Longe de mim ser politicamente correto, mas isso não seria ofensivo?

A seleção de Basquete da Espanha se meteu em uma encrenca ao posar para uma foto fazendo “cara de chinês”, apertando os olhos, estilo “xing-ling”. Diversas organizações sino-americanas ficaram P da vida. Depois foram as jogadoras da seleção de futebol Argentina, fazendo o mesmo gesto e gerando controvérsia.

Eu sou tentado a dizer que é algo com várias leituras, dependendo da sua boa-vontade pode ser até um gesto amistoso, mas não condeno um chinês que se ofenda.

Por outro lado, vejam este… adereço cenográfico do programa Bom Dia Pequim da ESPN Brasil:

 

CIMG4682

Uma pesquisa do DataContra no Twitter trouxe os seguintes resultados:

 

Sakae não acha ofensivo, mas reconheceu que era um chinês, então tá valendo. Mais ou menos como se fosse algo ofendendo um Argentino…

Marcamaria achou “feio, muito feio”

A Bianca disse que foram bem infelizes

O MarioAV acha que é tão ofensivo que transcende etnias

 

Eu me lembrei na hora dos cartazes e materiais de propaganda usados na 2a Guerra, como esta pérola aqui:

 

Adolf_Hitler_Hideki_tojo_Propaganda_poster

Eu entendo a necessidade de desumanizar o inimigo em tempos de guerra, provavelmente colocaria meu talento para ajudar nesse tipo de material, se fosse o caso, e não sou de forma alguma politicamente correto. Mas aquele boneco idiota me incomoda.


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Caso você tenha uma carteira PicPay,meu usuário é @carloscardoso. Caso não tenha e queira uma forma de transferir pequenas (ou grandes, de preferência grandes) quantias sem taxas, é só se inscrever.  Eles te darão R$10,00 para experimentar, basta utilizar meu código promocional SKO4

Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.




Leia Também:

  • Ah, eu sabia que conhecia esse boneco de algum lugar!
    Reforçando o comentário sobre o boneco infeliz, tratar povos como estereótipos nunca é a melhor saída.
    Brasileiros não cansam de ser associados à bundas? Recebemos o tratamento que damos aos outros.

    Beijos

    • "Brasileiros não cansam de ser associados à bundas?"
      .
      É e por que seria diferente? Vejam os comerciais de cerveja, moda, carros etc. Vejam o carnaval e as novelas. Brasil adora exportar pornografia implícita e depois reclama que estrangeiros vêm fazer turismo sexual aqui (e qdo vêm, não são decepcionados de qualquer forma).

  • eu tava rindo porque disléxica que sou mais uma vez li boquete em vez de basquete, mas meu sorriso logo fechou quando vi a cara do boneco. odiei. os esportistas puxando o olho, eu entendi como uma homenagem através de uma brincadeira, eu levo tudo na esportiva, mas reconheço que em outra cultura isso pode ter outro significado. mas o boneco é simplesmente odioso. e parece muito com o do cartaz. gostei dessa sinapse aí, muito pertinente ;-D

    • "eu entendi como uma homenagem através de uma brincadeira"
      .
      Pimenta no fiofó dos outros é refresco, né?

      • gente, mas o que é puxar os olhos e sorrir? pimenta? quem é que já não brincou disso?
        porque tudo quem ser maldade, porque? porque? pra mim os atletas quiseram dizer com a imagem "olha nós gostamos de vocês, também queremos ser como vocês"
        gente, eu não entendi onde está a ofensa dos atletas. pra mim não existe.
        ofensa mesmo foi a performance de muitos. aí sim. :-P

        • Concordo com vc, Rossana. Eu fiquei revoltado é por alguém se ofender com um gesto que era claramente amistoso e no máximo uma brincadeira. Não suporto mais a mania de todo mundo ficar ofendidinho com qualquer coisa.

        • E que ofensa existe num bonequinho? VOCÊ acha que não é ofensa. Eles não pensam assim. Direito deles, ora.

  • Acho que criar polêmica por causa de umas pessoas tirando foto fazendo "cara de chinês" é demais. É se incomodar com besteira. Talvez seja apenas eu, mas não vi nada de ofensivo nas fotos.

