MBL rompe as amarras da Realidade e seu viés esquerdista – Fatos Nunca Mais!

“A realidade tem um viés esquerdista” – Stephen Colbert

Eu admito, tenho uma imensa falta de caráter; minhas opiniões mudam sempre que sou apresentado a bons argumentos, tenho uma dependência neuroquímica de dados, isso enfraquece minha convicção, impede que eu marche sub bandeiras com a certeza de um verdadeiro fiel, ganho desafetos de todos os lados por causa disso, então só posso admirar os camaradas -ok, colegas, camaradas não- do Movimento Brasil Livre, que abraçaram uma vida melhor.

Eles mostraram que para ser livre de fato o Brasil precisa ser livre de fatos!

Tudo começou quando eles postaram um vídeo fazendo diversas afirmações sobre a população carcerária, mostrando que são progressistas e preocupados com os Direitos Humanos, renegaram o discurso de quem bandido bom é bandido morto e agora bandido bom é bandido preso pra sempre, não importa o crime.

Pessoas que não entendem a importância de uma opinião baseada em decibéis começaram a questionar a validade do vídeo do MBL, e o fizeram da forma mais covarde possível: Analisando os fatos apresentados.

Nas palavras do filósofo Homer Simpson:

“Fatos são irrelevantes, fatos podem ser usados pra provar qualquer coisa que seja remotamente verdade”

O MBL concorda:

Comprovação de Fatos é outro nome para CENSURA! É isso aí, companheiro -opa, companheiro não- colegas! Onde esses malditos comunistas estão com a cabeça para ousar questionar nossas idéias com FATOS?

O Filósofo-Guerreiro e último bastião do conservadorismo americano Stephen Colbert cunhou um conceito apropriado para o momento: Wikiality, que é a realidade baseada em consenso, livre das restrições impostas pelos fatos. Leite com Manga faz mal, você sabe disso, sua avó cansou de te avisar, quem são esses cientistas para dizer o contrário? E nem vamos falar de vacinas. Sério, não vamos falar de vacinas.

E sim, eu faço aqui um mea culpa. Eu mesmo fui escravo dos fatos e os usei para censurar pessoas e matar narrativas, coisas como o Wage Gap, o efeito negativo de diversidade em cultura pop, ou a decisão meramente econômica do cancelamento de Sense8. A todas as pessoas que ofendi com esses fatos, peço desculpas.

Usar fatos, números, dados para calar uma pessoa é pura censura, Em nome da liberdade de expressão, pare de usar essas ferramentas fascistas em suas argumentações. Prefira sempre a mais democrática e útil forma de argumentação: Xingue de forma raivosa seu interlocutor de petralha ou coxinha.

Parabéns ao MBL, por perceber essa arapuca e rejeitar a tal Realidade Factual! Espero um dia praticar desapego nesse nível!

Fonte: dica do Panda do Lixo

 


O Contraditorium vive de doações. Não veiculo anúncios no blog. Somente sua colaboração me incentiva a escrever artigos cada vez melhores, sem rabo preso com anunciantes, partidos ou militâncias. Prestigie essa liberdade, faça uma doação. Use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal com o email cardoso@pobox.com. Caso você tenha uma carteira PicPay,meu usuário é @carloscardoso. Caso não tenha e queira uma forma de transferir pequenas (ou grandes, de preferência grandes) quantias sem taxas, é só se inscrever.  Eles te darão R$10,00 para experimentar, basta utilizar meu código promocional CARDOSO

Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.




Leia Também:

  • Eu sabia! Cardoso seu comunista filho da p*** limpa botas do PT! Como pude ser tão burro! #Bolsonaro2018

    • #Botonazo302818!!!1111onze!

    • Zaaboo

      Como você não havia percebido???!!!11 Ele trabalhou anos escrevendo papers de doutrinação marxista num quarto vermelho de sindicato!!!

  • Você como partidário daquele esquerdista famoso, deveria ser demitido e ser proibido de escrever neste blog!

    #VoltaGeisel, #AmeOuDeixeO, #IstoNaoÉCensura

  • Jean

    Bah gaúcho, sem querer defender o MBL e já defendendo, no print que tá rolando no Twitter está cortado o resto da resposta. Basicamente manda os caras catarem coquinho e pesquisar no Google.
    Claro, sei que todo mundo está batendo em cima do “checar dados é censura”, e realmente, essa frase pegou mal demais.
    Ah, e a tal da agência fez a checagem dos fatos http://apublica.org/2017/06/truco-checamos-o-que-o-mbl-diz-sobre-regime-semiaberto/

    • Eu fiz o meu próprio print e linkei para o post original deles.

      • Outra vez você com esses FATOS? Porra assim não dá. Vá escrever num outro lugar que aqui não tem espaço pra petralha!

        • Arthur Santos

          Fatominion aeuhuaehuahe

          Fato 2018

      • Jean

        Entendi, é que vi vários no Twitter hj.
        Enfim, falaram merda, e achei o e-mail de resposta grosseria desnecessária, custava nada mandar as fontes.

  • ffcalan

    O problema do MBL, e da maioria das paginas de direita, é essa necessidade de desmoralizar a esquerda, LACRANDO, por assim dizer. Eles não usam essa palavra, mas é basicamente isso. E na gana de se mostrarem superiores acabam fazendo essas merdas.

    Acompanho o trabalho dos caras e compartilho da maioria das ideias sobre economia e politica, mas as vezes da uma puta vergonha alheia, é foda.

    • Jean

      Concordo. E nisso, além de empobrecer o debate, arma o “outro lado”. Como eu disse em outro post, custava responder com as fontes? Mas mandaram uma foto de um consolo, um “pesquisa aí” e postaram net.

    • Luandersonn Airton

      Só um adendo: O MBL usa as palavras “LACROU”, “PISOU” “HUMILHOU” e outras palavras desse tipo pra descrever discussões https://uploads.disquscdn.com/images/17648886ca6a8cc6dc1a13256b0227815f737f863fe0638334b38a8696949605.png

      • Islan Oliveira

        Um dos motivos de eu parar de acompanhar o MBL foi esse negócio de “humilhar”, puta negócio chato e que colocavam em qualquer coisa pra mostrarem que eram os fodões.

    • Teoria da Ferradura

    • Zin

      Você que dizer: “acompanho o trabalho das crianças”. Por que ideologicamente e argumentativamente eles são iniciantes.

    • Lucas Timm

      Mas é isso aí, eu nunca vi o MBL como um movimento sério.
      Ele joga na direita com o mesmo modus operandi da esquerda. Eu não acho bonito, meu pensamento sempre foi “didireita”, mas preciso admitir que:

      1. A “velha direita” passou anos definhando em pensamento sem angariar ninguém
      2. Os movimentos “didireita” que fogem do MBL são bem fracos (e, por que não, piores?) que o dito cujo
      3. O foco do MBL é justamente os floquinhos de neve que querem sambar, lacrar, berrar, urrar, tiro, empoderar, etc

      Logo, o inimigo deles são todo o movimento politicamente correto dos SJW, as feministxs, os militantes LGBTQRSTUVXYZ, xs negrxs empoderadxs, macaquinhxs e essa coisa toda. Então acaba sendo isso aí, muito turn down for what pra combater a Nina de 9 anos no metrô lotado. Não dá pra esperar nada de bom.

      • João Santana

        Nunca houve direita no Brasil até bem pouco tempo atrás. Pessoas de direita, sim. Mas elas nunca se organizaram em partidos ou grupos para discutir e se aprofundar nos temas da direita. Há quem diga que a ARENA depois PDS depois PFL depois Democratas tenham sido partidos de direita, mas nenhum desses partidos estava, de fato, neste lado do espectro político. Confunde-se muito conservadorismo e tradicionalismo com a direita, mas a esquerda também é conservadora e tradicionalista quando quer — a Primavera de Praga é um exemplo do conservadorismo socialista, e a instalação de um pensamento único marxista em torno de Stálin (contrariando a própria teoria marxista que recusa a homogeneidade) de seu tradicionalismo.

