegou de surpresa: Uma blogueira ruiva muito conhecida no passado era morena, e segundo testemunhas uma bela de uma morena, foi dito que deveria voltar à cor natural. Que conste nos autos que descobri da pior maneira, com alguém me contando, e não da melhor, comparando se as cortinas combinam com o carpete. Não vamos complicar mais ainda a reputação da blogueira dizendo que foi vista comigo.

Mais Mais quero Mais

O Nick Ellis está organizando um encontro de blogueiros aqui no Rio, e está sendo gestado em encontro no Interior de São Paulo, coisa para final de semana inteiro, com atividades, churrasco, pousadas, mergulhos sem roupa no Crystal Lake, leituras do Necronomicon, klaatu barada nikto e tudo mais que faz um passeio desses valer a pena. Não percam. Eu estarei lá. Esperando…


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Todo valor é válido, o que vale é a intenção e o seu cartão de crédito passar. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.

Leia Também:

  • Agora fica a dúvida, o seu relatório é oficial pq é bom, ou é bom pq é oficial?

  • Ficou ótimo, traz bastante do clima para que não esteve presente.
    O risco, é ser eleito secretário para redigir atas depois, se isso virar uma instituição. Já pensou? rs…

  • Muito bom o relatório. Ano que vem tem mais?

    Gostei muito da frase "Qualquer bom miguxo escreve em um dia de MSN o que não escreveu a vida inteira na escola."
    :-)

  • Ficou muito bom realmente. Deu pra ter uma idéia bastante clara, principalmente para quem não foi.
    Concordo contigo quando diz que brasileiro não gosta de ler. Felizmente, não faço parte deste time. O pessoal quer ganhar dinheiro fácil, tudo bem. Mas tudo que vem fácil, também vai embora com a mesma facilidade.

  • Eu acho que Lu Monte encantou o Cardoso… será? :)

  • Ursinho carinhoso… hehehe, tô rindo até agora.

    Cara, esse relatório ficou perfeito, espero escrever tão bem assim daqui a algumas encarnações.

    Concordo com o Sérgio, conseguiu trazer bastante o clima do evento para quem não pôde ir.

  • Cacildes, a Coca da Lu, o cabelo do Ian, as peripécias do Edney…quanta coisa bizarra :-p

    Melhor do que isso, é neguinho aplicando se travestindo de blogueiro e surrupiando retro-projetores…

    Ah, esse Brasil!

    Se tiver encontro aqui no RJ, tô dentro…Fiquei chateada por não ter ido no Encontro do Seixas com a galera carioca em peso.

    "repair me"

  • *aplicando GOLPES

    *Fiquei CHATEADO

    Malditos erros.

  • Ursinho Carinhoso do nosso coração
    Só não é mais oficial porque o senhor não colaborou na organização hehehehe
    ótimo resumo.

  • Que legal o encontro! Mas também curti os bastidores. Apesar do aviso noblog, tentarei fazer em casa o truque da Coca!

  • Aguentar o povo falando de monetização e estadão o tempo todo realmente foi duro. O que mais gostei foi a discussão sobre como trazer audiência para o blog, que falamos justamente isso q vc disse: ganhar dinheiro com blog nao eh fácil. Foi o recorte que eu fiz no meu blog sobre o blogcamp.

  • Liliana, A Lucia já começou. Se isso pegar a culpa é sua, e vou te visitar mas vamos brincar… muito. De Dexter.

  • No primeiro dia paguei R$ 10,00. No segundo sobrou R$ 100,00 e eu não paguei nada :P

    Mas vc falando assim acho que vou aumentar minha doação pro projetor :D

    Espero o encontro do Rio pra tomar umas cervejas contigo novamente :)

  • para variar deu uma preguiiiiiiça de ir, mesclada à um medo absurdo das pessoas (coisa que não ocorreu no barcamp por exemplo). e como sempre estou com a sensação de que não perdi nada, exceto o bar.

    quando organizarem uma choppada e resolverem convidar blogueiras-perdem-linha, ai talvez eu apareça.

  • Perae, o que está sendo arquitetado no interior de sampa é aquele que será feito numa pequena fazenda?

