Felipe Neto e a bolha na beira da banheira de Nutella

Hoje meu baiano favorito chamou atenção para este texto do Felipe Neto no Facebook. Ele aponta para uma nova bolha, a dos youtubers que são cooptados para todo tipo de campanha. Youtuber hoje é o cachorro lambão do publicitário preguiçoso. Existe uma regra em propaganda: Se você não tem nenhuma boa idéia, enfie criança ou bicho. Não achou trilha boa? Enfie Queen. 

O mercado de licenciamento viu os youtubers como uma mina de ouro, resultou em coisas ridículas como moleques de 15 anos lançando biografias. Pior, lançando biografias com ghostwriters, e que eles sequer se deram ao trabalho de ler. Tudo bem, a maioria dos fãs que compram não leem também. Só que apenas uma minoria compra.

No texto o Felipe aponta para o fracasso de diversos filmes de youtubers, como Eu Fico Loko, Porta dos Fundos e Internet O Filme. Todos ficaram abaixo de 400 mil espectadores. O filme da Kéfera conseguiu 2 milhões. Por isso ele defende que a qualidade do conteúdo é essencial, e não se queima aceitando qualquer proposta, que são muitas.

Visto que eu consigo fazer com que você, querido leitor, faça doações para este blog (não se preocupe, prometo gastar tudo com hospedagem, mulheres rápidas e cavalos lentos) coisa que grandes veículos da imprensa não conseguem fazer, não posso discordar de que conteúdo de qualidade seja essencial, mas é apenas parte da equação, e há um complicador nesse caso, e para isso vamos falar de Young Justice, excelente e cancelada série da Warner:

Ela só durou duas temporadas e foi cancelada. Como quase todo desenho Young Justice era financiada pela indústria de brinquedos, no caso a Mattel. Paul Dini, criador da série deu uma entrevista atrapalhada a Kevin Smith onde resumiu dizendo que a série era muito assistida por meninas e os executivos não gostam disso, então cancelaram.

A Internet caiu de pau na época, executivos brancos machistas pirocos esTRUpadores misóginos, bla bla bla. Mas pensemos um pouco: Executivos não gostam de meninas assistindo Young Justice mas não ligam pra… Barbie? Pesquisando mais um pouco e fugindo da histeria descobrimos que a série foi cancelada por baixa venda de brinquedos. Sim, lamento informar mas o que mantém desenhos no ar são brinquedos por isso as séries duram 3 ou 4 temporadas no máximo.

A audiência de Young Justice era bem grande no segmento feminino, meninas gostam mais de histórias complexas, meninos retardados gostamos de porradaria e YJ tinha muito bate-papo pro nosso gosto aos 12 anos. Por isso a venda baixa.

“Ah mas era porque não tinha boneco das personagens femininas, WHERE IS RAY?”

Tinha sim. O problema era outro.

Young Justice tinha um enorme apelo no segmento feminino entre 13 e 17 anos, uma fase em que as meninas-moças estão fazendo tudo pra deixar de ser meninas, e se possível, deixar de ser moça também. Nessa fase elas ABOMINAM bonecas. Meninos curtem Action Figures (boneco é o cacete) mas meninas veem isso como algo que as prende à infância.

A Mattel não tinha interesse em licenciar outros produtos, é algo que traz pouco lucro e dá muito trabalho, só vale se você for uma marca muito, muito grande. Ela fabrica bonecos e quer vender bonecos, e Young Justice não vendia bonecos o suficiente.

Teen Titans Go, a versão despirocada dos Novos Titãs feita para um público mais jovem foi renovada para a quarta temporada, já tem 176 episódios e a Mattel está rindo à toa. Motivo? Vende horrores de brinquedos.

Boa parte do público dos Youtubers fica em um segmento que não detém poder de decisão de compra. Esse público consegue claro fazer compras pontuais, mas quantas vezes fora do período de volta as aulas você conseguiu convencer sua mãe a te comprar um caderno?

Se você tem escala e vende um produto premium consegue se sobressair. Para surpresa de muita gente o Felipe Neto viajou o Brasil com uma peça de teatro, lotando sala atrás de sala, coisas que a Record não conseguiu com seus Dez Mandamentos, mas ele não conseguiria vender geladeiras pro seu público.

A tal bolha dos Youtubers na verdade não é uma bolha. É apenas um mercado que como o Felipe diz em seu texto, não entendeu o digital. Pior, é um mercado que não entendeu o digital e nunca aprendeu o tradicional. E para ficar em família: Não tem a ver com credibilidade, o problema não é o público não levar a sério o cara que se enfia na banheira de Nutella. O problema é que quem assiste esse cara não tem dinheiro pra comprar Nutella.


