Quem com porcos anda…

Citando a Nospheratt, neste excelente post:

O canibalismo dos que fazem post patrocinado e não dizem que estão sendo pagos para falar sobre o produto/serviço, já prejudica tanto quem revela que está escrevendo post patrocinado, quanto quem escreve sobre produtos/serviços de graça, por pura e espontânea vontade.

(…)

O que essas empresas BURRAS não vêem é que estão se dando tiros no pé, na perna, na cabeça. Se as coisas continuam assim, dentro de um ano ninguém vai acreditar em porra nenhuma, seja legítimo ou não. Todo e qualquer comentário sobre produtos e serviços será descartado com um gesto de desdém. Acaba-se o viral, acaba-se o poder da mídia social, acaba-se um monte de coisas.

E, parafraseando a Lu Monte:

Se os blogueiros influentes não fizerem o necessário trabalho de evangelização, explicando a essas empresas que é importante avisar e que os interessados continuarão interessados APESAR do aviso, não dá pra esperar que a ética brote do nada, via geração espontânea.

Simples assim. Estamos vendo uma série de blogs mesquinhando migalhas (pergunte ao Mr Manson qual o percentual de verba das campanhas sobra para as mídias online) e deslumbrados com R$500,00. Neguinho está vendendo a alma, a bunda, a imagem e a credibilidade. O leitor está percebendo, e não está gostando.

O blogueiro “espertão” compra um saco de mariolas com o dinheiro do post, sem notar que de formador de opinião está se tornando repassador de opinião alheia, sem ser esperto o suficiente para perceber que a própria opinião que o fez valer os R$500,00 do post patrocinado perderá o valor quando o leitor parar de acreditar em seu blog.

Caro blogueiro, iniciante ou não, não faça isso. Participe da campanha pela transparência online. Orgulhe-se de seu blog ser capaz de atrair publicidade, e orgulhe-se de anunciantes que não têm vergonha de anunciar em seu blog. Somente aceito posts patrocinados com a divulgação dos mesmos assegurada.

Diga não aos anunciantes que exigem sigilo. Diga não aos blogs que fazem posts pagos sem divulgar.

Eu, de minha parte, estou limando de meu leitor de feeds os blogs que publicam posts-jabá sem identificação, e mais importante, estou mantendo uma lista negra pessoal de anunciantes que exigem sigilo dos blogs.

Não é nem para fazer pirraça de não aceitar anúncio deles, é para não falar MESMO. Agora mesmo há um comercial MUITO legal no ar, de um cliente que anunciou comigo alguns meses atrás mas depois teve a audácia de exigir que eu removesse o aviso de post patrocinado. No final acabei removendo o post inteiro (mesmo assim eles pagaram, mas foda-se).

Cheguei a fazer uma pesquisa sobre o comercial, daria um puta post, di grátis, mas quer saber? Não vou dar espaço para quem não me respeita.

Ética se aprende em casa, blogosfera não é faroeste. Blogs são extensões dos blogueiros, refletem nossos valores e atitudes. Agir no blog de forma diferente da que se agiria na vida real é, além de antiético, hipócrita.

E a blogosfera definitivamente não precisa de mais blogueiros hipócritas.


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Todo valor é válido, o que vale é a intenção e o seu cartão de crédito passar. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.

Leia Também:

  • “Agir no blog de forma diferente da que se agiria na vida real é, além de antiético, hipócrita.”

    A questão é: nem mesmo na vida real podemos esperar consistência nas ações das pessoas.

    A ética é uma linha guia traçada para ajudar o processo naturalmente errático que caracteriza o comportamento humano.

    E certamente não será menos errático nos blogs.

    MrManson, Papo de Homem, Lus e demais representantes que o digam. Certamente têm suas histórias e observações sobre o assunto, mas não vão colocar por aqui, não sem edição prévia. As relações envolvem outras camadas quando as famosas pepitas de ouro entram em cena.

  • Pingback: http://blinks.blogueisso.com()

  • Bale Cardosón! Bale! Lindo post. Agora, vamos combinar? Depois dos fakes no iogurt a gente está sofrendo é com a invasão dos blogueiros fake como o homem chocolate aí em cima. O moço rápido no gatilho (como o padrevoador no twitter e no blog) provam que não há limites para a insanidade do ouro… e haja tiro no pé!

  • Bem, meu blog é recente, mas a leitura não. Acho que sempre serei mais leitor do que blogueiro, e pra mim, não interessa se a propaganda no blog é di gŕatis ou paga. O que interessa no blog, é a opinião do cara que escreve. Se o cara se sujeita a virar "repassador de manteiga" só, bem, é a credibilidade dele que foi pro ralo. Post patrocinado não tira o mérito, muito menos diminui a opinião do blogueiro. Tenho nojo de blogs/sites assim.

