Blogueiro sem ego tem mais que sair correndo

Imagine a cena: Eu montei um programa de TV. Na verdade um quadro, como degustador no Family Business, do FX. Aviso aos amigos, comento no trabalho, começo a apresentar meu quadro diário. Há outros programas no mesmo horário, mas eu confio no meu taco. Sei que não sou o Johnny Carson mas sei apresentar um programa, sei manter o espectador interessado.

Aí entra meu produtor, e diz: “Fomos muito bem mês passado. Ah, aqui estão os números da concorrência. 133 mil outros programas foram lançados mês passado, junto com o seu”.

CENTO E TRINTA E TRÊS MIL.

Imagine que você montou seu consultório de dentista, e a cada mês entram 133 mil concorrentes no mercado. Ou que você escreva para um jornal, e todo mês surja essa quantidade de novos profissionais.

Já apavorou?

São os números apenas do www.wordpress.com, excelente serviço de blogs, nos moldes do blogger.com.

Segundo as estatísticas de julho:

  • 133 mil blogs foram criados.
  • 143 mil novos usuários se cadastraram
  • 2 milhões de posts e 764 mil páginas foram criadas
  • 2.8 milhões de comentários escritos

Vamos ver se entendi. Em um mísero mês 143 mil pessoas se associaram a um serviço, criando 133 mil novos blogs?

E aqui o pessoal reclamando se ficou na posição 40 ou 60 de um ranking qualquer? Preocupado com o Estadão?

São 133 mil blogs todo mês, só no WordPress.com. Estatisticamente, se 90% forem lixo, como disse Nelson Rodrigues, temos 13.300 blogs bons. Se desses 10% forem realmente bons, são 1330 blogs bons todo mês. Que seja 1%. 133 novos blogs muito bons a cada 30 dias, e você pensando na morte da bezerra macaca?

Na Invasão da Normandia, no Dia D os aliados desembarcaram 156 mil tropas. 143 mil blogueiros, significa praticamente uma Invasão da Normandia por mês, e nós estamos do lado errado, meu caro Schultz.

Nossa única arma é o conteúdo. É isso que nos diferencia desses 133 mil blogs, mas não podemos deitar sobre as louras (louros não, não é minha praia) e viver de passado. Seu lindo post de ontem pode funcionar pra paraquedistas mas seus leitores querem novidades, e boas.

Temos que nos reinventar a cada dia, fugir da rotina e dos posts previsíveis. A Grande Mídia não tem esse problema, uma emissora de TV, mesmo um Jornal não fecha com facilidade. O Jornal do Brasil, por exemplo, está pra falir desde os anos 80, pelo que escuto.

Nessas horas os blogs não são mais veículos ou emissoras. Nessa hora somos frágeis e efêmeros como um quadro no Mais Você, da Ana Maria Braga. Só que o nosso adversário não é o Estadão. Ele pode ser chato, feio e bobo mas é um só. Tems outros 132.999 blogs para superar em termos de qualidade de conteúdo, originalidade, personalidade.

Dá pra escrever tendo em mente essa concorrência absurda?

Até dá, mas só se você deixar seu ego tomar conta. Do contrário, racionalmente, sairíamos correndo.


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Caso você tenha uma carteira PicPay,meu usuário é @carloscardoso. Caso não tenha e queira uma forma de transferir pequenas (ou grandes, de preferência grandes) quantias sem taxas, é só se inscrever.  Eles te darão R$10,00 para experimentar, basta utilizar meu código promocional SKO4

Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.




Leia Também:

  • Muito bem dito. Ser 99, por exemplo, de 100 parece ser algo terrível, mas é o 99 de um número que só aumenta.

    "Temos que nos reinventar a cada dia, fugir da rotina e dos posts previsíveis" acho que todos deveriam ter isso em mente. Tinha blogs muito legais que eu assinava os feeds que simplesmente estacionaram, espero que esta postagem acorde algum deles ou motive um dos novos blogs criados.

  • Mas é o numero de blogs que morrem apos um mes, deve ser bem alto.

  • Problogger que é problogger está fora de forma e não consegue correr nem 100 metros.

    Ter o ego inflado é a única solução factível.

  • Bem colocado, Cardoso.

    Agora, além do ego, tem umas coisas básicas que diferenciam um blog do resto da manada. Ter um design próprio, ter um endereço próprio(não leio nada de .wordpress.com )e, principalmente, se relacionar com outros blogueiros.

    Assim vêm os links e seu conteúdo passa a ser visto.

    Conteúdo de qualidade sem visibilidade não significa porcaria nenhuma.