        • Tarik

          Eu penso que no Brasil, esquerda, direita, partido verde e outros são uma espécie de espaço que os políticos precisam ocupar, mas não necessariamente com o pensamento e ideologia certos. Eles ocupam antes que alguém sério o faça. Por isso existe a direita desde sempre, mas não o pensamento de direita. O mesmo pode ser dito sobre o partido verde, que no Brasil de verde só os dólares que arrecadam. Eu torço/deliro que eles tenham esquecido dos libertários e permitiram que gente realmente séria tenha ocupado este espaço. Mas como se diz na minha família “a esperança é a única que morre”.

  • rodmalkav

    Esse tipo de “contestação de fatos” tem me dado picos de ansiedade absurdos. Esse movimento de Wikiality que voce citou ta cada vez mais presente no meu círculo (seja amigos, seja trabalho) e fico angustiado de pensar que algum dia voce pode não conseguir contestar uma afirmação falsa conhecida por todos com um fato verdadeiro compartilhado por poucos.

    • Zin

      Bem vindo à idade média.

      • João Santana

        Na verdade havia muita disseminação de conhecimento durante a idade média.

        • Zin

          Tinha mesmo.

          • João Santana

            Sim, tinha. Foi durante a idade média que a Europa, em contato com árabes, chineses e indianos, desenvolveu seu conhecimento em matemática, aritmética, astronomia, filosofia natural e muitos outros campos do conhecimento. Essa ideia de que a idade média teria sido uma idade das trevas apareceu na boca de cientistas renascentistas que não queriam reconhecer os avanços científicos provenientes da Igreja, como o calendário gregoriano.

          • Zin

            Foi o que eu disse, tinha mesmo. Inclusive sua resposta veio no padrão exato que é de se esperar. Nem discordo. Mas ai tem toooodo o resto da Historia pra levar em conta também. E é esse “resto” que a gente adora copiar até hoje.

  • Humberto Jorge

    Brasil não é um país pra amadores.

  • Daniel Plainview

    Cara, depois de muito degladiar com os esquerdinhas eu me cansei dessa briga. Cansei até de ficar olhando os outros brigarem. Melhor cuidar nos meus afazeres, minhas séries e meus jogos.

  • cloverfield

    Eu não sabia que o Jaca Paladium era do MBL.

  • achsanos

    Parece que eles nem se deram ao trabalho de traduzir fact-checking, deduziram preguiçosamente qualquer outro troço.
    Agora, um movimento de direita relacionando um de esquerda ao capital americano, acusando-o de ‘ditador criminoso’ que usa de ‘censura’? Que parafuso.

  • Cardoso, já que você se diz um viciado em fatos, cadê os fatos provando que o discurso do MBL sobre a população carcerária e sua (deles) defesa do aumento das penas estao errados? Só li mimimi teu acima. Onde estão os números que contradizem os números apresentados pelo MBL?

    • Gaius Baltar

      Você entendeu que o texto não faz juízo sobre a opinião ou tece ilações (sorry M2) acerca dos fatos e sim critica o fato do MBL não aceitar que os dados qye baseiam seus discursos seja checados? O MBL (para usar um jargão de esquerda) não quer que fatos atrapalhem a narrativa.

  • Geraldo Dal Berto Jr.

    O problema, pelo que vi, não é a checagem de fatos em si, mas sim quem se auto-apontou para tanto e, principalmente, quem financia: Fundação Ford, Open Society, etc.

    • Ricardo

      Acho que é exatamente isso, fui dar uma olhada na notícia em outro link e quem compõe a agência são sempre as figurinhas carimbadas da esquerda: “É o caso da Agência Pública, entidade da qual fazem parte adeptos da extrema esquerda como Leonardo Sakamoto, Eliane Brum e o ex-assessor de Lula Ricardo Kotscho.”.

      Só a galerinha dos coletivos que queria fazer conselho de jornalismo para censurar notícia.
      O link de onde achei:(Foi mal, não sei como postar link no Disqus!)
      jornalivre . com /2017 /06/26/ agencia-de-censura-de-sakamoto-tenta-intimidar-mbl-e-toma-bisnagada-epica-leia-a-resposta/

      • Luandersonn Airton

        Este é site é do MBL e usado para postar matérias pro-Direita.

        Ah, não interessa muito a ideologia de quem checa os fatos se eles fazem isso honestamente e de forma transparente.

        • Deilan Nunes

          importa sim, imparcialidade é quase impossivel de se ter… fora que muitos grandes empresarios e grupos politicos tem interesse nisso, se eles ja pagavam jornalistas para fazer analises/noticias favoravel a eles, vão sim pagar para quem checa as noticias tbm.

          • Luandersonn Airton

            Sendo assim, um total de ZERO notícias são confiáveis.

            E não é imparcialidade de opinião, e sim na hora de checar um fato, pois não importa ideologia, fatos serão fatos.

          • Deilan Nunes

            aquecimento global é um fato??? ha varias pesquisas ( nao so sobre o clima) que depois de algum tempo descobriu que cientistas foram subornados para alterar dados,favorecendo algum grupo de interesse/empresa/governo… a questão é, quem define se algo é fato ou nao?

          • Luandersonn Airton

            Aquecimento Global é um fato científico REAL, aceito por cientistas de todo mundo. Alguns cientistas já questionaram sua existência, mas não provaram nada. Outra parte questiona hoje se o ser humano causa o aquecimento global. A maioria dos cientistas aceitam que os humanos aceleram/agravaram o aquecimento do planeta.

            Onde voce ouviu essa que cientistas foram subornados? (quem foi afinal? Todos os cientistas que defendem que humanos aceleram o aquecimento global? quem subornou?)

          • Petrus Augusto

            aquecimento global é um fato??? ha varias pesquisas ( nao so sobre o clima) que depois de algum tempo descobriu que cientistas foram subornados para alterar dados,favorecendo algum grupo de interesse/empresa/governo… a questão é, quem define se algo é fato ou nao?

            Estava demorando… Já chegou o primeiro negacionista da ciência.
            Já já diz que a terra é plana e que vacinas causam autismo.

            Onde voce ouviu essa que cientistas foram subornados?
            Assim como o Molion, ele tirou isso da bunda.
            Aquecimento Global é um fato. O pessoal pode ainda discutir se é antropomórfico ou não, mas é fato. Negar isso, é o mesmo que negar a teoria da evolução. (deixa eu adivinha, você também nega né Deilan?)

          • gfg

            https://www.youtube.com/watch?v=j8ii9zGFDtc&feature=youtu.be
            O atila usou desse documentário recentemente, e acho que o pirula já havia falado disso há um tempo atrás.
            SEMPRE terá gente pagando cientistas em prol dos seus interesses.

          • Rafael Rodrigues

            Pronto, chegou o cara das cavernas, terra-planista, antivaxxer e negador do holocausto.

          • Deilan Nunes
          • Luandersonn Airton

            Este não é o mesmo cara que deu entrevista no Jô Soares?

          • Zin

            Aquecimento global é mentira simplesmente pelo fato da Terra não ser um globo. Se existisse seria aquecimento planar.

          • Veritas46

            E a teoria da gravidade é um fato?? Afinal é apenas uma “teoria” não? E vc poderia passar as fontes do que vc afirmou?

          • Paulo Bernardi

            Bom, olhe esse gráfico aqui do xkcd e *tente* negar a relação entre industrialização e aquecimento:
            https://xkcd.com/1732/

            Observe como isso bate com as medidas de temperatura média oficial da terra:
            https://www2.ucar.edu/climate/faq/what-average-global-temperature-now

            Se você quer defender que o aquecimento global não é um fato, pelo menos apresente um dado que diga que a terra não está ficando mais quente nos últimos 50 anos. Os cientistas não são perfeitos, mas acho que ao menos medir temperaturas e tirar médias eles devem saber.

