E o Twitter quase matou meu blog

O pior, eu estava deixando. E gostando.

Eu sempre tive um problema crônico de falta de organização que levava a falta de tempo que levava a mais trabalho acumulado, procrastinação era minha especialidade, a ponto de eu já perceber quando era o caso de tomar vergonha na cara e trabalhar.

Mas e quanto o trabalho “oficial” era deixado de lado por algo que não só parece com trabalho como dá mais retorno e é mais divertido?

Eu nunca achei que Twitters iriam substituir blogs, para desespero do pessoal que é doido pros blogs “saírem de moda” e os blogueiros pararem de jogar na cara que ganham dinheiro e se divertem escrevendo.

Só não esperava que o Twitter pudesse substituir o prazer de escrever em blogs. Claro, racionalmente dá pra entender, é como marcar pra sair com a Penny e encontrar a Summer Glau. Há destinos piores.

A cachaça do Twitter está na satisfação imediata. Mesmo que no blog os leitores respondam na hora, ler um post, ainda mais dos longos que gosto de fazer é demorado. Muita gente deixa pra ler em casa. e também são trabalhosos de escrever.

No Twitter uma frase (literalmente) é suficiente, gera retorno imediato (para o Bem ou para o Mal). A máxima “Blogs são conversações” não é mais verdadeira. Blogs são murais de recados. Twitter não só é conversação como é conversação em mesa de bar, onde é muito fácil botar pra correr quem não é legal, compartilhar o que é interessante e sobretudo se divertir.

Achei que usaria o Twitter para repassar o conteúdo que não cabe em um post, mas isso acabaria transformando meu Twitter em caixa de links rejeitados do blog, e não acho que quem me segue não quer ser tratado como internauta de segunda linha.

O Twitter acabou virando o lugar onde mando os links tais legais que não quero esperar o tempo de fazer um post, virou o bar onde me encontro com todo mundo, falo e escuto besteira e conheço coisas legais.

Quando eu passo o dia jogando Resident Evil ou assistindo Big Bang Theory no final me sinto culpado e corro atrás para recuperar o tempo perdido, mas com o Twitter não há essa sensação de tempo perdido.

OK, reconhecido o problema, diagnosticado a origem, já dá pra resolver.

Peço desculpas a todos pelo sumiço, e calma, isso aqui não é uma mensagem de despedida. Muito pelo contrário. É um Mea Culpa e um compromisso. Não só vou manter a produção do MeioBit, do Carloscardoso.com e do Contraditorium como voltarei a atualizar o Salsinhas.com.

Yes, já fiz um cornograma insano e radical, bem do jeito que eu gosto.

Vai dar certo? Provavelmente. De qualquer forma não é nenhum “Deixo a Blogosfera para entrar na História”, muito pelo contrário. O que é a essência deste blog.


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Caso você tenha uma carteira PicPay,meu usuário é @carloscardoso. Caso não tenha e queira uma forma de transferir pequenas (ou grandes, de preferência grandes) quantias sem taxas, é só se inscrever. Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.

Leia Também:

  • Estava pensando sobre o mesmo assunto dia desses e publiquei no blog depois de várias semanas paradão. Alguns dos que comentaram concordaram que uma das razões para o silêncio dos blogs era justamente o Twitter. Agora só se bloga o que não pode ser dito em 140 caracteres. Ou em algumas parcelas de 140 caracteres.

    <abbr>Walmar Andrade – último post do blog… O silêncio dos blogs</abbr>

  • Faltou uma linha ai:

    19:00 ~ 9:00 – Liliana

    rs rs rs rs

    Gostei do espaço para o wii! vou colocar no meu cronograma também!

    <abbr>Jonny Ken – último post do blog… Pensamento do dia – 02</abbr>

    • Jonny, você é um amor!
      Tenho que brigar com ele para eu entrar no cronograma.
      Você está certíssimo.
      Beijos!

      <abbr>Liliana – último post do blog… Quebrei a barreira, aleluia!</abbr>

  • Bom, vivemos tempos onde estamos sendo bombadeados o tempo inteiro com novas informações, novas midias, novos tudo, tudo novo etc :)

    Quando percebo que meu cerebro já não aguenta mais dou um tempo nisso tudo, tenho meu karate e meu Zazem para não entrar em colapso :D

    Essa jogada do twitter de colocarmos conteudos aos montes de recebermos um feedback instantaneo etc é bem legal, em muitas vezes sim deixamos de atualizar nossos blogs por isso … eu mesmo já deixei várias vezes.