    Abraço,

    Guilherme http://www.papodehomem.com.br

  • Como disse o Guilherme, há que diferenciar e divulgar. Estamos chegando no ponto em que publicidade paga vai se tornar obrigatório, Reviews, Adwords e afins. A blogosfera em inglês parece ter atingido esse ponto. Ninguém mais vai muito longe com os métodos tradicionais.

  • Eu não me preocuparia com 132.000 desses 133.000. São blogs que servirão para uso "familiar", ou que morrerão ali pelo segundo ou terceiro post.
    O problema é que os outros 1.000 serão de gente querendo virar problogger…

  • O problema da maioria dos que querem crescer, a meu ver, está na preocupação em aumentar o seu pageranking, ao invés de se preocupar com conteúdo relevante.

    Logicamente há de se preocupar com o tipo de texto que você irá publicar, mas não adianta ficar copiando textos e publicar o que todos já sabem.

    Abraços,

    Rodrigo Cunha.

  • Pô, Cardoso! eu pensando em fazer um posto sobre blogosfera X ego e você me vem com uma dessa! Tou lerdo demais….

  • 143 mil/mês?
    Lixo, prefiro o meu ;)

  • "[…] eu confio no meu taco. […]"

    ;)

    Por isso que eu blogo.
    Eu sou um cara legal e acho que o mundo tem direito a sentir um pouco o poder desse taco!

    infelizmente citando a propaganda do Estadão "Cuidado onde clica"
    acho que a regra é de 97/3

    abraços

  • Pingback: links for 2007-08-13()

  • Gostaria de saber de verdade quantos desses não são cópias, ou pseudo-blog, miguxos e afins…

    fora os que morrem no começo.

    Mas de fato tem que ser muito bom pra se destacar de tanto blog assim… mas é só não se preocupar com a concorrência que dá tudo certo

    “Um sábio é melhor que todos por que não compete com ninguém”

    … ou não

    :)

  • Desconhecia totalmente estas estatisticas, é assustador, como escreverei meu proximo artigo?

    Estou assustado…

  • Julho, mês de férias, sem nada para fazer… sabe como é.
    A maioria volta pro estudo, pro trabalho, pro não sei o que e nem volta a blogar…
    Nem me preocupo… Preocupo mais com os meus blogs… Do resto, o tempo dá conta…

    abraço

  • Isto é o básico pra qualquer mercado. Ter conhecimento, confiança e buscar sempre um diferencial.

  • De facto, o que distingue os blogs é o conteúdo!

  • Não se assuste. Dois dos blogs foram meus, o que já te dá uma noção de quanto lixo aparece. Imagine pessoas criando dois lixos-mor. Não aparecem 133 blogs bons todo mês – não que valham ser lidos.

  • Luis

    Essa comparaçao está muito mal feita. Você não pode comparar blogs com programas de televisão nem com dentistas. Eu explico: são mercados de dimensões muito diferentes. Da mesma forma que você sendo astronauta se pode queixar que hajam 100 novos astronautas cada mês, mas esse número perde todo o sentido se você for, por exemplo, professor.

    As televisões têm uma capacidade muito limitada para novos programas, asm cada um pode ser visto por milhões de pessoas. Muita gente só vai uma vez ao dentista por ano, mas ainda assim a necessidade de dentistas é maior que a de programadores. Agora, quantos blogs podem servir uma pessoa? Pensando um pouco você chega à conclusão que simplesmente não tem comparação.

    Quanto à parte de conteúdo, é claro que sim, que você e todos os blogueiros têm de lutar a cada dia. Mas não fique na ilusaão que essa luta é maior que a de outro profissional qualquer. Sei que era bom ficar pensando que sim, mas não é verdade.

  • Como não tenho intenções financeiras com meu blog, escrevo o que gosto, e com isso tenho companheiros blogueiros que me acompanham (é mútuo) há anos, sinal que escrevo algo interessante, mas não me preocupo com isso.
    Mesmo assim, belo artigo!
    Abração

  • é como dizia o outro: ói, né mole nã, seu, essa vidinha aí…

  • Luis Santos

    Aloha Chefe!

    esse número nem contou comigo.