          • Deilan Nunes

            A duvida que resta, se a terra como um todo esta esquentando mesmo, o que esta causando isso?

          • gfg

            As AÇÕES DO HOMEM, ou você acha que queimar toneladas de dinossauros não faz efeito nenhum?
            Só porque vem da “terra” é bom ?

          • Deilan Nunes

            a pergunta levantada e se isso tem alguma relevancia na temperatura do planeta. segundo alguns cientista o impacto disso tudo é irrelevante.

          • gfg

            deve se

          • ochateador

            Verões cada vez mais quentes.
            Invernos cada vez menos frios.
            Ártico e Antártida perdendo cobertura cada vez mais rápido e não estão conseguindo repor.
            Picos de calor cada vez mais frequentes.

            Só você parar de tomar água gelada e sair do ar-condicionado e trabalhar do lado de um pedreiro por 5 dias seguidos que você já terá sua resposta.

      • Renato Lellis

        A questão é que a notícia é citada como um fato isolado, quando na verdade faz parte de um contexto (viu, Cardoso) maior. Desde a eleição de Donald Trump a esquerda adotou o discurso de que “Fake News” foram o responsáveis pela derrota e são o mal a ser combatido. Na verdade o objetivo é combater o discurso divergente, pois eles perceberam que a hegemonia nas redações e da mídia legada em geral não é mais suficiente para garantir o controle da narrativa. Nesse contexto (viu, Cardoso – 2) vários “Fact Checkers” foram selecionados ou criados, sempre controlados por figuras com alinhamento à esquerda, como mecanismos de censura, intimidação ou justificativa para Facebooks e Twitters da vida possam banir figuras que a esquerda julga inconvenientes. Concluindo, o texto perde a oportunidade de tentar explicar o contexto (viu, Cardoso – 3) dos fatos (!) relatados para tentar uma passar a imagem de uma picuinha boba quando um debate mais amplo está ocorrendo.

        • Fatos continuam sendo fatos, se os fatos desmentem o discurso, the end. Reparou que você escreveu uma ladainha toda para chorar que a esquerda está usando FATOS para silenciar a direita?

          • Renato Lellis

            Não há ladainha nenhuma, apenas a contextualização do cenário. E se houvesse honestidade quanto ao uso de “fatos”, a esquerda deveria dar conta da situação da Venezuela (o Socialismo do Século XXI), de Cuba e dos milhões de mortos do socialismo ao longo do Século XX, mas toda vez que você aborda a questão, a resposta padrão é “Deturparam Marx”. Ora. para essas questões fatos não valem? O único fato é que a esquerda não tem a verdade como um valor básico, e se eles se reservam o direto de mentir quando lhes é útil, não podemos lhes dar o direito de decidir quais “fatos” valem e quais não valem, pois está demonstrado que sempre selecionarão a sua conveniência no momento.

          • Rodrigo

            Você já viu a agência pública falar que Cuba, Venezuela etc. “Deturparam Marx”? Links aí, champs.

            Mas o mais curioso mesmo é relacionar a Agência Pública – financiada pela fundação Ford (fundador de um troço chamado “linha de produção”, tão importante no capitalismo) e por Soros (um dos maiores investidores disso que chamamos capitalismo financeiro) – com comunismo. É de uma lógica brilhante (só que não).

          • Luandersonn Airton

            Todo mundo que não gosto é Hitler financiado por George Soros

          • Renato Lellis

            Nunca tinha ouvido falar dessa tal agência até esse caso, mas basta procurar textos dos envolvidos, todos figurinhas carimbadas da esquerda nacional.

            Quanto à Fundação Ford, ela não faz carros:

            Segundo o site da própria Ford Foundation, seu legado é de “Justiça Social”: https://www.fordfoundation.org/about-us/a-legacy-of-social-justice/

            Ford Foundation: https://www.activistfacts.com/foundation/103-fordfoundation/

            Como a fundação Ford criou o multiculturalismo: http://archive.frontpagemag.com/readArticle.aspx?ARTID=14647

            Ligações da Fundação Ford: http://www.discoverthenetworks.org/funderProfile.asp?fndid=5176

            E George Soros tem mais interesses do que o lucro.

            Guten Morgen 10: Não é você que pensa o que pensa – George Soros pensa por você: http://sensoincomum.org/2016/08/22/guten-morgen-george-soros-pensa-voce/

            George Soros e a Desordem Mundial: http://tradutoresdedireita.org/george-soros-e-a-desordem-mundial/

            Por que George Soros finnacia movimente de esquerda: http://portalconservador.com/por-que-george-soros-financia-movimentos-de-esquerda-entenda/

            Boa leitura!

          • Rodrigo

            Sim, meu caro, não faz carros, muito embora não tenha mais nenhuma relação com a família, seu berço é o capitalismo, como bem dito pelo neto, se não me engano, em um desses textos aí, mas, ao contrário do que ele pensava, é risível dizer que os membros da Fundação querem o fim do capitalismo e instituição do comunismo. De onde você acha que o dinheiro dela vem? De uma bolsa sem fundo? A fundação Ford, além do lado filantrópico, investe dinheiro, meu caro, visa ao lucro.

            Acho engraçado porque nos anos 2000 essa mesma fundação era acusada, pelos esquerdistas, de ser emissária da CIA. Agora é emissária do comunismo.

            Today’s Ford Foundation contributes to communist conspirators and radical environmental groups who openly fight against American entrepreneurialism and, in some cases, fight against the use of automobiles too.

            O velho “quem não concorda comigo é comunista” da caça às bruxas.

            Mas ao invés de ler em tablóides quem são os beneficiários da Fundação Ford, vai lá no site deles, ou, então, baixa o balancete.

            https://www.fordfoundation.org/work/our-grants/grants-database/grants-all

            Pois então, e sobre afirmar que as políticas progressistas dos anos 2000 são frutos da cabecinha do George Soros? Não foi a luta anti-segregação dos anos cinquenta, não foi o movimento feminista dos anos 60, muito menos a luta da comunidade LGBT dos anos 70. Luther King, Harvey Milk e Simone de Beauvoir, entre outros, foram só ferramentas de George Soros para fazer a cabeça da galera. As organizações vieram primeiro, o dinheiro, depois.

            Mesmo supondo que tais instituições só doam para esquerdistas – e aí para alguns apenas o fato de defender minorias torna a pessoa num esquerdista, mas divago – , ainda assim é risível associá-las ao comunismo
            Meu caro, do esquerdismo ao comunismo tem um longo caminho. Muitos sequer sabem definir o que é ser esquerdista.

            Sobre vocês neo-conservadores: Milhares de livros publicados no mundo, mas os seus profetas é que estão certos.

          • Renato Lellis

            Eu não tenho problema alguem em descartar alguém quem eu seguia e que começou a me desagradar.

            Os esquerdistas é que tem profetas. Até hoje estão pela rua com camisetas do Che, Fidel e dizendo que fulano é “guerreiro do povo brasileiro”, mesmo depois preso e condenado.

            Quanto aos movimentos que você citou, todos eles foram infiltrados pela esquerda e hoje são muito diferentes do que seus fundadores pregravam.

            Se MLK discursava sobre um mundo onde as pessoas fossem julgadas pelos seus atos e não pela cor da pele, hoje o Black Lives Matter prega a segregação e o genocídio branco.

            O Greenpeace surgiu como um movimento humanista e hoje é denunciado pelos seus fundadores: https://www.youtube.com/watch?v=BpBnJq19R60

            O movimento feminista pregava igualdade de oportunidades e hoje prega o ódio aos homens como um todo.

            Quanto às grants, dos US$ 13.728.700,00 destinados a projetos no Brasil nos 56 projetos de 2016/2017, US$ 3.428.000,00 são destinados a 14 projetos ligados a jornalismo ou tecnologia, de acordo com suas descrições. Parte considerável, portanto.

          • Rodrigo

            Se MLK discursava sobre um mundo onde as pessoas fossem julgadas pelos seus atos e não pela cor da pele, hoje o Black Lives Matter prega a segregação e o genocídio branco.