    Só no boneco, que é de gosto totalmente duvidoso

  • O Nihau (mascote da ESPN) já fazia parte do cenário há quase 1 ano antes das olimpiadas. "Ele" faz várias reportagens durante o programa.

    Esse boneco fazia parte da turma da Xuxa… alguém desenterrou ele e trouxe para a ESPN.

  • Caio "Rufflez&q

    Se nao me engano esse boneco é/era um marionete "famoso". Lembro de ter visto em algum problema de auditorio aleatorio ha algum tempo atras.

  • Ahhh, exagero. Chineses também tem uma imagem pré concebida dos brasileiros, fazer o que né? (Aposto que se tiver olimpiadas aqui no Brasil não demora nada para ter um boneco com a cara do pelé)

    {Off} Tá velho hein cara??? Te lembra as propagandas da Segunda Guerra??? haushaushasuhasu.

    Flw veterano de guerra

  • Ah!!! faltou dizer que se não me engano, o nome nas lojas lá pela década de 80 era "Takimoto" ou alguma coisa do tipo…

  • Do jeito que a coisa vai, se em 2012 o time da Espanha tirar foto bebendo chá é capaz de ser expulso dos jogos.

    Já o boneco não é ofensivo, é ruim mesmo, coisa mal feita e sem graça.

  • Luckenzy

    Não sei se um boneco desses ofenderia um oriental, se é que não levam na esportiva hoje em dia.
    Mas sei que os filmes pejorativos do Jerry Lewis ofendia, e muito, Bruce Lee!
    Ele saia do cinema puto da vida.

    • e eu sou a maior fã do Jerry Lewis, pensando bem o boneco seria ótimo para um curta, uma versão oriental tosca do Chucky em versão para youtube. seria um sucesso imediato.

  • Ahh, Cardoso, larga de ser moralista.
    Queria o quê, um boneco do camarada Mao ou do Hu Jintao?
    É um mascote tão inocente quanto, ou mais que (já que remete à infância de muita gente) as puxadas de olhos do pessoal.
    Tá parecendo o Jô: "sem querer ser politicamente correto, mas já sendo"…

  • Fico impressionado com a estupidez do brasileiro. Seguem a linha "eu posso sacanear os outros, mas não podem me sacanear". Convenhamos, o Brasil é tido internacionalmente como o país mais mal-educado e grosseiro do mundo. Uma pecha que o brasileiro gosta muito de salientar em tudo. A África não deve ser vista como um continente só de negros aborígenes, tribos Zulu etc. Mas, é assim que todo mundo vê.
    .
    Não vi nada demais num boneco, que não passa de uma caricatura.. Caricaturas são exageradas. Então, vamos impedir o Chico Caruso de desenhar, ora. Vamos proibir do Maurício de Souza retratar o pessoal que mora em cidades do interior como um bando de caipiras que não sabem falar direito. Mesmo pq, nas cidades tem muito mais analfabetos, analfabetos funcionais e idiotas que falam errado.

  • Marcus

    Esse boneco já era famoso antes da ESPN. Ele não foi criado com a intenção das olimpiadas nem de "ofender" os chineses. É apenas um personagem.
    Ele andou aparecendo em algum programa humorístico não lembro se foi zorra total ou foi escolinha do barulho na record..

  • Lembrei de cara do personagem do Mickey Rooney em "Bonequinha de Luxo". É uma cena deste filme que aparece na cinebiografia do Bruce Lee, que o ofendeu…

    De muito mau gosto, sem dúvida.

  • Eu acho que conheço esse boneco..

    Se não me engano, ele é uma marionete de um cara que já foi no Gugu, Faustão, Gilberto Barros, etc… (veja a minha cultura televisiva! Blergh!)..