    Embora (eu) ainda esteja em pré produção, são números interessantes.
    E são em apenas do WordPress? Que representa quanto no espaço de blogs?
    Olhando daqui, parecem irreais. Parece contagem de corpos.
    .
    Não gosto da idéia de deixar 133000 para trás no primeiro mês, mas vai ser algo que terei de suportar.
    .
    Ao contrário do outro Luis que escreveu, a concorrência morde sim, em todas as áreas, e "trabalhando por comida".
    Não é uma luta justa, e os objetivos são diferenciados, mas são concorrentes. Eventualmente, co-irmãos, mas concorrentes.
    Temos quase 100 alunos formados em nosso curso, por ano, e o mercado não absorve. E é preciso sobreviver.
    Com 133.000 (novos) blogs por mês, é preciso perseverar, o ambiente é MUITO rápido.
    .
    Se desistiu é porque não era a hora.
    Ou então não era seu destino.
    Ego, embora eu creia que necessite ser Super-ID, é fazer a hora de seu destino.

    Grande abraço, e
    Aloha!

  • Pingback: Serendipidade » Blog Archive » Trazendo o “eu” pra dentro de si mesmo()

  • Não penso que deveríam os blogs concorrer com a grande imprensa, mesmo que já estivéssemos numa fase mais madura (e digo isso apesar se não terem sido os blogs a começarem com essa bobagem). Nem tão pouco preocuparmo-nos ainda com concorrência no próprio meio (entre os próprios blogs) porque sequer temos um mercado problogger estabelecido de fato no Brasil (temos apenas pouquíssimas exceções) – pra mim o que há não passa ainda de um rascunho, um esboço muito dos mixuruquinhos disso. Podemos nos concentrar sim e esforçarmo-nos na produção de conteúdos que prestem e sugiro que, nesse momento, quanto mais ocupados em somar esforços da "classe" nesse sentido melhor seria para a nação blogueira.

  • São muitos blogs não ?

    Reforço a idéia de ter um diferencial no seu blog, seja na forma de blogar, no contéudo, etc.

    As Estatísticas que o Cardoso passou são interessantes, porém serve como auxílio na estratégia que você tem para o blog. Podemos imaginar que muitos são deixados de lados, então procuro não me preocupar com isso e sim tentar reiventar-se sempre.

    []s

  • Realmente, muita gente só vai ao dentista uma vez por ano… agora quantos dentistas são formados em 1 ano? Dos 133 bons blogs, espero chegar no 134.

  • Diz a verdade aí, Cardoso, tu arrumou foi uma desculpa pro teu ego! :P

    @melo: pra sair flutuando, tu diz? :D

    Na verdade, muitos desses blogs morrerão em no máximo dois meses; provavelmente a maioria não chegue aos três meses, pois a "taxa de mortalidade perinatal" dos blogs é altíssima. Mas sem dúvida, muitos sobreviverão, alguns serão medíocres, mas outros serão concorrência. O único jeito de não ficar pra trás é correr na frente. Melhor deixar para deitar sobre os louros/as fora da blogosfera. Se bem que eu, particularmente, prefiro os morenos… ;)

  • Pingback: boombust.blog.br » BlogBlogs tem novo nº1 (olho nele)()

  • …aliados desembarcaram 156 mil tropas…

    Não seriam 156 mil soldados?

    Chato é o cara que obriga o blogueiro a meia dúzia de cliques extras para corrigir um texto.
    Tem uma revisora dos livros que edito e a chamo "cri-cri essencial".

  • Pingback: Mundo Tecno - Novidades de Tecnologia - Começou agora? Anote estas dicas!()

  • Então atualize o seu dicionário com essa definição:

    Plágio: Coincidência literária entre uma obra originalmente sem mérito e outra posteriormente ilustre.

  • Como assim Guilherme "(não leio nada de .wordpress.com )"????

    Deixar de abrir uma página por causa do domínio…isso pra mim é novidade…

    Eu confiro tudo que chega até mim…tem muita porcaria mesmo, mas por outro lado, teria deixado muita coisa legal passar batido se eu não desse uma olhadinha…

  • Eu não me preocuparia com 132.000 desses 133.000. São blogs que servirão para uso “familiar”, ou que morrerão ali pelo segundo ou terceiro post.

  • Pingback: Comentários Dustianos I « Far beyond Sanity()

  • Pingback: PIRÃO DROPS « Pirão Sem Dono()

  • Pingback: Devo e não nego, mas não consigo pagar! : Dinheirama - Investimentos, educação financeira, ações()

  • Pingback: Meu google reader - (11.08 - 20.08) | 30 & Alguns()

  • Pingback: Meu google reader - (11.08 - 20.08) | 30 & Alguns()

  • Não sou jornalista e nem tenho muita facilidade para me expressar, por isso, diante da possibilidade do meu blog estar incluído nestes 90% de lixo, pensei em cometer um blogcídio. Até usei sua postagem como argumento.

    Mas, felizmente, meu ego falou mais alto.

    <abbr>Fernandão – último post do blog… FIQUEI ENVERGONHADO!!!!</abbr>