    Como eu penso um monte de coisa ao mesmo tempo eu tenho usado a técnica de agendamento de textos. Tem sido uma boa saída.

    É por ai…

    FALOW !!

    <abbr>Sergio Clemente – último post do blog… Nero Moura</abbr>

  • Anthenor Aguiar

    ahsuahsuahsuahsuashus.

    algo me diz que vc fala isso pq começou a sentir no bolso…

    • Na verdade não, o rendimento do AdSense não é ligado à quantidade de posts. Eu sei, não faz sentido, mas é algo que todo blogueiro descobre e se surpreende.

      • "o rendimento do AdSense não é ligado à quantidade de posts. Eu sei, não faz sentido, mas é algo que todo blogueiro descobre e se surpreende." [2]

        Pois é. Descobri isso recentemente, e no meu caso é ainda mais sem sentido. O adsense rende muito mais na minha "entre-safra" do que no período de 2 posts por dia.

        Alguma teoria a respeito Zé Cardoso?

        <abbr>Fábio Buchecha – último post do blog… Samparkour, o tal documentário que todo mundo tinha visto, menos eu</abbr>

        • Eu não sei se o Cardoso tem uma teoria sobre isso mas eu tenho:
          Eu acho que os assinantes dos feeds percebem que está sem post a algum tempo e vem visitar o blog para ver se não é nenhum erro com seu leitor de feed ou algo assim, quando ele ver que o blog não tem post novo ele vai ler adsense e clica neles (ou não :-). Mas também pode ser pelo fato do blog ter bastante conteúdo ai chegam bastantes paraquedistas que clicam em adsense. Mas também pode ser os leitores que tem sede de ler posts ai vão ler os posts mais antigos e alguns clicam em adsense.
          É o que eu acho, mas não sei.

          <abbr>Abelardo – último post do blog… Post de Segunda</abbr>

      • chico

        Exato.
        Escrever mais posts não significa aumentar rendimentos. Daí o desestímulo para escrever.

        Eu sei que eu estou passando por isso.
        E a julgar pela generalizada redução do número de posts na blogosfera, parece que diversos outros blogueiros também estão.

      • Anthenor Aguiar

        mas escrevendo é mais facil aumentar numero de cliques. ou não?

  • Cardoso se você parasse de escrever no seu blog e EU fosse EMO (coisa que eu não sou) eu me mataria… Mas só pelo fato de eu ser EMO eu me mataria, sei lá. Ainda bem que eu não sou emo.
    []'s
    @AbelardoDanger

    <abbr>Abelardo – último post do blog… Post de Segunda</abbr>

  • Wii 16:00 – 16:30 :P

    Cuidado pra não perder a hora! :p

  • Qual o programa que vc usou para fazer seu Cronograma??

    Um abraco

    <abbr>Gabriel – último post do blog… Sensacional!!!!!!</abbr>

  • Hoje existem formas e formas de distração. Quanto ao Twitter, basta ler e postar "algumas" mensagens que se foram 10 , 20 minutos, 1, 2, 3 horas. A informação chega extremamente rápida, e podemos informar rapidamente também. Acho que nisso o Twitter está melhor que os blogs, a velocidade da informação. Em 140 caracteres alguns dizem o que outros precisam um post.
    .
    PS: Gostei do cronograma, vou fazer um também. Achei estranho cornograma no fim… rs

  • O prazer em escrever e compartilhar é o mesmo no blog e no Twitter e eu nunca pensei que diria isso :p

    <abbr>Evandro Cesar – último post do blog… Qui-Gon é um Jedi trapalhão e o Brasil é uma grande piada</abbr>

  • Facilidade, Agilidade, Desejo de Estar por Dentro de Tudo. É isso que Todos querem.

    <abbr>Thalis Valle – último post do blog… Solução para Problema de DNS da Telefônica</abbr>

  • Não concordo que o Twitter seja o silenciador de blogs, e sim mais uma ferramenta para a interação entre o blogueiro e o seu público, e quem sabe, arrebatar mais leitores. O legal é saber dosar.
    Quanto ao seu cronograma acredito ser muito rígido. Eu mesmo não sigo este tipo de coisa. Eu já sou complicado por natureza, e se tiver que seguir as coisas numa ordem ipsis litteris, aí é que as coisas complicam mais ainda.
    Aliás, só para constar, eu fui um dos que reclamaram da sua ausência na blogosfera no Twitter.

    <abbr>Cidão – último post do blog… 10 dicas para se livrar de um chato</abbr>

  • Nada substitui o raciocínio completo de um post. Ainda prefiro aqui!

