Blogueiros e Jornais: Que tal nos aliarmos?

O Lúcio Dias, do Marketing Easy queria comentar sobre esse rebu do Estadão, mas não tinha aonde, seu blog é em inglês. Sendo assim ele rascunhou um texto e me mandou, direto do Google Docs.

Como eu gosto de opiniões bem fundamentas e gosto mais ainda quando fazem meu trabalho por mim, publicarei abaixo o texto dele. Realmente é uma excelente sugestão, mostrando como blogs não só podem ser aliados dos jornais, como podem ser estratégicos para seu crescimento.

Porque os jornais não veem os bloggers como aliados?

Jornais e seus jornalistas deveriam abrir as boas vindas para a diversidade de opinião agora disponível na Internet por meios de bloggers e não teme-los como ameaçadores ou mesmo tentar descaracterizá-los como formadores de opinião.
Essa aliança estrategica parece lógica e e questão de sobrevivência para veículos dinossauros.
O século 21 e caracterizado pelo consumo de informação, os consumidores tem mais ferramentas do que jamais tiveram em toda a historia. Hoje o mesmo consumidor consegue ter diferentes opiniões (senão lados) do mesmo fato.
O grande problema da media impressa e a completa alienação e completa falha em alinhar seu potencial de lucro (classificados e anúncios) com o que esta ocorrendo na Internet.
Serão os jornais e revistas (sim revistas agora) Tao cegos em enxergar a potencialidade que blogueiros por serem formadores de opinião tem de dirigir tráfego de alta qualidade para os portal de noticia?
Serão eles Tao cegos em enxergar que eu mesmo como blogueiro sempre que tiver a chance de linkar para um fato que o Estadão, a Folha, O globo, etc., publicou eu vou fazê-lo como complemento do meu artigo e não exclusão?!
Ao invés de venderem anúncios dentro do conteúdo exclusivo, por exemplo, porque não fazer o portal livre para consulta. Você pode imaginar quanto tráfego iria ser gerado por blogueiros com acesso a essas informações relevantes para os posts?
Blogueiros poderiam adicionar milhões de links para aquele enorme arquivo de noticias velhas. Quem realmente acha que usuários vao pagar para acessar o que eh noticia velha?
Eles fariam muito mais dinheiro se eles tivessem boas relações e se abrissem seus arquivos.
Veja o caso do The Boston Globe, que tem arquivos abertos e voila…sua área digital da lucro provindos de anúncios (inclusive AdSense).
Simpatizo com a declaração do blogger canadense Cory Doctorow, “Eu (se fosse editor de jornal) contrataria uma equipe com bom conhecimento de Internet e daria a eles a função de reconhecer e identificar bloggers que estão dirigindo tráfego para o meu jornal.
Então iria estreitar ainda mais minha relação com eles”.
Eu faria o máximo possivel para que bloggers escrevessem sobre artigos que estão esquecidos no meu arquivo digital, gerando tráfego e consequentemente lucro para o meu website.


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Caso você tenha uma carteira PicPay,meu usuário é @carloscardoso. Caso não tenha e queira uma forma de transferir pequenas (ou grandes, de preferência grandes) quantias sem taxas, é só se inscrever.  Eles te darão R$10,00 para experimentar, basta utilizar meu código promocional CARDOSO

Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.




Leia Também:

  • Esse post me lembrou um que o Inagaki fez a algum tempo atrás sobre como divulgar melhor o blog. O canal que o iG abriu para que os leitores pudessem enviar suas próprias notícias, assim como o vc repórter do Terra, já é um bom começo pra isso. Mas parece que só os portais estão dispostos a fazer isso atualmente.

    Talvez em um futuro próximo…

  • Rapaz… Eu acredito que possa haver parcerias, mas teriam que partir do lado dos jornalistas, até porque nós estamos sempre abertos (opa) para novos aliados e camaradas que possam vir a enriquecer tanto cultural como financeiramente nosso trabalho. Mas a inveja de alguns acho que acaba se sobrepondo sobre tudo. A discussão nos levará à algum lugar, só não sei qual.

  • Ô utopia…

    O que esperar tão cedo dessas empresas que tretam até com o Google, achando que o Google News lhes rouba audiência?

    Uma lufada de esperança pode-se ver no artigo "A Super Faz 20 Anos. Vai Fazer 30?", publicado nesta edição de setembro da revista Superinteressante, que nos dá um panorama de que algumas empresas 'impressas' já tomaram consciência que só se perpetuarão no universo online. Como o farão é a questão…

  • Se sites e portais levantam conteúdo de qualidade, a blogosfera linka, acessa e discute.

    É uma forma dos grandes informadores descobrirem o que mais agrada e até receber um retorno dos leitores.

    =)

  • Se sites e portais levantam conteúdo de qualidade, a blogosfera linka, acessa e discute.

    É uma forma dos grandes informadores descobrirem o que mais agrada e até receber um retorno dos leitores.

    =D

  • Carlos Cardoso:

    Sua série sobre blogs e imprensa tem sido "lúcida e inserida no contexto" nas palavras do Pasquim. Li no L.A.Times que há espaço para todos, blogs e imprensa.

    Show de bola a serie, com a nata do que está acontecendo no Brasil. Tenho sorte de o estar acompanhando.

    Obrigada.

  • Cardoso,
    honra em ter meu texto publicado no seu site.
    So um esclarecimento para quem nao sabe (ou nao quer saber!) meu site eh em ingles, porque moro na Australia e trabalho com Marketing aqui.
    Acompanho os blogs brasileiros e vejo muita coisa de qualidade.
    Trabalhei em grande agencias de propaganda no Brasil, incluindo McCaan Erickson, Lowe Lintas, Sun MRM, entre outras, e posso dizer que o buraco eh mais embaixo quando se entra nessa discusssao entra midia online e impressa.
    Meu post acima eh limpo e light, contrario da minha indignacao com a campanha ridicula e baixa do Estadao.
    Cardoso, concordo com 80% do que vc. escreveu no seu post http://www.contraditorium.com/2007/08/31/parem-o-
    Fraco, despreparado, e com sentimento de menosprezo! Eh asssim que vcs. blogueiros do Brasil querem se apresentar?!?!? Nao, nao noa, ta tudo errado.
    Caros, deixe eu falar uma coisa, existe uma coisinha (assim fica mais facil de entender) em marketijng chamado "Marketing Negativo" – "Negative Marketing".
    Esse estrategia so eh usada por aqeueles que sentem ameacados! Eh o que aconteceu com o Estadao!
    Vcs. nao percebem que estao fazendo diferenca? E por isso o jornal dinossauro com seus marketeiros/cannes-champion/dinossauros escolheram a tatica do Negative Marketing?
    E alguns de vcs. cairam como tontos?!
    Perai, vcs. tem inteligencia suficiente pra se posicionar diferentemente.
    Merigo, vc. eh muito inteligente, desde que trabalhamos juntos eu sempre soube que vc. nao era uma mente ordinaria. Como vcs. se deixaram levar?
    Por favor, leiam ou nao leiam, nao me importa…meu post sobre negative marketing e a guerra entre Verizon and At&T quando do lancamento do Iphone.
    David Ogilvy uma vez foi convidado para uma palestra onde foi extremamente atacado pelos participantes, ele entao se levantou deu uma declaracao e se foi , a declarao foi:
    "It strikes me as bad manners for a magazine to accept one of my advertisements and then attack it editorially – like inviting a man to dinner then spitting in his eye.

  • Pingback: Uma nova Via para os blogs | Boombust()