O problema do jornal online é que não serve nem pra limpar a bunda

O estado da imprensa tradicional é terminal, vemos notícias de jornais de 150 anos fechando as portas, associações de órgãos de imprensa tentando culpar e processar o Google e muita gente tentando evitar ou adiar o inevitável.

EU não acho que o jornalismo irá morrer. É como dizer que a crônica vai morrer por causa da Internet. Poxa, um bom post do Inagaki é o quê? Este post do Burgos é um excelente exemplo de jornalismo. Tem tudo que não se vê na maioria dos blogs: Pesquisa, explanações detalhadas, bom-senso.

O New York Times tem uma excelente massa de assinantes, gente que paga para ler o jornal online. Motivo? Confiam no conteúdo. Sabem que vão receber uma matéria de qualidade.

O que não dá é para montar uma presença online feita nas coxas. Tenho amigos na área online de diversos jornais, e nunca vi tanta má-vontade. As histórias de terror se repetem, os jornais montam estruturas de Internet por obrigação, quem trabalha nelas é visto como jornalista de 2a classe, e lhes é exigido trabalho de 2a classe. No final, acabam contratando jornalistas de 2a classe, afinal é o que querem.

Acho que toda uma geração de editores está tentando sabotar o jornalismo online, para dizer "viu? Falei que esse negócio de Internet não funciona". Vejam por exemplo o Jornal do Brasil. Durante décadas foi respeitado, era um instrumento de oposição ao Globo, visto como governista. Gente do nível de Carlos Drummond de Andrade escrevia no JB.

Agora, no ocaso de seus anos, o Jornal do Brasil mostra que está pronto para destruir sua presença online, tratando leitores como idiotas e produzindo material de 5a categoria, já que a 2a não é mais a meta. Vejam esta pérola:

Isso mesmo. De novo, caso você não tenha lido direito:

"A ambientalista Telma Lobão, engenheira agrônoma e funcionária do esxtado da Bahia, tem uma tese para o desaparecimento do Airbus da AirFrance que fazia a rota Rio Paris. segundo ela, o avião pode ter sido engolido por um buraco negro."

Essa talvez seja uma das idéias mais idiotas que já vi na vida. Os conhecimentos de física da cidadã condizem com o que se esperaria de uma engenheira agrônoma, Ela com certeza não está encarregada pelo CERN para cuidar do LHC.

Embora idiota, a teoria da criatura não é muito distante do que vemos nas absurdas caixas de comentários da maioria dos jornais, só que a Folha e o Globo tem a decência de não publica como matéria esses disparates.

Existe um velho ditado que diz que o papel aceita qualquer coisa, mas a Internet demonstrou que besteira MESMO, tem que ser online. Por isso portais de notícia não tem ombudsman ou errata, iriam trabalhar 24/7. Na pressa de publicar muito, na impunidade do espaço infinito, vale tudo.

Só que publicar qualquer lixo não é fazer bom jornalismo. Droga, não é nem fazer bom blog. Em um mundo novo, onde a CNN disputa relevância, mesmo que momentânea com um sujeito cujos dois únicos méritos no mundo são comer a Demi Moore e ter feito "Cara, cadê meu carro?" credibilidade é tudo.

Nosso NOME é nosso maior bem. Seja você o Morróida ou o Washington Post. Só que nome não dura para sempre. Um bom exemplo é Twitter de Celebridades. Muita gente entra, vê que o sujeito só escreve uma vez ao dia dizendo que vai ao banheiro. Resultado? UNFOLLOW.

Um jornal não vai sobreviver online apenas por ter nome, tradição, seriedade, credibilidade, competência e respeitabilidade na versão em papel. Isso vai servir para atrair leitores, não para mantê-los. Eu acho que nosso ecossistema precisa sim dos órgãos da grande imprensa. Não me importa que não sejam tão ágeis, o Twitter é inútil para cobrir em detalhes um acidente aéreo, por exemplo. Ele diz "caiu", e "onde" caiu. Quem, porquê, como, quem vai responder é o jornal, online ou não.

Só que não vai ser o jornal que publica matérias de buracos negros engolidores de aviões.


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Todo valor é válido, o que vale é a intenção e o seu cartão de crédito passar. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.

Leia Também:

  • Thiago

    Tem uma certa revista sobre 'Saúde' que tem redatores desse nível. Essa manchete com certeza seria estampada na capa.

  • EduZL

    Cardoso, essa mulher tem algum embasamento no que fala.

    Acho que o Avião foi parar onde todos os guarda-chuvas perdidos vão. Ou seja, para uma outra dimensão.

    Já perdi vários, mas nunca encontrei nenhum.