    O humorista responsável é um nordestino (acho que do Ceará). O cara é barrigudo, usa chapéu de cangaceiro e camisa do Brasil e o boneco, na minha opinião, era até engraçado…(o boneco assobiava, mas eu não tenho certeza)

    Como deu pra perceber, eu não lembro o nome… mas fica o registro…

    Abraço

  • "Não vi nada demais num boneco, que não passa de uma caricatura.. "

    O erro é esse. Sabe de onde vem a palavra caricatura? De carga. Ataque. É para ofender mesmo. Mostrar o que achamos feio no outro.

    O que respondi via Twitter era no seguinte contexto: o boneco em si mesmo é horrível! Se fosse de um indiano ou de um sueco, também daria para denunciar como sendo de mau gosto!

    O cartaz da guerra me lembra os cartuns do Belmonte desse período. Grande caricaturista paulista, os desenhos que ele fazia dos nazistas e dos fascistas da Itália e Espanha não eram nada fora da realidade. Ele se concentrava no roteiro da piada e não no visual. Mas quando o personagem era japonês ele mandava ver na feiúra até a última consequência. Já tinha muito japonês morando em São Paulo na época, mas deviam-lhe faltar referências diretas, porque assim como no cartaz acima, os olhos eram desenhados da forma errada e a boca sempre era dentuça.

    • "O erro é esse. Sabe de onde vem a palavra caricatura? De carga. Ataque. É para ofender mesmo. Mostrar o que achamos feio no outro."
      .
      E puxar os olhos e arreganhar os dentes não é uma caricatura tb? Parabéns, vc entendeu o que eu quis dizer. Ademais, nunca vi um ofensor entender o pq do ofendido não aprovar.

  • Pra quem está mal informado sobre a brincadeira de puxar os olhos, os times de basquete da Espanha fizeram exatamente isso para uma propaganda local e foram brutalmente condenados internacionalmente. E a condenação nem veio especificamente da China, concentrou-se na Europa mesmo. A Espanha já vinha com a reputação meio escangalhada desde o incidente em que torcedores insultaram os jogadores de futebol negros da Inglaterra num jogo amistoso. É capaz até de a candidatura do país para sediar 2016 dançar por conta disso. O negócio é sério. Não tem racismo bom nem racismo fraquinho.

  • Marcel Mouta

    Não gostei do boneco, feio e antipático (primeira impressão, nunca assisti o programa com esse tal de Nihau), mas o que tem os atletas puxarem os olhos? Vejo como uma homenagem a torcida chinesa, não ao país, diga-se de passagem um presidente de bosta. Como seria as comemoração dos chineses se as olimpíadas fossem no Paraguai?

    a) eles não participariam
    b) medalhas falsicadas

    Abs,
    Marcel

  • Marcel Mouta

    Que medalha da Maurren!

    Agora ela correu com uma bandeirinha da China, será que eles vão se sentir ofendidos ou foi uma homenagem aos produtos falsificados?

    * comentário anterior (medalhas falsificadas)

  • Esse boneco me incomoda tbm.
    Não entendi bem esses dentes e essa cara de retardado. hahahahahaa

    Bjos

  • entao, se algum dia a olimpiada for no Brasil (e tomara que esse dia demore MUITO a chegar) e alguma equipe enfiar uma tanga no rego e sair sambando, ninguem vai poder se ofender ne? Afinal vai ser apenas uma "homenagem".

    • eles já fazem isso, há muito tempo. lá fora somos mulatas de tanga enfiada no rego sambando, há décadas. somos também o país do crime. o episódio do csi miami, o filme turistas, não precisamos nem esperar as olimpíadas

    • Eu não me ofenderia. Primeiro porque é uma imagem que nós mesmos fazemos questão de divulgar (vide carnaval, funk, programas de tv), e segundo porque nós sacaneamos todo mundo: portugueses burros, franceses que não tomam banho. Nos sacaneamos até internamente: baianos lerdos, cariocas malandros, paulistas obcecados por trabalho, gaúchos viados.

      Ninguém precisa saber levar mais na esportiva que os brasileiros. Quem sacaneia, tem que saber aceitar ser sacaneado. Nada mais irritante do que aquela pessoa que zoa todo mundo e se ofende quando é zoado.