    Quanto ao chocolate aí em cima, dizer que não pode esperar consistência nas ações das pessoas é tapar o sol com a peneira. Se não posso esperar consistência no próprio blog do blogueiro, pra que voltarei ao blog?

  • Eu concordo com tudo que você disse. Acho mesmo que a maioria ainda tá dando cabeçada na parede, se vendendo por migalhas que não serão para sempre. Todo mundo quer ser famoso, ganhar dinheiro, viagens e tudo mais, mas por outro lado não querem investir.
    O grande lance sempre foi investir em credibilidade, e vender sua credibilidade não é algo muito inteligente de se fazer.
    Não vejo nada errado em ganhar dinheiro, muito pelo contrário, errado é enganar os outros dizendo que "achou um vídeo legal".

  • Leonardo

    Cardoso, sabes algum lugar aqui no brasil onde posso comprar o BT-338. Seu artigo no meiobit me animou a arranjar um desses, porem nao encontro.

    Obrigado!

    Leonardo Gomes
    leonardo.mlg@gmail.com

  • Bem que você poderia divulgar essa lista negra só pra sacanear esses felas da p…
    Abração!

  • Sabe quando isso vai mudar? Quando os blogueiros se organizarem. Não falo em sindicado, mas em uma associação de blogueiros, onde iríamos alinhar e estabelecer pisos para propagandas e posts pagos, de acordo com a audiência. E tendo como regra os seus associados ter que divulgar que aquilo é um informe publicitário.
    Já vemos associações de blogueiros fazendo isso lá fora, podemos fazer isso aqui também. Só teríamos a ganhar com isso.

  • Michel: Divulgando a lista estaria promovendo-os, o melhor é deixar de lado mesmo.

    Cardoso, ontem mesmo eu estava vendo TV e reparando como os grandes portais estão investindo em propaganda. Um dos maiores portais do Brasil faz propaganda de quase 2 minutos em horário nobre de canais como redetv, record e SBT, mas sequer ví uma propagandinha sequer em blogs… Pow, a grana gasta poderia muito bem ser investida (em parte) nas propagandas online, isso geraria buzz e pagerank inclusive…

    Imagina os 30 maiores blogs fazendo propaganda para uma dada marca, considerando a grana gasta com TV, acho que com blogs o resultado em tráfego poderia ser melhor do que propriamente na TV, visto que o público dos blogs é o alvo….

    Outro fator interessante é que propagandas nos maiores blogs implica em comentários nos menores, e assim o ciclo vai se amplificando…

  • Junao Rodrigues

    Eh triste perceber (e sempre da pra perceber)o momento q o blogueiro começa a escorregar.Agente(eu pelo menos do) uma chance continua lendo e tentando ignorar as postagens trambique-cocacola-motherfocker.Mas chega uma momento q vai perdendo a graça e qndo finalmente atinge um grau insuportavel(lembra q o judao era cudojudas) e o laço afetivo finalmente c rompe e vc TEM q deletar.Eh q blogero naum gosta TANTO assim do blog neh? So estranho a atitude das marcas, sera q naum percebem como essas atitudes prejudicam o nome.
    Quando eu era moleq e naum existia "online" eu lembro q as novas propagandas da coca-cola eram aguardadas com ansiedade no intervalo do fantastico. Hoje soh consigo ter nojo dessa fabriquinha corruptora de blogs de uma figa.Mais a ser dito!

  • O raciocínio deles: "Se todos estão navegando em blogs, vamos nos mimetizar, vamos nos infiltrar no meio."

  • Pingback: Deu na Blogosfera » Campanha pela Transparência Online()

  • Você pode se arreganhar da maneira que bem entender aos posts pagos.

    Mas sabemos: quem anda pela blogosfera e quem faz a blogosfera, não são os mesmos que andam pelo orkut o dia inteiro.

    Então veja bem se vale a pena.

    Ainda presamos pela liberdade…. Sejamos livres para voar!

  • Mauricio

    Espero que o Ah! Tri Né! da Dani Koetz, esteja fora da sua lista de feed , pois se isso não é patrocinado, é muita boa vontade dela e do Emerson

    Cinco links para o site do empreendimento mais um video http://www.ahtrine.com.br/2008/04/19/o-apartament… é muita coisa por "um achei isso legal e coloquei no meu blog"

  • Pingback: Como publicar publieditoriais em blogs | Boombust()

  • Muito bom o post.

    E onde não falta transparência hoje em dia?

    Ps. Citei seu post no meu blog, espero que não se incomode.

  • Rodrigo

    Cara adorei, é isso mesmo, eu penso da mesma forma, temos que ganhar valores e não ficar comendo migalhas, e ficar abaixo daqueles sites "TOPS" que eles tem orgulho de escreverem PUBLICIDADE ou então LINKS PAGOS, eles na verdade até pediriam para escreverem "ESTE AQUI NOS PAGA" rsrsrs. é isso ai….