    Mas falando sério, muitas marcas importantes deixam de manter qualidade e vão para o espaço. Parece o mesmo com o jornalismo na net. É a mesma mentalidade conservadora de muitos, uma convicção vinda da duração do jornal impresso e do seu sucesso, que agora e em breve já estará extinto…

    • Eduardo

      Não. os guarda-chuvas perdidos não vão para outra dimensão. Diz um amigo meu que os guarda-chuvas perdidos vão para o Acre. Eu nunca fui lá pra conferir nem conheço ninguém de lá, por isso não duvido da teoria.

  • Eu acho perfeitamente plausível que o avião tenha sido engolido por um buraco negro. Outro dia mesmo, eu e Thor (um Asgard) falávamos sobre isso! Inclusive pegamos a Daniel Jackson e demos a volta sobre a terra mapeando os buracos negros aqui presentes!
    !!!Pasmem!!! achamos um dentro da cabeça de uma engenheira agrônoma na Bahia !

    • hauahuahuau, mas é a mesma? Porque essa é a do "esxtado da Bahia"

  • Marcelo

    Considerando o "esxtado" do texto, acho que um salsinha resolveu inventar tudo por não ter o que escrever.

    O fato de ser engenheira deveria ao menos qualificar a criatura e ter um pouco mais de respeito pela inteligência alheia. Somando a ânsia pela notícia mais a estupidez humana, essa notícia não me surpreende.

    abraço

  • Marcelo

    Apenas complementando. Será que ela tentou falar em "wormhole" e saiu black hole? No meu mundo de polyanna, ainda prefiro imaginar que tamanha tosqueira não saiu assim.

    Sds,

  • Ludi

    Desse jeito acho que vou pedir emprego de redator no JB online, melhor do que isso com certeza eu faço, aliás qualquer um com mais do que dois neurônios faz…

    Mas pensando bem, acho que na verdade o que está acontecendo é que os jornais on line estão se tornando uma fonte de informação on line para salsinhas, um público que eles não devem ter na versão impressa…

  • Márcio Leijot

    Ow. Pirei quando li essa notícia. Até cliquei lá para ver se era verdade. Como assim??? Eles nem checam quem é essa mulher? Basta olhar no google, vai achar mta coisa interessante…

  • Eu gosto do Cardoso porque ele é honesto. Não tem o que dizer, é isso mesmo.

  • Não sei o que é pior: Ler uma notícia dessas, ver o Daniel na novela das 6, ou VER a novela das 6…

    Que comentário pertinente hein?

  • No futuro um buraco negro vai engolir não só os aviões no oceano, mas os jornais de papel também.
    .
    Estas associações querem fazer de tudo para mostrarem que a Internet não vale nada. Afinal, é uma moda passageira que não vai durar até o final do ano…

  • Aloha Chefe!

    E eu que achei que minha proposta estilo "Josh Lyman" de que o avião "podeira" ter sido atingido por um meteoro era o máximo de extrapolação…

    Num dos folhetins de hoje (quarta-feira) a numerologia explica o acidente. Acho que TODOS os números até mil significam algum tipo de desgraça…

    Só não li para saber se era uma numeróloga agronoma baiana…

    Aloha!

  • Na "matéria", melhor que o parágrafo citado pelo Cardoso é a continuação. Ficção científica total. Acho que ela deve ser uma aficcionada.

    E bastante interessante o paralelo que ela fez entre os buracos negros e o triângulo das bermudas.

  • Eu achava que o G1 era o portal de notícias mais bizarro na internet…

    Aí eu vi essa matéria. O mundo nunca mais será o mesmo pra mim… =P

    Meu trecho favorito? "Não há explicação para este sumiço!" Isso é que é espírito científico! =D

    • Cara, a BBC também traz cada maluquice que só vendo. Aqueles ingleses são completamente doidos.

      • Os ingleses tem aquela mania dos tablóides deles e de cada 10 teorias de UFO acho que umas 8 surgem por lá. Bem criativos eles :)

        • Todos nós sabemos que o Elvis destruiu o único OVNI que apareceu. Os americanos guardaram na Área 51 e somente poucos cientistas, como o Indiana Jones tiveram acesso.

  • Ainda bem que a ideia de um ataque terrorista que rolou no twitter não foi parar no jornal

  • O que significa salsinha, afinal? Andei pesquisando, vi alguma coisa que teria sido um tal de Carlos Cardoso que teria inserido a expressão na internet que significa…(deixa pra lá), mas o fato é que a cada dez comentários no seu blog, cinco reclamam dos ou das salsinhas, geralmente com um tom inequívoco de superioridade (e bota superioridade nisso). Podemos discordar da opinião das pessoas e expressar isso usando inúmeras palavras para demonstrar nosso imenso apreço por essas pessoas: idiota, energúmeno, obtuso, bronco, otário, bobo, analfabeto, besta, idiota (eu me enquadro na maioria dos adjetivos). Mas parece que algumas pessoas são os chamados "Maria Vai Com As Outras" e o único adjetivo que conhecem para atazanar a vida de alguém é "salsinha". Se for isso, você conseguiu seu objetivo sobre seu rebanho, mestre blogueiro e por isso, posso dizer com certeza: você vai dominar o mundo. Porque a blogosfera já!