      • Bom, cada um, cada um.
        Mas acho que só porque sabemos levar tudo na esportiva não podemos exigir que os outros também saibam.Só porque "sacaneamos todo mundo" não significa que todo mundo tenha que levar na esportiva.
        Certas brincadeiras na casa dos outros podem facilmente ser interpretados como falta de educação.

        • Olá, Marco!

          Na verdade, nós não sabemos levar tudo na esportiva (vide polêmica do episódio dos simpsons no Brasil), mas deveríamos.

          O que me irrita é que puxar um olho é algo que eu considero muito insignificante, mesmo que fosse ofensivo, e fazem um chororô por isso. Se fosse pra ofender, era só dar de ombros que ninguém nem falava nisso. Passava batido e não atingia ninguém.
          Eu sei que vc é descedente de orientais, Marco, entenda que não é um desrepeito meu quanto a isso não; Eu só acho que o mundo está ficando irremediavelmente chato, onde ninguém pode fazer nada que os outros já estão se ofendendo, processando, reclamando. No caso dos olhos puxados, chineses TEM olhos puxados, certo? Fazer um gesto indicando isso não é necessariamente ofensivo, afinal, qual é o problema em se ter olho puxado?

          Mas, já que o mundo parece não ter solução, o negócio é aderir ao time dos reclamões, hehe. Na verdade, é bem mais fácil que levar na esportiva. Primeiro, vou ficar ofendido com quem me sacaneia com piada de gaúcho, sendo que eu sou brasiliense criado em santa catarina: posso reclamar tanto por discriminação contra os gaúchos e contra gays, quanto por sugerirem que eu pertenço a um dos grupos; depois vou processar por racismo quem me manda tirar minha camisa branca num jogo de futebol (não é camisa, eu é que sou quase albino mesmo – e agora algum albino vai querer me processar achando que eu fui ofensivo, hehe), ou quem faz um gesto como se estivesse ofuscado pela minha brancura; também vou processar os goianos que me chamam de candango – um termo pejorativo pra designar os brasilienses; ainda, vou acionar todos os que sugerem uma menor inteligência da minha parte por causa da cor do meu cabelo; e vou ganhar uma boa grana em processos por discriminação contra minha forma física arredondada; por fim, vou processar a família de uma ex, oriental, que me chamava de gaijin, no meu próprio país, de uma forma pejorativa, como se eu fosse inferior por não ser oriental. Além de me dar bem, vou ser um cara bem moderno. :-)

          Mas, falando mais sério agora. Apesar de esse meu último exemplo ser um pouquinho mais grave, na minha opinião, já que ao contrário dos demais esse era realmente um tanto discriminatório, eu acho que realmente todo mundo deveria levar brincadeiras na esportiva. Até para não banalizarmos e podermos nos concentrar em coisas realmente graves, racistas, ofensivas e discriminatórias, que tanto existem por aí.

          Abraços!

          • Christian, eu entendo.
            Sou descendente de japoneses, não tenho os traços orientais e a tal brincadeira não me incomoda nem um pouco.
            O exemplo que você deu é ótimo, porque acho ridículo essa coisa de chamar brasileiro de gaijin dentro do Brasil.Inclusive, já participei de brigas familiares calorosas por causa disso.
            Por isso, não acho certo fazerem isso dentro da casa dos caras (assim como no seu exemplo) e, convenhamos, a ocasião para fazer tal brincadeira não foi das melhores.
            Sou filho de português e, sempre que posso, conto as últimas piadas de português pro meu pai.Só que jamais faria isso na frente de desconhecidos pois imagino que ele não iria gostar.
            Não sou contra essas piadas, até gosto, mas tem hora e lugares que acho que não convém fazê-las. ;-)
            Um abraço.

          • Japonês com português. Taí, isso é piada pronta.

  • Logo você vir falar mal de um boneco desses?

    Não vejo nada de ofensivo nos atletas "puxando os olhos" ou do boneco.

    Nos dois casos entendi como uma homenagem. E mesmo que não fosse!

  • Joca

    Qualquer boneco em programa de adulto me incomoda. Pois ISSO SIM denota uma certa inferioridade do brasileiro em relação aos outros povos, não a criancisse do Cardoso de "pouca medalha então não vão".

