Quando é hora de desistir de ser blogueiro

Ser blogueiro profissional implica em uma série de sacrifícios, como fazer passeio de lancha no Guarujá e tomar vinho nacional em Buenos Aires, mas chega uma hora que não dá.

A primeira vista Erik R. Trinidad leva uma vida de sonho de blogueiro, viaja o mundo todo, publicando suas viagens no blog The Global Trip. Excelente, certo? Mas mesmo ele tem momentos complicados.

Vejam por exemplo no vídeo abaixo. Ele foi na Colômbia e conheceu Miguel Caballero, chamado de O Armani dos Coletes à Prova de Bala. Ele faz roupas “comuns” com proteção balística, assim o sujeito anda com um sobretudo ou casco de couro, mas protegido.

Na Colômbia (ok, e no Brasil) faz bastante sentido uma roupa assim.

Pois bem; Erik foi na fábrica do Miguel, e descobriu uma estranha tradição: Todo novo funcionário da fábrica tem que passar pela cerimônia de ser… alvejado por Miguel usando uma roupa com colete.

Isso mesmo. E você reclamou daquela entrevista de emprego, hein?

Erik não teve escapatória, passou pela experiência de tomar um tiro de 38 Especial, e tudo que ganhou foi uma camiseta, a bala e o cartucho.

link para o vídeo


Para os trolls, é um sonho, um blogueiro tomando um tiro.

E eu achando que o maior sacrifício que poderia fazer pelo blog tinha sido assistir show de stand-up com comediantes brasileiros…

Então, finalizando: Taurus, IMBEL, fabricantes de Tasers, coletes e similares: Eu NÃO faço publieditoriais nem aceito convites semelhantes, ok?

Fonte: The Firearms Blog


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias.

Prestigie essa liberdade, faça uma doação, ou melhor ainda, assine meu crowdfunding, torne-se um colaborador mensal e ajude a combater a mediocridade! Cada centavo diminui a chance de você me ver em uma banheira de Nutella!

Leia Também:

28 Comments

  1. Nem por U$65.000,00???

  2. Tem que ter maluco pra tudo nessa vida.

  3. De acordo com o que eu aprendi vendo 007, ele deve ter sentido uma bela duma dor. E além de ganhar a camiseta, bala e cartucho, levou de brinde um hematoma do tamanho de uma laranja

  4. CC, um amigo de facul disse que a Embraer gostaria de um post sobre a técnica de testes de aviões contra colisão de pássaros. Vc sabe, um Embraer sobrevive a um Boieng, sobrevive a pássaro e não cai no rio. Ah tem canhão, mas não é com pólvora…

  5. Deve ganhar uma cueca de brinde também, mas isto ele não ia mostrar hahaha!

  6. Se o sujeito tivesse liberdade editorial ou o que seja, agradeceria o convite mas não faria. Não me submeteria a uma estupidez dessa, mas provavelmente o cara topou pra aparecer bem no vídeo. Pra tudo tem doido.

  7. Pô Cardoso, deixa de ser medroso.

    Só um tiro de nada.

  8. Poutz! Que furada que o cara se meteu :P

  9. Pensem no lado positivo. Se o tiro fosse na cabeça, nem a camiseta o blogueiro teria recebido de brinde.

    <abbr>garfi – último post do blog… LULA JOGA CAMISINHAS PARA FOLIÕES</abbr>

  10. Cardoso, sabe que até gosto de alguns Stand-Up brasileiros. Rafinha Bastos é um que assisti e gostei muito… Acho melhor que levar tiros, igual o cara ai…

  11. Calça plastica por favor!!

  12. Raphael Gaudio

    Esse colombiano é uma figura! A parte da contagem foi sacanagem mas foi muito engraçada. Condicionou o cara direitinho.

    Pelo menos não é um jabá de supositórios ou algo assim.

    Parabéns pelos blogs Cardoso! Continuam muito bons! Só sinto falta da época que você ganhava tanto quanto alguns médicos cubanos juntos e utilizava o contraditorium para contar o caminho das pedras de um problogger. Mas o web.archive tá aí pra isso!

  13. Sorte do cara que Murphy estava de ferias ou foi cuidar de assuntos mais importantes em outros locais.

  14. É, tem razão, stand up tupiniquim sucks!!! Agora eu até aceitaria fazer esse tipo de convite se a grana fosse interessante!!!

  15. Cardoso, realmente pra tudo tem limite, até mesmo para um blog de sucesso como o seu, eu não teria essa coragem também não. Mas se você quiser posso te mandar uma lista de comediantes brasileiros que fazem stand-up que voc~e pode enviar para estas empresas como alvos de publicidade…

    Abraço

  16. Dependendo das condiçõs ($$$) eu tomava o tiro até sem a super roupa do cara aê…. =P

  17. Eu tenho certeza de que não toparia uma furada dessa, mas tem maluco que topa qualquer parada. O cara levou um tiro usando um colete a prova de balas "disfarçado" de jaqueta. Tudo muito bem organizado e planejado. Porém, será que o seu ato foi tão corajoso assim?

    Queria ver se ele toparia experimentar uma farda da PM e apresentar um morro carioca durante um confronto entre policiais e traficantes. Será que topa?

    • Bom, mais corajoso que você ele já é; já que você não toparia nem se estivesse "Tudo muito bem organizado e planejado" hehe

  18. É, são os ossos do ofício de ser Blogueiro…

    Abs,

    Marcel

  19. Arthur Taborda

    E desde quando assistir stand-up brasileiro é sacrifício?

    Dá pra ver que voce está virando americanizado, e dizer que tudo do Brasil ser ruim virou 'modinha' pra quem quer ser polêmico.

    Não sei qual peça você viu, mas a boa parte dos comediantes brasileiros são muito melhores que um monte de carinha que faz sucesso no exterior.

    • Verdade caro camarada patriota idiota. Danilo Gentalha e Rafinha Bostas são um mol de vezes melhores que George Carlin, Richard Pryor, Louis C.K., Bill Maher, Sarah Silvermann.

      Agora vai se inscrever no MVBrasil, patriota idiota.

  20. Palhaçada! Queria ver o cara a mais de 8 metros de distância, dando chance da bala pegar velocidade saindo das raias do cano. À curta distância, nenhuma munição causa tanto dano quanto parece. Claro que fura se não tiver proteção. Engodo dos grandes esse aí…

Comments are closed