  • Não tem nenhum blogueiro cabeludo?
    Bom, tô na vantagem! =D

    Um dia vou num treco desse! :­)

  • Ahh fiquei na vontade…

    quem sabe no próximo.

    Maysa

  • Você não mencionou, imagino que por sua conhecida modéstia :-), mas acho que bateu o recorde de tempo de upload de vídeo para o Youtube e publicação de post sobre o assunto.

  • @le

    No BlogCamp só pode ir blogueiros? :P

  • Verdade. Foi vapt-vupt, ele terminou de dançar eu já estava com o leitor do cartão ligado no note e subindo o vídeo. 38MB, um parto. Tirando a sacanagem, é um puta exemplo de como o blog pode ser um veículo ágil. Imagine se fosse um acidente, um flagrante de um crime, algum miguxo ou spammer atropelado?

    Criminosos, Tremei, Capitão Blog está aqui para revelar seus planos malignos!

  • Claro que não, @le. É um evento BLS, para Blogueiros, Leitores e Simpatizantes.

  • Com certeza o melhor post sobre o BlogCamp cardoso! Parabéns

    Você é bravo, mas eu não ligo

  • Pingback: O ATESTADÃO - O Jornal que vem na contramão()

  • O Capitão Blog só tem que tomar cuidado com uma coisa: o Latte com chantilly do seu Ricardo (ou o que quer que tenha sido aquilo no Starbucks)

  • To me matando de rir aqui, a resenha mais divertida e mais informativa que eu li, apesar de eu já estar sabendo do q tinha acontecido então me restou só ver a FORMA como você contava a hístória toda…

    A parte das cortinas e dos carpetes foi a melhor na minha opnião particular própria.

  • Excelente. Pena que essa mobilização toda só acontece em São Paulo e Rio. Quem sabe da próxima vou passar lá pra pelo menos tomar umas.

  • Desculpa se o comentário ficar grande é que estou cansado de ter que escrever um post sempre que vejo que meu comentário vai ficar grande e infelizmente ou felizmente faço parte da minoria que gosta de ler e escrever…

    Fiquei triste em não poder participar mas quem sabe da próxima vez não tenho a excelente oportunidade de conhecer essas pessoas que costumo me comunicar diariamente… talvez fique mais difícil reconhecer sem os botões indicando o PR e o número de leitores mas pelas fotos que vi todo mundo com crachá se tiver nome e blog da pra levar.

    A tara pelo dinheiro fácil não irrita só a você mas realmente é de se esperar afinal muita gente é atraída para a blogosfera com este objetivo, lógico que depois quebra a cara e saí fora. Uma curiosidade, porque link para o Jacotei e nada para Adsense e UOL?

    Concordo com o Edney sobre a diáspora miguxa partindo da blogosfera para o ORKUT e com você com relação ao desenvolvimento deste "povo" porém tenho medo da generalização pois já participei de excelentes debates em algumas comunidades do ORKUT em comunidades sobre Teísmo x Ateísmo, Evolução x Criação e outras do genero, já acompanhei diversos posts sobre pesquisa científica na comunidade do CNPq e bons comentários incluindo até sugestões para pós-graduação e bolsas de capacitação docente na comunidade da CAPES, gostava da WebInsider e da WebDesign Brasil… Isso apenas para citar bons exemplos que justificam meu medo pela generalização.

    Gostei quando falou sobre a propaganda capitalista opressora quero dizer que concordo e que foi muito boa a sugestão de escrever em um papel: "Lanche patrocinado" e o aviso para aqueles que desejam ver a propaganda só senti falta de uma forma de recompensar os leitores da propaganda afinal de contas consumir o conteúdo, no caso o lanche, não é retorno suficiente afinal assim como quem vai a um blog não esta necessariamente buscando conteúdo (os textos) quem vai a uma mesa de lanches no coffe break não esta necessariamente em busca da comida. Só achei que neste trecho você deveria ter utilizado algumas tags de marcação para não confundir as pessoas assim como eu deveria ter feito aqui embora não ache necessário já que o comentário é para você!