            Não. O BLM não prega o genocídio branco. Só o fato de você achar isso mostra como é alienado. Não muito diferente dos extremistas de esquerda. De qualquer forma, o BLM é apenas um dos muitos movimentos anti-racistas. É no mínimo desonestidade (para não falar em estupidez) tomar o exemplo de um grupo como representação do todo. Prove, então, que o BLM promove o genocídio e segregação brancos.

            Não entendi a relação entre Greenpeace e o comunismo que você citou lá em cima.

            O movimento feminista pregava igualdade de oportunidades e hoje prega o ódio aos homens como um todo.

            Não, não prega. Alguns grupos feministas podem pregar isso, mas muitos outros que fazem parte do movimento, não. Como mencionei acima, é estupidez ou má fé relacionar um pequeno grupo como representante de um todo que é diverso.

            Esse é o problema de vocês fanáticos, adoram rotular e, na ânsia de rotular, evitam tudo que venha do lado “rotulado”, sem ao menos racionalizar.

          • Renato Lellis

            Segue:

            Black Lives Matter co-founder appears to label white people ‘defects’ : http://www.torontosun.com/2017/02/11/black-lives-matter-co-founder-appears-to-label-white-people-defects

            Black Lives Matter Promoting White Genocide At Jewish Occupied Harvard University: https://archive.org/details/BlackLivesMatterPromotingWhiteGenocideAtJewishOccupiedHarvardUniversity

            Black Lives Matter Leader Says White People Are ‘Sub-Human’ and Suffer From ‘Genetic Defects’: https://heatst.com/culture-wars/black-lives-matter-leader-says-white-people-are-sub-human-and-suffer-from-genetic-defects/

            BlackLivesMatter Leader Calls for Genocide of White People: https://www.louderwithcrowder.com/yusra-khogali-white-people-genocide/

            Quem é alienado? Quem é Fanático?

          • Rodrigo

            UMA ativista do grupo. Essa é a opinião DELA, e não do grupo. Mesmo que fosse o grupo inteiro, permanece a minha fala de que não é correto tomar o exemplo de um como do todo. Mesmo que o movimento BLM promovesse isso tudo, eles não são os detentores do movimento negro. Há uma infinidade de organizações e movimentos dentro do movimento negro, por exemplo.

          • Pobretano

            Como você pode dizer que o pensamento deste UMA ativista não necessariamente ecoa no grupo? Ainda mais por ela ser ativista, e não uma simples simpatizante? Isso é tão insano e fugaz quanto afirmar que “Mengele não representa o supremacismo ariano”.

            Isso me parece aquela desculpa das feministas quando se deparam com as misândricas do movimento e tentam desqualificá-las como “femistas” (hahaha), “exageradas”, ou “pensamento ultrapassado já superado pelo debate interno” (ha ha ha … MacKinnon much?) ou “radicais” (sendo que “radical” na verdade é apenas o “praticante consistente” – portanto, chamar de radical apenas implica que os radicais são os que mais têm razão dentro do movimento), entre outros subterfúgios.

            Ademais, ela não é uma mera ativista – é uma cofundadora! Querer desvencilhá-la do movimento é quase tão ridículo quanto dizer que “Hitler não representa o nazismo” (com o perdão do possível uso de Godwin pela segunda vez neste texto)…

          • Rodrigo

            Como você pode dizer que o pensamento deste UMA ativista não necessariamente ecoa no grupo?

            Porque não tenho elementos para afirmar isso. Toda afirmação precisa de provas ou elementos para sustentá-la. Aqui não cabe a inversão do ônus da prova.

            Isso é tão insano e fugaz quanto afirmar que “Mengele não representa o supremacismo ariano”.

            Falsa simetria.

            Isso me parece aquela desculpa das feministas quando se deparam com as misândricas do movimento e tentam desqualificá-las como “femistas” (hahaha) […]

            Em todo movimento político, social, econômico existem diferentes vozes e diferentes visões. No próprio nazismo que você gosta tanto de citar existiam pessoas com opiniões divergentes em assuntos mais específicos.

            Ademais, ela não é uma mera ativista – é uma cofundadora! Querer desvencilhá-la do movimento é quase tão ridículo quanto dizer que “Hitler não representa o nazismo”

            Você é bem malandrinho na retórica e no uso do espantalho. Em momento algum busquei desvencilhá-la do movimento, tampouco afirmei que a moça não representa o movimento, mas escrevi que não é todo o movimento que comunga com essa opinião dela.

          • Pobretano

            1 – Bem, se é por falta de elementos, já há uma amostra representativa: a cofundadora da coisa toda. Ainda que se admita que uma única pessoa não represente o movimento como um todo, a cofundadora é uma amostra muito mais representativa que um membro aleatório – ainda mais se não existir nenhuma dissidência interna contrariando este ponto. Tratar a cofundadora como se fosse uma pessoa aleatória é no mínimo tolice.

            Por exemplo, eu não trataria com a mesma seriedade um católico aleatório falando que a hóstia não é o corpo de Jesus em uma conversa de bar e um papa falando que a hóstia não é o corpo de Jesus no seu Twitter oficial.
            Para o primeiro, eu só precisaria mostrar algum alfarrábio obscuro do site do Vaticano e ignorá-la, mas para o segundo seria necessário bem mais material e argumento do que um simples “o papa não representa o catolicismo”.

            2 – Não, você não tenta desvencilhar a cofundadora, apenas diz que esta opinião dela, acerca de superioridade racial, não é comungada pelo movimento como um todo…

          • Rodrigo

            Co-fundadora ou não, ela se pronunciando sobre algo que não é “dogma” do movimento, não dá para afirmar que é opinião do movimento. Ela não é co-fundadora porque foi eleita, porque a escolheram ou algo do tipo. O próprio BLM carece de uma estrutura formal, hierarquizada.

          • Rafael Rodrigues

            Você quer embarcar em um debate usando Ad hominem?? Sério mesmo??

          • Renato Lellis

            Segue a definição de ad hominen, pelo jeito, ninguém sabe o que é: https://en.wikipedia.org/wiki/Ad_hominem.

          • Petrus Augusto

            Você repetiu a mesma ladainha.
            Entenda: Fatos > Opinião = Ideologia(sim, sua ideologia política não passa de opinião, aceite).

            O MBL postou merda e o apublica argumentou contra com fatos e dados corretos? Blz, eles estão certos.

            – Ahh, mas eles falam bem de Maduro. FODA-SE. Não é esse o assunto.
            – Ahh, mas eles falam bem do Kin Jong Gordinho. É esse o assunto? Não? Fuck-U
            – Ahh, mas, eles falaram bem de Stalin. O assunto é Stalin? Não? Então foda-se a opinião deles sobre o Stalin.

            O que você está fazendo e Ad-Hominen. E isso é tão infantil, que só evidência que vocês não tem nenhuma capacidade para debates. Pois no momento que são contrariados, saem chorando.

            O MBL falou merda, foi contrariado e no melhor estilo SJW, saiu dando piti, xingando e chamando todo mundo de -insira o nome do rival maligno aqui-

            E esse pessoal ainda quer ser levado a serio. Mas até são levados a serio mesmo… Em um lugar onde hemopatia e astrologia é levado a sério, então qualquer outra merda pode ser também.

          • Renato Lellis

            Pela sua resposta, você não sabe o que é um ad hominen quer dizer, segue a definição: https://en.wikipedia.org/wiki/Ad_hominem.

            O que o MBL fez não foi dar piti, foi dizer “não vou entrar no seu jogo” e eles estão certos.

            A esquerda cria armadilhas como o “pedir desculpas” por um comentário que eles considerem ofensivo.

            Peça desculpas e você está condenado. Pergunte para o James Watson: http://www.telegraph.co.uk/news/science/11261872/James-Watson-selling-Nobel-prize-because-no-one-wants-to-admit-I-exist.html.