    • Meus leitores são superiores, obrigado.

    • Eric Souza

      OMFG, eu realmente li isso? D:

      Sobre o texto, só posso imaginar que alguém andou assistindo o final da temporada de Fringe e ficou empolgado.

    • Maria Vai Com as Outras ou não; esse artigo do JB é uam sandice sem igual. Talvez em um universo paralelo…

  • Quando eu li essa matéria no JB, eu ri, mas ri muito. Eu deveria lamentar, mas já desisti disso, certos sites ou veículos de comunicação simplesmente não têm jeito.

  • Carlos Magno

    Me RECUSO a chamar tal criatura de engenheira, título que merecem apenas aqueles que passaram cinco longos e insones primaveras de sua vida batalhando para se formar com mérito.

    Só não sinto mais vergonha de ter alguém assim com diploma de Engenharia, porque sei que há alguém pior com cargo de jornalista.

  • Técnicamente papel é mais caro que bits, então…

  • Pingback: As previsões fraudulentas sobre o acidente do voo AF 447 » Ceticismo.net()

  • Eu digo que engenheiro só serve pra ler manual…

  • O nível de conhecimento geral dos brasileiros é baixo, se for de ciências exatas então- tende a zero. É só olhar os comentários nos portais de noticias, olha só a pérola: http://quantum.site90.net/wp-content/uploads/2009
    Por esse tipo de bobagem, que a wikipedia em português é uma merda….

    • Eu deixei de ler o G1 por causa dos comentaristas. Como tem analfabeto lá, caraca. Ainda prefiro as sandices da BBC.

  • Ah, só para constar: os comentários do link acima são sobre o reator de fusão de hidrogênio, o National Ignition Facility, que os EUA estão testando

  • No mesmo nível disso aí (ou pior, sei lá como medir essas tranqueiras) é a matéria "jornalística" que associa o acidente à numerologia e que o Boteco Sujo premiou com o troféu Caveirinha do Ano. http://www.botecosujo.net/2009/06/trofeu-caveirin

    Mas o melhor ainda é a resposta da assessoria de imprensa…
    http://www.botecosujo.net/2009/06/trofeu-caveirin

    Esses jornalistas são uns pândegos!

  • A partir do momento que ele não tiver credibilidade nenhuma, ele vai ser apenas descartado.

    …..eu apenas não entendo como uma agrônoma iria entender de buracos negros. só com um pé de buraco negro brotando do chão, vai saber.

  • Além do conteúdo sensacionalista e muitas vezes repetitivo, os grandes portais e os sites de jornais (ainda) impressos, andam cometendo verdadeiros atentados à Língua Portuguesa. E mesmo que , em alguns casos, sejam erros de digitação, oras, onde estão os revisores? Como podemos exigir que a molecada(que nem lê jornal) escreva corretamente, se isso não é levado a sério nem pela imprensa? #medo
    Daí quando um jornal fecha, aparecem os puristas dizendo que a culpa é da internet ( e dos blogs). Será que custa muito acompanhar o progresso tecnológico e fazer um trabalho de qualidade?
    Escrever "esxtado" com X e esquecer que após um ponto a frase deve começar com letra maiúscula (coisa que até o meu iPhone sabe), não tem cabimento.

  • Blood

    Acho que essa moça anda Assistindo Muito Seriado do Tipo "4400" e "Fringe" Coitada ta abalada. o Pior é o Jornal dar atenção para tal bobagem.

  • Bruno

    "Os conhecimentos de física da cidadã condizem com o que se esperaria de uma engenheira agrônoma"

    Física faz parte do ciclo básico de qualquer curso de engenharia. Desqualificar uma classe de profissionais inteira usando o exemplo de uma suposta má engenheira é o mesmo que desqualificar a blogosfera toda ao ler o seu blog.

  • Leandro

    Tem um fato que mostra a falta de preparo dos jornais pra internet. É MUITO comum achar textos, em grandes portais, sem data!, como se fosse só olhar no topo da página e ver de quando é esse jornal!

  • Soulhell

    Eu acredito que tenha surgido um buraco negro dentro do cranio dessa senhora e desmaterializado o cerebro da mesma. (verifique se o mesmo encontra-se parado no andar)

  • Phillip Fernandes

    E publicar "esxtado"? Será que a idéia de revisar uma única vez antes de publicar um texto num jornal online é uma idéia tão absurda assim? Eu canso de ver erros ortográficos em grande portais como o uol, terra, g1. Aliás, no g1 é onde eu mais vejo. Absurdo!