    Para finalizar, já falei besteira demais, você conclui o relatório dizendo que talvez "role" um encontro com direito a mergulhos SEM ROUPA no Crystal Lake e em seguida diz que estará lá esperando… pô Cardoso tirou minha vontade de participar…rsrsrsrs

    P.S – Depois que o estadão duvidou da sua masculinidade essa de ursinho carinhoso da a entender que aconteceu algo nesse blogcamp.

    P.S² – O lance que você falou de Buenos Aires possuir mais livrarias que em todo Brasil eu já ouvi diferente, já ouvi dizer que na Argentina a media de leitura de livros anuais é de cerca de 20 por pessoa enquanto no Brasil é em cerca de 1 ou 2.. algo assim…

  • Pingback: Blog6 » Blog Archive » Via6 no BlogCamp: observações()

  • Pelo post, já gostei do encontro (do qual não participei obviamente).
    Ressalvas quanto à foto do Cardoso em tamanho grande (maior que 3×4). Já bastava a que fica abaixo do "Quem?" do Blog, agora toda vez que eu ler um dos divertidos textos aqui postados vou ter que me lembrar do "ursinho carinhoso"… bom, vou tentar apagar isso de minha mente e me concentrar nos textos ;)

  • Odiei seu relatório!

    Por que? Ah! Porque deu raiva por não ter ido…

    Sobre o Orkut.. esse é um caso sério! Aliás… nada de sério. Sempre considerei uma aplicação amadora. Um amigo diz que o Orkut "deu certo" porque as mulheres gostam de salto alto no outono. É aleatório.
    Os poucos bons fóruns que freqüento por lá vez ou outra são invadidos por miguxos.

    Estou vendo que teve muita coisa peculiar. O limão entalado foi ótimo… duvido se não houveram causos dignos de um post destaque no blog de fofocas que você sugeriu outro dia… "'pena'" que parece que foi um evento entre amigões :)

  • Rio
    São Paulo
    Pernanbuco…

    E o de Minas Gerais – ô, blogosfera local, vamos providenciar!

    abraços!

  • Tudo bem que sou um blogueiro iniciante e tal, mas cadê a iniciativa dos grandes luminares da blogosfera pernambucana que não aproveitam essas idéias como a do BlogCamp ou de encontros informais pra reunir a galera de Recife e arredores? Até no mundo dos blogs o eixo Rio-Sampa é predominante e o resto do Brasil que se vire?

  • Querido Ursinho,
    Obrigada por me citar nesse texto ótimo.
    Adorei seu relatório.
    Vamos planejar logo nosso próximo encontro.
    Beijos da sua,
    Lili

  • Qualquer um pode participar? Quando tiver aqui no rio eu não vou perder.

    Mas o único interesse real é no coffe break…

  • Quero Blogcamp aqui em Salvador/Bahia =/

  • "[…]Claro, como celebridade inquestionável da blogosfera, acho que é meu direito divino ser assediado por milhares de fãs e tietes, mas algum fdp deu pra elas o endereço errado[…]"
    O endereço que eu tinha era Princeton-Plainsboro Hospital – Infectology Dept. Estava errado?

  • "Quando inventou o capitalismo, Marx definiu que primeiro se trabalha, depois se recebe."

    "Qualquer bom miguxo escreve em um dia de MSN o que não escreveu a vida inteira na escola."

    Cardoso e suas pérolas, hehehe! Pelo jeito, deve ter sido uma ótima experiência :D mas por hora, não poderei comparecer…

    Aliás… desconfio que você tentou sim, o truque Jedi; mas ela deve ter revidado, com força mental à décima potência! Hmmm.. não, não seria necessário.

  • @le

    Ok, vou ficar antenado por aqui, para saber quando ocorre o próximo encontro no RJ. Passarei por lá.

  • Lu

    "Ursinho carinhoso"?! Hahahahaha! Nem pra ser um sehlat?!

    As melhores partes do BlogCamp, sem a menor dúvida, foram os intervalos e botecos. Nada como encontrar no "mundo real" gente que só conhecemos "de blog".

    Valeu pela foto, já vou entrar no Flickr e "roubá-la". :)

  • Pingback: O BlogCamp foi… » Dia de Folga - opinião com gelo e laranja()

  • Pingback: Como foi o BlogCamp MG, uai - Techbits()