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Todo valor é válido, o que vale é a intenção e o seu cartão de crédito passar. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.

Leia Também:

  • Bruno Aveiro

    “Meninos curtem Action Figures (boneco é o cacete)…”
    Na minha infância eu chamava de hominho.

  • Ivan

    Boatos que vai sair uma nova temporada do YJ, segundo um dublador.

  • Qualquer um que lida diretamente com crianças sabe que quem compra bonecos são adultos. Crianças querem i(Phone/Pad) – não, nem iPod mais – e não peças de pRástico que não se movem por si só, não tiram fotos, não mandam whatsApp nem instala qualquer outro app.

    Quem assiste youtubeiro não tem nem emprego, vivendo às custas dos pais. Difícil comprar alguma coisa.

    • bruno miranda

      Desconcordo, meu filho só quer saber de YouTube e games mas quando passo em frente a uma loja de brinquedos ele fica doido pelos bonecos, principalmente se for de games.

      • Humberto Jorge

        Mas aí que tá. Tu não vai dar um Action Figure do SuperHomem de Mil Reais pra ele brincar. Vai dar no máximo um Max Steel de 100 reais pra ele. Action Figure é mais embaixo, só quem tem poder financeiro pra comprar é compra isso.

    • O meu ganhou um Max Steel do vizinho. Ainda bem que ele foi bem educado pois em 30 segundos largou o boneco de lado ao invés de tacar na cabeça dele.

      O mais difícil é dar presente para ele. Qualquer coisa que não conecta na internet não serve.

    • Rafael Rodrigues

      Verdade. O meu de 5, quando tinha 4, passou a mão na tela da TV achando que era touch.

      • azardo

        O a filha pequena de um amigo meu ficava passando a mão na tela do notebook dele também achando que era touch…

      • cloverfield

        Eu fiz isso com a impressora aqui do trabalho que tem uma tela de LCD e fiquei xingando até que uma alma caridosa me mostrou o teclado ao lado…

  • PugOfWar

    interessante que a linha de quadrinhos de Teens Titans tem uma pegada bem adulta, com sexo e tudo mais, até teve um desenho/filme recente pra adolescentes, não consigo me conformar com essa linha infantil bubbleheads

    • NestorBendo

      Teve uma série levemente menos infantil, chegou até a passar no SBT. Não vejo há muito tempo nem notícia a respeito.

    • Teen Titans teve um boom de popularidade quando teve a primeira série exibida no Cartoon Network, e tal série conseguia o sucesso de uma vasta audiência. Tinha um enredo interessante e conseguia manter um nível de seriedade para os adultos ao mesmo tempo que tinha uma pegada mais cartunesca para as crianças. Visto que os jovens se amarraram na franquia, Teen Titans Go! nasceu justamente pra atender esta demanda para o público mais infantil, que fazendo do jeito certo, vende horrores em brinquedos.

  • Reinaldo Matos

    Para surpresa de muita gente o Felipe Neto viajou o Brasil com uma peça
    de teatro, lotando sala atrás de sala, coisas que a Record não conseguiu
    com seus Dez Mandamentos

    Aqui em Porto Alegre, uma mulher até se suicidou em uma sala de cinema. A matéria abaixo não diz em qual filme, mas na época, fiz um cruzamento acompanhando as informações do horário em que o corpo foi encontrado, e qual filme estava em cartaz no dia e horário do evento.

    Com isso, levo a crer que estaria assistindo os 10 mandamentos.

    http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2016/03/sala-de-cinema-e-isolada-apos-morte-em-shopping-de-porto-alegre.html

  • Action Figures é o cacete, é boneco mesmo. Eu tinha uma porrada deles quando era pequeno e não sabia nada dessas tais aquixom figures…

    • Velho! :)

    • Julio Cesar Goldner Vendramini

      Eu tenho um BONECO dos cavaleiros do zodíaco até hoje….
      Winspector tbm…
      Era massa, dava pra por armadura e tudo. :)

  • Andre Nunes

    Realmente banho de Nutella só é tentador para quem é duro.

  • O Datilógrafo da AEB

    Observando minha de sobrinha de 3 anos navegando no YouTube, descobri um nicho bem interessante, crianças com idade media entre 6/8 anos fazendo unboxing de brinquedos. Minha sobrinha fica fascinada com isso e foi assim que ela descobriu que existe o play dooh! E pediu pros pais comprarem.