  • Bem já tinha percebido que você tava totalmente viciado no twitter, bastava eu apertar F5 e tava lá você.
    Bem a começo da cura para um viciado é assumir que é doente.

  • Ah Cardoso, acho que todos nós estamos passando um pouco por isso.
    O twitter é extremamente prazeroso e viciante.
    Dá aquela sensação de estarmos o tempo todo "com a galera".
    E, atualmente, muito do que posto no DB vem de interações via Twitter.
    Uma coisa que estou adorando é escrever posts e ir compatilhando o tema (em tempo real) com os meus seguidores. Teve até um dia em que eles testaram um código novo, em primeira mão, e foram sugerindo ajustes. Sensacional, né?
    Abraços

    <abbr>Juliana Sardinha – último post do blog… Atualização do código para Favicon</abbr>

  • Acho que há todo tipo de análise sobre a influência que o Twitter causa em nossas vidas. Concordo que o dinamismo do microblog é tentador, e nos prende em demasia. No passado eu tinha mais tempo, ou mais inspiração (talvez sejam a mesma coisa) para escrever no Blog, e a falta deste(s) consegue ser relativamente bem compensada pelo Twitter, uma vez que o nosso cotidiano é melhor distribuído neste espaço.

    De toda forma, não creio que o Twitter acabe com os Blogs. Pelo menos, os bons blogs. Quanto aos ruins, se isso acontecer, não será um problema se sobrarem apenas os seus Twitters. E para isso temos o botão "block".

    Forte abraço do Dag.

    <abbr>dagwood – último post do blog… Top7 #americanidol</abbr>

  • Também tive essa sensação de doença do Twitter no Blog, quando me dei conta os assuntos estavão acabando, as piadinhas irõnicas estavam se esgotando, já falava o que pensava no Twiter mesmo, ou seja acabava-se os assuntos polêmicos, engraçados ou inteligentes….

    Twitter ruim com ele… pior se ele!

    <abbr>AndersonZ1 – último post do blog… O que é Twitter?: A "Febre" do Momento!</abbr>

  • Bem vou assumir publicamente sou seu seguidor… mais ainda prefiro ler blogs
    aqui e fantástico e lógico co o Twitter e bom para divulgar links dos nossos post
    mais não sei até qndo isso vai rolar, a galera já mostra sinais de desanimo até qndo?
    So Deus sabe…
    Abraços

    <abbr>Douglas Costa – último post do blog… Madonna leva tombo – Veja a foto de Madonna no chão</abbr>

  • Twitter é vício total! Mas nunca deixei de postar no blog por sua causa (já deixei por outros motivos, como trabalho). Pra mim, é só uma questão de gerenciar a atenção que dou a cada ferramenta.

    <abbr>Gabriel Meissner – último post do blog… Como usar o Twitter? Um tutorial simples e completo para quem está começando</abbr>

  • Aloha Chefe!
    Continue.
    "Segunda estrela à direita e em frente até o amanhecer".
    Welcome back.
    Aloha!

  • Meu deus! Quantos blogs Cardoso!

    Forte Abraço! http://www.FormigueiroComunista.com

    <abbr>André HP – último post do blog… Um Estrato do Mundo</abbr>

  • O problema do twitter, pros probloggers (e pros donos dele, se não conseguirem vendê-lo), é que ele não dá dindin.

    Mas pra mim, que não ganho nada mesmo, é só uma ferramenta legalzinha. Eu até gosto de acompanhar o que algumas pessoas dizem no twitter, mas não consigo ficar escrevendo lá.

    <abbr>Andarilho – último post do blog… Livro: As Virgens Suicidas</abbr>

  • Cab

    Caracolis, tu consegue escrever 3 posts assim de qualidade em meia hora?! =O

    Sou seu fã. =P

  • Henrique Ramos

    O Twitter é o Moleskine da maioria. Embora seja bonitinho e fácil, a galera sempre volta para a "blogagem" convencional quando precisa redigir algo melhor/maior e garantir uns caraminguás, afinal a maioria dos usuários do Twitter não possuem contratos com empresas para fazer publicidade.

  • E não podia faltar a meia hora sagrada de jogatina no Wii

    Percebi que cada vez mais venho usando o twitter, mas a maioria dos posts lá são sobre coisas do blog então acaba sendo útil

    <abbr>Guilherme – último post do blog… Mudanças no Blog</abbr>

  • Já perdi a conta de quantos posts Mea Culpa fiz no blog =P

    <abbr>Fábio Buchecha – último post do blog… Samparkour, o tal documentário que todo mundo tinha visto, menos eu</abbr>

  • Como o Cidão bem disse, o twitter (ou outro microblogger) não vai silenciar blogs.