            A nova armadilha são o fact checkers. Comece a se justificar e você entrará numa espiral de onde nunca sairá.

            E mais, quem ungiu esses jornalistas como sacerdotes dos fatos? Não precisamos disso, é só mais uma tentativa de controlar, intimidar e censurar.

          • Anderson

            Eles não aceitando os fatos mostram que moram em um lugar onde somente o que eles falam e correto, que são arrogantes o suficiente para não admitirem que se baseiam em ideais ao invés de fatos para doutrinação de massas. Ninguem esta falando que a site que questionou é o dono da verdade, o que esta sendo questionado e que o MBL esta impondo a sua “verdade”, nao aceitando contestação alguma e doutrinando pessoas com o que pode ser considerado falácias. Isso me lembra muito o que eles dizem da venezuela, cuba etc, onde somente eles tem a razão o resto é ignorante….

          • Rafael Rodrigues

            Fato não tem contexto. Fato é fato. Será que a cegueira da briga política impede vocês até de enxergar o óbvio????

          • Renato Lellis

            Fatos tem que ter contexto sim. “Mulher mata homem” isso é um fato. Mas e o contexto? Ela era uma sniper lutando contra o ISIS, era uma serial killer, estava se defendendo de um estupro?

            E mais, o que o MBL fez foi dizer “não vou entrar no seu jogo”.

            Estes fact checkers são a mais nova tentativa de censurar e controlar a internet.

            O MBL está certo em não dar corda para eles, afinal quem os elegeu como sacerdotes da verdade. Jornalistas tem agenda ao contrário do que Hollywood gostaria que acreditássemos.

          • Anderson

            Agora vc se superou, colocou como fact checkers nao alguem que questiona os algo mas sim como censura, isso ai, vc é igual a MBL, querendo doutrinar, colocando que somente a SUA “verdade” é a verdade. O MBL não são jornalista, são manipuladores de massas, onde quem pensa diferente é automaticamente taxado como esquerda, pão com mortadela, comunista, socialista e um monte de outras coisas. O MBL se tem um Livre no nome, porem é mais conservador do que qualquer outra coisa em suas atitudes

          • Anderson

            O fato ainda não muda com o contexto, o que muda se a justificativa é valida ou não, o que os defensores do MBL e o proprio MBL faz é ignorar os fatos e se importar apenas com o que eles acham correto, muitas vezes se utilizando de falácias para provar seus argumentos, como no caso da reportagem.

          • Eduardo Serra

            Fato e fato. Brilhante falta só aplicá-lo a verdade histórica do Gov FHC. Sinto que está quase chegando la.
            Abc, Analfabeto Econômico.

          • Tiago Tkb

            Interessante notar que os fatos narrados pelo MBL não foram checados. A reposta deles foi infantil e tal, mas os “checkers” não foram impedidos de contraditar. Ou seja, não foi usado fato nenhum pela esquerda.

        • DPSousa

          Essa visão maniqueísta semi conspiratória sobre direita e esquerda me dá urticária desde o ensino médio.

          Por que tem sempre que haver uma grande organização maquiavélica com objetivos escusos por trás de cada manifestação? Será que nenhum texto pode simplesmente representar a autêntica visão do autor?

      • Andre S Reis

        Agência publica é do sakamoto is the new lulinha dono da friboi

      • ochateador

        Tag code posta link.

    • elielcezar

      Cara, fato é fato. Não importa quem está checando.

      • Pobretano

        In My Humble Opinion, o problema não é o fato, é como ele é usado. Uma coisa é você apontar mentiras aonde o simples fato bruto já as desmascara, a outra é usar fatos de maneira distorcida – e para isso o fact checking não se resumiria a dizer “é, essa porra aí tá certa”.

        Por exemplo, a infame disparidade salarial (ou wage gap). Numa primeira camada, é verdade que a média salarial dos homens é superior à das mulheres (da última vez que lembro, girava em 30%). MAS o que não é verdade é que essa disparidade é completamente explicada pelo pa-pa-patriachy – e aqui o fact check não poderia ficar apenas na informação superficial (“na realidade esta disparidade é de 28,85%”).

        Outro exemplo, bem mais macabro e que renderia um post por si só, é uma sobre os “7% de falsas acusações de estupro nos EUA” que foi usado por uma fact checker brazuca (me falha a memória).

        • João Santana

          Disparidade salarial existe em sistema trabalhista onde não há o princípio da isonomia salarial.

    • Rodrigo

      E quem financia o MBL?

      • Ivan

        Claro que é a CIA repitiliana.

    • Rodrigo

      Quando se ignora o argumento e ataca o interlocutor, a isso se chama falácia ad hominem. Se na checagem dos fatos foram utilizados dados enviesados ou incorretos de qualquer forma, o MBL poderia muito bem contra-argumentar, em suma, checar os fatos checados. Assim se faz um debate. Quando apenas chora “o esquerdopata checou meus fatos”, presume-se, então, que os fatos estavam incorretos mesmo?

    • Zin

      Se for falar de financiamento o MBL teria que fazer uma carapuça inflável.

  • Olha o contexto para ver em que sentido estão usando o termo: o problema não é a checagem dos fatos, mas sim militantes esquerdistas se colocarem como Os Checadores Oficiais dos Fatos, em uma atitude extremamente arrogante, hipócrita e presunçosa. Quem esses pretensos Inspetores da Verdade fingem que pensam que são e por que deveríamos nos submeter à falsa autoridade deles?

    • Marcelo De Matos

      fato é fato.

      • Gaius Baltar

        Exatamente

      • Geraldo Dal Berto Jr.

        Concordo, porém, contudo, todavia, entretanto, veja o caso o caso do projeto do Darcísio Perondi. Eles alegam que aquilo não é fato, pois teria que ser consultado o colégio de líderes antes de ir à votação. Isso é balela. O colégio de líderes se reúne sempre antes das sessões e o presidente pode ouví-los e ainda assim por em votação. O presidente não está submetido ao crivo do colégio. O fato é que assim que o presidente da casa quiser, bota em votação. Ouvir o colégio é detalhe. Eles chamam opinião de fato.

    • Contexto para fatos? Seriam… fatos alternativos?

      • Jean

        Bom, um exemplo, o kata-alguma-coisa afirmou que 70% dos presos são reincidentes, baseada em dados policiais; já agência diz que são apenas 24%; baseado no ipea, que computa quem já foi condenado, ignorando por exemplo os famosos zé droguinha que vivem sendo presos e soltos. E aí, quem está certo?

        • Se a matéria original é contra o benefício de condicional com 1/6 da pena, quem está certo é o IPEA.

          • Jean

            Sim, concordo. Mas percebe que vc colocou uma Condicional, um se, que na minha opinião pode ser interpretado como contexto, algo relacionado ao fato, que completa, dá sentido.
            Entendo quando dizem que fato é fato, mas podem ser distorcidos se colocados fora de contexto. Spacex conseguiu recuperar foguetes após lançamento, fato. Spacex não consegue recuperar um foguete porque precisou utilizar todo combustível e não sobrou para manobra, fato. Break News! Empresa espacial privada falha em recuperar foguete! Fato…

          • Rafael Rodrigues

            Não. O Cardoso colocou o FATO que suporta a afirmação da reincidência. Existe um conceito para reincidência.

          • Jean

            Sim, e concordei com isso. Redução de pena só se aplica a quem já foi condenado, logo, nesse caso, temos que considerar apenas os que já encararam o homem da capa preta. ( confesso que no início tinha opinião contrária ).
            O que eu fico na dúvida é a questão do contexto. Vcs estão afirmando que fato é fato. O fato do cara do MBL ter pego uma informação, misturado tudo para manipular não é um exemplo que fatos podem ser manipulados trocando o contexto? E pela agência pública ter gente de esquerda, nao pode ocorrer deles pegarem a mesma informação, jogarem em outro contexto para manipular a informação de acordo com que eles pensam? Não estou dizendo que fizeram isso, é só uma hipótese.