    • José Afonso

      Mesma coisa o meu miudo, sempre que pega o YouTube, é a ver unboxings e aqueles “teatros” com Spider-Man
      Coringa e outros personagens estranhos que não falam

      • Repare no numero de visualizações desse spide-man… Esse cara é um gênio :(

  • Fracasso Lucas

    Porra, seu blog é massa! Você poderia fazer mais postagens sobre assuntos desse porte (Marketing, Business e o carai a 4). Eu estou sem rumo na minha vida… E essas informações técnicas sobre marketing e essas porra ai, não sei porque, mas acho interessante, e vamos deixar de preguiça nessa porra e escrever mais… Tá parecendo textinho pra criança de creche copiar. Obrigado!

    • Leo Lemos

      xiiiii, prevejo poBRemas…

    • HAHAHAHAHAHA uma Elofensa de raiz, estava com saudades.

  • A César o que é de César: Quem se enfiou numa banheira de Nutella – e continua a fazer coisas tão absurdas quanto – foi o irmão do Felipe Neto, o Luccas Neto. Sempre achei bizarro o pessoal associar isso ao Felipe, levando em conta que o conteúdo de cada canal é diferente.

  • Vocês deviam ver como é o mercado de animes no Japão. Quem vê Dragon Ball ou One Piece com centenas de episódios, não faz ideia de como é difícil uma série passar de 12 episódios. Lá é ainda mais brutal, pois o que garante a continuação de um anime é o quanto de BD-DVDs vende e o quanto impulsiona as vendas da obra original – mangá e/ou light novel.

    • Por isso Yamato tem um remake a cada 2 anos.

    • Varg

      Isso explica por que Saint Seiya: Lost Canvas morreu.

  • Young Justice vai ter 3ª temporada, após muitos pedidos de fãs e vontade da equipe de terminar a história.

  • Os Youtubers são as babás eletrônicas das crianças agora, substitua Xuxa, Angélica e Eliana

    por Kéfera, Vihtube e Felipe Neto atualmente.

  • Gaius Baltar

    É um aspecto bem interessante do mercado, o que vale não é quantas pessoas você “engaja” (pra ficar numa expressão que o Eden abomina) e sim o quanto de pessoas com dinheiro você engaja. O Jovem Nerd é um claro exemplo disso. Tem números de inscritos em seus diversos canais abaixo dos tops (com exceção do podcast) mas o público é fiel e está numa faixa etária que consome produtos mais sofisticados que uma camiseta ou caneca. Aqui em Portugal passa-se algo engraçado na televisão, pois a emissora com maior audiência não consegue atrair anúncios polpudos como da Audi, Mercedes ou BMW visto que seu público (maioritariamente classe C, D e E) não tem poder aquisitivo para adquirir esses veículos.
    Outro fator importante a referir é a preguiça mental dos “criativos”, que colocam a bola da vez (velhinho, criança, cachorro ou youtuber) em comerciais que não tem nada a ver inserir. Mas isso não é novo. No tempo de Shakespeare toda peça tinha que ter um pirata ou um cachorro. :-D
    PS: Mania que vocês de São Paulo têm de chamar todo nordestino de baiano, quando todos sabem que somos paraíbas…

  • Rinaldo

    Não sei se entendi corretamente. O conteúdo vende? Estes dias o Izzi Nobre fez um vídeo mostrando que os vídeos elaborados que ele faz tem pouca audiência e já os vídeos de treta possuem milhares de visualizações. O vídeo do cara na banheira de nutella tem mais de 2 milhões de views e os vídeos do assombrado com bastante conteúdo tem milhares apenas.

    • Paulo Aguirra

      Marketing é casamento do vendedor com consumidor.
      Não adianta 2kk de visualização se 0 pessoas compram.
      Se você tiver 1000 que te seguem mas 1000 compram, você vale muito mais que os 2kk que não compram

  • Até agora não vi esse tal vídeo da banheira de Nutella.

    Não que eu esteja querendo ver, caso fique alguma dúvida.

    • ochateador

      hbdia.com procure por banheira de nutella.
      O autor mostra alguns dados interessantes do sistema de pagamentos do youtoba.

  • Varg

    Se depender de mim, esses parasitas da juventude morrerão sem sustento. Filme de porca qualidade como o Eu fico Loko, qual a razão daquele andrógeno do Figueiredo fazer um filme daqueles? Youtuber poucos se salvam, aqueles que não aliciam a juventude.