    Em qualquer país sério bonequinho é coisa de criança. Aqui é atração no programa feminino ADULTO de maior audiência no país, o The Ana Maria Braga Show.

  • Ser o pais do crime ou episodio do csi miami ofende? Pode ser que um bando de otarios puxando os olhos os ofenda tambem.Temos o pessimo habito de achar que so os outros tem que nos entender.

    • eu não me ofendo, a gente é o que é. todo país é o que é. e seja o que for, sempre tem alguém tirando sarro de qualquer coisa. ou fazendo caricaturas. ou representando de forma engraçada. ou distorcida, ou de acordo com o que conseguem enxergar na cultura deles. o ofensa está dentro da gente, não fora. a armadilha não são os outros, somos nós mesmos.
      acho que tem diferença entre tirar sarro pra rebaixar alguém e brincar com esta pessoa. acho a brincadeira e o humor saudável. e acho que o mundo está ficando paranóico de forma globalizada. agora tudo tem que ser politicamente correto. quem dera os políticos fossem politicamente corretos e deixassem esta incorreção para os humoristas.

    • Como coisa que aqui é um lindo país sem crime algum…

  • Concordo que existe diferenca (nao tenho acentos) entre tirar sarro e brincar.Mas "brincar" dentro da casa dos OUTROS as vezes pode pegar mal.E so uma opiniao e estou longe de ser politicamente correto.Estou fora do Brasil ha algum tempo e posso garantir que e um saco ficarem nos lembrando que somos diferentes o tempo todo, so isso.

  • O politicamente correto é a praga que está substituindo o bom-senso.

    • Concordo.
      E a falta de educação também.

  • Mas então, a gente está se perdendo num raciocínio circular por causa da total consideração ao que EU acho e desconsideração ao que O OUTRO acha.

    Se um chinês acha ofensivo eu fazer tal gesto, tenho que respeitar o que ele ah, mesmo que eu ache que o gesto é carinhoso ou dê qualquer outra interpretação inofensiva.

    Existe um livro muito bom que lista os gestos comuns que são considerados ofensivos em outras culturas, e tem muita coisa que a gente aqui nem imaginaria. O grau de sutileza nvolvido é grande. Por exemplo, erguer o polegar fazendo OK é o mesmo que oferecer o dedo médio na Austrália. Em países do Oriente Médio, sentar de pernas cruzadas com a sola do sapato apontada para alguém ofende seriamente essa pessoa. Entrar numa casa japonesa sem deixar os sapatos na entrada é extremamente rude. E assim por diante.

    • além de tradutor automático, dicionário bilingue, essas coisas, deveria haver também um manual visual de gestos indelicados multilingue, de todas as nações, assim eu poderia aprender todos eles ahahahahahahahahah isso facilitaria muito a comunicação internacional e as comunicações entre países e até mesmo a globalização

  • @Cardoso nao sei como mas de alguma forma eu ja estava esperando voce aparecer assim que eu entreguei minha "dupla nacionalidade". Ta vendo? Se eu fosse realmente me aborrecer com piadas, eu tava f*dido. rsrs

    Um abraco.

  • Longe de mim corrigir ninguem, mas aqui em Recife, existe um ventriloco que usa um boneco identico a este. infelizmente o nome do ventriloquo eu não vou conseguir lembrar, mas ele já participou diversas vezes do Domingão do Faustão.

    O boneco é chamado de Ronaldinho, e a encenação do ventriloquo é até divertida. Tanto estou "acustumado" a este boneco que estranhei totalmente a presença dele na ESPN.

    De qualquer maneira, cada um usa como quer…

  • Se é ofensivo eu não sei. Mas é um puta boneco assombrado!

  • José Roberto

    Pra falar a verdade eu estou procurando onde se vende este boneco chinês. Eu tenho um igual, e uns amigos meus estão querendo comprar um. Quem me deu um já ganhou de outra pessoa e não sabe qual loja tem. Por favor, eu preciso dessa informação com urgência, pois um amigo meu vai à São Paulo na próxima semana.
    Obrigado.