        • Rafael Rodrigues

          Reinciência não se trata de passar 100 vezes pela DP. Trata-se de ser condenado, preso, solto (ou fugido), condenado novamente, preso, solto… 100 vezes.

          • Jean

            Sim, o problema é a justiça lenta. Cara fica anos com processo enrolado e nunca é condenado. Por exemplo, se nessa saidinha do goleiro Bruno ele tivesse matado a esposa, não seria reicindente, pois não foi condenado ainda…estou errado? Pergunto na humildade mesmo, não é retórica. Esse assunto conheço quase nada

          • Jefferson Alves

            No exemplo que deste ele seria sim, uma vez que para ocorrer reincidência deve haver condenação anterior, na esfera do direito penal.

            Há uma grande confusão quando se fala em reincidência, pois o conceito jurídico é estritamente o da pratica de novo crime após uma condenação prévia, diferente do uso corrente da palavra, que se refere a qualquer ato repetido.

            Por isso os fatos corretos, no teu exemplo, são o do IPEA. Até porque a polícia prende usuário como traficante o tempo todo, em virtude do caráter subjetivo que a lei de drogas tra, assim, um usuário ser presos varias vezes não o torna reincidente.

      • Ivan

        Seriam os Deuses astronautas?

    • elielcezar

      Como disse o Marcelo aqui: “fato é fato”. Não importa se quem está checando é de esquerda ou direita. Se você não está baseando seu discurso em “pós verdades”, não há porque se incomodar.

    • Gui

      “Quem esses pretensos Inspetores da Verdade fingem que pensam que são e por que deveríamos nos submeter à falsa autoridade deles?”

      Ué, se fulano diz X e beltrano considera que aquele está falando inverdades, que mostre fontes rebatendo o argumento de X.

      Ah: os primeiros estudos ligando tabagismo a câncer foram realizados pelos nazistas. Isto implica que a informação de que cigarro causa câncer está errada?

    • Alessandro Willian

      Até que enfim alguém escreveu algo coerente, sem ironia e condizente com a verdade. Uma coisa é a pessoa dar um vacilo(pequeno ou grande) com a falta de fatos, outra coisa é algum órgão ou agência querer ser o baluarte da “verdade”, ainda mais sabendo o viés do Esquerdomoto. Muito cuidado com esse fact checker. Quem checará os checadores?

      • Ivan

        Sem ironia?

      • Rodrigo

        Você pode checar. A beleza da liberdade de expressão e acesso à informação é essa, qualquer um pode checar e contra-argumentar.

        • Anderson

          O problema e que o povo é burro e nao quer ler, eles querem seguir como ovelhinhas alguma coisa, seja ela direita ou esquerda, pensar, pesquisar para pessoas assim doi, e mais facil seguir cegamente o que o MBL fala

      • Veritas46

        Como já foi dito aqui fato é fato. E não importa se foi o Papa ou Fernandinho beirar-mar que disse

      • Rafael Rodrigues

        Cara, tira a viseira de mula…

        O checador nada mais é que uma organização ou pessoa que, ao receber uma afirmação, verifica que é possível manter a afirmação.

        E eles colocam as FONTES. Aí qualquer um pode checar por si.

        • Ivan

          Agora imagina a Venezuela e Cuba fazendo papel de checador de democracia, faz sentido?

          • Rafael Rodrigues

            Se feita corretamente, a checagem não se contamina por ideologia. Hoje em dia, com discussões tomadas pelo ódio, pode ser complicado entender. Vou desenhar:

            Boato do FB / WPP:
            “Ivan é contra o PT”
            “Ivan tinha boquinha no governo desde 2001 e em 2002 e foi desligado acusado de corrupção.”
            Observe que enquanto a primeira afirmativa não é comprovável e não é passível de checagem, a segunda pode.

            Texto do checador:
            “Pesquisando o Diário Oficial (info pública), verificamos que consta nomeação do Ivan da Silva Sauro como ASPONE do deputado federal Aécio Neves em 15/02/2001 (link). Ivan foi exonerado através do Diário Oficial do dia 20/07/2002 (link). Consultando os sites dos tribunais pertinentes (info pública), não foram encontrados inquéritos ou processos penais contra Ivan da Silva Sauro (link).”

            Veja que o texto acima poderia ser escrito por mim, por você, pelo Reinaldo Azevedo ou pela Cynara Menezes. A Ideologia do checador não influi no trabalho pois a checagem, diferente de um artigo opinativo, não envolve ideologia.

            A ciência usa isso há décadas e o procedimento atende pelo nome de “revisão de pares”.

            É EVIDENTE que falo de um trabalho bem feito.

          • Ivan

            Será que essa agencia também checa outras materias com viés de esquerda? Estranho já que o Sakamoto é famoso pelas fake news.

          • Rafael Rodrigues

            Nem sei porque perdi meu tempo respondendo. Liberte-se desse papo maniqueísta de “esquerda” e “direita”. Tô fora dessa discussão infrutífera.

            Sakamoto é bastante respeitado por seus pares no Brasil e no exterior (muitos de ideologia diversa). Sugiro que submeta aos que o premiaram inúmeras vezes suas elucidadas e pertinentes considerações sobre como ele é imundo.

          • Ivan

            Ser respeitado aqui ou lá fora pouco importa, Olavo também é extremamente respeitado e não deixa de ser um idiota, igual o Sakamoto que defende assalto

          • Rafael Rodrigues

            “Sakamoto defende assalto” fonte?

          • Ivan

            É o blog dele não tem como falar que não foi ele, ou que foi distorcido
            https://blogdosakamoto.blogosfera.uol.com.br/2012/06/18/ostentacao-diante-da-pobreza-deveria-ser-crime-previsto-no-codigo-penal/

          • Rafael Rodrigues

            Eu sabia que você votaria esse artigo e você mordeu a isca. Recomendo que o leia. Ele fala das motivações. Em dado momento, é categórico, direto e cristalino ao afirmar:

            “… não defendo essa opção”.

            Vamos debater, mas dentro dos limites da verdade.

          • Ivan

            Ah claro, ele defende roubos fala que ostentação deveria ser crime e que tudo bem jovens roubar quem ostenta, dai só colocar que não defende que ta tudo certo?

            Vamos supor que um neonazista fale: “tudo bem matar judeus, eu entendo quem faz isso e por mim blz, mas não defendo issso”….

            mas blz cara….

          • Rafael Rodrigues

            Show. Discussão encerrada com base no uso da lei de godwin.

          • Pobretano

            Este “não defendo”, vem acompanhado de um “mas”. E, parafraseando o duente de GoT, o que vem antes de um “mas” é balela, por mais “categórico e cristalino” que seja (coisa que aliás não foi, mas OK).

      • Quem checará os checadores?

        Um bom começo seria o MBL, que é, afinal, quem tem o maior interesse nisso. Por que ele não está checando?

        • Ivan

          Mas checam, vira e mexe desmascaram blogs de esquerda, tipo uns que o cara posta video de policiais venezeuelanos e falando que era no Brasil, imagens de outros paises e dizem ser daqui, o pior quem fez isso foi a pagina de um Deputado Federal….

          • Matheus Lima

            Sabe quem disse q esse video dos policiais venezuelanos nao eram do Brasil? Pois é,a agencia publica,a mesma q a direita desqualifica so por mostrarem evidencias nas suas argumentaçoes contra a direita.

          • Ivan

            Maldita direita golpista fascista financiada pela CIA/GLOBO querendo desmoralizar as lutas sociais.
            http://www.e-farsas.com/video-mostra-policiais-quebrando-vidros-em-brasilia-vandalismo.html

          • Matheus Lima

            hahaha como vc é burro. Eu acabei d dizer q a agencia publica e vc acha q ta dando turn down for what sozinho

          • Ivan

            A agencia do Sakamoto?