    Imagina que você elu uma notícia que te deixou altamente enfurecido? Vai fazer o quê? Chutar o balde em 140 caracteres?

    E em relação ao Wii. No cronograma é meia-hora. Mas, e na prática?

    <abbr>Lucho – último post do blog… Essa você nunca vai ouvir na rádio.</abbr>

  • JM

    Legal essa idéia de "cornograma". Gostei, e preciso fazer igual. Legal, bora manter o blogue. O meu também tá difícil, mas não desisti. Abração.

    <abbr>JM – último post do blog… NÃO, JORNALISTA, NÃO!!!!</abbr>

  • João

    Minutos antes de ler este post me dei conta do poder do twitter para matar blogs.

    Lembrei que há meses não aparecia post/podcast da Bia Kunze no greader e abri o blog. Já são 3 meses sem atualização. Daí abri o twitter dela e está supermovimentado!

    P.S. O link na caixa "Quem" não abre a página que deveria abrir (abre a home do blog). Saudações.

  • Como é que é? Existe um salsinha.com e eu não estava sabendo disso? Que pecado, meu Deus :D

    <abbr>Marcio Neves – último post do blog… Vídeo do Dia: World Builder</abbr>

  • Nossa, tinha até esquecido do salsinhas.com … e olha que atualizar aquele blog é fácil: material de referência é o que não falta.

  • Pingback: Fique por dentro Emo » Blog Archive » E o Twitter quase matou meu blog()

  • Leandro

    A ultima vez que eu falei pra minha esposa que ia jogar o Wii só meia horinha, foram quase seis horas … Incrivel como ele altera o relogio biologico

  • A coisa mais complicada pra mim é seguir cronogramas. Me sinto um robô, não dura três dias.

    <abbr>Zeca – último post do blog… Se você não pode contra eles, junte-se a eles</abbr>

  • Não quero mais receber avisos de novas mensagens deste post no meu e-mail.
    Voltei só para desmarcar a opção.

    Seria legal se existisse o link no próprio e-mail.

    Se alguém souber, e-mail me. Abraços.

  • Lex

    Só 30 minutos para o Wii?
    Não vai dar certo….
    E a sonequinha depois do rango?

  • Acho tao dificil seguir cronogramas.. tenho que melhorar muito isso.

    Quanto ao Twitter, nao aprendi a gostar :s

    Maysa

    <abbr>Maysa – último post do blog… Presságio</abbr>

  • Também sofro desse mal crônico de desorganização. Mas ainda não encontrei no twitter esse El Dorado todo. Reconheço que o poder de síntese não é o meu forte (rs). E os tais 140 caracteres me intimidam um pouco.

    <abbr>Arthurius Maximus – último post do blog… SEM TERRA, SEM LEI E SEM VERGONHA.</abbr>

  • Eu ainda sou mais a Penny. Mas se a Summer Glau aparecesse eu não iria ficar chateado… :D

    Glad to see you back, man.

    <abbr>Vinny – último post do blog… “Quem não se comunica, se trumbica!”</abbr>

  • Na verdade em minha opinião , acredito que o twitter veio mais como uma forma prática de promoção de nossos blogs. O twitter Feed ajuda bastante neste item. O lançe de ficar mandando mensagens no twitter sobre tudo a todo momento chega a ser até um pouco incomodo para quem nos segue. Eu já to pensando em parar de seguir algumas pessoas.

    <abbr>marcos rocha – último post do blog… Quero ter um blog de odontologia</abbr>

  • larissa

    Como alguém pode dizer que, Twitter é "conversa em mesa de bar";
    Assim como tem ótimos blogs também existem, péssimos blogs e blogueiros com, idéias quadradas e antigas e sem assuntos.
    Blog qualquer um faz;
    Talvez suas salsinhas e muito tempo jogando tenham feito você pedir
    "desculpas pelo sumiço";
    Suas idéias e seus comentários estam totalmente ultrapassadas.

  • Lex

    Porra, Larissa, tu nao entendeu porra nenhuma do que o cardoso postou, hein! Vai, confessa, que nem leu ou leu e não conseguiu interpretar….pqp..

  • Até pouco tempo eu francamente não via utilidade no twitter, até o momento em que comecei a seguir pessoas interessantes. Agora entendo o que quer dizer com esse post. Porém ainda gosto mais de me expressar em um post do blog. Tem coisas que não dá para expressar em 140 caracteres.