  • Rafael

    Parabéns pelo post, gostei bastante.
    Sobre o tema de jornais online gostaria de colocar outro assunto, os comentários em sites de notícias, no caso o Terra, bom, fiz um comentário sobre determinada notícia, não era pra criar flames, apenas deixei minha opinião. Resultado, deletado pela moderação, não usei nenhum palavrão, apenas critiquei. Devido a isso nunca mais entrei no site, pior, nem foi a primeira vez. Acho que todas as opiniões deveriam ser respeitadas.

    Aquele abraço.

  • resolvi seu problema Cardoso. Vou imprimir a matéria e limpar a bunda depois. :P

  • Diego

    @EduZL

    Guarda chuva quando some vira clips. Pffff

  • Pingback: Explicação mais plausível… | Uhull S.A.()

  • Pingback: O futuro do jornalismo online (?) « O Blog no Fim do Universo()

  • Tunin

    Tem um filme chamado Buraco Negro, em que uns cientistas criaram, sem querer, um buraco negro em laboratório, o qual vai engolindo tudo. Só que achei que o filme já tivesse acabado.

  • "Os conhecimentos de física da cidadã condizem com o que se esperaria de uma engenheira agrônoma…"

    Gosto muito dos seus textos, mas não é porque uma imbecil formula uma teoria estúpida que toda a classe de eng. agrônomos merecem esse desrespeito.

  • Chicão

    Ambientalista? Agrônoma?

    Não é a toa que até no meio médico existem expressões para lidar com salsas do tipo. (vide um site de jargões e acrônimos médicos)

    Um exemplo que serve bem: "Double Bind Trial" – Quando dois ortopedistas examinam um eletrocardiograma.

    Se desse pra passar isso em uma única palavra, já estava no Aurélio 2010. O Brasil (bem, o mundo) está cheio de gente assim, que num "best case scenario", ou são a personificação da "comparação morróida", ou até conhecem/trabalham no ramo mas acham que o Paris-Dakar é um circuito oval na fórmula Indy.

    *O site em questão indica até jargões médicos brasileiros, como DPP, Embromed, Hospital Pilantrópico…

  • Pingback: A miopia dos jornais | Memento()

  • Pior que as versões online dos jornais publicarem essas bizarrices, é que há muitos leitores que acreditam nessas coisas. Basta ver os comentários de pessoas que acreditam nas reportagens do Stupid News, que é um jornal de mentira com objetivo de ser sarcástico e humorístico.

  • Essa teoria que alguma coisa antiga irá se acabaré bastante absurda.Está certo que as coias nunca duram para sempre elas diminuem, por exemplo as fitas k-7, o vinel e efim qualqur coisa que se foi usado sempre será usado por alguém. O lance é que as coisas cada vez mais estão se tornando descartaveis falo em questão de tudo , uma boa parte das pessoas não estão se lixando mais para nada. Por fim tudo muda um dia algumas coisas para melhor e na maioria das vezes para pior. Quanto a essa "engenheira agrônoma" manda ela para de ler ficção científica.

  • Vivaldo Amado Cardos

    Concordo plenamente e complemento, nada melhor que deitar na rede dia de domingo e ler um bom jornal.O problema é que aqora depois da mulher do esxtado da Bahia contar esta estória estou com mêdo de ser engolido por um desses "buracos negros" aqui na atmosfera da terra.

  • Márcio Colomb

    O problema é que esses jornais online foram "abduzados" por esses buracos negros!!!

    XD

  • Rafael Carlos Rosa

    Na edição de hoje(14/06) no caderno Informe JB eles publicaram sobre as duas luas.
    A nossa boa e velha lua, e marte que estara proxima da terra(!) a ponto de parecer outra lua.
    Esse e-mail ja rola na net a uns 6 anos pelo menos… e eles cairam depois de tanto tempo…
    Puta merda os caras faltaram as aulas de matematica, fisica e geografia….
    E realmente o papel aceita td…

  • lucas santos

    O imbecil dono deste blog deveria estudar os buracos negros antes de postar suas merdas criticando a matéria, demonstrando ser um analfabeto de pai e mãe.

    • Magno

      Ainda digo mais: o imbecil do Lucas Santos deveria estudar buracos negros antes de postar suas merdas criticando a matéria do Cardoso, demonstrando ser um analfabeto de pai e mãe.

    • Eu não acredito que esse tal de Lucas Santos escreveu esse comentário a sério.

      Eu me recuso a acreditar nisso. É muita estupidez num comentário de apenas duas linhas.