          • Matheus Lima

            A ignorancia e arrogancia da direita é tao grande q ficam falando merd@ d d assuntos q n sabem nd sobre http://apublica.org/2017/05/truco-video-que-mostra-policiais-quebrando-vidros-em-brasilia-e-falso/

    • Ivan

      Os mesmos que adoram uma fake news posando de checadores de fatos, é pra rir

    • Rodrigo

      Eles não se colocam como checadores oficiais. O fato de no próprio site evidenciar que são os financiadores demonstra transparência. Quem financia o MBL? Você sabe? De qualquer forma, eles checaram os fatos e publicaram. Quem discorda que contra-argumente, também, com dados. Ou ignore. O MBL e fanáticos não fizeram nem uma coisa nem outra. Chorar afirmando que são esquerditas etc e tal só reafirma que os dados que apresentaram devem, então, estar corretos e a informação utilizada pelo MBL estava incorreta.

    • Sharly Elias

      Basta fazer um check dos checadores :D

      • E quem faz um check de quem checou os checadores?

        • Carl Segão

          E quem checa antes.. “pré-checa”?

    • Rafael Rodrigues

      A realidade é real. Melhor: a realidade é implacável com aqueles que ousam ignorá-la.

      • Eduardo Serra

        A realidade eh implacável. Hiperinflacao foi controlada. Ganhou duas eleições em primeiro turno. Tripe câmbio, metas de inflação e superavit primeiro mantido entre 2003 e 2008. “A realidade eh implacável com aqueles que ousam ignorá-la.” Eduque-se e veras…

    • Pois é. Deveríamos nos submeter apenas à falsa autoridade sua e dos seus amiguinhos da geração Ydiota do MBL.

  • José Carvalho

    Eu não sei se eu fico aqui rindo, ou se eu choro muito… ahsuahsu.. buaaaa

  • Deilan Nunes

    A questão ai é quem esta checando esses fatos…quando humanos fazem alguma coisa, sempre da pra desconfiar. O bom seria que cada um analise o que esta lendo e pesquise mais sobre o assunto, confiar apenas no que o jornal fala é burrice.

    • Rodrigo

      É pra isso que a gente vive em um sistema republicano e democrático. Não confia no fact-checker? Contra-argumente com dados e fatos.

    • Rafael Rodrigues

      As pessoas não sabem diferenciar fato de opinião… Isso me deixou muito incomodado nesse post. De duas, uma: O G1 invadiu o Contraditorium ou realmente o Brasil não tem mais jeito.

      • Vinícius Santos

        acho que os dois, não são mutuamente excludentes.

    • Ivan

      Imagina Cuba fazer uma comissão pra verificar se um pais é democratico e que eleições não são fraudadas….

  • Rafael Sales

    “Você tem direito a suas próprias opiniões, não a seus próprios fatos.”

  • O MBL já começa errado com o discurso atacando o site em si, depois teria que mostrar porque eles estão certos nos pontos e refutar os argumentos da postagem.

    Me pareceu uma birra igual a de páginas de esquerdistas militantes.

  • Klotz

    George Soros é o novo “reductio ad hitlerum”.

    • Tarik

      Não é bem assim não. O Georginho continua vivo e distribuindo verdinhas por aí.

  • DPSousa

    Esse blog tá cada dia melhor.

    É impressionante. Extremista é extremista e vise versa. Não importa o lado.

  • Bruno Santana Brito

    Esse pessoal do MBL são uma trupe de esquerdistas que acumulam seguidores que compactuam com as ideias da direita chamando todo mundo de esquerdista. Eles fizeram o pessoal da direita sentir que “acordou” para logo depois adestra-los novamente, é só ir lá numa dessas paginas deles e fazer um questionamento, logo os zumbis de coleira deles vem te atacar de todo jeito, te chamando de esquerdista e outros xingamentos acompanhando este caminho ideológico. Eu compactuo com as ideias da direita, e como um cara de direita eu jogo na mesa uma afirmação: Não existe representação da direita no Brasil, a direita brasileira é de esquerda ou no MINIMO apenas um bando de aproveitadores, porque não é segredo pra ninguém que fama, cargos e dinheiro foi o objetivo de boa parte dessa gente ai que vive de ser “Lacradora”.

    • Matheus Lima

      ”Esse pessoal do MBL são uma trupe de esquerdistas que acumulam seguidores que compactuam com as ideias da direita chamando todo mundo de esquerdista.” Ah,sim. Eles derrubaram a dilma,seguiram o discurso da direita, apoiam propostas da direita e sao apoiados pela direita? hahaha td isso pra n admitir q a direita n sabe fazer nd d util. Nao existe representaçao d direita no Brasil? Serio? Pra vc PSD,PMDB,DEM,PSC,PTB,PP,etc nao sao d direita,e sim d esquerda?! So falta chamar o bolsonaro d comunista pra fechar com chave d ouro

      • Ivan

        Unico partido que da pra chamar de direita nessa lista ai é o PSC, resto é esquerda ou centro esquerda.

        • Matheus Lima

          Sim. Tds apoiando o q a direita quer:a reforma da previdencia e a trabalhista. PP,o partido da ditadura e PSD,o partido d Afif e Kassab. Super esquerdistas

          • Ivan

            Esqueceu o PTB extrema direita né?

      • Bruno Santana Brito

        Bela direita essa sua ai. Ou você é inocente, ou é muito burro mesmo. “Direita” KKKKKKKKK.

  • Baby Commando

    Cardoso, isso foi mais pela maneira em que a Agência Pública (comandada pelo blogueiro Sakamoto) realizou o contato com o MBL, conte a história inteira! Eita.

    Oi, Clodomiro, bom dia.
    Meu nome é Patrícia, sou repórter do Truco, um projeto de fact-checking da Agência Pública. O Truco integra a International Fact-Checking Network (IFCN), rede organizada pelo Instituto Poynter que reúne os principais sites de fact-checking do mundo. Você pode ver algumas amostras do nosso trabalho aqui e também nos nossos republicadores, que incluem sites como Exame.com e UOL.
    Estamos checando algumas frases deste vídeo sobre progressão de pena, disponível na página de Facebook do Movimento Brasil Livre (MBL).
    Como te expliquei por telefone, nossa metodologia funciona da seguinte maneira: antes de tudo, comunicamos a assessoria de imprensa da pessoa que proferiu a frase, informando que ela está sendo checada e que deve ser objeto de uma checagem publicada em nosso site. Então, solicitamos a esta assessoria quais foram as fontes utilizadas pela pessoa para basear a sua afirmação. Essas fontes podem ser desde estudos, pesquisas ou dados oficiais até percepções pessoais, consultorias com especialistas, etc.
    Portanto, o que solicitamos nesta demanda são as fontes das informações utilizadas pelo apresentador do vídeo nas frases selecionadas. Essas informações serão confrontadas pela nossa equipe, que buscará dados, oficiais e independentes, para verificar se a frase está de acordo com a realidade, e então a frase ganhará um selo. Depois, entramos em contato para informar o resultado da checagem. Todos os passos da metodologia e os selos estão disponíveis em nosso site.
    É muito importante que vocês mandem as informações dentro do nosso prazo para que tenhamos subsídios para comprovar a falsidade ou veracidade da afirmação. Nosso prazo é até o final do dia de hoje.
    As frases que estamos checando são as seguintes:
    “Mais de 100 mil criminosos estão no regime semi-aberto.”
    “Hoje, o criminoso cumpre só um sexto da sua pena e já está praticamente livre para voltar a cometer crimes.”
    “O projeto foi assinado por deputados como Darcísio Perondi e pelo ex-deputado Nelson Marchesan Júnior está pronto para ser votado. Só depende do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.”
    “70% dos criminosos que são presos pela polícia são reincidentes, ou seja, na verdade, nunca deveriam ter saído da cadeia.”
    Qualquer dúvida, estou à disposição por telefone e email.
    Att.,
    ———————
    Patrícia Figueiredo
    Agência Pública
    apublica.org

    RESPOSTA DO MBL

    SEIS!
    A Sakamoto e demais associados
    O Movimento Brasil Livre – MBL não reconhece a legitimidade – tampouco a honestidade – de uma ONG bancada com dinheiro do globalista George Soros (fonte para checking: http://apublica.org/quem-somos/#financiadores ) para “checar a veracidade” de qualquer coisa que saia na imprensa brasileira ou nas redes sociais. A “Agência Pública” – basta checar em seu próprio website – é um coletivo de esquerda coalhado de militantes petistas travestidos de jornalistas tentando levar à frente uma ridícula aura de isenção. Seu conselho conta com figurinhas carimbadas do jornalismo lulista, como o caricato Leonardo Sakamoto e sua amiga Eliane Brun.
    Cremos que poderiam aproveitar o status de hospedeiro do portal UOL para fazer seus “fact-checkings” na produção de lixo do grupo folha, como quando estes deram destaque total à versão dos agressores durante o atentado aos manifestantes do”Direita São Paulo” perpetrado por palestinos amiguinhos da redação. (http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2017/05/1880596-lider-do-palestina-para-tods-e-preso-apos-confronto-com-direita-anti-imigracao.shtml )
    Sabemos bem o que gente como vocês querem: a CENSURA. Seu “movimento internacional” – curiosamente bancado pelo mesmo financiador da campanha de Hillary Clinton e de ONGs esquerdistas no Brasil – foi criado exclusivamente para combater o livre fluxo de informações que mais e mais liberta as pessoas do establishment político e midiático que lhes sustenta. Portanto, vão brincar de truco na casa do caralho – e de preferência sem dinheiro público, como tanto gosta o “Conselheiro Sakamoto” e sua ONG “Repórter Brasil”.
    Em consideração a aos princípios que regem a pública, estamos enviando em anexo material para apreciação dos “checadores”

    • Gui

      Ainda sim a resposta deles soa mais como um chilique, o que contribui para dar mais credibilidade a quem eles estão atacando.

      A referida agência publicou dados que contestam as afirmações ditas? Que paguem na mesma moeda e utilizem dados, fontes que rebatam as contestações feitas.

    • DPSousa

      O seu post só reafirmou a conclusão do Cardoso.

      Os caras entram em contato, se identificam e fazem uma série de perguntas e a resposta do MBL é: “Não reconhecemos sua legitimidade pra checar nossos dados. Vocês são petistas travestidos de jornalistas.”.

      • Baby Commando

        E não tentei em momento algum refutar, só complementar. MBL ou qualquer entidade não deve explicação alguma a uma outra entidade com claro viés ideológico oposto ao pesquisado, isso tem base em que lei?

        • DPSousa

          Então o MBL é uma entidade que vive no seu próprio campo de distorção de realidade, onde fatos só são fatos a depender de quem os expõe.

        • Anderson

          Realmente ela não deve explicação, mas tambem deve informar aos suas ovelhinhas, quero dizer seguidores que eles não aceitam verdades se elas não são a favor deles.

    • Ivan

      É tipo Cuba e Venezuela mandarem uma comissão no Brasil pra ver se estão respeitando a constituição e falar que o impeachment foi golpe.

    • Pobretano

      AINDA QUE os trucadores sejam pagos pelo demônio encarnado, as perguntas deles foram razoáveis, e mesmo uma cavoucada básica pelo Google desmontaria a narrativa MBL-ística. Não é possível concluir nada acerca de desonestidade enviesada dos caras só aí.

      • Baby Commando

        É mas eles só fazem checking dos opositores deles (patota da direita), então não devem ser levados a sério em nenhum momento, sempre terão viés tendencioso.

  • Luiz Antonio

    Nada mais parecido do que um esquerdista e um direitista e vice-versa.

  • Silvio César

    Pra vocês verem que falar de “fatos” realmente não é exclusividade do MBL…o PT faz isso há anos e vocês adoram.
    https://www.youtube.com/watch?v=M5bOtqmvJHE&feature=youtu.be

    • Petrus Augusto

      Olhai!! até demorou!
      Parabéns @ccardoso:disqus , você acaba de se tornar um PTista comunista vai pra Cuba. hahahahaha

  • ElGloriosoRangerRojo™

    Mas olha o povo que bate palmas pra eles também. Fato pra essa galera é bucho de boi…

  • Anderson

    E só impressão minha mas os defensores do MBL estão usando de opiniões próprias para defender a grande kgd que eles fizeram e parecem criancinhas birrentas que não entendem que fatos são fatos e devem ser reflutados com outros fatos e não com opiniões pessoas com vies político ou ataques? Desde quando o MDL é onipotente? Não são eles que falam que querem que o Brasileiro acorde? Dai os seguidores parecem mais ovelhinhas que acreditam que qualquer coisa que venha de algum site que conteste é comunista comedor de criancinhas.

  • Sempre a geração Ydiota marcando presença.

  • Ivan

    MBL tem bons videos, demonstram besteiras que a esquerda faz, são em teoria mais liberais, mas as vezes extrapolam um pouco, tudo é extrema-esquerda, t

    Pra piorar tiraram foto com o CIRO GOMES, o cara mais anti-liberal e de esquerda possivel, que já ameaçou atirar no “pessoal” do Juiz Sergio Moro e que iria fugir com o Lula caso tivesse indicativo que seria preso.

  • Ariadna Grande

    Por mais blogs como esse.

  • Mario Neis

    Dissonância cognitiva foi inicialmente desenvolvida por Leon Festinger, professor da New School for Social Research de Nova York para explicar que existe uma necessidade nos indivíduos de procurar uma coerência entre suas cognições (conhecimento, opiniões ou crenças). Quando existe uma incoerência entre as atitudes ou comportamentos que acreditam ser o certo com o que é realmente praticado ocorre a dissonância.

    De acordo com a teoria da dissonância cognitiva de Festinger (1957), um indivíduo passa por um conflito no seu processo de tomada de decisão e dissonância depois quando pelo menos dois elementos cognitivos não são coerentes. Em outras palavras, quando uma pessoa possui uma opinião ou um comportamento que não condiz com o que pensa de si, das suas opiniões ou comportamentos vai ocorrer dissonância. Quando os elementos dissonantes são de igual relevância ou importantes para o indivíduo, o número de cognições inconsistentes determinará o tamanho da dissonância.

    Quando ocorre uma dissonância o indivíduo entra em um conflito íntimo e esforça-se para estabelecer um estado de consonância ou consistência consigo e o ambiente em que está inserido. Para tentar diminuir ou eliminar a dissonância existem três formas:

    Relação dissonante: O indivíduo tenta substituir uma ou mais crenças, opiniões ou comportamentos que estejam envolvidos na dissonância.

    Relação consonante: O indivíduo tenta adquirir novas informações ou crenças que irão aumentar a consonância.

    Relação irrelevante: o indivíduo tenta esquecer ou reduzir a importância daquelas cognições que mantêm a situação de dissonância

    A teoria da dissonância cognitiva afirma que cognições contraditórias entre si servem como estímulos para que a mente obtenha ou produza novos pensamentos ou crenças, ou modifique crenças pré-existentes, de forma a reduzir a quantidade de dissonância (conflito) entre as cognições.

    A dissonância pode resultar na tendência de confirmação, a negação de evidências e outros mecanismos de defesa do ego. Quanto mais enraizada nos comportamentos do indivíduo uma crença estiver geralmente mais forte será a reação de negar crenças opostas. Em defesa ao ego, o humano é capaz de contrariar mesmo o nível básico da lógica, podendo negar evidências, criar falsas memórias, distorcer percepções, ignorar afirmações científicas e até mesmo desencadear uma perda de contato com a realidade (surto psicótico)

  • Vinícius Santos

    Eu é acho que o Cardoso gosta mesmo é de jogar a rede pra pegar esse bando de peixe e se acaba de rir com essa galera kkkkkkkk tem gente que cai tão fácil, nem se dão conta!

  • Tarik

    Coisa boa este texto. Primeira vez que vejo um texto seu sobre política, gostei!